Sociedade

Polícia Nacional e o Serviço Nacional de Bombeiros receberam ajuda de Portugal

204 volumes de fardamentos e equipamentos diversos, ofertados pela cooperação portuguesa, foram entregues à Polícia Nacional e ao Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros.

Segundo uma nota da cooperação portuguesa em São Tomé e Príncipe, entre o material cedido constam geradores elétricos, uma embarcação com motor, equipamento de proteção individual (capacetes, fatos e botas ignífugas), carretel, mangueiras, expansor, meios de desencarceramento e um grande volume de artigos de uniforme de representação e operacional.

A ajuda material aconteceu no âmbito da cooperação técnico-policial e de Proteção Civil entre os dois países. «É agora possível aumentar a capacidade de intervenção dessas duas forças e serviços de segurança na prevenção e combate a ameaças de diversa natureza, desde a criminalidade comum até aos incêndios, enxurradas, transvases e acidentes rodoviários», acrescenta a nota da cooperação portuguesa.

A ajuda em fardamentos e equipamentos, para as duas instituições de São Tomé e Príncipe, foi assegurada pelo Ministério da Administração Interna de Portugal, em colaboração com outras instituições portuguesas, nomeadamente a Polícia de Segurança Pública, Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Força Aérea Portuguesa e diversas corporações de bombeiros voluntários (Azambuja/Loures, Queluz, Fanhões, Oeiras e Odivelas).

José Torres, superintendente-chefe da polícia de Portugal, desempenha a função de oficial de ligação do ministério da administração interna de Portugal junto a embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe.

Segundo o oficial da polícia portuguesa, o seu país, «continua assim fortemente empenhado na cooperação técnico-policial e de proteção civil com a República Democrática de São Tomé e Príncipe, assumindo-se como o país com maior investimento regular nesse domínio», pontuou o oficial de ligação.

FONTE : Embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe/ Abel Veiga

4 Comments

4 Comments

  1. Pedro Costa 2

    24 de Julho de 2022 at 22:58

    Os geradores já têm destinos traçados.
    Casas de governantes, diretores, responsáveis deste país.
    Em nada mudará de certeza. Andamos de ajudas em ajudas, de roubalheiras em roubalheiras, de aproveitamentos em aproveitamentos. Outros equipamentos nem utilidades terão, infelizmente.
    Atenção:-Não é só nesta instituição! É um vício nacional e enraizado nestas gentes

  2. Andorinha

    24 de Julho de 2022 at 23:09

    É única coisa que Jorge Bom Jesus sabe fazer como governante só receber ajuda não tem agilidade para mas nada.

  3. Lucas

    25 de Julho de 2022 at 12:44

    Mais do mesmo vira o disco e toca o mesmo
    Já cheira mal

  4. Delagrée

    25 de Julho de 2022 at 17:28

    Félicitations pour cette entente et pour la récupération de matériel et tenues d’intervention pour les Bombeiros.
    Christophe Delagrée
    Association STP l’île chocolat (France)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top