Sociedade

UNITEL arrendou o prédio onde funcionava o National Investment Bank

A segunda operadora de telecomunicações que está prestes a iniciar as suas actividades em São Tomé e Príncipe, é o novo inquilino do prédio que esteve arrestado nos últimos 8 anos. O Téla Nón apurou que o contrato de arrendamento foi assinado na quinta – feira.

Os sócios da extinta companhia Air Luxor, que intentaram processo judicial contra Paulo Mirpuri, e que provocou o arresto do prédio onde funcionava o banco privado National Investment Bank, e a própria Air Luxor, foram os primeiros a tentar vender ou arrendar o prédio para a empresa de telecomunicações UNITEL.

Alfredo Gaspar, representante do grupo de sócios da extinta Air Luxor, confirmou que as negociações com a UNITEL começaram há cerca de 4 meses. «Andamos em negociações com a UNITEL há cerca de 4 meses. Tivemos várias sessões de negociações. Na primeira negociação estabelecemos os termos daquilo que iria ser o contrato. Estabelecemos um valor. A UNITEL disse-nos que não havia problemas nenhuns», declarou Alfredo Gaspar.

Segundo o representante dos sócios nacionais da extinta Air Luxor, as negociações com a UNITEl no sentido de vender o imóvel, continuaram até a passada quarta-feira 22 de Janeiro. «A UNITEL pediu-nos o projecto do prédio e demos, e a última vez que estivemos em negociações com a UNITEL foi na quarta – feira passada, onde estive o engenheiro Nuno que é representante da empresa. Visitamos o prédio com o projecto de alterações e disseram-nos que não havia problemas», explicou.

Adelino Izidro, Alfredo Gaspar e Luís de Ceita, os três sócios nacionais da extinta Air Luxor, estavam prestes a vender o prédio para a companhia angolana de telecomunicações, mas a última hora foram surpreendidos.

O Téla Nón apurou que não tinham o título de propriedade do imóvel. A UNITEL, terá decidido procurar o dono legítimo do prédio, e encontrou. O prédio está registado nos serviços notariais de São Tomé e Príncipe, como sendo propriedade da Sociedade National Investment Bank, cujo dono é Paulo Mirpuri. (Veja certidão de registo- Certidão de registo de propriedade)

O Téla Nón sabe que a UNITEL negociou com os representantes do National Investmente Bank, e que na última quinta feira a duas partes chegaram a acordo de arrendamento do prédio. As obras de reabilitação do edifício já começaram.

A UNITEL, segunda empresa de telecomunicações com licença para operar no mercado nacional, está prestes a iniciar as suas actividades. O prédio localizado no centro da capital São Tomé, deverá ser a sua sede provisória até que seja construído o edifício original e de marca UNITEL no aís.

Abel Veiga

    12 comentários

12 comentários

  1. incrédulo

    31 de Janeiro de 2014 as 15:53

    Cada coisa ki sobe!

    Ou cada coisa cu deche!

  2. incrédulo

    31 de Janeiro de 2014 as 16:01

    Que venha a UNITEL, com confusão ou sem confusão, nó queremos mais um concorrente para a CST

    • António Menezes

      3 de Fevereiro de 2014 as 11:29

      Coitado, quem te disse isso? A UNITEL concorrente da CST? Abra os olhos…estás ainda no século 18 ou quê?
      Vá investigar e terás a resposta.

    • Matias

      3 de Fevereiro de 2014 as 11:55

      Que venha a UNITEL. E que todos nós mudemos para novo operadora no sentido de mostrar a CST que estes anos todo de exploração sugamento do trabalho da população chegaram ao fim.

  3. Xuxanti

    31 de Janeiro de 2014 as 16:28

    espero que o referido negocio de arendamento tenha concluido de modo a nao ganhamos outra fama de adraboes quem e dono sabe que e dono quem sabe que nao e nao vale apena ai a fazer confusao aleia.

    Espero que de a UNITEl confiança para que eles se sintam em Casa.
    Bem Vindo a UNITEL STP.

  4. osvaldoafonsostp@hotmail.com

    31 de Janeiro de 2014 as 17:30

    stp sempre a subir mas,o senhor Paulo merpuri tem ou não dividas como os sócios as verdades têm que ser ditas,esperemos para ver onde isto vai chegar,os dólares vão ter que sair.

  5. EXPLICAR SEM COMPLICAR

    31 de Janeiro de 2014 as 18:20

    Caros irmãos da Ilha maior,
    Do lado de cá(PCP), ficamos satisfeitos com a noticia de que a UNITEL/ST ja encontrou um espaço físico para sua instalação e consequentemente o arranque das suas acções na áreas das telecomunicações.
    Daí que fazemos um apelo a UNITEL para não se esquecer que são duas Ilhas que formam a RDSTP, pois foi assim que em 12 de Julho de 75 proclamou-se perante as Nações Unidas e a Comunidade Internacional o País STP.
    A UNITEL no nosso entender que já fez chegar ao PCP um emissário, deverá imediatamente criar uma unidade na RAP de forma as duas Ilhas partirem em pés de igualdade em termos de benefício é este o nosso apelo aos órgãos de decisão da operadora UNITEL e tbem ao Governo da República.
    Pa sô sô sô.

  6. ferpenapandopo

    31 de Janeiro de 2014 as 19:09

    Mais uma,a quererem negociar uma coisa que não é deles…

  7. dragaodeaguaize

    2 de Fevereiro de 2014 as 2:49

    Eu não entendo nada, está tudo preocupado com a Unitel e com a Air Luxor e ninguém está preocupado com o grande Futebol Clube do Porto que voltou a perder e, se não fosse guarda redes do Gil defender o penalti oferecido aos Benfas, este clube de 2ª categoria quase que ficava com 6 pontos de vantagem.

    Pinto da Costa, o do Porto, está velho. Arranjou Brasileira nova e agora não quer saber mais do clube. Diabo da Brasuca que está a distrair o homem

  8. tribuna

    2 de Fevereiro de 2014 as 23:06

    mais uma do ADELINO ISIDRO LDA

  9. bernardino zola

    3 de Fevereiro de 2014 as 9:36

    ok assim já ñ vamos ter problema com a nossa companhia de falha de rede pra telefonar vamos ver se eles ñ trazem manobra de angola também, pelo menos pais esta andar pra frente um pouco

  10. 3 Macucu

    3 de Fevereiro de 2014 as 12:48

    Eu penço quanto mais for,a concorencia com CSTé melhor para STP no meio de comnicaçoes ,que eu reprovo catigoricamente CST com esse tipo de saldo que nao dà para pobre sejà benvindo UNITEL força

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo