Política

ADI tem novo líder chama-se Agostinho Fernandes

O partido ADI, reuniu-se no Congresso no último sábado, e elegeu Agostinho Fernandes como Presidente. Quase 20 anos depois da realização do último Congresso, o maior partido da oposição, e que foi mais votado nas eleições legislativas do ano passado, legitimou por aclamação o novo líder.

Jurista, ex-ministro do Planeamento, Agostinho Fernandes, substituiu Patrice Trovoada, que se auto suspendeu da liderança do partido.

Arlete Zeferino, líder das mulheres da ADI, anunciou a abertura de uma nova era na ADI. Uma nova era que segundo a líder das Mulheres em Acção, significa a democratização do partido.

Watson Almeida, que preside a Juventude da ADI(JADI) reforçou a ideia da democratização da maior força política na oposição.

Uma moção de agradecimento ao «companheiro Patrice Emery Trovoada», segundo as palavras do militante Ekneide Santos,  foi aprovada por aclamação. O Cinema Marcelo da Veiga esteve pintado de azul e amarelo, as cores da ADI, e quase arrebentava pelas costuras.

O Congresso da ADI, permitiu aos militantes alterarem os Estatutos.  Uma das alterações obriga que o Presidente do Partido, não esteja ausente do país por um período superior a 6 meses.

A Nova Direcção do Partido ADI, é composta por 1 Presidente e 3 vice-Presidentes.

A acta do Congresso da ADI do último sábado foi depositada na manhã de segunda – feira no Tribunal Constitucional. A aprovação pelo Tribunal Competente, consolida a liderança de Agostinho Fernandes a frente do maior partido na oposição em São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

    8 comentários

8 comentários

  1. JOAO CARLOS

    28 de Maio de 2019 as 7:15

    Homem certo ao leme do partido…. Força Dr. Agostinho

  2. Windows 11

    28 de Maio de 2019 as 8:45

    O que é de estranhar é os jornais do MLSTP os activistas das redes sociais a defenderam muito este Agostinho Fernandes da geração esperança este mesmo Agostinho Fernandes que não apoio o ADI nas últimas eleições legislativas porque sera este apoio frenético do MLSTP a este individuo Agostinho?
    Pois a um ditado que diz quando a esmolas é de mais o pobre desconfia.

    É bom que os verdadeiros militantes do ADI Abrão os olhos porque realmente interessa o MLSTP é um ADI enfraquecido devidido e destruído vejamos como o Levy Nazaré conceguiu o lugar do vice-presidente presidente da Assembleia Nacional negócio com o MLSTP a revelia do ADI para conseguir este lugar negócio sem o ADI saber esses são um grupo de oportunistas que estão a serviço do MLSTP.

    • Jacob

      28 de Maio de 2019 as 17:35

      O MLSTP não tem nenhum acordo com Agostinho Fernandes, o q realmente existe é o afastamento do Patrice Trovoada da política ativa em STP, o Patrice sem ADI não arranca.
      Por outro lado os militantes do ADI já estão cansados com a política de ódio instalado por PT, somente isto e mais nada.
      Viva a democracia

      • Seabra

        29 de Maio de 2019 as 14:33

        Jacob , você falou bem e com franqueza sobre a REALIDADE da situação política de STP e do péssimo papel da família Trovoada neste país….les langues se délient.

  3. arroz podre

    28 de Maio de 2019 as 9:31

    Agora vai ou racha.
    Quem quiser ficar a ordem do Agostinho fica. Quem não quiser afasta.
    Boa sorte senhor Agostinho Fernandes. Os militantes do ADI estão consigo. Os membros da nova maioria também estão contigo, mas pessoal e não politicamente.

  4. Seabra

    28 de Maio de 2019 as 12:49

    O positivo nesta chalaçada é que o ditador Patrice Trovoada merece uma boa liçao de humildade , na sua atrevida arrogância, no seu modo mafioso e corrupto de dirigir o partido mais TOTALITARIO,que jamais existiu em STP.
    LONGE DO PAIS e do POVO VAGABUNDO, Patrice Trovoada.

  5. jordão fernandes

    29 de Maio de 2019 as 10:53

    Os Militantes de ADI não reconhecem este indivíduo como Presidente do Partido.
    Em primeiro lugar, não é apenas por ter sido convidado para fazer parte do Governo de ADI, é que uma pessoa já é militante deste partido. Este senhor e companhia limitada foram convidados para fazerem parte do Governo do ADI, porque o ADI é um Partido aberto e quis ter no seu Governo pessoas de outros partidos, tais como a Ministra de Justiça Amado Vaz que foi e é de MLSTP, Emilio Lima, Helio Almeida etc. e os da Geração Esperança, Agostinho Fernandes, Levy Nazaré, Daio etc.
    Só por terem feito parte do Governo, não lhes dá autoridade nenhuma para dizerem que são do Partido e que devem decidir o futuro do Partido. Estas pessoas se acham que têm tanta popularidade, então reabrem a sua Geração Esperança.
    O verdadeiro ADI nunca se enfraquece com este tipo de episódio. O ADI já teve muitas fragmentações e continua firme e rijo, assustando a todos os seus adversários. O ADI já teve crisis em que alguns dos seus militantes criaram o MDFM. Vocês se lembram que o Fradique de Menezes foi deputado do ADI? Eles saíram e o ADI continuou. O ADI teve outra crise onde alguns dos membros saíram e criaram UDD. O ADI continuou forte e ganhou eleições com a maioria.
    Desta vez saiem os da Geração Esperança e companhia limitada e o ADI verdadeiro irá continuar. Não são os de MLSTP e PCD e outros adversários é que têm que escolher o Presidente para ADI. TUDO isto é com o objectivo de tentarem afastar o Líder carismático e invencível Patricio Trovoada. Todos os adversários têm medo dele. Tentam denegri-lo chamando pinta cabra. Se é pinta cabra, então é este mesmo pinta cabra é que queremos, pois quem tentou denigri-lo e chamar-lo pinta cabra já conheceu o seu destino e outros vão conhecendo de igual modo. Queremos que ele continue a construir muitos mais Liceus como o construído em Lobata com o seu Governo, que continue a dar a população água potável como foi feito pelo seu governo em Lobata, Lembá, Mé Zochi e já tinha lançado pedras para Cantagalo, que continue a espalhar energia para todo quanto é sitio como o fez para Santa Catarina, Diogo Vaz Angolares, Mendes da Silva etc., que continue a construir estradas como o fez entre a capital e Pousada Boa Vista, estrada de Agua Criola, S.Fenicia, Água Porca, Boa Morte, Penha etc. etc, que continue a diligenciar para reabilitar o Hospital Central, que continue o negócio do Porto e aeroporto da estrada nacional nº 1 e da marginal da cidade que ele já tinha iniciado, etc. etc.. Isto é o que queremos. Não importa se é ou não um Ditador pois este país esta mesmo a necessitar de um bom ditador.
    Por isso, Agostinho Fernandes e companhia limitada, que vão catar água no mar, pois no ADI, vocês não têm espaço. o ADI é para os ADEISTAS.
    Força Dr. Patricio, Coragem que o POVO espera por sí

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo