Sociedade

“Bebé Mandela” recebeu uma casa nova como prenda de natal da África do Sul

Uma criança da Roça Água Izé, nasceu no dia 18 de Julho de 2009. O dia que internacionalmente é dedicado ao herói vivo sul-africano, Nelson Mandela. Por isso por iniciativa da embaixada da África do Sul em São Tomé e Príncipe, a criança foi baptizada como Mandela. Nas vésperas do natal a sua família recebeu uma casa nova.

Nelson Mandela, o herói sul-africano, nasceu no dia 18 de Julho. Um dia que as Nações Unidas promove como sendo de trabalho cívico comunitário, para ajudar os mais desfavorecidos. Segundo a embaixada da África do Sul em São Tomé e Príncipe, em cada 18 de Julho, as Nações Unidas incentivam cada cidadão do mundo a dedicar 67 minutos do seu tempo para realizar trabalho cívico a nível comunitário, como forma de celebrar o nascimento de Nelson Mandela.

No quadro das diversas actividades que as embaixadas sul-africanas espalhadas pelo mundo realizam no dia 18 de Julho, em São Tomé e Príncipe no dia 18 de Julho de 2009, foi decidido baptizar a primeira criança nascida no referido dia, com o nome de Nelson Mandela, se fosse um menino e o nome da mãe do herói sul-africano caso fosse uma menina. «A primeira criança que nasceu em São Tomé e Príncipe no dia 18 de Julho de 2009, acabou por ser um menino forte que foi baptizado pela sua família com o nome MANDELA», diz a embaixada da África do Sul, numa nota enviada ao Téla Nón.

Segundo a embaixada sul-africana a intenção inicial de fazer umas compras para o bebé Mandela, deixou de ter interesse após ter-se constatado que a família do bebé é pobre. Vivia num espaço do antigo hospital da Roça Água Izé, sem mínimas condições.

A embaixada da África do Sul, diz que juntou parceiros e conseguiu fundos para construir uma casa para a família do bebé. A empresa sul-africana de exploração mineira, Anglogold Ashanti decidiu financiar o projecto.

Na última semana a antiga embaixadora sul-africana em São Tomé e Príncipe, Thaninga Shope Liney, veio ao país para formalmente entregar as chaves da nova casa à família do bebé Mandela. «Os fortes laços de amizade entre São Tomé e Príncipe e a África do Sul, serão ainda mais reforçados, por esses pequenos actos de solidariedade que mudam a vida das pessoas para melhor. Reconhecemos que esta é apenas uma família numa comunidade de gente humilde, como disse o Presidente da Câmara de Cantagalo, mudamos uma família de cada vez», referiu a ex-embaixadora da África do Sul em São Tomé e Príncipe.

A diplomata sul-africana, apelou os homens de negócios para também adoptarem uma família, como forma de mudar a vida dos mais pobres.

Abel Veiga

    16 comentários

16 comentários

  1. rapaz de riboque

    26 de Dezembro de 2011 as 11:40

    parabens e que a tua familia saiba conservar a casa é pena que o nosso governo não tenha iniciativas destas.Mas não podem ter infelizmente não temos politicos a altura nem nós mesmo povo ajudamos só sabemos falar e criticar e inveja somos muito malandros

  2. rapaz de riboque

    26 de Dezembro de 2011 as 12:55

    parabens e que a tua familia saiba conservar a casa é pena que o nosso governo não tenha iniciativas destas.

  3. 26 de Dezembro de 2011 as 13:57

    Este menino deve merecer muita atenção por parte das autoridades sul-africana, por isso sou de opinião que para além de casa que lhe foi ofertada, deveriam proporcionar os seus pais um emprego na Embaixada de África de sul em São Tomé e Príncipe. Deste modo, os seus pais terá rendimento para cuidar do mesmo.
    menino Nelson Bandela, segure bem essa bandeira e não deixe que ninguém o tire nas mãos, o teu futuro está ali. Boa Sorte

    • Lévé-Léngue

      28 de Dezembro de 2011 as 11:22

      Dá pra ver que este comentário é de um santomense muito moderno, pois é viciado em receber e quando recebe acha sempre que é pouco. Tenha um pouco mais de dignidade e humildade, meu caro.

    • Lévé-Léngue

      28 de Dezembro de 2011 as 11:25

      Congratulo-me em grande medida pelo gesto sul-africano. Parabéns ao novo Mandela e à sua família.

  4. minha terra

    26 de Dezembro de 2011 as 14:28

    eh… conserva mesmo porque casa é dele hehe …

  5. opiniao realistica em geral!!!

    26 de Dezembro de 2011 as 15:26

    o senhor nelson mandela nao é u mdeus, pois é humano e mortal como quauqer pessoa,

    vao seguindo endiosando pessoas e lideres, e com bobeiras de casas e isso e aquilo ao miudo, que ao fim acabará correndo o risco de vir a ser um preguicoso, convencido e sem habilitacao, porque esperará gorjetas, por ter nascido no dia 18 de julho ao igual que o senhor mandela.

    haja paciencia!

  6. Dos Santos

    26 de Dezembro de 2011 as 18:20

    É de louvar esta iniciativa da parte da Embaixada da Africa do Sul. Está familia está de parabéns.

  7. Anca

    27 de Dezembro de 2011 as 1:31

    Nelson Mandela, pelo que lutou, pelo que sofreu, pelos ideais que defende, liberdade, justiça, integração étnica, transparência, na sua forma de pensar, ser estar e fazer, de humildade ponderação e trabalho pelo seu povo, deu ao mundo uma lição de vida de e pela humanidade, deixará um legado de primazia da pessoa humana, jamais substituível, em termos de humildade, igualdade, integração e fraternidade pela vida, pela pessoa humana, independentemente da sua condição étnica( branco ou preto ou se quiserem negro, jamais têm raça, porque a raça é só uma Raça Humana, pois pertencemos a raça humana) e condição e estatuto social social.

    Aproveitemos para reflectir( por vezes na pequenez, mesquinhez da nossa atitudes e pensamentos, enquanto pessoa humana, muito particularmente como Santomenses que somos) e apreender algo com exemplo, que nos é dado, pela pessoa humana Nelson Mandela.

    A semelhança de muitos outros como exemplo, Luther King, Mahatma Gandi, Obama, aconselho nós cidadãos santomenes a investigar-mos e ler-mos mais, sobre estes líderes e personalidades…pois podemos apreender muito sobre nós próprios;

    pois que nas costas dos outros vemos a nossa.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  8. Valentim Cravid

    27 de Dezembro de 2011 as 7:38

    Muito bem, boa notícia, boa iniciativa. A África do Sul é um grande país.

  9. Filipe Samba

    27 de Dezembro de 2011 as 12:16

    Compartilho o momento de alegria, com familia que foi desterrado do abismo para a luz. Que esta Luz jamais se apagará e o seu brilho reflecte em redor de todas as roças

    Os pais não foram identificados (Nomes)

    Desejo-lhes exitos na planificação dos filhos para que tenham uma educação sustentada

    Feliz Ano Novo

  10. Carlos Ceita

    27 de Dezembro de 2011 as 15:06

    Que este Mandela ou peseudo Mandela saotomense precisa de todo o cuidado e atenção e carinho estamos todos de acordo. Agora não é o facto do menino ter nascido no dia do nascimento do verdadeiro Mandela que faz dele um Mandela. E não consigo entender como é que a Excelentíssima Senhora Embaixadora da Africa do Sul um país irmão e querido possa participar num circo deste.
    O grande problema de São tome e Príncipe e de alguns saotomenses é persistirmos nas crenças nos mitos no baiá (bruxaria) etc ao invés de confiarmos no nosso talento trabalho árduo para alavancar o país para o desenvolvimento. Só falta mesmo outros pais seguirem a onda de programarem o nascimento dos filhos para uma data de um herói do da política do cinema ou do desporto do Ronaldo e do Messi e companhia.
    O que a senhora embaixadora deve fazer é consertar com o governo ou os governos do meu país para encontrar soluções económicas sustentadas a curto medio e longo prazo para de uma forma global ajudar todas as crianças de São Tome e Príncipe. Assim sim seria uma boa homenagear o Mandela. Foi para isso que este combatente da liberdade lutou. O que as crianças saotomenses precisam é de uma paternidade responsável o que nem sempre porque o pai é sempre ausente.
    O que as crianças saontomenses precisam é de um estado responsável com uma política e para elas que obriguem o pai irresponsável a paga a sua pensão como é normal nos países civilizados e avançados. Porque é das crianças o futuro e garante da continuidade da nação saotomense

  11. Viegas1

    27 de Dezembro de 2011 as 18:19

    Parabéns menino Mandela. Há um ditado que diz “a cavalo dado não se olhe os dentes” espero ser assim. Agora vai a minha pergunta: Aonde está a nossa evolução? Esse prémio não condiz com a personalidade do Nelson Mandela desde o material, o feitio porque para além de ser uma oferta será também um ponto de referência no País

  12. Leitor

    28 de Dezembro de 2011 as 14:40

    esta embaixada nao tem vergonha como embaixada. A Sra. Embaixadora acha que tipo dessas casas muda a mentalidade de pessoas para crescer ou desnvolver e ainda por sima publica no jornal.

    quero deixar uma mensagem ” devemos oferecer a alguem algo que desejamos receber de alguem”

    Que tenhamos um jesto mais nobre e merecedor nao com hipocresia.

    Obrigado…

  13. HLN

    28 de Dezembro de 2011 as 23:06

    Iniciativa Louvável, parabéns a família Mandela Santomense, Mas acho que oferta de uma embaixada vinda de África de Sul ainda deixa muito a desejar, a casa é muito pequena parece mais uma cozinha do que uma casa. Desculpem me a sinceridade, mas entretanto antes essa do que nada.

  14. Verdad

    8 de Janeiro de 2012 as 15:15

    É de louvar a oferta, vale ter esta do que nada. Mas digo sinceramente podia pelos menos ser uma coisa mais sufisticado neh.
    «…a antiga embaixadora sul-africana em São Tomé e Príncipe, Thaninga Shope Liney, veio ao país para formalmente entregar as chaves da nova casa à família do bebé Mandela.»

    Até me faz rir…Entregar chave dessa casa, ela saiu de la so pra vir dar a chave. Acho que ela nao esperava ver essa casa, mas sim uma outra.

    É assim, culpa nao é da embaixada mas sim da cabeça organozadora da construçao, que de certeza é uma saotomense, e mesquinho.

    Faz uma coisa que condiz com personalidade do Sr. N.M.,nao queria um casarao pelo menos um CHALEZINHO, xe assim ooh credass.

    Mas gente agradece assim mesmo, Deus ajuda Mandela, estuda…e pra um dia ser voçe a ajudar os teus pais, e teu país tambem.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo