Política

Presidente da República recebeu cumprimentos de Bom Ano

Rotineiramente no início do novo ano, a sociedade civil, os partidos políticos, as forças militares e para militares, os representantes dos órgãos de soberania e demais individualidades se dirigem ao Palácio do Povo para participar na cerimónia de cumprimentos ao Presidente da República e Chefe de Estado por ocasião do ano novo. Numa altura em que Pinto da Costa promove o diálogo nacional para o futuro do país, a questão mereceu comentários de algumas entidades presentes no Palácio Presidencial. Arlindo Ramos(na foto), membro da direcção do partido ADI, antigo chefe da secreta são-tomense, um dos estrategas do partido e exímio jogador nos bastidores da política nacional, foi uma das figuras que o flash das máquinas fotográficas registaram no aperto de mãos com Pinto da Costa.

    8 comentários

8 comentários

  1. Humilde

    6 de Janeiro de 2014 as 13:19

    Caros irmãos Santomenses, o Ano “Novo” é sempre BOM, o que muitas vezes passa a ideia de que é o contrário são as nossas realizações menos boa. E se repararmos bem, a passagem do ano foi tranquila, amanheceu com um SOL muito agradavél, quando muitos “sobretudo os agricultores” temiam a falta de chuva, choveu em todo o país. Agora pergunto, o quê mais é que queremos “manos”? Sejamos mais otimistas, mais positivos, mais solidários, mais humildes, mais nacionalistas, mais trabalhadores honestos, mais etc… e veremos que conforme a natureza também seremos MELHOR sempre.
    Que Deus abençoe a todos e cada Santomense em particular, que nos oriente e ilumine os nossos caminhos rumos ao um verdadeiro BEM ESTAR.
    Bem haja!

  2. Diáspora

    6 de Janeiro de 2014 as 14:20

    Ele foi? Arlindo Ramos está ganhando a maturidade, e viu-se que não é colega do Levy e Abnildo. Mostrando ser gente de idade. Muito bem gostei, alhas ele lembrou-se do Madiba e do Eusébio, com certeza.

  3. Floli Canido

    6 de Janeiro de 2014 as 15:33

    Muitos que estavam lá dentro do coração lhe desejaram mau ano isso tenho a certeza, mesmo assim Deus iluminara o caminho de Pinto da Costa

    • António Menezes

      8 de Janeiro de 2014 as 6:31

      Que coisa, estás na época do partido único? Tens saudades?

  4. Meu Vizinho

    6 de Janeiro de 2014 as 15:50

    Não sou apoiante de Pinto da Costa, mas confesso ter apreço e dedicação por estas figuras.
    Ambos devem estar comprometidos com o caminho que o nosso país segue, ou seja o rumo de STP .

  5. Mria Madre Deus

    7 de Janeiro de 2014 as 7:51

    Também lhe desejo um bom ano porque para mim ele é o melhor presidente do mundo. Ele melhorou muito a vida do povo santomense e vai levar todos a Céu com a união que ele pro põe. Se eu não for irónico o Abel censura o meu comentário.

  6. dini

    9 de Janeiro de 2014 as 13:13

    Camaradas, esta mensagem é para desejar UM BOM ANO PROSPERO AO POVO DE STP, especialmente ao 1° ministro Gabriel da Costa,para que ele reflita sobre a frase seguinte que segue e seja verdadeiro, fiel , sem viver na “batota” (sentimental, professional, amical), honesto em todas as decisoes,sem prejudicar nem fazer sofrer os outros(ele sabe a que me refiro) :”C’est la Vérité qui rend l’HOMME LIBRE et ce n’est pas en niant ou en taisant des réalités redoutables qui intéressent chacun d’entre nous qu’on répondra aux défis qui nous sont posés”…nao destruir o coraçao alheio, pensando ùnicamente no seu bem estar de modo egoista, de conforto etc!!!
    Quando se toma compromisso com alguém, deve ser-se HONESTO, nao TRAIR, nao utilisar a pessoa e realizar os seus projetos em segredo , sem prevenir aqueles que fizeram um longo caminho contigo…”a have a dream…one day, Justiça gritarà “Gabriel, porque destruiste a tal pessoa?”.

  7. tudo o vento levou!...

    12 de Janeiro de 2014 as 7:59

    nos tempos da ditadura a ironia e
    unica arma para vencer os carrascos…
    se nao vejamos….
    em Portugal nos anos 50
    …alguem foi preso pelos caes da pide
    por escrever uma nao frase.
    passo a sitar:
    o salazar pode morrer
    nao faz falta a nacao
    ele foi preso e conduzido ao tribunal
    interrogado respondeu :
    desendo que faltava acrecentar algo na dita
    frase e assim oubrigaram no a crecentar …
    e assim foi…
    ele tornou a escrever a dia frase
    O Salazar pode morrer? Nao ! Faz falta a nacao .
    moral da historia sao armas que podemos usar para resister reprecao desmideda na nossa terra
    em sao tom e principe….

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo