Sociedade

Comunicado de Imprensa -CST

A lha do Príncipe tem hoje uma loja mais moderna e preparada para servir melhor não só os seus cerca de 7 mil habitantes como também os inúmeros turistas que escolhem a região como seu destino turístico.

CST renova presença comercial na Região Autónoma do Príncipe.

  • Reinauguração da Loja CST na Região Autónoma do Príncipe
  • Proporcionar mais conforto e melhor qualidade de prestação de serviços à população da Ilha do Príncipe
  • Evidenciar maior proximidade e melhor imagem

São Tome, 20 de Janeiro de 2014

A CST, Companhia Santomense de Telecomunicações, reinaugurou esta segunda-feira, 20-01-2014, num ato presidido por José Cardoso Cassandra, Presidente da Região Autónoma do Príncipe, a sua loja de telecomunicações naquela ilha, depois de a ter submetido a uma profunda remodelação e modernização. O objetivo foi melhorar as condições de atendimento dos seus clientes.

A lha do Príncipe tem hoje uma loja mais moderna e preparada para servir melhor não só os seus cerca de 7 mil habitantes como também os inúmeros turistas que escolhem a região como seu destino turístico. A loja dispõe agora de espaço para atendimento personalizado e de um novo serviço de acesso à internet a partir de 3 computadores públicos denominados comercialmente de netpoints.

Para assinalar o evento o Administrador Delegado da operadora, Jorge Frazão, lançou uma promoção que permite adquirir o Alcatel 1010 a 390.000 dbs apenas na loja do Príncipe e navegar nos netpoints com 50% de desconto nas primeiras 2 semanas pós-reabertura.

Esta renovação insere-se num processo de modernização e de expansão da rede de lojas próprias e de agentes do operador que proporcionou um significativo aumento da visibilidade dos pontos de venda em 2013 e está a conhecer um grande impulso em 2014 com a reabilitação da loja do Príncipe agora reinaugurada e a abertura para breve de novas lojas CST em Neves, Guadalupe e Trindade.

A empresa tem-se evidenciado pela expansão da sua “mancha azul”, o que levou a que lojas de bairro que façam revenda dos seus produtos, postes telefónicos e muitos edifícios santomenses estejam a ser pintados de azul. Acresce ainda o reforço da sua presença na rua com mais campanhas e comunicação outdoor.

O reforço da proximidade com o cliente e a sua satisfação têm determinado as linhas de atuação da empresa.

    3 comentários

3 comentários

  1. Me Zemé

    23 de Janeiro de 2014 as 9:34

    Bom sinal…Vem ai a concorrência…

  2. Tambô Opi

    23 de Janeiro de 2014 as 11:05

    E os recados deixados pelo Presidente do Governo Regional a CST e aos Governantes de S.Tomé e Príncipe, não é noticia?

    São Tomé e Príncipe será, de acordo com a CNN um dos dez destinos de sonho para este ano. Para esta designação a ilha do Príncipe, terá contribuído de certeza, com 80% do seu potencial. Eu pergunto: os nossos visitantes se sentirão cómodos numa ilha com uma qualidade de internet péssima?

    “Também queremos sentir filhos dessa terra”

    Bom dia.

    • Teresa

      23 de Janeiro de 2014 as 16:04

      Subscrevo a sua opinião. Enquanto uns trabalham outros apanham os louros.
      Enquanto uns trabalham e obtêm resultados; outros que não trabalham e não obtêm resultados são sistematicamente beneficiados com mais dinheiro e mais meios.
      Deve-se dar meios e condições àqueles que trabalham e têm demonstrado resultados para as respetivas populações. Caso contrário estamos no domínio de autêntica contradição, caindo no absurdo de estarmos sempre a beneficiar aqueles que já demonstraram que são eternos falhados. O país nunca mais arranca deste jeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo