Sociedade

DIREITO DE RESPOSTA

Equipa produtora do programa “Nós Por Lá”, reage a citação do relatório de auditoria às contas da TVS, que dá conta da existência de pagamentos de despesas concernentes ao referido programa sem qualquer documento justificativo. A equipa baseada em Portugal, diz que «o Programa “Nós Por Lá” nunca recebeu da parte da TVS qualquer ajuda financeira para a sua produção».

DIREITO DE RESPOSTA

Tendo tomado conhecimento da notícia publicada no jornal digital Tela-Non em que o programa “Nós Por Lá” é mencionado no capítulo 3.3 referente às despesas na alínea I) do relatório preliminar de auditória as contas da Televisão Santomense cabe a equipa do programa esclarecer o seguinte:

Nós Por Lá é um programa de Comunicação criado e idealizado por Jerónimo Moniz, Santomense e jornalista da RTP e Dr. Nilton Medeiros, Santomense e Realizador da ARTV.

O objectivo principal é reforçar e promover a imagem de S. Tomé e Príncipe e dos Santomenses na Diáspora.

É deste modo, de grande interesse nacional e internacional para a promoção e divulgação das Ilhas e da sua Gente.

O Programa “ Nós Por Lá” é emitido na TVS e nas redes sociais da internet desde 2010.

Até a data o Programa “Nós Por Lá” conta apenas com um Patrocinador que é o Banco Internacional de São Tomé e Príncipe (BISTP).

O programa tem mais de cem mil visualizações dos internautas Santomenses e não só, espalhados pelo mundo inteiro.

Para o conhecimento geral, importa ainda elucidar que o Programa “Nós Por Lá” nunca recebeu da parte da TVS qualquer ajuda financeira para a sua produção.

Para além do Patrocinador oficial, que é o BISTP,” Nós Por Lá” recebeu pequenos apoios esporádicos de algumas individualidades e associações para à ajuda a produção de alguns programas como poderão constatar na ficha técnica das referidas edições do programa. Geralmente esses apoios traduzem-se em combustíveis, portagens e viagens para reportar acontecimentos em países onde reside a comunidade Santomense.

Citando o relatório de auditória à Televisão São-Tomense:

«…Verificou-se que existem pagamentos de despesas concernentes ao referido programa sem qualquer documento justificativo, também, a respectiva transferência dos valores monetários para a sua realização, exceptuando as gratificações pagas aos realizadores

Quanto a isso, desmentimos categoricamente que tenha acontecido quaisquer transferências de valores monetários para a realização do programa.

Caso existam provas de tais pagamentos efectuados pela TVS à produção do programa “Nós Por Lá”, rogamos que apresentem publicamente os respetivos comprovativos.

Informamos ainda que todos os pagamentos efetuados pelo Patrocinador são previamente recebidos e processados pelos responsáveis da DAF da Televisão Santomense e atribuídos aos responsáveis do Programa “Nós Por Lá”, após a correspondente subtração da percentagem revertida a favor da própria Televisão Santomense.

Neste sentido, considerando o caráter preliminar do relatório, conforme divulgado pelo jornal digital Tela-Non, rogamos, aos que têm efetivamente o direito ao contraditório no processo de auditoria em causa, que se esclareça, em prol da verdade, que a Equipa de Produção do programa “Nós Por Lá” nunca recebeu um tostão da Televisão Santomense para a produção e realização do referido programa.

Com o nosso respeito e consideração.

Nota: Este direito de resposta será publicado em todos os jornais digitais de São Tomé e Príncipe bem como nos Fóruns de debates sobre o País na Internet.

Lisboa,15 de Fevereiro de 2013.

A Equipa de Produção de “Nós Por Lá”,

Jerónimo Moniz

(Jornalista e Produtor)

Dr. Nilton Medeiros

(Realizador)

    24 comentários

24 comentários

  1. Nação Santomense

    16 de Fevereiro de 2013 as 14:34

    Eu chamo atenção ao Santomé e Prinncepe que este programa não tem qualquer interece para os santomenses , isto é um disperdício de dinheiro.

    O Srª Gerónimo,o Monis, eu gostaria de saber aonde que o Srº fez a formação do Jornalismo? Que objetivo tem o su porgrama defender uma minoria da classe favorito da sociedade portuguesa.

    O Srº quando intervistou o Srº Drº Manuel Pinto da Costa falado sobre o facvto que tinha contecido comigo, o porquê que o Srº não me procurou para ter infformações segura das informações detupadas que tinhas dos factos que não tinhas certeza, e agora quem tinha a razão não se deve fazer julgamento na praça pública de factyos que nã tens provas reais.
    Devem ser punidos e responsabilizados pelos erros cometidos, e tenho a ferma certeza que vão sern siveramente punidos, pelo ato de má-fe, o Sr. Drº Manuel Pinto da Costa é Testemunha de montanha de mentiras que alimentaram contra a minha pessoa.

    Tenha vergonha somos negro Africanos e temos que defender a cor da nossa pele e não dos outros pela migália que recebem, para distruirem uns aos outros com base de vender sujidades.
    Todos irão ser condenados no paí de origem mais cedo ou mais tarde eu confio plenamente na Estrutura Persidencial Santomense que tem uma Base Internacional Forte e Segura.
    16/02/20\13

    • Bingo

      16 de Fevereiro de 2013 as 20:12

      Nação Santomense,

      Permita-me discordar.

      Independentemente dos cambalachos e trampolinices que terão estado por detrás do surgimento e da ‘finalidade’ do programa, é minha firme opinião de que ‘Nós por lá’ acabou por se revelar uma das maiores inovações da ‘Televisão de Todos nós’.

      Pessoas que nós não viamos há décadas apareciam nos nossos écrãs e foi possível ver comunidades inteiras de são-tomenses em vários pontos do mundo.

      Sem ser um programa conceptualmente brilhante ou excepcional, ‘Nós por lá’ permitiu unir o país à sua diáspora.

      A César o que é de Cesar.

      Nunca entendi porque razão o governo do Dr. Patrice Trovoada/ governo da República, não assumiu abertamente o patrocínio de um programa com essas características e andou aí a passar dinheiro por debaixo da mesa.

      Talvez porque houvesse uma estratégia eleiçoeira escondida…

      Passar bem, obrigado.

    • bem ni wê mali ni tlachi

      18 de Fevereiro de 2013 as 9:11

      Mas oquê que isso tem haver si Sr. é Jornalista ou não… O sr. só respondeu a notícia publicado pelo telenon…

    • Dlima

      18 de Fevereiro de 2013 as 15:13

      Nem escrever sabes…

  2. bom só...

    16 de Fevereiro de 2013 as 14:49

    não sei porquê mas não acredito nos argumentos desse direito de resposta. Alem do mais, não é a nós que tem que vir provar INOCÊNCIA, mas sim, na justiças ou aos Aditores. Pelas informações que circulam, existem facturas que foram passadas em nome do Programa Nós Por Lá. Se Vocês não receberam que recebeu a massa?

    • bom só...

      16 de Fevereiro de 2013 as 15:45

      #onde se lê, “que recebeu a massa?” passa a ser ” quem recebeu a massa?”

      • lupuye

        16 de Fevereiro de 2013 as 17:59

        Nao sabes? Pergunta o sr Oscar Medeiros. Ele deve ter comido a massa toda.

  3. mauro almeida

    16 de Fevereiro de 2013 as 17:38

    é tudo arquitedado por patrice trovoada com o intuito de comprar o povo mas o tiro saiu-lhe pela colátra, até os militares tentou comprar,ha quem tenha recebido um land cruser prado novo desse bandido mas deus é grande! aranjou bufos dentro do MLSTP para poder faser o que quer mas Deus não dorme. vão pagar

  4. António Silva

    16 de Fevereiro de 2013 as 17:41

    Meus senhores
    Realizadores

    Parece-me um programa muito parcial, tendencioso e propagandista. No CAMPO DA POLÍTICA-denoto a vossa inclinação em fazer as coisas no sentido de defender mais quem vos agrada.
    Sejam mais imparciais, talvez sendo assim perderiam o “LÓLÓ DÉDU”. É por estas e outras coisas que o país não avança e estamos neste estado.

  5. Vida Facil

    16 de Fevereiro de 2013 as 17:49

    Sempre soube que programa “Nós Por Lá” era uma autentica farsa, ou seja, maquina de fazer DINHEIRO dos seus realizadores, principalmente o Sr. Jeronimo Moniz(jet da RDPAFRICA) Eu até acredito na inocência do Nilton Medeiros, mas, Jet Não.Futááááááá

  6. carlos

    17 de Fevereiro de 2013 as 1:10

    Senhores realizadores do programa nós por lá agora estão limpar a mancha e deixar a batata quente nas mãos do Oscar Medeiros.
    Sr,Geronimo Moniz é um pessimo jornalista e miudo. Porque quem não deve não teme…Qual direito de resposta “utanas e patetiçes” O programa nós por la é um pessimo programa, propagandista e sem logica.

  7. ze maria gomes

    17 de Fevereiro de 2013 as 1:40

    Aos srs. excelentíssimos comentadores TIPICOS SANTOMENSES: não fazem nem deixam os outros fazerem. Nunca fizeram nada na vida. Façam ao menos críticas construtivas,… como melhorar o programa ou alternativa ao mesmo ja que são “expert”.

  8. fiá luxinga

    17 de Fevereiro de 2013 as 10:36

    Importante em tudo isto é que justiça funcione para todos, que ninguén seja impune independenta de cargo ou função que desepenha, quanto ao associar nós por cá a má gestao da TVs ao meu ver é uma defamação ou seja uma forma de justificar o injustificavel, isto porque para STP o valor em causa é muito dinheiro mas para quem possui noção cambial entre os dois países é um valor insignificativo para duas pessoas. tudo é possivel mas duvido da factura!

  9. Oi

    17 de Fevereiro de 2013 as 11:07

    Jerónimo Moniz estás a mentir. De uma das viagens que fiz a Lisboa Oscar Medeiros deu-me um dinheiro para entregar-te no aeroporto de Lisboa e tu recebeste. Será que era dinheiro de Oscar Medeiros? Eu sei que não era. Nestas coisas, Jerónimo Moniz é melhor que a gente não use o direito de resposta, isto porque contra factos não existem argumentos.

  10. Tatá

    17 de Fevereiro de 2013 as 11:08

    Jerónimo Moniz estás a mentir. De uma das viagens que fiz a Lisboa Oscar Medeiros deu-me um dinheiro para entregar-te no aeroporto de Lisboa e tu recebeste. Será que era dinheiro de Oscar Medeiros? Eu sei que não era. Nestas coisas, Jerónimo Moniz é melhor que a gente não use o direito de resposta, isto porque contra factos não existem argumentos.

  11. explicar sem complicar

    17 de Fevereiro de 2013 as 16:07

    Misturaram com porcos como Oscar,Varela,Patrice,Levy etc,entraram na “LAMA” comeram dinheiro da TVS e dos Contribuintes,desgraçando a vida dos pobres santomenses,sem medicamentos no Hospital nem OXIGÉNIO para salvar vidas humanas—MAUS—!!!Engraçados:QUERIAM SAIR COMO de lá?
    Vão enganar outros.

  12. Vira o disco toca o mesmo

    18 de Fevereiro de 2013 as 9:21

    Este programa “Nós por Lá”, na minha opinião, não tem conteúdo interessante. É um programa que só retrata santomenses nas festas e isso é mau. Nós temos conterrâneos na diáspora que fazem coisas mais interessantes. Médicos, professores, arquictetos, bancários, empresários,etc. Estes também precisam ser relatados. Independemente da equipa facturar ou não à seja lá quem for, o programa em si devia ser mais interessante, tal como se vê em ” De nós para nós” na TPA, “portugueses no mundo” na RTP, etc, etc.

  13. Mario da Costa

    18 de Fevereiro de 2013 as 10:38

    BISTP apoia o programa, então é mesmo que dizer o Povo das Ilhas apoia.
    São as nossa poupanças e o Banco tem varios donos, STP é um deles!!
    Certo ou errado?

  14. Coisa feia

    18 de Fevereiro de 2013 as 11:54

    Jeronimo Moniz mais conhecido por “Jet” da RDPafrica, é malandro deste STP. tanto é que teve que emigrar pq não tinha espaço para roubar em STP. O incrível é que esse mesmo Jet é que fica no Fórum a apelidar os outros de bandido, corrupto e outras coisas mais. Agora eu pergunto, perante esse facto quase consumado qual é o nome que devemos chamar o Jet? deixo a resposta ao Critério do Senhores internautas.

  15. rosario terço

    18 de Fevereiro de 2013 as 13:03

    Acho que a melhor forma de dizer é fazer!
    chegou a hora de fazer ao invés de falar e critcar,traçar o rumo pra todos santomenses que querem trabalhar,e não para os delapiladores,usurpadores,mercenarios,etc,et
    todos que têm bem do povo a sua posse,obrigatoriamente devem ser chamado ao local próprio que é ministério publico,para devolverem estes mesmos bens ao povo santomense.

  16. Alice

    18 de Fevereiro de 2013 as 13:31

    Olha o que acho, e que esta informacao vem ajudar a Inspeccao Geral de Financas, a tomar uma decisao, pois a ser verdadade este desmentido, entao confirma-se que a que este montante tenha ido parar nos bolsos dos elementos da Direccao da TVS e do contabilista, e que a mesma Direccao para encubrir as despesas falsificou os documentos. Forca IGF!
    Alice

  17. loqueto iambongo

    18 de Fevereiro de 2013 as 22:17

    Li os comentários dos meus co-cidadãos e confesso estar de algum modo indignado!
    Penso que os senhores do programa “nós por lá” estão no direito de neste forum, minimo explicar o que aconteceu.
    Foi o que fizeram.
    Não os conheço pessoalmente, mas acho que fizeram bem em dizer qq coisa a esse respeito.
    Tb nunca assisti a esse programa e nem conheço o seu formato. Mas como santomense que sou,penso que actividades que se propõem aproximar os nossos co-cidadão…seja de jeito for é coisa boa.
    Neste forum, tenho notado muitos comentários negativos….do tipo “bota abaixo”, de pessoas mal formadas o que é muito lamentável.
    Deixem trabalhar os homens! Logo logo saberemos quem está a mentir.
    Obrigado por lerem o que escrevi.

  18. lyetet mendes

    18 de Fevereiro de 2013 as 22:46

    DESSE JEITO S.TOME NUNCA VAI A FRENTE……SÓ COM CRISTO…..

  19. menina

    19 de Fevereiro de 2013 as 14:11

    Como disse um leitor,existem coisas mais interessantes a serem passadas por Nós por Lá”. Nesses últimos meses, só passam festas de igrejas, com santomenses nos “comeretes e beberetes”. Será que na Diáspora não há coisas interessantes?.Porquê só receberem valores na “mão”? Isso só vem descredibilizar o referido programa e as pessoas que estão nele. Dizem nunca receberem valor or transferência mas sabem que recebiam por outras vias. Jerónimo sabe disso e não lhe fica bem dar em “santinho” porque essa carta foi lida por milhares de pessoas, entre os quais, as pessoas que levaram o tal valor para ele, enviado por Óscar Medeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo