Sociedade

Téla Nón( Nossa Terra) está novamente on line

O Jornal que nasceu no dia 12 de Julho do ano 2000, conheceu momentos difíceis nas últimas 72 horas. O mal nunca vence o bem, o Téla Nón não morreu e completa 12 anos de existência já nesta quinta-feira.

A desconexão do Téla Nón da rede internacional de computadores, aconteceu numa altura em que o Jornal e o nome do seu Director, estavam a ser alvos de fortes críticas devidamente coordenadas. O PAI da mentira, que segundo a Bíblia é o Diabo, tentou nas últimas horas manchar e descredibilizar o Téla Nón. Agora novamente on line, como sempre a verdade de todos os factos mentirosos, recentemente divulgados vão ser aqui tratados e desmontados.

Abel Veiga

    49 comentários

49 comentários

  1. Arnaldo

    10 de Julho de 2012 as 15:34

    Finalmente Téla Nón, morro em portugal quero sempre estar actualizado com as notícias do meu país. obrigado

  2. TVSA-Televisão Santomense Aberta

    10 de Julho de 2012 as 15:46

    Welcome Téla Nón.Desde já antecipadamente começamos a felicitar-te Téla Nón pelo teu aniversário-o 12/Julho.Já estávamos muito tristes.
    Desejamos mais longos anos de vida

  3. O Parvo

    10 de Julho de 2012 as 15:47

    Muito bem télá nón… o ponto d encontro das informações dos São tomenses na diáspora. Fiquei totalmente perplexo quando na segunda feira dia 9 de julho de 2012, tentei entrar num site do jornal e não consegui. Sabemos que existe muita conspiração, mas Deus esta iluminando este jornal, que informa todos os Santomenses, acerca das bandidagens dos nosso políticos…. Estou sempre com tigo, o bem vence sempre o mal…. Parabéns pelo trabalho que vocês vem realizando.

  4. Miss Janes

    10 de Julho de 2012 as 15:49

    Antecipadamente, felicidades. Desejo-te sucessos e que possam nos brindam sempre com a verdade. Sejam forte, muito existe muitos conspira….

  5. TC

    10 de Julho de 2012 as 15:58

    Força “Tela Non”. Parabens pelos 12 anos de existencia com muitas felicidades, longos anos de vida e óptima saúde a todos que trabalham no jornal e que verdadeiramente gostam dele. Pessoalmente estava muito preocupado desde domingo, pensando que conseguiram silenciar este importante instrumento de comunicação santomense.

  6. Joscon

    10 de Julho de 2012 as 16:02

    Meu Caro Abel Veiga,

    Espero que o seu jornal não se deixe amordaçar, não se deixa intimidar e, que se mantenha online por longuíssimos anos. Doa a que doer, publique artigos de opinião sem reservas, relatando apenas a verdade dos factos, com clareza e transparência como é do seu timbre.

    A comunidade São-tomense na diáspora está atenta ao quotidiano daquilo que se passa no país. Até breve.

  7. bbb

    10 de Julho de 2012 as 16:04

    Felicidades Tela Non.

  8. Veiga ST

    10 de Julho de 2012 as 16:09

    A invencibilidade está na defesa; a possibilidade de vitória, no ataque. Quem se defende mostra que sua força é inadequada; quem ataca, mostra que ela é abundante.
    Parabéns ao Téla Nón pelo trabalho que vem desempenhando.
    Longos anos de vida são os meus desejos e muita coragem Abel.

  9. Amo stp

    10 de Julho de 2012 as 16:11

    Pois! Gracas esta de volta! Ja estava me sentindo muito desinformada…..

  10. Aristides Barros

    10 de Julho de 2012 as 16:16

    Feliz aniversário. Que continue nos informando por muitos e muitos anos com verdade e isenção como é o seu habito.

  11. STP DIGITAL.NET

    10 de Julho de 2012 as 16:17

    Um bem haja a Liberdade de imprensa!!! Viva São Tomé e Príncipe.
    Congratulations Téla Nón, agora é remar e seguir em frente.

  12. Horácio Will

    10 de Julho de 2012 as 16:25

    Foi um mal que me permitiu avaliar a dimensão da falta que a vossa ausência pode provocar.
    Sintam um forte apoio.
    Caminhemos todos em direção ao esclarecimento, à tolerância, à democracia e ao desenvolvimento.

  13. DEUS PROVERÁ

    10 de Julho de 2012 as 16:26

    VIVA O TELANON!
    VIVA O ABEL VEIGA !
    VIVA A DEMOCRACIA!
    NÃO SE INTIMIDAM POR FAVOR ,EM NOME DO POVO S.TOMENSE FAZEM O VOSSO TRABALHO COM RIGOR,VERDADE E ISENÇÃO.
    AOS MENTIROSOS ,CORRUPTOS,DESONESTO E ……..TEM QUE SER NOTICIA TAL QUAL COMO MERECEM.

  14. valuma

    10 de Julho de 2012 as 16:28

    Parabéns antecipado pelo Sucesso e qualidade deste meio digital de notícias da NOSSA TERRA!

    Ao Abel Veiga seu editor e todos os colaboradores um forte abraço de Portugal.

    *Sendo ataque ou não o importante é termos de volta este importante meio de comunicação devera EFICIENTE para Diáspora STP.

  15. CACHARRAMBA

    10 de Julho de 2012 as 16:28

    Finalmente meu fofoca esta de volta parabens.Falar nao pode estas na terra de gente.

  16. DEUS PROVERÁ

    10 de Julho de 2012 as 16:28

    NAS ULTIMAS 24 H FORAM DE ANGUSTIAS PRA MIN PORK NÃO CONSEGUIA ACEDER AO JORNAL QUERIDO (TELANON)POIS PENSEI QUE O PAI DA MENTIRA JA O TIVESSE RETIRADO DO ESPAÇO.
    POIS ELE ACHA-SE TD PODEROSO,MAIS O PODER ESTA A VIR SE DEUS QUIZER!!!!!

  17. ANCA

    10 de Julho de 2012 as 17:01

    O Jornal Téla Non, completara no dia doze, de Julho, doze anos de existência.

    Bem haja

    Uma boa ocasião para, enquadar, reformular, inovar, modernizar e desenvolver o Jornal, para a realidade do país(Território, Mar, População) de modo a levar e fazer chegar, ao público, leitor/comentador, outras informações, matérias notíciosas, que não somente de caris político/polítiqueces, para fazer mais investigação, dos factos da realidade a nível social, cultural, desportiva, ambiental, económica e financeira, mediante a cultura de honestidade, verdade, transparência, cultura da responsabilidade, ética, moral e deontologia profissional, Jornalistíca, Informativa, para a evolução da moral da conciência dos nossos concidadão, para a realidade, social, cultural, desportiva, política, ambiental, economica e financeira do país(Território, Mar, População), para a percepção, e assunção do conceito cidadania, responsabilidade, e sentido de Estado.

    A que evoluir e progredir, a nível de padrões internacionais, de informação e conteúdo Jornalistico.

    Pois que quanto mais trabalhamos a informação, mais hipoteses, temos de ser bem sucedidos, enquantos cidadãos, enquanto, intituições, logo enquanto sociedade civil organizada.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  18. Frank

    10 de Julho de 2012 as 17:02

    O diálogo e a concertação deve ser a bandeira dos Homens Santomenses, como forma de ultrapassar qualquer conflito. Nunca o uso da supremacia, da arrogância, e a prepotência para por cobro o que supostamente está menos claro ou pouco esclarecido. Este jornal, apesar do seu caracter que é peculiar, já faz parte da vida dos cidadãos Santomense onde quer que esteja. A informação e a política não são parceiros, embora, a política para ser efetivada, sempre conta com a informação. O inverso desta matéria, a informação, nutre dos procedimentos políticos, sejam eles claro ou subentendido. Ao Téla Nón;
    Bem haja!

  19. mavinga diz

    10 de Julho de 2012 as 17:34

    Abel Veiga um grande abraço deste teu amigo de sempre,fiquei muito preocupado quis até ligar pra te no sentido de saber o que se passava com o tela-non e sei que a preocupação era tambem de outros comentaristas e outros leitores que habitualmente acompanham informações vinculadas neste jornal. Meus parabens ao tela-non. Os senhores pensam que são deuses ou donos da terra esquecendo eles que o poder de deus é incontornável….DESGRAÇADOS.

  20. luisó

    10 de Julho de 2012 as 17:35

    Eu percebi logo que havia aqui mão de alguém.
    Fico muito contente em ter este jornal outra vez on-line, já não consigo ir dormir sem ler as últimas de STP.
    Voz do povo contra a censura, critica contra o que tem que ser censurado e exaltado o que é bom.
    Não nos conseguem calar a força da palavra é mais forte e quem não poder viver com isso que saia e bata a porta, porque a democracia é assim mesmo.
    Força Abel.

  21. Butauê

    10 de Julho de 2012 as 18:05

    Vamos todos os leitores gritar alto o nome de TELA NÓN…
    O que nos difere dos animais é que…todos sabemos que vamos morrer um dia mas o TELA NÓN, não poderá morrer primeiro que aqueles que perseguem o seu bom nome e a sua digna acção de informar.

    BEM HAJA TELA NON… PARABENS.

    QUE TENHAS MUITOS, MAS MUITOS ANOS DE VIDA.

  22. BRIDGWATER

    10 de Julho de 2012 as 18:11

    Felizmente Téla Nón com muita alegria ja a dois dias que tento entrar em Téla Nón e nao conseguia,pensei, mas um meio de comunicacao,que nos mantem informado foi silenciado,resido na inglaterra,toda vez que volta de trabalho a primeira coisa que eu vejo e o jornal Téla Nón; Que nos mantem informado da nossa Terra,que amo muito,um dia penso em regressar;Obrigado Téla Nón, nao se deixa entimidar,obrigado por ardio trabalho de nos manter informado,Deus nao dormi,viva Jornal Téla Nón, Viva Sao Tome e Principe,Viva a Democracia, Viva a verdade,parabens por 12 anos de existencia.

  23. Lódóma

    10 de Julho de 2012 as 18:13

    Depois de estar esses dias sem conectar com Téla Nón já percebi que os tubarões querem calar a vós do povo, por este motivo fiz este comentário no PARVO no artigo »Eu te mandei falar por mim? Não percebo! Quem esta a falar verdade nesta terra de falsidade onde reina quem mais tem tudo na mão? Será o consulado ou jornais Kê kua e tela nón?«
    Venho congratular com Téla Nón e apoiar incondicionalmente, esse jornal é vós do povo,
    Força Téla Nón. O povo é quem mais ordena.

  24. António Silva

    10 de Julho de 2012 as 19:05

    Já estava a desconfiar, porque não conseguia entrar no site. Assim que vi sair aquelas notícias, era de esperar um ataque por parte daqueles que pretendem fazer tudo na clandestinidade.
    Parabéns pelo trabalho e continuem assim porque necessitamos de ter conhecimento de tudo que se passa neste país. De tudo: coisas boas e más.

  25. Colomba

    10 de Julho de 2012 as 19:22

    Parabéns Téla Nón!
    Que não acabe e tenha uma longa vida, são os meus votos sinceros!
    Embora com os seus pecados, mas também com as suas virtudes, é um facto que se tornou uma referência para o povo santomense, tanto residentes como – e principalmente – na diáspora e também para os amigos desse lindo País, que sem este meio de comunicação e a acabar, ficarão sem qualquer hipótese de acesso a um sítio onde possam ler notícias da sua terra e expressar as suas opiniões – mesmo que muitas vezes polémicas – sobre os mais variados assuntos de interesse para a sua comunidade.
    Bem hajam e mais uma vez “longa vida para vocês”.
    Cumprimentos.

  26. Libio

    10 de Julho de 2012 as 20:27

    meu caro amigo e colega, o povo está contigo, não tenha medo

  27. OP Angola/STP

    10 de Julho de 2012 as 20:58

    Saudações

    Parabéns Téla Nón.

    • Andrade

      10 de Julho de 2012 as 21:49

      Mais um forte ataque de pessoas que, sendo governantes, ou ocupando cargos que lhes confere poder, técnico ou político, estão dispostos a tudo para vingarem uma forma de estar na vida humilhante para todo o povo de S.Tomé e Príncipe. O que é que faz certas pessoas e políticos preocuparem-se tanto com um jornal que não faz mal nenhum a ninguém e se transformou num veiculo de comunicação entre as comunidades do nosso país espalhadas no mundo? Para quê este mal todo vindo de pessoas que, em determinadas alturas das suas vidas, se posicionaram como democratas ou defensores do nosso estado de direito democrático? É para isto que foram para o poder? É para isso que lutaram para conquistarem o poder? É disso que o país mais precisa neste momento? De perseguições, censura, ocultação e ausência de transparência? É para isto que tomamos independência em 12 de Julho de 1975?
      Parabéns Tela Nom. Continue a lutar para a existência de transparência em S.Tomé, contra a corrupção, contra a falta de liberdade, para a existência de um verdadeiro estado de direito democrático no nosso país. Pessoas que perseguem as outras em prol de implementação de um projecto político mau e defesa de interesses de seus familiares e amigos, como é o caso deste governo, não podem vingar em S.T.P.
      Por isso, mais uma vez, parabéns Tela Nom.
      Fui
      Andrade

    • Rita Fernandes

      10 de Julho de 2012 as 22:03

      Obrigado Tela Nom. Continue a vossa marcha para o bem de S.T.P. O PARVO, como pasquim que é, deve também continuar o seu caminho.
      Viva a Democracia em S.T.P

  28. Ôssôbô

    10 de Julho de 2012 as 21:43

    Confesso- lhe que não passo um dia sem avistar o “TELA NON”! Adoro os comentários ai expressos, e por vezes rio sem conta! Quero deixar ai as minhas vivas gratidões pelo excelente desempenho deste jornal que pôe não só os santomenses residentes no país como os da diáspora em sintonia com o que se passa no torrão natal.
    Viva Abel!!! Viva stp!!!
    jÁ fUI!!!!!!

  29. António Silva

    10 de Julho de 2012 as 21:59

    Já desconfiava, porque não conseguia entrar no site. Assim que vi sair aquelas notícias, era de esperar um ataque por parte daqueles que pretendem fazer tudo na clandestinidade.
    Parabéns pelo trabalho e continuem assim porque necessitamos de ter conhecimento de tudo que se passa neste país. De tudo: coisas boas e más.

  30. luisó

    10 de Julho de 2012 as 22:10

    É o TÉLA NON em STP e o MAKA angola em angola.
    viva a democracia.
    Abaixo a ditadura, a censura e o atropelo aos direitos humanos.
    Viva a liberdade de expressão, religiosa, opinião e o sonho de um dia vivermos sem estes novos ditadores.

  31. Héralce

    10 de Julho de 2012 as 22:41

    Parabéns Téla Nón. Continue sempre assim, levando informações à todos os santomenses, principalmente os que estão fora “desta casa” que é a nossa pátria.
    Que a maturidade vos ajuda, alias, nos ajude, sendo que esse jornal é de todos nós, a levar sempre as nossas responsabilidades nas nossas costas.

  32. Clara

    10 de Julho de 2012 as 22:50

    Força Têla Non… A democracia sempre vence… Estamos juntos

  33. Odair Baía

    11 de Julho de 2012 as 0:02

    Parabens Têla Non, espero que tenham muitos anos de vida e obrigado por estes 12 anos de existência.

    Odair Baía

  34. Filipe Samba

    11 de Julho de 2012 as 5:25

    Agradeço, e elogio o vosso símbolo, que sempre regista o estado da nação, mantiver-nos informados sobre a balança negativa do Povo, na era da nova dinastia (Neo-negritude)
    Os roceiros (descendentes ), Angola, Moçambique, Cabo-verde), continuam dias mais dias a viverem no estado precário que a humanidade nunca tinha conhecido
    Desejo ao Vosso colectivo maior profissionalismo e criatividade

  35. paulo

    11 de Julho de 2012 as 5:39

    Felicidades telanon.Abel,o bloqueio é como fertilizante,se tens duvidas investiga um pouco sobre historia de Cuba.O homem inteligente busca sempre solucao aos problemas que lhe apresenta na vida.Um abraco para te e todos os santomenses directamente da terra dos irmaos Castro.

  36. ADELINO DOS SANTOS

    11 de Julho de 2012 as 6:38

    Sinceramente fiquei muito preocupado,porque telanon é a unica fonte de informação crédivel para os santomenses que vivem na deaspura,Parabens telanon e que dure muitos anos para bem da democracia,Abraços para Abel e todos seus colaboradores.

  37. binoculo seculo vii

    11 de Julho de 2012 as 10:02

    Parabéns ao tela non pelos doze anos.
    Parabéns ao seu director. Não se deixe intimidar pelas forças do mal. Mentir para a família, é diabólico e condenável. Mentir por amor, e triste e imperdoável. Mentir para uma Nação é um crime que lesa a Pátria. Força Abel.

  38. Internacional invest

    11 de Julho de 2012 as 11:11

    Óptimo!

  39. Zunu Grilo

    11 de Julho de 2012 as 11:53

    Não confudir democracia com falta de ética, não confundir censura com o diabo, não confundir palavras escritas pro bem que foram distorcidas pro mal, não confundir o público com o privado. Eu gostava de saber quem “censurou” o tela non? Notícias enviesadas não fazem de um jornal um meio credível. Estar no ar, a partir de agora, oxalá signifique fazer jornalismo sério. Congratulo pelo jornal estar de novo no ar, mas não deixo de expressar indignação pelas notícias vazadas e distorcidas. Isso não é ética. Que se mude o olhar a partir de agora, e que o jornal saiba passar as notícias como elas realmente são.

  40. Zunu Grilo

    11 de Julho de 2012 as 11:57

    A questão da imparcialidade é também central nas discussões sobre ética jornalística. É difícil distinguir textos jornalísticos objetivos do chamado jornalismo opinativo. Jornalistas podem, intencionalmente ou não, cair como vítimas de propaganda ou desinformação. Mesmo sem cometer fraude deliberada, jornalistas podem dar um recorte embasado dos fatos sendo seletivos na apuração e na redação, focando em determinados aspectos em detrimento de outros, ou dando explicações parciais — tanto no sentido de incompletas quanto de tendenciosas. Isto é especialmente efetivo no Jornalismo Internacional, já que as fontes da apuração estão mais distantes para serem checadas. Tirei da wikipedia para fazer os jornalistas pensarem no sentido da ética. Ler Sócrates e estudar pode ser um bom caminho.

  41. Jonaldo neves

    11 de Julho de 2012 as 13:53

    Eis a estaçao da realidade o nosso vosso jornal Téla-nón Online.. Este Jornal que é muito consumido, o nosso Jornal de Apoio para Programas da Rádio.
    ESTE É O MEU JORNAL.
    –FELICIDADES Abel Veiga–
    Sou um admirador seu….

  42. Mimi

    11 de Julho de 2012 as 14:08

    que mal faz o Tela Non a nao ser dar a outra versao das muitas histórias, já que a imprensa estatal só vê a “honra e glória” do Governo?

  43. Miguel Angelo

    11 de Julho de 2012 as 14:31

    Parabéns tela-non, parabéns e força a todos os mentores desse que se tornou a principal fonte de informação de santoménse em todo o território nacional e além fronteira.
    Espero ardentemente que continuem a informar os santomenses de forma isenta e que não se intimidem perante ameaças dos malfeitores e cubardes. E se um dia precisarem de mim para lutar contra os detractores dos jornalistas, da liberdade de imprensas, basta mandar uma mensagem que eu responderei presente.
    Força.

  44. tristeza

    11 de Julho de 2012 as 16:16

    Viva tela non, pensava que fosse mas uma carta do Pinto em interromper a tela non. Tela non bile-uê, meus parabéns pelos 12 anos e que dure para que os mas renascidos cidadões Diáspora possa ter conhecimento naquilo que se passa com essas malandragem das camadas de transparência.

  45. Osvaldo dos Santos

    12 de Julho de 2012 as 12:06

    Força Abel, a verdade acima de tudo, doa a quem doer.Já estamos fartos de ser enganados e ver o nosso país na mesma ano após ano.

  46. chacuda

    13 de Julho de 2012 as 19:32

    Viva tela non,continue a nos informar com a verdade.O povo esta contigo,nao tenha medo dos larapios.FORÇA.

  47. chacuda

    13 de Julho de 2012 as 19:38

    Peco desculpas nao ter usado espaco apos os pontos e virgulas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo