Política

Parlamento quer aprofundar cooperação com Angola

A necessidade de aprofundamento da cooperação entre os Parlamentos dos dois países foi realçada pelo presidente da instituição legislativa de São Tomé e Príncipe, Alcino Pinto, durante a audiência que concedeu, quinta-feira, ao embaixador de Angola acreditado no arquipélago, Alfredo Eduardo Mingas.

O incremento da parceria estaria virada para a troca de experiência e de informações, resumiu o diplomata angolano, à saída da audiência. Alcino Pinto informou-o ainda sobre a situação política, económica e social do país, além de lhe detalhar o funcionamento da instituição.

Desde Dezembro passado que Alfredo Mingas tem mantido encontros com autoridades são-tomenses. O diplomata foi já recebido pela ministra dos Negócios e das Comunidades, Natália Umbelina, e pelo Primeiro-Ministro, Gabriel da Costa.

Entretanto, Eduardo Mingas recebeu, no mesmo dia, os membros do Conselho Superior de Imprensa de São Tomé e Príncipe. A audiência decorreu na sala de reuniões da Embaixada.

Encabeçado por Jesuley Patrick Lopes, Conselheiro Presidente da instituição, o grupo entregou ao diplomata angolano o programa de actividades para 2013. Os membros falaram ainda dos objectivos do Conselho Superior de Imprensa e apresentaram as principais preocupações que o assolam.

Cinco membros compõem o Conselho Superior de Imprensa de São Tomé e Príncipe. Além do Conselheiro Presidente, contam-se o Conselheiro Vice-Presidente (Armindo Aguiar) e três Conselheiros (Fábio Sardinha e Santos, José D’Alva Noronha e Nelson Aguiar).

Téla Nón

    5 comentários

5 comentários

  1. Milagrosa

    1 de Fevereiro de 2013 as 12:18

    Querem caros novos e dinheiro, nada mais.

  2. Florestal Meyer António

    1 de Fevereiro de 2013 as 12:48

    Não entendo como que o Tela Non não publica coisas boas que passam no País, como por exemplo a 16 Reuniao do GTBAC, e que teve nota muito positiva.
    So pensam em defender a sua classe politica…. uff ja cansa Abel.

  3. JT

    1 de Fevereiro de 2013 as 16:37

  4. Bernardino Monteiro

    1 de Fevereiro de 2013 as 23:32

    Porque criticar abel viegas, tomam juizo
    Nao esquece que abel veiga nao manda na comunicacao social,estamos fartos de ler os vossos comentarios, nao existe concorencia na comunicacao social o estado Escolhe e proibe publicar os temas jornalistico,nao concordo que tudo que passa em sao tome e para ser publicado,existe etica e sigilo profissional,exemplo:voces gostariam de publicar vossa vida fora

  5. Bernardino Monteiro

    1 de Fevereiro de 2013 as 23:38

    Democracia da nos direito de expressar livremente mais no caso da comunicacao social existe regras nem tudo deve ser divulgado oficialmente tem que haver respeito pela imprensa eu reprovo os vossos comentarios em criticar o jornalista abel veiga,

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo