Sociedade

DEFESA DA HONRA

Trata-se da defesa da minha honra posta em causa pelo sr. ROBERTO RAPOSO, actual Procurador Geral da República, de forma pródiga, gratuita, ingénua e irresponsável.

Foi difundida pelas antenas das rádios nacionais e pela TVS, RTP-Africa e Tela Non, pela vontade caprichosa, diabólica, tendenciosa e persecutória do sr. ROBERTO RAPOSO, ressalvando a RTP-Africa e inclusive o seu correspondente que é uma pessoa por quem tenho muito respeito e ser dos melhores jornalistas do país e que apenas se limitou a divulgar factos que lhe foram transmitidos, por malefício desse senhor, contra a minha pessoa, porque já tivemos gravíssimas rivalidades e é de todos conhecido as investidas que fez contra a minha pessoa junto dos Tribunais e o próprio Conselho Superior dos Magistrados Judiciais que não deu em nada, para não dizer que foi um “fat divers”, por irracionalidade e de conteúdo inusitado.

Trata-se, pois, do “famigerado” caso do francês considerado de pedófilo, pelas palavras do M.P., que em 20 de Março último foi ouvido por mim no primeiro interrogatório e pelas circunstância atenuantes que poderei dos factos que soberanamente apurei (não foi tanto pela idade do homem – 72 anos), ordenei a sua proibição de saída do país, fixei-lhe o TIR (termo de identidade e residência) e ainda a proibição de o mesmo lidar com menores, sobretudo a que esteve em causa.

É bom ter em conta que a proibição de uma pessoa de sair do país não significa deixá-la em liberdade em bom rigor! E é preciso ter em conta a dimensão do nosso país!

Para todos os efeitos, a lei indica que a prisão preventiva é o ultimo recurso, dentre várias outras medidas de coação que o juiz aplica. E há requisitos muito rígidos para essa medida mais gravosa para um cidadão.

Mas como se tratava de um primeiro interrogatório, fase que corresponde, para mim, uma “quase-fase” processual (porque a primeira fase processual penal é a de instrução preparatória em que o M.P. faz investigação sobre os factos ocorridos) em que os elementos de factos são tão indiciários e até de relativa consistência, o processo foi remetido ao M.P. para acusar ou não e até propor medidas de coação.

Houve, de facto, recurso da minha decisão por parte do M.P., nos termos da lei e chegou a haver decisão do STJ a revogar a minha decisão, ordenando a prisão preventiva do arguido em causa. Isso já em 21 de Maio findo.

O recurso passou por vicissitudes que escuso pormenorizar, por uma questão de deontologia profissional, e nunca cheguei a saber da decisão do STJ.

Ainda neste mês, em data que não tenho presente, o tal arguido foi detido, segundo me parece, por crime de atentado ao pudor, que é algum exibicionismo sexual perante alguém (desconheço o processo) e, em julgamento sumário, foi condenado por um outro colega, ao que cheguei a saber pelas notícias em 6 meses de prisão.

Ora, esse senhor Procurador Geral, provavelmente não sabe (talvez saiba!) que o primeiro caso nada tem a ver com o outro. São casos diferentes e estão em causa crimes diferentes. No primeiro caso ele pode ainda vir a ser condenado a 12 anos de prisão, enquanto que no último já julgado foi condenado a 6 meses de prisão, porque a moldura penal é menor no crime de atentado ao pudor.

O primeiro, passou-se há 3 meses, quando se induz a ideia de “passados 30 dias”. O segundo foi julgado há dias.

Se não houvesse anomalias no processo do recurso do primeiro caso, tendo sido ordenado a prisão pelo STJ desde 21 de Maio e se passasse por mim (única via por que tinha que passar, à luz do processo penal) o “homenzinho” não tinha cometido o crime de atentado ao pudor que acabou por cometer (E NÃO VIOLAÇÃO DE MENORES COMO SE APREGOOU E SE DEIXOU VENTILAR POR AÍ MALDOSAMENTE PARA ME ATINGIR), no mínimo, em 22 de Maio já devia estar preso, por minha ordem, em cumprimento do despacho do STJ. Logo, não teria tempo para tal.

Esses foram abordagens factuais.

Ora, o sr. Procurador Geral da República, como anda a espreita para apanhar algo de Garrido para “espremer” como já fez aos outros, e, não conseguindo pela via legal e institucional, procura denegrir a minha imagem como fez no caso de Adelino Isidro, sobre o qual há-de responder, oportunamente, e, sabendo que o tal francês foi condenado nesse último processo, logo se apressou em chamar a RTP-Africa mentindo e com má fá, passa a ideia ao correspondente, e este, a seu mando, ouve pela boca do inocente do caso todo que é o Digníssimo Procurador-Adjunto que deu cara para fazer o seu jogo, mas este, sendo um homem inteligente, competente e sério, e de cuja personalidade muito respeito, em obediência ao chefe, fez o seu trabalho, transmitiu o que o “Diabo” queira, mas fê-lo com habilidade que lhe é característico, não me atingiu com as suas palavras. Falou objectivamente, porque de facto houve recurso que alterou a minha decisão, mas ele não sabe que eu desconhecia tal decisão do recurso! Ele não está de má fé contra mim. Cumpriu ordens, segundo investigação minha junto a diversas fontes.

Quando o ROBERTO RAPOSO mistura coisas diferentes e que não ocorreram em circunstâncias processuais que legitimem a mistura dessa natureza ele só quer passar a ideia de que o juiz Garrido não é bom e que ele e o “seu” M.P. é que são exemplares e implacáveis, quando se sabe tanto por este país fora e sobre ele próprio, segundo denuncias que, incrivelmente, parecem não ter tido eco em parte alguma.

Não faz o meu feitio, mas tenho que dizer aqui que, quando já exercia magistratura em 1996, ele estava em Portugal, não sei a fazer o quê (mas sei!), e só depois é que foi estudar para o Brasil, não sei o quê e, em menos de três anos de serviço, passou a ser Procurador Geral da República de S.Tomé e Príncipe.

Quero alertar que estou a defender a minha honra em jeito de direito de resposta. Porque a honra é um direito fundamental e o dever de deontologia não o é, sendo que aquele sobrepõe-se a este. Seria bom que o público conhecesse o que este sr. disse de mim juntos às instância a que pertenço, para depois compreender o porquê desta minha reacção. Tudo tem limite!

Com essas suas investidas contra a minha pessoa, os “meus queridos comentadores” do “Telan non”, escumalhas, pulhas e cobardes que se refugiam no anonimato para ofender pessoas gratuitamente, têm mais elementos para alimentarem as suas almas. Com todo o respeito que tenho pelas pessoas que só fazem bem em comentar, normalmente e com dignidade, qualquer notícia ou opinião. É a liberdade de expressão e de imprensa que novas tecnologia permitem. Mas isso tem afectado muito o “Tela non” que é um jornal de grande reputação nacional e internacional, porque conheço muito boa gente que já nem o lêem por raiva desses senhores.

Espero ter o direito de resposta, com esse meu escrito, em todos órgãos de comunicação social que divulgaram a notícia em causa.

É lamentável que casos judiciais venham ao público por impulso do M.P., com todo respeito que tenho pelo direito a informar e ser informado.

“Bem haja o nosso PGR”.

HILÁRIO GARRIDO

    50 comentários

50 comentários

  1. rapaz de riboque

    22 de Junho de 2012 as 13:38

    mais uma palhaçada só mesmo nesta terra agora esqueceram dos pedófilos a solta

  2. Revolução de Unidade Africana

    22 de Junho de 2012 as 14:25

    Há tempo, vez e espaço para todos que tiverem esta medida cautelar!
    Poupa-nos por favor

  3. Verónica

    22 de Junho de 2012 as 14:46

    Isto começaa ser conversas de comadre.
    Como é que numa casa de justiça pode haver coisas dessas?
    Senhor PR, Senhores Deputados façamuma limpeza nessa casa.
    Já é tempo de Rapouso sair daí. Ele já fez muitas.o povo pede basta!!!

    • Amancio vaz

      23 de Junho de 2012 as 12:11

      Minha cara Veronica,

      Nao precisas apelar ao PR, ou seja la quem for, para que afastem o ilustre, o dignissimo PROCURADOR, porque o proprio ja esta farto de lidar com gente corruptas( ossos do seu oficio), e fa-lo com o maior do profissionalismo e honestidade, para que voce e todos nos tenhamos um STP melhor.
      Quero ver o proximo se fara metado do que o catual PGR FEZ.
      Bem haja procurador, forca e saude

      • Beato Salu

        24 de Junho de 2012 as 18:04

        Profissionalismo e honestidade..hahahahaha. Voce deve ser o poprio.

        • Amancio Vaz

          25 de Junho de 2012 as 8:19

          O proprio? eu?
          Meu SENHOR , isto nao e nenhuma brincadeira, nao perco o meu precioso tempo na internet a falar de quem nao conheco.
          As minhas afirmacoes, sao baseadas no conhecimento profissional com o mesmo, portanto, e natural que a sua seja diferente, pois nao se consegue agradar a todos.

  4. luisó

    22 de Junho de 2012 as 14:54

    Boa resposta…

    • Amancio vaz

      23 de Junho de 2012 as 12:20

      O sr. Luiso devia estar calado,

      Pelo visto e um fala barato que passa a vida a fazer comentario sobre pessoas que nunca teve oportunidade de conhecer e sem conhecer os verdadeiros fatos poem a falar atoua.
      Meu caro, se bem me recordo, o Sr. e portugues (pula) que vive em STP, e no caso da outra portuguesa Mafalda Horta, a traficante de menores que todos conhecemos em STP, FOI DEFENDIDA pela sua pessoa atravez desse jornal. Pelo que vejo deve gostar desse tipo de gente, de repente e amigo do fraces!
      Estamos a envestiga-lo nao penses que os estrangeiros podem fazer o que quiser na nossa terra…se vierem or bem ok, mas se pensam andar no caminho errado tao lixados

    • Atento

      24 de Junho de 2012 as 9:03

      Carrissimo,

      Sr Luiso, ao classificar esta carta do Sr. Garrido como sendo “boa” nao poderia de deixar o meu lamento.
      Pelas suas intervencoes algumas delas razoaveis pensava que era uma pessoa do bem, mas vejo que tambem partinha dos ideiais do Garrido, um Homem que so esta a exercer a sua funcao porque estamos em STP.
      Devo dize-lo que sendo o Sr. um portugues que vive em STP, defendo os ideias do garrido e quem sabe do pedofilo frances,e da sra Mafalda Horta(esta fe-lo que eu li) , nao lhe fica bem.

  5. BOA OPORTUNIDAE

    22 de Junho de 2012 as 15:07

    Um grande desabafo.
    Acautela-te mais e não dá confiança aos garotos.
    Ficas sempre na mistura deles é que dá isso.
    Convidalhe para tomar uns copos, vas vêr se ele não fica seu amigo.
    O nosso tribulal está a se tranformar num lugar de beber e mais beber para falar atoua.
    preciso ouvir mais coisa atoua saida do tribunal.
    So acontece coisas dessas em S.Tomé.
    Pouca vergonha.

  6. Conselho de um escumalhas e pulhas

    22 de Junho de 2012 as 15:35

    ““meus queridos comentadores” do “Telan non”, escumalhas, pulhas e cobardes que se refugiam no anonimato para ofender pessoas gratuitamente, têm mais elementos para alimentarem as suas almas” Dr Garido dobra lingua, porque os maiores escumalhas e pulhas estão no seio dos juizes e magistrados de STP… O nivel da sua linguagem encomoda-me, as pessoas fazem comentario baseando nas noticias que aparem neste site. Peça a sua refoma porque senhor tem feito muito mal a nossa sociedade, sempre que toma decisões enquanto juiz(decisões erradas e muitas delas muito dubias a roçar mesmo a corrupção)!

    • enfim

      25 de Junho de 2012 as 9:27

      Meu caro compatriota, não é preciso ter convivido com o PGR pra saber que ele tb é outro desonesto e bandido. O cuncurso publico para os novos juizes e procuradores revelam isso, e não só. Não é preciso ser um expert em materia de leis pra se entender que as ações do procurador tb são questionaveis. So passaram no concursos a namorada dele amigo da namorada e irmã dele. santa paciencia. E depois vê-se de longe a deficiencia do cara. RUA PROCURADOR CORRUPTO

      • gadhafi

        25 de Junho de 2012 as 11:28

        O que voces esperavam do dito concurso!
        Os participantes eram todos cubanitos e brasucas, sem querer desvaloriza-los como pessoas, o facto e que formaram nesses dois paises onde todos sabemos que os formandos sao mto fracos, e logo a partida ja estao em desvantagem. Qualquer estudante de direito em portugal, esta em vantagem, isso e uma realidade. Estou a falar de direito no caso concreto, digo-vos, principalmente em termos de interpretecao esses alunos deixa mto a desejar. Explica-me como e possivel que esses concorentes nao conseguiram ter ao menos um 5, num escala de 0 a 20.Acredito que para essses licenciados com mto pratica e dedicacao futuramente estaram mais a altura de participar em qualquer concurso publico, mas tem que trabalhar muito.

  7. MÉ SOLO

    22 de Junho de 2012 as 15:36

    O Tela Nom neste últimos tempos tem servido de palco para tira temas.Existem assuntos mais importantes q no meu entender devem ser publicados e não tantas palhaçadas como se tem visto nestes últimos tempos. Tudo é notícia para Tela Nón, ao menos que seja feito o jornalismo de investigação antes das notícias serem publicadas senão poderá acontecer um dia alguém utilizar o Tela Nón p difamar alguém o q será gravissímo.

    Ouve um grande incendio no riboque a dias, esta notícia n foi publicada neste jornal, porquê?

    Estou certo que uma das próximas notícias será DEFESA A HONRA desta vez feita pelo Raposo.

    Como há pouca notícia para ser publicada e o jornal necessáriamente tem q ser actualizado, TUDO É NOTÍCIA, TUDO QUE VEM NA REDE É PEIXE.

    O Tela Nón não é REDE é um JORNAl e dos mais lido do país

    • Gadhafi

      24 de Junho de 2012 as 8:34

      Sr. Me Solo,
      O Sr. nao e obrigado a ler as noticias do tela nom, quando nao o agrada e como tem acesso a internet podera facilmente encontrar varias noticias de diversos temos noutros sites que podera porventura lhe agradar.
      Quando se refere ao procurador escrever defendendo sua Honra, devo alertar que o PGR nunca escreveu uma carta ao tela nom e nao o fara, pois acredito que o mesmo nao e desse tipo.
      E uma vergonha ver juizes procurando apoio popular atravez da internet, uma vez que os mesmo deviam saber estar e manter o sigilo. Nesta aspecto dou nota maxima ao PGR, O Homem sabe estar, isto ninguem lhe tira e acima de tudo e honesto.

    • Gadhafi

      24 de Junho de 2012 as 8:50

      Sr ME SOLO,

      Quando a noticia nao lhe agrada acessa outro site de noticias que encontra com certeza coisa que lhe agrade.
      O Sr. tem muita esperteza e devia guarda-la para coisas mais uteis.

  8. de coração

    22 de Junho de 2012 as 15:45

    “escumalhas, pulhas e cobardes que se refugiam no anonimato”?!
    E o sr o que é? Bandido ou louco? Não sou jurista, mas o sr agiu mal. Reconheça o seu êrro. Se tivesse posto o homen em previsão preventiva, ele não cometeria outro crime. De que honra o sr está a falar? O sr a tem?
    Hja paciência para lhe aturar.

  9. Paracetamol 500mg

    22 de Junho de 2012 as 15:57

    Quando os factos não são bem explicados, não há clareza nos processos, dá nisso.
    Se o senhor publicasse a sua decisão teria mais respeito e mais honra.

    Ao estar nesta situação de não transparência e não publicidade das suas decisões, evidencia também, suspeição quanto a si, como também a todos outros juízes.

    Se a situação esta caótica, se ninguém gosta do raposo, então reúnem e manifestem o seu desagrado. Mas como todos bebem da mesma aguá, não pode vir um e sujar…

  10. Luis de Sousa

    22 de Junho de 2012 as 16:31

    Caro juiz Hilario Garrido,quero com esse meu comentário dizer que solidarizo consigo,como já deve ter reparado nao escrevo sobre o “anonimato”,embora compreenda quem o faça,não aceito é que “parasitas” utilizem de facto este meio para insultar de forma covarde quem quer que fosse.Mas em relação a isso não há nada a fazer,novos tempos…há que saber dar-lhes a importáncia que têm…NENHUMA.Em relação ao PGR,se ele é assim tão mau proficional,como tenho ouvido e lido,como é que ainda está a exercer o cargo?!

    • Mario Vaz

      23 de Junho de 2012 as 11:57

      Meu caro,

      Se es um leitor presente do tela nom e alguem que faca o seu cmentario movido pela razao veras que as pessoas que falam mal do PGR, sao pessoas que praticaram actos ilicitos e gostariam de estar impunes. Acontece com este PGR, aconteceu com o seu antecessor, e acontecera com qualquer um que tentar fazer o seu trabalho correctamente.Talvez por isso o actual PGR ainda aguanta neste lugar de odio, porque na realidade o Homem e honesto e nao tem mal por onde pegar, o que se fala e tipico do tela nom….

  11. manager

    22 de Junho de 2012 as 17:02

    Confusão de homem com mulher não se mete, vê só, quem quiser fala, que fale, eu não meto.
    Fui

  12. Pidu Mamon

    22 de Junho de 2012 as 21:18

    Também há pedofilos nacionais.Não se esqueçam disso.

  13. Filho da terra

    22 de Junho de 2012 as 21:26

    O que me revolta mais nesses assuntos, quando vem a praça publica é os comentarios das pessoas, principalemente nesse espaço do Telanon.
    Serà que, no meio de todos esses comentadores, ninguem estudou ou até jà exerceu direito para fazer un comentario constructivo sejà uma analise pertinente, que possa ajudar outras pessoas a comprender o que os protagonistas de este assunto estao falando.
    E nécessario que em materias como essas, as pessoas espertas se manifestam-se, dando seus pareceres, iluminando com as suas luzes (conhecimentos).
    este espaço nao é so um espaço de liberdade de expressao. E tambem um espaço de inteligencia collectiva e de partilha de informaçoes, onde a gente acaba sempre sabendo mais, qualquer que seja o debate ou a noticia.
    Agradeço qualquer pessoa que quer nos dar um parecer pertinente, porque, pessoalmente nao entendo nada dos processos de direito.

    Obrigado

  14. Engº Carlos LIMA

    22 de Junho de 2012 as 21:38

    Este individuo enrustido de Juiz, tal como o PGR ja deviam ser afastados das funções , so prejudicam o nosso país.

    Por outro lado as pessoas que criticam esses senhores o fazem no anonimato por saber que embora o pais seja democratico o mau fucionamento dos tribunais por si so não permite que se fale publicamente, ate porq, ao sofrer represalias eventualmente, a quem recorrer se temos uma instituição com juizes feito esse senhor. So fala abertamente nesse país quem não depende de STP. Pra ter uma ideia , fale mal de qq uma lider partidario que ate pra desalfandegar qq coisa nas alfandegas, que te criam problemas. Isso eh STP. Simples documento pra ser autenticado nos cartorios , paralem de pagares, tens q bajular esses senhores, sem falar q tens q dar gorjeta.

    Santa paciencia.

    • Gadhafi

      24 de Junho de 2012 as 8:45

      Meu Sr.Carlos Lima

      Nao posso deixar de comentar a sua intervencao.Algumas pessoas que e o seu caso, simplesmente armam em espertinhos, aranjam uns nomes lindos colocam um titulo qualquer atraz(talvez pra dar credibilidade) e falam de anonimatos. Pior ainda falam de pessoas que nao conhecem, simplesmente ouvio falar, e para nao deixar de ser um desastre a sua intervencao, colocam o Garri( Homem desonesto) ao mesmo patamar com o nosso ilustre PGR.

      • Engº Carlos LIMA

        24 de Junho de 2012 as 17:30

        Meu caro compatriota, não é preciso ter convivido com o PGR pra saber que ele tb é outro desonesto e bandido. O cuncurso publico para os novos juizes e procuradores revelam isso, e não só. Não é preciso ser um expert em materia de leis pra se entender que as ações do procurador tb são questionaveis. So passaram no concursos a namorada dele amigo da namorada e irmã dele. santa paciencia. E depois vê-se de longe a deficiencia do cara

        • gadhafi

          25 de Junho de 2012 as 8:05

          Poxa!
          Daqui a pouco vao dizer que a mae e o pai do PGR tambem participou e ganhou o tal dito concurso.Voces sao um perigo! O concurso foi feito de forma mais democratica possivel, o poblema e que a concorencia foi muito fraca, os candidatos chumbados apesar de ter uma licenciatura nao tiveram uma formacao academica adequada para participar em qualquer concurso.A irma do PGR licenciou-se em coimbra como uma aluna grande merito, e Santomense e tem todo o direito de participar em qualquer concurso publico.Por ser uma mente brilhante ganhou o concurso e distanciou-se dos outros concorentes de forma esmagadora.

          • Engº Carlos LIMA

            25 de Junho de 2012 as 12:12

            Esqueceste de falar dos outros dois que mencionei, a namorada e o amigo da namorada, todos eles estudaram em coimbra e todos tiveram quadro de honra, so falta dizer que todos que fazem direito em coimbra são otimos profssionais. Por o processo casa PIA se arrasta a quase duas decadas.

            Esse cuncurso era pra ser investigado meu caro. E so pra te dizer moro fora de STP a oito anos, mas acompanho como ninguem tudo que se passa ai, mas é preciso ter muito estomago pra aguentar tanta corrupção.
            Durmo todos os dias sonhando com o dia em que os jovens desse país que são a maioria possam empunhar o gancho e seus machins e rumar a cidade capital , mas enfim sairem das mãos de neocolonizadores em que se converteram todos os nossos administradores, decisores.

  15. H.Vaz

    22 de Junho de 2012 as 23:22

    Aconselho abandona essa missão e de preferência trabalhar noutros países sem perseguição nenhuma.

  16. santomense

    23 de Junho de 2012 as 2:26

    Sr. Garrido,
    Palhaco da realidade Santomense

  17. uuuu

    23 de Junho de 2012 as 11:06

    isto é uma pouca vergonha sr. garrido sabe muito bem que o francês é para esta prezo ja a bué.

  18. helmerdias

    23 de Junho de 2012 as 15:27

    Boas espero que esse desabafo e defesa da honra que o sr faz seja,sincero e verdadeiro.Mais pergunto ao sr doutores da nossa justiça sera que existe justiça,no nosso país?Quando duas instituição que deve defender nós os cidadaos e todos com mesmo olhos,não conseguem oque pretendem é mau.Odios e relação não pessoal pode haver mais comportamento e relação instituicional tem que ser serios.Por isso é muito triste oque se passa com nossa justiça e com nosso aparelho judiciario.ENTENDAM-SE para bem de todos nós obrigado.

  19. UTAGES

    23 de Junho de 2012 as 17:06

    Temos que ser mais sérios no campo da Justiça num país que pretende o desenvolvimento. A justiça é uns cartões-de-visita para os investidores e dessa forma que anda a justiça no país parece que estamos a recuar a século passado sabe-se que a justiça merece uma reforma mais também alguns juízes devem ser reciclados. Alguns responsáveis da justiça no nosso país têm que receber novas formações. Têm que parar de pensar no dinheiro e pensar mas na verdadeira justiça.

  20. HLN

    23 de Junho de 2012 as 19:49

    É muito lamentável o ponto que os senhores de direito chegaram, mas seja como for quando as comadres se zangam o povo fica a saber porquê que o nosso belo país jamais irá desenvolver.
    Os lideres são movidos por rancores e ódios.
    Concordo com opinião de Sr Carlos Lima, cada um tem que se salvaguardar o importante é opinião, quem se sente ofendido com um ou outro comentário, é simples não o leia.

  21. Dondô

    24 de Junho de 2012 as 14:09

    Comentei a sua decisão perante o facto ocorrido no nosso solo pátria e como é do conhecimento público, praticado por um cidadão estrangeiro. Fi-lo, porque tudo me indicava, que a sua decisão não aí de acordo com a realidade, não obstante ser soberano a sua decisão como o Juiz. Quero também dizer-lhe, que perante caso como este, “abuso de menor” noutras paragens que não o nosso País, está a ganhar tratamentos para além de caso que comporta o Processo Querela. De igual modo, houve violação de princípio no que toca a revogação da decisão por parte de Supremo Tribunal de Justiça, que agiu de forma solene, desprezando a sua pessoa; isto é, não lhe dando confiança. O STJ foi humana, nacional, mas arrogante no meu entender, porque devia em consenso, decidir a nova posição.
    Na sua nota a baixo, em desespero faz acusação ao srº Roberto Raposo. Apercebe-se que no exercício da sua profissão, está a ser ocorrido o chamado caso de Assédio profissional ou Bullying para os Americano ou outros. Esse comportamento tem origem na discordância de posição perante certa matéria, que se desembocou em desavença, cabendo um dos protagonistas o afastamento de forma cautelosa; neste caso” a mais consciente” por agir de forma individual. Sendo a pessoa humilhada pelo parceiro, e o afastamento deste das convivências da pessoa humilhada, resulta na perseguição. Na posição de força, estando a pessoa humilhada a exercer cargo superior ao seu adversário, este usa jogos imorais, baixo inqualificável que consiste na diminuição da parte contrária. Muitos desses casos acabam em violência desmedida.

  22. MÉ SOLO

    25 de Junho de 2012 as 8:33

    Srº Gadhafi,

    O Srº tem muito pouco poder de interpretação senão teria concordado comigo qd digo q o Tela Nón tem servido de palco para tira temas. Se existe alguma contenda entre o PGR e o juíz Garrido, porque não resolverem com diálogo num frente a frente em vez de torna-lo público. o srº deve ter as suas razões que lhe move defender o srº PGR dando-lhe nota máxima, tb deve ter memória ofuscada e curta senão teria recordado que srº PGR já apareceu neste jornal já criticando os juízes. Por isso fique queito.

    • Falar Vardade

      25 de Junho de 2012 as 12:40

      Lamento a intervenção do Senhor Gadhafi…
      Podes ser licenciado em Direito pela Univ. de Coimbra, mas podes ser um mau técnico.Por isso, apelo aos internautas que tenham intervenção plausível em prol do desenvolvimento das Ilhas Maravilhosas.
      Eu conheço perfeitamente a irmã do nosso Procurador Geral da República!Ela não sabe nada de Direito COM DEVIDO RESPEITO!
      Com os meus cumprimentos a todos.

  23. STP@

    25 de Junho de 2012 as 10:14

    Caros são-tomenses, penso eu que alguma vez já terão questionados,tal como eu:-Porque que ainda estamos assim,na cauda do mundo e nunca mais de lá saímos? São 37 anos da Independência mas,quase tudo ainda está por fazer e muitas que foram destruidas.
    Mas alguém sabe dizer-me em que País estamos?!!!

    Como se admite num país com tantos recursos minerais,terra fértil,clima tropical,e com uma população calorosa e trabalhadora,com tantos apoios financeiros e técnicos recebidos dos parceiros internacionais,OGN’s etc.
    Assunto:-
    Um paciente dirigiu-se ao hospital central de S.Tomé e príncipe,para fazer uma Radiografia de carácter urgente,alegadamente terão lhe tido que não era possível fazer exames destes, porque o médico técnico em radiologia não se encontrava no País.-Sinceramente se isso for um facto,só pode ser mesmo em S.tomé.

    Mas uma coisa é certa,o pior que s.tomé,só mesmo o hospital central,onde a qualidade para uma intervenção médica é = a 0(Zero).O hospital central está doente no estado de coma.Também não só hospital central como quase todas as instituições .Como é o caso das alfandegas,onde o contentor de ajuda doado pelos emigrantes stp, para o hospital central, teve que ficar retido nos portos por falta de pagamento de um valor incalculável para sua expedição.os emigrantes STP não têm como enviar os seu pertences,devido a elevada taxa praticada naquele sector.

    Solução: Mudança de Leis, atitudes,ideias,pensamentos.,saneamento hospitalar de raiz,demonstrar profissionalismo e bom senso desde P.R até o cargo mais humilde deste País,para o bem estar de todos os são-tomenses.
    Um Bem haja !!

  24. rodrigo cassandra

    25 de Junho de 2012 as 18:20

    tudo o que esta a passar na minha opiniao deve-se a um simples facto é sim preciso e com alguma urgencia pôr em marcha as decisoes saidas do famoso forum da justica que humildemente e mas uma vez, humildemente os nossos parceiros financiaram, por outro lado gostaria humildemente de pedir aos que escrevem em anonimato para se identificarem de forma clara e transparente de forma a evitar debates mudos e remeter um debate ,e opiniao de um caso ,em que se poderia contribuir com ideias para ajudar a solucionar perdemos energias em atacar e contratacar tudo porque os autores se refugiam em pseudomino inexistentes que em nada dignifica este jornal que humildemente é um espaco ainda possivél de contribuir honestamente para metigar os inumeros problemas porque o nosso pais enfrenta, com opinioes a altura muitas vezes até de ser aplicado mas porque os seus autores sao desconhecidos fica como uma opiniao, pessoalmente deixei de ler os comentários de identificacao a partida duvidosa

  25. jamaicano

    25 de Junho de 2012 as 20:12

    Estou farto!!! Fico sem saber afinal, quem tem razão e quem é considerado o culpado…É uma fuba com bixu. Tanto tribunal como a procuradoria geral precisam de saneamento. Sr. Garrido deveria guardar o infractor em sua casa e o Sr. Procurador de forma tão inteligente vai fazendo o seu jogo sem ninguem se aperceber, mais é sem duvida um grande malandro. Só ha uma verdade: todo o sistema judicial do País está pintado de mafiosos….fui

    • gadhafi

      26 de Junho de 2012 as 11:59

      Caro Jamaicano,
      Realmente e de ficar farto, porque isto do pais esta mal, nao so ao nivel da justica, assim como todos os sectores da actividade publica, nao e de hoje. Acredito que todos os Santomenses gostariam de ver o seu pais melhor, apesar de termos os nossos pontos de vistas divergentes acredito que no fundo existe a convergencia no que concerne ao bem estar social de todos nos.
      Defendo o PGR porque acredito nao ser facil alguem chefiar uma instituicao como a procuradoria e nao ser criticado.E a minha defensa toma forca porque quem o critica e sempre os mesmos ou seja aqueles que cometem actos ilicitos atravez do abuso de poder(juizes) e todos da nossa praca os conhecem como sendo corruptos.
      Se o proximo procurador no decorer da sua actividade, ninguem ouvir falar dele e simplesmente porque esta a compactuar com bandidos e deixa-los impunes, logo nao havera criticas.
      O Adelino Isidro, Garrido,GEge, Posser da Costa, sao dos muitos “chefes de bandidos” que antes aprontavam sem dar satisfacoes a ninguem, mas hoje gracas ao PGR, foram de alguma forma acalmados.

  26. kwatela

    26 de Junho de 2012 as 6:37

    Faz tempo que nao faco comentarios neste espaco. mas ao ler este artigo indago: senhor presidente da republica até quando continuaras impavido e sereno com o lavar da roupa suja da justica na praca publica????

  27. jamaicano

    26 de Junho de 2012 as 10:04

    Muito obridado o comentárista STP@ diz, bom comentário

  28. ADI "deixe-nos trabalhar"

    26 de Junho de 2012 as 12:23

    Lutem entre vocês.Quanto mais melhor;assim o meu Chefe Patrice Trovoada consegue divertir e dançar melhor com vossa palhaçada-Palhaços.Mais 2 anos.Vão lutando enquanto vamos viajando,d’accord?C’est votre probleme la.Sabemos que voces ainda vao votar em nós,escumalhas.

  29. Andre Tiny

    28 de Junho de 2012 as 20:03

    Há pessoas que confundem o sistema judiciário inoperante em São Tome e Príncipe, com o seu Povo. Lhes aconselho porém a terem o mínimo de respeito por este sacrificado povo pacifico, e digno em qualquer espaço habitacional do Planeta Terra.
    Esta semana li no espaço dedicado a comentários online do Jornal Tela-Non, um infeliz comentarista dizendo entre outros, cito: (O Povo Santomense e preguicoso por isso e que o Pais anda desta forma……….,,
    Povo preguicoso).
    Preguicoso!!!, digo-lhe que não caro comentarista. Desanimado isto sim e por motivo de varias ordens.
    Nasci em São Tome e conheço na profundidade a sua história, antes 75, após 75 com o regime único e agora,embora distante acompanho acompanho diariamente via online o hipotético Plurarismo Democrático.
    Este povo fustigado constantemente pelo Sistema Sócio/Política bem ENRAIZADO como
    OSTRA v PEDRA de meia dúzia de pessoas rodeadas de compadrios com grande poder executivo nas áreas vitais da sociedade saotomense e coadjuvado por um desgovernado CIRCO chamado de Tribunal, onde reina entre outros males; ( razão incontestável para os ricos e políticos/condenação sem recurso aos pobres).
    Haja paciência !!!.
    Penso que esta na hora de o Zé-Povinho dizer : BASTA… Somos também seres humanos. Já não vendemos a nossa dignidade pelo v/sujo dinheiro. Justiça sim isto queremos.
    Pelo facto suplico a toda Ordem da Soberania Nacional, para um entendimento geral, pacifico e definitivo para credibilizar e sentir a Magistratura em São Tome e Príncipe, de maneira a garantir os direitos dos cidadãos e o bom funcionamento da verdadeira Democracia na R.D.S.T.P.
    Bem haja.

  30. Andre Tiny

    28 de Junho de 2012 as 20:36

    Digo, sistema jurídico

  31. Jordao Melacia

    29 de Junho de 2012 as 9:48

    bem ,só em sao tome , aguardem que um dia voces saberao quem é quem na vossa santa terra e no sistema judiciario, aliás, ja começam a ser idntificados graças a coragen do jovem procurador geral. Força PGR nao se deixe intimidar

  32. Uê CHÁ

    30 de Junho de 2012 as 4:59

    Quero ver o sr Garrido se apressar em se defender por não ter pago as dividas da casa do estado usurpada por ele, tenho dito!!!

    Apareça sr Garrido, cidadão e juiz moralista, apareça

  33. Uê CHÁ

    30 de Junho de 2012 as 5:02

    Existe materia crime nesse caso??

    Por favor nos brinde com os seus artigos de costume, cidadão honrado.

    Por favor ajude-nos a esclareça essas ” açambarquices honradas”

    É preciso ser-se muito desavergonhado,e gélido pra se ter tanta cara de pau

  34. ANTÊ MUNGU Ê

    30 de Junho de 2012 as 5:04

    Existe materia crime nesse caso??
    Por favor nos brinde com os seus artigos de costume, cidadão honrado.
    Por favor ajude-nos a esclareça essas ” açambarquices honradas”
    É preciso ser-se muito desavergonhado,e gélido pra se ter tanta cara de pau

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo