Sociedade

Advogados santomenses já possuem Carteira Profissional

Cerca dademar-carvalho.jpge trinta  advogados do arquipélago estão neste  momento em condições de exercer as suas funções. Receberam  das mãos da ordem dos Advogados a cédula Profissional. Um documento que lhes credencia no país e no estrangeiro.

Segundo Edmar Carvalho, Bastonário da Ordem dos Advogados de São Tomé e Príncipe. «É um acto fundamental para os advogados porque a lei que aprova os nossos estatutos está consagrada que a cada advogado deve ser entregue uma cédula pessoal.» Sublinhou.

Além disso, este instrumento é a prova de que os  advogados  estão inscritos na ordem dos advogados.«Pois quando o advogado se dirige a qualquer  autoridade pública ou privada para praticar um acto como advogado ,essa entidades podem pedir que ele se apresente como advogado», disse Edmar Carvalho.

A carteira profissional para além de servir de identificação, vai permitir maior controlo por parte da ordem dos advogados daqueles que exercem adgovacia.«a cédula permite a ordem saber quem são os membros da estrutura. Dai que nós entendemos que é fundamental darmos esse passo e constava no nosso plano de actividade. Quando fizemos o nosso congresso anunciamos que este ano iríamos regularizar a situação da cédula profissional» disse Carvalho

A Ordem dos advogados acatou assim uma das importantes leis do seu estatuto.

Ectilsa Bastos

Recentemente

Topo