Sociedade

Concurso infantojuvenil – Era Uma Vez o Meu Mar

Concurso infantojuvenil

Era Uma Vez o Meu Mar

 

ARCAR – Associação para Reinserção das Crianças Abandonadas e em Situação de Risco, representa São Tomé em concurso internacional de contos infantojuvenis.

Organizado pela  “Somos! – Associação de Comunicação em Língua Portuguesa”, uma organização cultural sem fins lucrativos com sede em Macau.

A iniciativa arranca no dia 15 de setembro, com a qual se pretende despertar e promover o gosto pela leitura e escrita em língua portuguesa entre os alunos de escolas de países e regiões lusófonos. O tema eleito para a edição inaugural é “Era uma Vez o Meu Mar”.

A iniciativa apela igualmente aos sentidos, criatividade e imaginação dos mais novos ao abarcar uma segunda fase de ilustração desses mesmos contos.

O concurso conta com padrinhos de renome internacional nas respetivas áreas, o conhecido escritor angolano Ondjaki e o famoso cartoonista português António Antunes. Caber-lhes-á ainda a escolha do conto e da ilustração vencedores, em conjunto com um painel de jurados (vide anexos).

A iniciativa envolverá a participação de uma escola por cada país/região, num total de nove instituições (vide anexos), sendo o representante de São Tomé a ARCAR – Associação para Reinserção das Crianças Abandonadas e em Situação de Risco, e destina-se a alunos do 5º e 6º anos de escolaridade (10 aos 12 anos) das instituições de ensino participantes, onde o Português é utilizado como língua veicular.

Cada escola deverá concorrer com um conto original, que poderá ser produzido individualmente ou em grupo. Numa fase posterior, os contos serão distribuídos aleatoriamente por todas as escolas participantes para a respetiva ilustração.

O prémio divide-se, assim, em duas categorias, distinguindo-se, numa primeira fase o melhor conto inédito em língua portuguesa e, numa segunda etapa, a ilustração.

O valor monetário total do prémio é de 12,500.00 patacas (1,320.00 euros)  destinando-se 7,500.00 patacas (cerca de 795.00 euros)à escola vencedora na categoria de conto e 5,000.00 patacas (cerca de 530.00 euros)à instituição de ensino vencedora na categoria de ilustração.

Mais tarde, a Somos – ACLP irá publicar os contos em livro, com as ilustrações. Os textos serão ainda traduzidos e adaptados para a língua chinesa.

O respetivo regulamento do concurso de contos e ilustração poderá ser consultado na página eletrónica da Somos – ACLP (https://somosportugues.com/). Para quaisquer esclarecimentos, contactar a Somos! através do número de telemóvel +853 63947730 (via WhatsApp) ou do email info@somosportugues.com.

Confira tudo na íntegra – Nota de Imprensa São Tomé Concurso de Contos Somos

Marta Pereira

Somos – ACLP

Macau, 13 de setembro de 2021

 

 

 

A

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo