Sociedade

“Lady” entrou vivo na PJ, minutos depois saiu directo para a Morgue  

Nelson Rita das Neves, vulgarmente conhecido por Lady, é o nome do cidadão santomense que no início de Fevereiro passado, cometeu um dos mais bárbaros actos de violência doméstica no país.

Com uma catana abriu o crânio da sua parceira. Com a mesma catana golpeou as costelas da mulher, que ficou ensanguentada. A violência bárbara aconteceu na localidade de Água Bobô, arredores da cidade de São Tomé.

Feridas tão graves e profundas que o médico cirurgião Pascoal D´Apresentação disse a imprensa, nunca antes ter visto algo igual durante a sua carreira.

Após várias cirurgias feitas pelo médico nacional, Pascoal d´Apresentação, a mulher recuperou-se e já teve alta médica.

No entanto após a acção sanguinária, do dia 8 de Fevereiro, Lady, pôs-se em fuga. A polícia judiciária colocou nas ruas das cidades e vilas o aviso de busca do cidadão, que também tinha residência numa das roças do interior de São Tomé, a Santa Luzia.

Nunca foi encontrado pela Polícia. No dia 25 de Março Lady, decidiu entregar-se às autoridades policiais. Segundo os familiares, a forte pressão que a polícia estava a exercer, sobretudo sobre a sua mãe, forçou o cidadão fugitivo da justiça a se entregar.

Acusado da prática de crime de Tentativa de Homicídio, Nelson Rita das Neves, apresentou-se no dia 25 de Março na Cadeia Central de São Tomé, tendo ficado sob custódia dos guardas prisionais.

Segundo a Polícia Judiciária, no dia 26 de Março pelas 9 horas da manhã o cidadão em causa deu entrada nas suas instalações, para efeitos de interrogatório com vista a conclusão do processo-crime.

«Por volta das 11 e 45 minutos o senhor Lady começou a manifestar mal-estar físico, tendo sido conduzido pela equipa do ministério público ao banco de urgências do Hospital Central Ayres de Menezes», declarou o inspector Avelino Espírito Santo.

Na qualidade de vice-Director da Polícia Judiciária, o inspector Avelino Espírito Santo, acrescentou que «Infelizmente após ter chegado ao hospital minutos depois tomou-se conhecimento que o senhor Lady acabou por falecer».

Familiares e amigos do cidadão que faleceu poucas horas depois de ter entrado nas instalações da Polícia Judiciária, manifestaram raiva e dor diante do edifício da PJ.

Na tarde de 26 de Março, os familiares e amigos, de Nelson Rita das Neves, exigiram que a justiça seja feita.

Por sua vez, a Polícia Judiciária prometeu esclarecer os contornos da morte quase que súbita do cidadão, alguns minutos depois de entrar na PJ.

«Em consonância com o Ministério Público será instaurado um inquérito disciplinar e criminal a fim de apurar a veracidade das circunstâncias que causaram a morte do cidadão. Após a conclusão do inquérito os infractores serão responsabilizados», afirmou o inspector Avelino Espírito Santo.

Segundo o inspector, a polícia está condoída com a morte do cidadão. «A direcção da Polícia judiciária lamenta profundamente o ocorrido e manifesta as suas condolências aos familiares e amigos da vítima», concluiu.

Final trágico para o cidadão que agrediu sua mulher, pôs-se a monte quase dois meses, e terminou na morgue do hospital central Ayres de Menezes. Isto alguns minutos após ter tido o primeiro frente a frente com a polícia  judiciária.

Abel Veiga

    25 comentários

25 comentários

  1. Povinho

    29 de Março de 2021 as 16:28

    Venho profundamente alertar por falhas graves e institucional por parte da PJ. Esses passaram por cima da lei fazendo justiça por suas próprias mãos. Ninguém e nada deve estar a cima da lei. O referido autor pode ser um violento e criminoso mas ninguém tem o direito de tirar vida a ninguém como fez o shr África da PJ passando por cima das instituições de justiça. Fazendo isso retirou o poder judicial do país. Isto não é a primeira vez. Este shr já tirou a vida a um recruta na antigo quartel do Mouro Peixe tem espancado vários individuos que ali vão para serem investigados. Onde está o profissionalismo deste shr? Formou nas investigações ou em pancadaria? Por favor senhores de direito e autoridades, ponham a mão nisto e disciplinem àqueles desordeiros desta instituição. Onde anda o shr ministro da justiça? Onde anda o shr PGR? O shr Jorge BJ? Diziam que no tempo de Patrice matavam e ocultam, e agora? Este é um país de direito e democrático? Vocês ão de pagar bem caro pela desordem e negligência causada neste país. Vejam pela onda de revolta causada no nosso país e pelas redes sociais, vão continuar ignorando tudo isto? Depois venham com cara de pau pedir ao povo que vote nas eleições? É muito descaramento. Povo de São Tomé e Principe no nosso país já não existem pessoas dignas
    para conduzir os destinos destas ilhas. Pensem bem antes de votar. Vamos dizer… basta aos incompetentes. Basta aos desleais destes governantes.

  2. Sem assunto

    29 de Março de 2021 as 17:27

    O delinquente, meliante, sanguinário o Lady, com a sua catana provoca horrores a uma senhora e põe em pânico a nação com a sua barbárie ação, cria estado de alerta nas forças paramilitares e na população, todo o show acabou na sua prematura morte, besta!
    Ao se entregar morre tempo depois subitamente, e os familiares exigem justiça, que contrariedade!
    O inspector Avelino deveria evitar vir ao público, o senhor não domina ferramentas de comunicação e destila muita água na suas pronuciações, não é a primeira vez que o vejo a perder se diante dos microfones da comunicação social, da forma como fala alimenta especulação e irra, a polícia, dado que passa a sensação de ter havido cúmplices se não melhor complo no que aconteceu com aquele capeta.

  3. Zagaia

    29 de Março de 2021 as 17:52

    A justiça, foi feita como o “homem quiz”.

  4. José António

    29 de Março de 2021 as 18:36

    Todos os indivíduos que têm estado a matar de forma gratuita outras pessoas deveriam acabar assim. Este indivíduo, assassino, quase que tirou a vida a uma coitada da senhora e andava por aí no mato, comendo e bebendo, protegido pelos seus familiares. A melhor justiça feita foi esta que aconteceu com ele, pois ele estava a espera para ir à cadeia, para depois no prazo de 3 a 4 meses estar na rua a fazer passagem de modelo, como muitos criminosos têm estado a fazer nas nossas ruas.
    Para mim, o país até devia ter pena de morte para quém tira vida a outra, sem nenhuma justificação. Um homem na Trindade tinha matado a mulher, a filha da mulher e hoje está de férias na cadeia a comer e beber a custa do povo e numas boas férias. Muitos outros, tais como o senhor Quinhonhó que matou a mulher com veneno, o senhor Paga Logo antigo funcionario de cadastro que cortou pescoço a um jovem etc. etc. e não passaram tempo nenhum na cadeia e já estão na rua a passear.
    Agora sobretudo, basta ter a disponibilidade para ir trabalhar na parcela do Director da cadeia, ou nas parcelas de alguns deputados, estes criminosos são tratados com carinho e ainda ameaçam outras pessoas.
    Por isso, se este individuo morreu por causa propria tudo bem. Mas se alguém deu-lhe uma boa paulada, também foi muito bom. A PJ devia passar a fazer isto com todos os criminosos que matam as pessoas sem justificação nenhuma e de certeza que o numero de crimes e de criminosos diminuiria.
    Força PJ e parabéns para vocês

    • Povinho

      30 de Março de 2021 as 8:51

      O shr acha que isso é justiça? Me diz quem é que não comete erros na face da terra? O próprio diretor dos serviços prisionais falou disso mostrando o seu desagrado. O nosso país está a tornar-se um lugar de bárbaros na PJ e o shr José António vem dar os parabéns? O shr deve ser também outro assassino apoiando esta postura da PJ. Lembrem-se que aquele que mata com ferro, com ferro morrerrá. Bom deixar isso claro. O país tem leis e deve funcionar para todos os criminosos. Os políticos deste país que são criminosos nos roubos corrupção e abuso de poder e ninguém diz nada e nem a lei os condena a morte mas a justiça deve ser clara.

      • Sem assunto

        30 de Março de 2021 as 18:31

        Oh povinho, calma te criatura, deixe de destilar asneiras. Dizes de que o país tem o quê? diga lá outra outra, tem o quê? Justiça?
        Deves estar a ter visões e alucinações.
        Este meliante morreu e assim está melhor, ele é agora irá cometer estes horrores no inferno.

        • Povinho

          31 de Março de 2021 as 14:47

          Sem assunto, não julga cuidado se és tu a ir ao inferno no seu lugar. Sabes o que significa inferno? Se quiser podemos marcar um estudo sobre o assunto.

          • Sem assunto

            1 de Abril de 2021 as 16:21

            És teólogos, padre, pastor ou feiticeiro?
            Para quereres falar do que inferno deves ser um destes a imaginar mencionado.

  5. Chinho de água lama

    29 de Março de 2021 as 19:37

    África, meu senhor e cidadão de quase 60 anos, em breve vais reformar e os jovens que andaste a retirar os seus pais, vão esfolar-te vivo.

    Sidney Poitier, jovem desiquilibrado. Esses marginais vão esfolar-tr vivo também.

    Vocês andam a brincar com minha geração. Vosso tempo já acabou. Nós os de 30 anos pra baixo, vamos acabar com vocês lentamente. Esperem só pra ver. Assassinos.

  6. Vanplega

    29 de Março de 2021 as 20:21

    Todos fazedores da politica em Sao Tome e Principe, brincam com a constituiçāo.
    Ninguem as cumpre.

    Até agora o 1 Mnistro, nāo atuou cm deve ser um ESTADO DE DIREITO.

    Se o cidadāo è criminoso è, e o ESTADO, está na mesma situaçāo, CRIMINOSO.

    Ele o (cidadāo) foi entregue a PJ, nada devia acontece-lhe. Agora mataram-no horas depois de entrar na sede da PJ.

    A PJ è tribunais, è Ministerio Publico, a PJ, condenou o cidadāo a morte.

    Que JUSTIÇA è essa?
    Isto ñ pode ser, nem deve acontecer num ESTADO DE DIREITO.

    Senhor 1 Ministro, entregue a JUSTIÇA, todos envolvidos na morte do cidadāo, para que nòs confiei-mos na JUSTIÇA

  7. Seabra

    29 de Março de 2021 as 20:40

    É uma TRAGÉDIA o modo de funcionamento da PJ em STP. Há sérios problemas, que é URGENTE de se resolver.
    Este SERVIÇO da PJ deve ser completamente destruído para voltar a ser organizado com muito RIGOR selecionando com muita PRUDÊNCIA os futuros AGENTES…até hoje este serviço DESFUNCIONA SÉRIAMENTE porque estão infiltrados DELINQUENTES de todo o tipo ( cúmplices de assassinos, crimonosos, vadios, corruptos, vagabundos…).
    Ora fazem muito zelo que leva a catástrofe( caso do senhor Rita das Neves), ou cobrem ou seja, protegem os criminosos-ladrões-assassinos( caso do atroz assassinato do malogrado Jorge Santos, cujo crime fará 3 anos no dia 3/6).
    Quem são os assassinos deste crime que são protegidos pela PJ? Haveremos de descobrir, estámos bem avançados no nosso inquérito pessoal.
    Que Deus dê um canto na glôria ao malogrado. Que haja JUSTIÇA!

  8. SANTOMÉ CU PLIXIMPE

    30 de Março de 2021 as 7:35

    Pois é ….até agora ninguém se colocou no lugar da senhora mutilada, pelos vistos a criminalidade tomou lugar na nossa sociedade com apoio de alguns iguais.

    • Povinho

      30 de Março de 2021 as 11:44

      SANTOME CU PLIXIMPLE, ninguém está à favor do crime praticado pelo jovem contra a sua esposa. Esse é um caso que só o tribunal deve resolver. E mesmo o tribunal não deve condenar a morte de alguém porque não é permitido na constituição. Mas a PJ já o fez. E por outro lado esse caso vaí ficar por aí porque já não existe o jovem violento. Da mesma forma que o tribunal julga esse ato violento do jovem também deve julgar o crime cometido pela PJ. Ninguém deve estar a cima da lei.

      • Sem assunto

        30 de Março de 2021 as 18:39

        E o que é constituição povinho?
        Continue a comer gelado com a testa. Deves ser um daqueles que foi formatado e doutrinado numa escola aí qualquer com artigos de Direito e pelos vistos não entendeste nada.
        Deixe de utopias criatura, a dita constituição deve ser ser posta de lado em certo casos e este é um deles.

        • Povinho

          31 de Março de 2021 as 14:51

          Pelos vistos as tuas frases são mesmo sem assunto. Não perco tempo com pessoas desumanas. Queres saber de mim o que é constituição? Vai a escola como lá fui.

          • Sem assunto

            1 de Abril de 2021 as 16:31

            E tu como um humano defendes um criminoso, contraverso.
            Queres aparecer, só pode ser!
            Não preciso de de ir a escola, para entender estas bassuras. Para o seu conhecimento tenho 10 anos de frequência universitária, e toda ela com sucesso, ou seja passei por todos os graus universitários, entendes o que isto quer dizer?

      • Seabra

        30 de Março de 2021 as 22:07

        Muito bem dito, Povinho. Os vagabundos agentes da PJ devem ser julgados e sancionados. A PJ em STP tornou-se um COVIL de criminosos e delinquentes protegidos pela farda…estão a des-HONRAR o nome deste serviço de proteção pública.
        Vamos manifestar contre estes VADIOS, bandidos da Répulica…muitos desses agentes merecem terminar na prisão. A prova que são perigosos é o facto de serem tão violentos que o foragido Rita Neves que se rendeu…por isso é que os assassinos da PJ devem serem presos e proibidos de exercer na função pública.
        Proponho de se fazer uma MANIFESTAÇÃO para denunciar e fazer reformar a PJ.

    • Vanplega

      30 de Março de 2021 as 22:29

      Ninguèm aceita o que este individo fez ou praticou.
      Se a PJ, procura-se e houvesse tentativa de fuga e um agente ter atirado, nāo podiamos condenar. Mesmo assim, cabia is tribunais julgar
      Para quê existe os tribunais?

      Agora entregar-se as autoridades e sair morto e atopicias jà deu seu veredito è, para ser condenado is responsaveis mesmo.

      Caso contrário, que sociedade estamos a criar?

  9. Verdade

    30 de Março de 2021 as 9:24

    Que país tão mal gerido. Nunca vi nada assim.
    Senhor Jorge Jesus põe ordem nisso. Muita criminalidade praticada pelo Estado.
    Parece que o país não tem mando, cada um faz o que quer.
    Querem poder para gozar com o povo.
    Onde anda Procurador Geral onde anda o Director da PJ onde anda o primeiro ministro para dar explicações sobre essas coisas que andam a acontecer.
    Até um simples médico de hospital recusa fazer um exame a uma criança vítima de abuso sexual e não é responsabilizado.

    • Verdade ou mentira

      30 de Março de 2021 as 17:11

      Sr. Verdade. Nesta notícia falam k um médico salvou a vida de uma sra mutilada. Esta parte não mereceu seu comentário. Então achas k ser médico é coisa simples, gostaria saber até onde estudaste. Parece k tens e veja dos medicos. Mas não digo, porque não mereces.

  10. Seabra

    30 de Março de 2021 as 10:25

    Verdade, o crime aumentou durante o governo do safado Patrice Trovoada. Um lembrete, o economista Jorge Pereira dos Santos, foi assissinado em pleno auge(junho de 2018) do governo TROVOADA. Até hoje hà muitas interrogaçoes sobre o papel deste desgraçado do PT no assassinato do Jorge Santos.
    Reconheço que esta situaçao nao se melhorou com o novo governo do Jorge Bom Jesus, mas a CALAMIDADE/raiz do CRIME jà estava implatada.

  11. Eu mesmo

    30 de Março de 2021 as 10:29

    Povo gritou ” Solta Barabás”… enfim

  12. Sotavento

    30 de Março de 2021 as 11:15

    Os corpos policiais não podem ter essa conduta.Por mais selvagem que seja o crime cometido por um detido.Aproveito também para fazer um reparo ao Telanon. Creio que exibir a foto da infeliz senhora no chao em neste estado não é digno de um meio de informação.Nem todos os leitores querem ver e temos a imaginacao que funciona bem.Basta dizer que a pessoa foi atacada com uma catana e golpeada na cabeça já é suficiente.

  13. Paulo Jorge dos Reis

    30 de Março de 2021 as 11:22

    Não o homem, não foi espancado na PJ. Ele sim teve um ataque cardíaco.
    Se calhar, pensou tanto, e ficou com medo do que lhe esperava e acabou por ter um Piri paque.

    É lamentável, mas, enquanto estamos vivos estas coisas acontecem.

  14. Santo

    30 de Março de 2021 as 12:50

    Na qualidade de um cidadão comum eu só tenho a lembrar de um velho ditado santomense ” Nguê mata ku felu, motxi dê ka bi di felu”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo