Sociedade

Mensagem de um australiano sobre o PODER de STP no mundo – O Cacau

Sou um
Australiano que tem estudado português há muitos anos e gosto de acompanhar o
seu jornal. Comecei a fazer isso para melhorar a minha compreensão em português
mas, desde então e embora eu ainda não fosse a São Tomé e Príncipe, tenho vindo
a gostar de saber o que se passa num canto remoto do mundo, que pouca
gente na minha parte do mundo, sabe da existência.
Da minha
leitura do jornal, sei que a cultivação e produção do cacau são umas das mais
importantes atividades económicas do país. Nesse sentido, tenho procurado chocolates
feitos com cacau de origem sãotomense …

Na última
semana, no entanto, deparei-me com um produto de cacau de origem sãotomense que
é feito por um dos maiores produtores de chocolate da Austrála. Comprei
várias unidades e posso dizer que tem um sabor delicioso. Embora pareça ser um
produto que será vendido por apenas um período limitado, ….
https://www.haighschocolates.com.au/sao-tome-e-principle-single-origin-dark-chocolate

Só escrevo
isto para lhe trazer a atenção ao facto de que a reputação do cacau sãotomense
parece estar a crescer.

Continuo a
gostar de ler o seu jornal, o que parece servir para melhorar a avaliação do desempenho dos governos, e do sistema político em São Tomé e Príncipe. Em países pequenos e
insulares, meios de comunicação como seu são muito importantes para promover a
democracia e o estado de direito. Mantenha os seus bons esforços!

Atenciosamente,

Ralph
Cruickshank.

    6 comentários

6 comentários

  1. MIGBAI

    2 de Agosto de 2019 as 21:54

    Grande amigo Ralph.
    Você sente estas ilhas como nenhum outro estrangeiro.
    Venha um dia passear aqui e verá com os seus olhos a minha luta.
    Um grande abraço para si.

  2. Joni de cá

    3 de Agosto de 2019 as 16:13

    Muito bom…
    Será que algum governante já mandou convidar este senhor, que vive num País com capacidade de compra, visitar Stp

    Hoje os negócios vivem de quem faz influência, por favor acordem para uma nova realidade. Sei que esta nova realidade não trás comissão, mas é estrondosa para o “turismo “ de Stp.

    Entendo o Sr Migbai, não mostrem a miséria do País.

  3. Toni

    3 de Agosto de 2019 as 16:22

    O cacau que perdemos para a Costa do Marfim, devido às políticas comunistas aplicadas na Independência.

    Assim voltamos a falar do mesmo, onde estão as condenações dos senhores após Independência, os quais destruíram tudo que estava feito, porquê mandaram embora os donos das roças. Neste ponto era somente legislar.

    Quer queiram quer não, o estado jamais é bom gestor…. seja em regime liberal, muito menos em regime comunista. E este regime comunista ainda existe em Stp.

    Jamais existirá desenvolvimento!!!! O povo vai continuar a sofrer!!

    • MIGBAI

      5 de Agosto de 2019 as 10:12

      Meu caro “Toni”
      O meu caro quer saber onde estão as condenações dos senhores que nos destruíram após a Independência?? Quer saber mesmo onde estão essas condenações?
      Repare na atitude do presidente da região do Príncipe a homenagear um dos cães mais sarnosos que havia na Cìvica, cão esse que nos pregava borracha nas costas, quando não baixávamos a cabeça quando sua excelência passava.
      E pronto, está a ver onde param as condenações, convertidas em condecorações passados 44 anos.

  4. Celestino Tedim Fonseca

    3 de Agosto de 2019 as 18:01

    Gostei de ler o seu comentário.
    A marca Portuguesa Chocolataria Equador
    Que tem origem na cidade do Porto,
    Está dar a conhecer ao mundo a excelência
    do cacau de São Tomé & Príncipe.
    Temos uma coleção bean to bar de chocolate
    desta origem. Vendemos este chocolate nas nossas lojas próprias
    Em Portugal, Espanha e Qatar. Para além das nossas lojas vendemos para vários países. De facto o chocolate esta origem
    É pouco conhecido, mas os resultados junto dos nossos clientes são fantásticos

  5. Ralph

    5 de Agosto de 2019 as 2:38

    Para todos, muito obrigado pelas vossas respostas. E muito obrigado também ao editor por ter publicado a minha mensagem. Enviei-lhe a mensagem não sabendo se valeria a pena publicar.

    Espero que São Tomé e Príncipe consiga capitalizar de successos pequenos como estes para ampliar a reputação do país como um produtor de cacão da mais alta qualidade. Há muitos países em que se produz chocolate, mas na minha opinião, o rumo para melhor crescimento económico tem a ver com a capacide de produzir produtos de alta qualidade e baixo volume, por isso oferencendo uma diferência estratêgica e sendo capaz de vender a preços elevados. É melhor e mais sustentável de que depender de lucros derivados da exploração de minerais e outros recursos naturais não renováveis.

    Ecoando alguns comentadores, eu gostaria de visitar o vosso país algum dia. Já visitei Portugal pela primeira vez no ano passado e gosto muito da ideia de conhecer um país como STP, sendo capaz de comunicar com as pessoas locais no seu idioma. Também fui ao Porto dar uma vista de olhos, mas infelizmente, não sabia da existência da loja Portuguesa Chocolataria Equador. Há vários países como STP na minha região, tais como o Vanuatu, a Papua Nova Guiné e as Ilhas Salomão, que todos são lindos e idílicos mas têm problemas muito semelhantes aos de que STP sofre. De facto, já conheço o Vanuatu e posso dizer que eles vivem uma situação que seja quase identical à de STP. Por isso, eu aprecio muito a situação em que se encontra o vosso país e desejo-vos muita sorte em superarem as dificuldades.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo