Destaques

Pai procura pela filha que foi levada

Órfã de mãe, a menina Leopoldina Vitória Domingos de 1 ano de idade, tem como pai o senhor José Maria Domingos.

No dia 25 de Março de 2014, o Ministério Público lavrou uma declaração em que o senhor José Maria Domingos, declara entregar de livre vontade a guarda e o cuidado da sua filha menor Leopoldina Victória Domingos, a uma cidadã francesa de nome Sílvia Angelica Alves Sourigues.

Na declaração o pai da criança diz que autoriza a cidadã francesa a viajar com a sua filha menor para a França e outros países, sempre que for necessário. O problema é que a declaração é assinada não pelo senhor José Maria Domingos, mas sim pelo jurista José Carlos Barreiros, por sinal amigo do casal francês, que levou a criança.

O pai não assinou a declaração, porque alegadamente não sabe assinar. Uma impressão digital, plasmada na declaração, é alegadamente pertença do pai.

O leitor pode clicar no documento seguinte para confirmar a declaração assinada pelo jurista José Carlos Barreiros, e logo a seguir consultar outra declaração desta feita do senhor Miguel Carvalho por sinal procurador adjunto e simultaneamente digno curador de menores ——Declaração do Pai e do Magistrado do MP

São os dois documentos, que permitiram a saída da criança de 1 ano, que aguardava pelo processo de adopção, e que estava sob a tutela da Caritas.

A advogada Célia Posser que tem nas mãos o processo de adopção da criança, considera que a declaração do pai da criança assinada pelo jurista José Carlos Barreiros, é fraudulenta. «Temos um pai sem meios, que põe a sua impressão digital numa declaração, tão extensiva com a assinatura do doutor José Carlos, e sem me dar conhecimento como mandataria nos autos. Portanto um conjunto de circunstâncias em que se aproveita das fragilidades dos pais», frisou a advogada.

Célia Posser interroga. «Foi o doutor José Carlos Barreiros quem assinou porque o pai da criança não sabe assinar. Isto é uma saída legal?».

A advogada que estava a conduzir o processo de adopção da menina Leopoldina Victória Domingos, detalha a alegada fraude, uma vez que o pai apareceu no seu gabinete procurando pela menina. «Porque se o pai não sabe assinar obviamente que não sabe ler. Tanto é que o pai apareceu há dias aqui no meu gabinete a procurar saber do paradeiro da criança. Portanto ele próprio não sabe o que é que ele assinou», concluiu.

A polémica está aberta.

Abel Veiga

    15 comentários

15 comentários

  1. jão semedo

    6 de Junho de 2014 as 7:50

    Não conhecendo os contornos da questão duas perguntas se podem fazer: Porque é que a RDP-África do senhor Óscar Medeiros, Carlos Menezes, Abílio Neto e outros… até José Gonçalves, que já entraram na rede da ADI não comentam a questão? Há dias ouvi o José Gonçalves, esse comentador que faz opinião do dia na RDP-África, comentar uma entrevista dada uma semana antes pelo Jorge Amado líder do MLSTP, claro que o comentário era a favor da ADI, este último alguém que eu tanto admiro. A segunda questão que gostaria de ver respondida é: Onde para o Óscar Medeiros para fazer uma reportagem sobre essa matéria? Será que o Óscar Medeiros, que é político disfarçado de jornalista, vai continuar a transformar a RDP-África numa rádio da ADI? Convoco a todos para que medidas sejam tomadas para que as notícias sejam objetivas e isentas!!! Não podemos continuar a aceitar que só vá para o ar notícias contra os adversários políticos da ADI, num canal pago com o dinheiro de contribuintes portugueses. A ADI representa minoria dos santomenses, a maioria não pode continuar a admitir ser tratada desta maneira! já agora, o advogado José Carlos Barreiro é da ADI e foi membro do Governo pela ADI como ministro da justiça, depois de ter sido expulso da magistratura. É caso para dizer: Esta gente da ADI gosta mesmo de tráfico… Fui

    • seabra

      6 de Junho de 2014 as 9:22

      …caro “internaute”, estou plenamente de acordo consigo, quanto a posiçao e a atitude Vigarista dos membros do partido em questao ADI. Sao realmente TRAFICANTES em tuso, começando pelas idéias de propagam. Se o Patrice Trovoada continuar a dirigir este partido, creio que levarà STP a um CAOS sem saida…deve ser eliminado de raiz. Eis a ùnica soluçao…P.T. nao é a bôa soluçao para STP. Isto é uma constataçao!

    • Dlima

      6 de Junho de 2014 as 9:23

      Caro jão semedo, o mais engraçado e igualmente ridículo é que fazes este comentário num jornal claramente partidário, nada isento e que já nem faz faz questao de esconder a sua “côr” política.
      “Dédo ná cá pontá úbuê dê fá, cé lá iá lá lá…”

  2. FALA SERIO

    6 de Junho de 2014 as 8:41

    Sinceramente não entendo o porque de todo esse barulho, o casal que esta com a criança estão devidamente identificados, sabe-se aonde para onde foram e aonde estão, sabe-se também que a criança estava a Deus dará jogada nas caritas, aguardando mesmo que fosse adotada. Não sera que existe ai entre os jurista alguma rixa e dor de cotovelo, manchando com isso o país, os pais interessados na adoção, a cooperação STP/França…só por ira de não ter feito e ver o outro de forma expedita ter resolvido. Por favor Celia Posser e José Carlos Barreiro, parem com isso…acredito que nem um dos dois quer ver crianças morrendo a fome ou a crescerem nas caritas para despois tornarem meninos de rua e na rua. Dividam entre vocês o lucro desse “negocio” e deixem de estar ai a se alfinetarem.

  3. adelino dias

    6 de Junho de 2014 as 8:45

    Essa gente de ADI!!!!!!

  4. seabra

    6 de Junho de 2014 as 9:17

    Gostaria que a sra Dona Célia Posser, se interessasse também (nao ùnicamente deste caso, certo preocupante…), pela sua ética de advogada “zelosa” como os casos tao graves de outras crianças em STP que é a mà nutriçao, violência, maltratos…abusos sexuais etc.
    Hà muita matéria neste aspecto, sobre as crianças. Estou certa que se ocuparem deste grande problema que toca às crianças, evitarao o que se passou com a pequena Vitoria”suposta adoptada” pelo casal françês, pois que o pai (em ocurrência a familia), nao teria recorrido a um terceiro para ajudar esta pobre criança a ter um futuro “suposto” melhor…. este assunto so é abordado e so inquieta, quando ha QUESTAO de dinheiro. O que é TRISTE e lamentàvel!

  5. Feira Grande

    6 de Junho de 2014 as 9:24

    Subscrevo totalmente a sua declaração. Eu tinha algumas dúvidas relativamente ao caso que muitas pessoas falavam de instrumentalização da R.D.P.-África a favor do ADI. Agora com este caso eu fico completamenbte convencido que os senhores que reclama isto têm toda a razão. Tenho acompanhado os noticiários da R.D.P-África todos os dias e não ouvi esta caso ser noticiado. Por que razão será? A R.D.P-Africa não pode ter dois pesos e duas medidas. Eu que vivo e trabalho em Portugal, como médico, também pago com os meus impostos para que a R.D.P-África funcione. Não posso permancer calado vendo uma rádio, também paga por mim. sendo utilizada para fins politico-p0artidários em defesa de um partido do meu país. Se o vosso correspondente não está a cumprir as suas funções, porque é militante de um partido político de S.T.P então tirem-no de lá e metam outra pessoa que melhor possa cumprir estas funções. Este caso é grave e deveria ser noticiado pela R.D.P-África. Começo a constatar que as pessoas que criticavam esta rádio têm alguma razão. Ela não deve estar ao serviço de um partido político prejudicando os outros.

  6. Fia plocosom

    6 de Junho de 2014 as 9:44

    A meu ver o pai da crianca anda a brincar com coisa seria .Entao o senhor comparaceu no tribunal e declarou que autoriza a sua filha sair do Pais com a cidadao estrangueira quando quizesse, e vem agora a procura dela? O senhor por favor tera que procurar de escrever o seu nome. O Pais hoje ja nao e aquele Pais de ontem em que, as nossas avos punha o dedo no papel.

    • Nilton carvalho

      7 de Junho de 2014 as 17:25

      E porque razao e que o pai da crianca apareceu para perguntar sobre a crianca justamente agora que ela esta fora e que deram por falta dela.No meu ver ja a alguem a orientar o pai para conseguir algum,porque e’ estranho.

  7. ddd

    6 de Junho de 2014 as 10:17

    O senhor José Carlos Bandeira tem que ser preso, que farça é essa em São Tomé…. meu Dêus????

  8. terra dos outros

    6 de Junho de 2014 as 12:10

    até quando que se vai tomar as grandes decisões com estas gentes do ADI ? isto é demais,.

  9. pai de filho

    6 de Junho de 2014 as 15:22

    CARTA ABERTA:

    Exmo Senhor
    Sr JOSÉ LUÍS HOPFFER ALMADA
    Comentador da RDP-Africa

    Eu como pai de filhos e alguém que umas vezes acompanha esta Radio-Pirata(quando sintonizo por engano)e que graças a Deus calha ser sempre o Sr estrangeiro e irmão Caboverdeano alguém que vê as coisa com olhos de ver sobre realidade Santomense,e que aliás sempre procura LINGUAGEM DE PAZ para esta terra,até há pessoas que pensam que o SR É SANTOMENSE,e temos alguém que foi Santomense desta Radio financiado pelo Partido ADI e o Sr Patrice Trovoada,o ABILIO NETO,que nos ultimos 2 anos tem DESUNIDO os Santomenses;
    Gostaria de pedir ao Sr um GRANDE FAVOR de interceder por nós aí,APELANDO pelo TRÁFICO DE MENORES que tem ocorrido ai em S.Tomé.
    Acontece que a notícia em S.Tomé decorrente trata-ser de um caso de trafico de menores em que está envolvido o Advogado JOSÉ CARLOS BARREIROS e çpor sinal Militante do ADI e que a RDPAfrica deveria aproveira a oportunidade para fazer campanha contra esta PESTE e não temos ninguém aí que nos pudesse ajudar nesta Radio.E ao lembrar do Sr José Luis,eis que tomo a ousadia em nome dos PAIS fectuar um trabalho nesta matéria A FAVOR das crianças Santomense. Porque o Sr é a única pessoa aí com quem podemos contar com alguma ajuda neste sentido.
    E que Deus lhe abençoa e abençoa todas as suas famílias.
    Nós os Pais Santomenses lhes ficamos grato.

  10. valter Machado

    7 de Junho de 2014 as 18:49

    Boa tarde
    A situação é preocupante, porque não é primeira vez que isto acontece, por outro lado a incompetemcia não é externamente (RDP ÁFRICA) nem do partido A,B ou C, mas sim problemas e incopetencia internamente, porque temos orgãos de soberania Nacional que são orgão que devem pronuciar e tomar medidas contra este Advogado dado erro cometido por mesmo, como uns são cúmplice do outro vale pena calar a boca e deixar andar a fim dos inocentes falarem sobre caso. Tudo isto para vos dizer que os partidos politicos não estão acima da Lei mas sim tenhem que as cumprir.
    Há ordem dos Advogados no País, qual medida tomaram até então face ao caso?
    Nós como cidadão civil o que fizemos é comentar as noticias e especular, que lembrou de fazer um abaixo assinado a fim de impedir o referido advogado de exercer magistratura em STP?
    É bom que pensemos e agimos dentro da Lei e não falar como que caiu na madeira,porque os nossos governantes gostam que gato e cão comem no mesmo prato a fim haver confronto, enquanto estao a saber da vida deles, foi assim desde independencia até ao dia de hoje, sempre falando mentira para haver confroto, acho que chega temos de nos mentalizar a fim de levar este país para outro porto a que ele merece

  11. .A. Gomes

    7 de Junho de 2014 as 21:00

    Meus Caros
    Agora estou confuso
    Sei que o senhor José Carlos Barreiro foi deputado em 2004, 2005.
    Mas parece-me que não era da bancada de ADI, mas sim do MDFM.
    Portanto queria mesmo saber de qual partido é ele, pois qualquer dia, quando o senhor Jorge Amado, Delfim Neves ou qualquer outro deputado cometer um erro, vão dizer que é do ADI.
    Porque confio nas noticias deste jornal, também gostaria de tirar as minhas dúvidas.
    Força
    omes

  12. Gabs

    8 de Junho de 2014 as 22:08

    É muito triste, ver essa criança no meio dessa ganância, busca de protagonismo e raiva de algumas pessoas que, supostamente, deviam zelar pelos seus superiores interesses.
    Afinal, a criança é órfã e o pai não tem onde cair morto, e sendo adoptada por uma francesa -, que até prova em contrário reúne todos os requisitos para adoptá-la, pois em contrário não teria sido legalmente autorizada pelas autoridade judiciária competente a sair do território de São Tomé – traria de certeza vantagens a todos os níveis para essa pobre criança.
    Parece que quando esteve à Deus dará, cheio de piolhos no Caritas, ninguém apareceu para lhe estender a mão.
    Imaginem, dado o contorno que isso está a tomar, a candidata a adopção (adoptante), a Sr. Sílvia, resolver devolver a pobre criança, Leopoldina, à Caritas. Será que alguns desses defensores, estender-lhe-ão as mãos, porquanto, dando-lhe, um lar, comida, amor, afecto, educação, saúde etc, etc, etc….??? Parece que tudo isto é uma hipocrisia, quezílias e busca de protagonismo dos pseudo defensores dos interesses dessa pobre criança.
    Eu pergunto, se a declaração de saída da menor do território nacional, juntamente com a candidata a adopção, foi assinada pelo Dr. José Carlos, mas à rogo pelo pai, perante notário competente e bem como devidamente autorizada pelo Sr. Digníssimo Procurador, Miguel Carvalho qual é a drama que se pretende fazer com esse processo?
    Na minha humilde opinião, tudo foi feito em conformidade com as leis da República, porquanto a criança, Leopoldina, está devidamente autorizada a sai do território nacional na companhia da candidata a sua adopção, a Srª Sílvia, que segundo consta reúne todas as condições para adoptá-la. Vejam que no processo de adopção, considera-se sempre bom para a criança (adoptanda) que exista um laço de afecto, partilha e aproximação com a candidata a adopção (adoptante) antes da sentença final, porquanto com isso, a autoridade judiciária competente está munido de mais elementos que servirão para norteá-la a proferir uma decisão de mérito que melhor espelha os superiores interesses dessa criança.
    Ora, parece que foi esse o entendimento do Sr. Digníssimo Procurador, Miguel Carvalho, que mais uma vez, a nosso ver, uma decisão muito acertada e à coberto da lei e os princípios que norteiam o processo de adopção.
    DEIXEM A POBRE, LEOPOLDINA, TER UMA OPORTUNIDADE NA VIDA, DE SER ALGUÉM. NÃO BASTA JÁ TER PERDIDO A MÃE À NASCENÇA E TER UM PAI INDIGENTE? NESSAS CONDIÇÕES, QUAL É O SEU FUTURO?
    POR FAVOR…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo