Sociedade

Hospital da ilha do Príncipe equipado para tratar problemas cardíacos

No quadro da parceria com a Associação Humanitária de Cooperação para a Saúde, Educação e Desenvolvimento (ASCENDERE), o hospital do Príncipe recebeu esta semana um lote de equipamentos, que vão permitir atender a situações de ataques cardíacos, e a monitorização de  outros problemas de saúde.

Segundo o médico António Machado membro da “ASCENDERE”, os equipamentos ofertados foram cedidos pelo Hospital de Vila Franca de Xira de Portugal. Inclui um desfibrilhador, que segundo o médico é um aparelho útil, para intervenção em situações de paragem cardíaca. Ajuda a restaurar o ritmo cardíaco. «Também no lote há um monitor que dá um conjunto de parâmetros fundamentais para monitorizar os doentes», referiu.

Outros equipamentos para melhoria do atendimento médico a população do Príncipe fazem parte do lote.

A ASCENDERE, actua na ilha do Príncipe desde o ano 2011 em matéria de saúde preventiva. Rastreio de doenças não transmissíveis, como a hipertensão arterial, diabetes etc são os alvos do programa da ONG portuguesa. «Tratamos doenças que não doem. Eu e os meus colegas tratamos doenças que são silenciosas, como a hipertensão que mais mata em todo o mundo», explicou António Machado.

De 3 em 3 meses, a equipa clínica da ASCENDERE, vem de Portugal rumo a ilha do Príncipes, O rastreio ao cancro do colo do útero é uma das grandes acções em curso. «É o cancro que mais mata na África subsahariana e na Ásia. Esses rastreiros detectam precocemente lesões pré-cancerosas. O que estamos aqui a fazer vai ter reflexos daqui a meia dúzia de anos», acrescentou o médico.

Cerca de 300 pessoas são atendidas pelos médicos da ASCENDERE em cada trimestre. O Presidente do Governo da Região do Príncipe José Cassandra, agradeceu o gesto da ONG que realiza a sua décima primeira missão na ilha do Príncipe. « Não há palavras de agradecimento com estes equipamentos que nos são entregues. Temos é que garantir a boa utilização desses equipamentos», afirmou José Cassandra.

Segundo o Presidente do Governo Regional, a ASCENDERE, está a ajudar o poder regional a estruturar o serviço de saúde na ilha, «do ponto de vista preventivo».

Abel Veiga

    6 comentários

6 comentários

  1. laurinha de carvalho

    17 de Janeiro de 2014 as 10:03

    pomba branca,oooooooooooo qur gostoso, que doce,que maravilha,esta noticia é que me entrou bem no meu coraçào,agradeço as equipa de ONG que foi pra me uma alegria muito grande e por tudo na ilha maravilhosa beijào para ONG e fortes abraços e para iha do principe

    • djatta

      18 de Março de 2014 as 14:55

      Serà que podem também equipar escolas em STP para que a senhora dona Laurinha de Carvalho apranda a escrever? Sua imbecil, sei que os homens gostam de mulheres idiotas, ignorantes…mas por esmola, respeite o pùblico que vai ler a sua besteira…là que nao tenha um contùedo interessante, ainda passa…mas tente escrever algo que dê sentido ao que quer dizer, digo, comunicar. Vejàmos : qur = que, pra me = para mim, me entrou…no meu: que entrou no meu coraçao (nao tem classe mas passa gramaticalmente), o e…e…e, numa so frase: NAO, devia servir-se da pontuaçao, aliàs se ela existe é para este fim , enfim!… Compreendeu?
      Se você é casada , implore o seu marido para lhe pôr na escola, porque você bem precisa. Note, digo-lhe isso, para o seu bem, Senhorita de Carvalho.

  2. Explicar Sem complicar

    19 de Janeiro de 2014 as 13:01

    Tribunal de Contas, muita corrupção dentro do Governo Regional. Contratos de Obras Publicas, obras que não termina mais que dinheiro do publico anda sair sempre para pagar as mesma obras. Muita coisa está cá no Príncipe. Muito Roubo
    Viva ADI, estamos atentos as manobras do Senhor Tó Zé Cassandra.

    • djatta

      18 de Março de 2014 as 15:59

      …mais um servidor do Patrice Trovoada, em troca dos miseros tostoes que recebe…và, venda STP, o ADI lhe paga a si e os KAPANGAS para este fim…força!
      Até quando vocês que sao utilizados pelo P.T. vao abrir os OLHOS ? Servir a um HOMEM INVISIVEL que nao tem nenhum sentimento patriotico para STP,que serve-se de STP apenas para beneficio pessoal…diga-me onde està o seu lider Patrice Trovoada, neste momento, aliàs, desde que deixou de ser 1° ministro de STP?

  3. EXPLICAR SEM COMPLICAR

    20 de Janeiro de 2014 as 12:34

    Meus caros,

    Sou do ADI DO PRINCIPE, tenho acompanhado as acções do Governo Regional e não são nada disso que andam a propalar.
    Julgo que, as pessoas se sabem assim tanta coisa ao menos deviam dar a cara, já que acham que os intereeses públicos estão em causa.
    Nunca vou deixar de ser do ADI, devo aqui dizer que, numa conversa que tive com um dos membros do Governo Regional, disse-me que, o Governo Regional já solicitou uma AUDITORIA as contas da RAP como sempre fazeram, antes mesmo das Eleições.
    Como andam as confusões na Capital com os jovens políticos, as pessoas de má fé, invejosas tendem em manchar o bom nome do PRESIDENTE TÓZÉ CASSANDRA e do seu Governo.
    Vejam o Príncipe de ontem e o Príncipe de Hoje,as contas do Governo Regional são públicas, qualquer cidadão tem acesso, eu próprio já fui esclarecido de muitas coisas que tinha dúvidas.
    Prá frente Tózé.
    Viva o Principe

  4. carlos d' almeida

    21 de Janeiro de 2014 as 21:43

    Sou ODONTOLOGISTA (DENTISTA)desde 1983, tenho Carteira Profissional de Odontologia do Ministério da Saúde de Portugal e gostaria muito de ir para São Tomé trabalhar para as populações mais necessitadas, acho que deveria haver uma cultura muito forte de Saúde Oral nesse jovem País. Estou pronto para ir e ajudar em Hospitais ou Centros de Saúde.
    Com os meus respeitosos cumprimentos.
    Carlos d’ Almeida.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo