Sociedade

Peregrino Costa novo reitor da Universidade Pública de STP

O matemático Peregrino Costa(na foto), foi eleito na última sexta feira novo reitor da universidade pública de São Tomé e Príncipe. O processo electivo, marcado pela primeira vez por votação dos docentes da Universidade Pública, atribui 76,7% dos votos ao professor Peregrino Costa.

O corpo directivo das unidades orgânicas da Universidade Pública, também foi a votos. Para a Faculdades de Ciências e das Tecnologias (FCT-USTP), a maioria dos docentes, 88,4% deu voto de confiança ao historiador Lúcio Pinto.
O Instituto Superior de Educação e Comunicação, é agora dirigido por Jeudiger Nascimento, que recebeu 90,7% dos votos expressos.
Eurídice Helga Aguiar, é a nova directora do Instituto Superior de Ciência da Saúde. Ganhou as eleições com 83,7% dos votos.
A única universidade pública de São Tomé e Príncipe e as suas unidades orgânicas, contam com novo corpo directivo.

Abel Veiga

    11 comentários

11 comentários

  1. Adeliana Nascimento

    17 de Junho de 2019 as 14:27

    Acho que isto não é sério. Não se pode sempre levar politiquice para instituições de ensino como a USTP. Pregrino já foi Reitor sim, mas não deixou boas recordações. É verdade que existe um LOB na USTP que deve ser desmantelado.

    • Observador

      17 de Junho de 2019 as 15:03

      Cala boa feia. Nao te conheço mas és feia. Não deixou boas recordações?! Não é assim que pensam os docentes. Foi um acto de democrático.

  2. Boa Morte

    17 de Junho de 2019 as 16:17

    Reparo, ISCS também conta com uma presidente, não directora.

  3. Adeliana Nascimento

    18 de Junho de 2019 as 8:12

    Observador, não te preocupes, sou incompetente. Sai atràs da mascara e te apresente. São pessoas como tu que afundaram este belo país.
    Covarde

    • Observador

      18 de Junho de 2019 as 16:05

      Estou fora de S. Tome a 23 anos.Eu conheço Bem o professor Peregrino. Não há ninguém melhor que os docentes que trabalham com ele para fazer juizo. Pelo que eu acho uma instituição de ensino superior é autónoma no que toca a escolha do seu reitor.

    • Observador

      18 de Junho de 2019 as 16:13

      E eu não te chamei incompetente.

  4. Dogmar Ayres

    18 de Junho de 2019 as 8:23

    Quando se diz que se tratou de um acto Democrático, é puramente mentira, isto todos sabemos, porque quando se refere a Democracia, é sinónimo de liberdade, e não foi isto que se verificou.
    Houve sim, é mais um acto bárbaro à Democracia, porque houve uma alteração ao Estatuto, forjando-o para que o Peregrino Costa fosse novamente eleito Reitor da USTP. Todos sabemos que antes de viciarem o estatuto, os requisitos exigidos a um Reitor, é que este fosse. “DOUTORADO”,
    O Peregrino não é Doutorado, todos sabemos, é um indivíduo parasita, preguiçoso, de deixar andar, e que durante a sua vigência como responsável máximo da Universidade, não movia uma palha em prol do crescimento e desenvolvimento da Universidade.
    É um sinal claro de que estamos dando passos no sentido retrógrados num momento em que o país exige competências à nível da Educação, sendo esta a base fundamental para o futuro do país. Não podemos politizar a Educação, à ponto de comprometermos todo o sistema que já tinha sido preparado para credibilizar mais a nossa Universidade Pública.
    Não é mentira que enquanto professor do Liceu Nacional, era um indivíduo mais dinâmico, gozava de alguma fama como um bom professor de Matemática, mas no entanto quando chegou à Universidade como responsável degenerou-se, passando apenas a ser um colector muito bom rendimento, resultado de salários de base mais milhares de horas extraordinárias que ultrapassavam todos os limites, montadas por ele próprio, o pessoal das Finanças reclama os montantes que este recebia. Sendo um bom professor de Matemática, ele que continue a leccionar
    Importa referir que enquanto ele como responsável máximo da universidade, foi o momento que as casas de banhos não funcionavam, todas entupidas e maltratadas, a própria escola nem tinha boa visibilidade. Resumindo, ele entra agora encontra uma escola mais bem arranjada, mais bem apetrechada, limpa e com muito mais qualidade. Vamos ficar atentos…

  5. Nuno Menezes

    18 de Junho de 2019 as 8:56

    Peregrino Costa novo reitor da Universidade Pública de STP

    Ao finalizar a Universidade Publica dentro de Sao Tome and Principe, ‘e reconhecida o diploma em Portugal? ou mesmo dentro da Uniao Europeia?
    E esse diploma ‘e reconhecido nos Paises Palopes?

    Porque vindo eu formado de Portugal Universidade Publica nao vai haver a disconfianca tanto a nivel de encinamento Professional ou mesmo a nivel do certificado ou diploma. aonde existe gente hignorante como eu gostaria de saber.

    ‘e Porque vindo de Portugal para Sao Tome and Principe recebemos um GOOD.

    Agora vindo de Sao Tome and Principe para Portugal com a minha carteira Professional o Povo Portugues o Patrao Portugues comeca a torcer o nariz….

    Nuno Menezes

    Lincoln,Reino Unido

    • Pescado

      18 de Junho de 2019 as 13:50

      Vai haver sim, porque o ensinamento escreve-se com `´S´` e não com o ´`C`´.

    • CGomes

      18 de Junho de 2019 as 19:24

      Tu és um desvairado mental pa. Só porque vives em Inglaterra, tens sempre que escrever ” São Tomé and Principe”?

      Dizes e questionas coisas sem nexo, homem.

      Já fartas.

    • SEABRA

      20 de Junho de 2019 as 10:14

      ….este Nuno Menezes parece nao jogar com o BARALHO TODO.
      Tem ideias muito PARADAS. O que é grave é que os ignorantes que desconhecem sê-lo sao os piores,pois que têm uma IGNORÂNCIA ATREVIDA e sao IRRECUPERAVEIS.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo