São Tomé e Príncipe e a companhia Equator Exploration iniciaram negociações para exploração de petróleo

As negociações com vista a assinatura do acordo de partilha de produção nos blocos 5 e 12 da zona económica exclusiva são-tomense, começaram esta segunda – feira nas instalações da Agência Nacional de Petróleo. No quadro de um acordo assinado no passado com o estado são-tomense, a companhia Equator Exploration ganhou direito de preferência sobre os blocos da zona económica exclusiva, e escolheu para si os números 5 e 12.

Consequência do exercício do direito de preferência, pela Equator Exploration, os blocos 5 e 12 da zona económica exclusiva acabaram por não serem presentes ao concurso público aberto por São Tomé e Príncipe, em Março passado em Londres.

As duas partes começaram esta segunda – feira a negociar as modalidades de exploração dos dois blocos. O entendimento entre as partes, segundo Fernando Maquengo, director jurídico da Agência Nacional de Petróleo, vai dar lugar a um contrato de partilha de produção. Vários aspectos estão em cima da mesa das negociações. «O contrato terá uma série de cláusulas, nomeadamente o pagamento do bónus de assinatura no valor de 2 milhões de dólares para o bloco 5 e dois milhões e meio, para o bloco 12. As negociações implicam ainda a assinatura de um programa de trabalho em que a empresa terá que fazer uma série de estudos sísmicos para melhor conhecimento dos blocos», referiu o director jurídico da agência Nacional de Petróleo.

Por sua vez Philip Dimmock, Director da Equator Exploration, garantiu total disponibilidade da companhia em pagar o valor do bónus de assinatura estipulado para cada um dos blocos. «A Equator tem dinheiro disponível para pagar o bónus de assinatura e tem capacidade financeira para financiar os trabalhos com vista a aquisição de dados sísmicos e informações adicionais sobre os blocos», precisou.

A Agência Nacional de Petróleo através do seu director financeiro, esclareceu que nesta fase não está a ser analisada a partilha dos rendimentos nos dois blocos. Afinal de contas há muito trabalho a fazer, para conhecer o potencial dos blocos 5 e 12. «O que estamos a fazer agora é abrir caminhos para que sejam feitos estudos aprofundados sobre a zona. No bloco 5 existem 4 prospectos elucidativos, mas se há petróleo e em quantidade comercializável, isso se saberá após a realização de uma série de estudos sísmicos a que a empresa estará obrigada a fazer, a partir do contrato de partilha de produção que venha a ser assinado», explicou Fernando Maquengo

As duas partes esperam que o contrato de partilha de produção seja assinado o mais breve possível. Para o Ministro dos Recursos Naturais Xavier Mendes, o início das negociações com a Equator Exploration é mais um passo importante que o país está a dar rumo a exploração efectiva de petróleo na zona económica exclusiva.

Para além da Equator Exploration, o governo são-tomense espera receber ainda nesta semana uma delegação da companhia ERHC para iniciar negociações. A ERHC dominada por capitais nigerianos, também ganhou direito de preferência sobre os blocos da zona económica exclusiva são-tomense, fruto dos acordos polémicos assinados no passado pelo estado são-tomense. A ERHC exerceu direito sobre os blocos 4 e 11 da zona económica exclusiva. Agora vem negociar com o governo a partilha de produção dos dois blocos, e com a vantagem de não ter que pagar o bónus de assinatura.

O negócio de ouro negro em curso com estas duas companhias, ocorre a margem do leilão dos 7 blocos de petróleo aberto por São Tomé e Príncipe a 2 de Março passado e cujo encerramento está previsto para 15 de Setembro, altura em que o governo prometeu negociar directamente com as companhias interessadas nos blocos.

Abel Veiga

  1. img
    moreno Responder

    VAMOS ESPERAR PARA VER O DESENROLAR DAS COISAS

  2. img
    Flavio Moniz Responder

    Tudo começa sempre aberto, mas depois, com o desenrolar…
    Mas, temos sempre que ter esperança de que desta vez, poderemos ver frutos reais e visiveis do nosso ouro negro.

  3. img
    gato selvagem Responder

    Mais uma vez, lá vão esses dirigentes hipotecar o futuro das futuras gerações negociando com empresas de proviniencia duvidosa, gostaria eu de saber quem é essa Equator Exploration, não será mais uma ERHC ?
    O processo de exploração de petroleo em S. Tomé sempre foi e continuará a ser mal conduzido…. fuiiiii

  4. img
    Raposa Responder

    pois é, iniciando mais uma negociação vossas, nada disso tende a beneficiar a população…que Deus ilumine o caminho desse povo e que um dia a vitoria cerá certa.

  5. img
    Raposa Responder

    pois é, iniciando mais uma negociação vossas, nada disso tende a beneficiar a população…que Deus ilumine o caminho desse povo e que um dia a vitoria será certa.

  6. img
    Mingau Responder

    Abel Veiga, o Sr. Fernando Maquengo é Director Jurídico e Financeiro da ANP!?
    Mais uma pitada do dossier petróleo, onde o dinheiro vai parar é que ninguém sabe!
    Povo de STP acorda!

  7. img
    O homem do monte Responder

    “O contrato terá uma série de cláusulas, nomeadamente o pagamento do bónus de assinatura no valor de 2 milhões de dólares para o bloco 5…”

    2 milhoes é penny!
    2 milhoes são 2 tostões.

  8. img
    Voz do povo Responder

    A Agencia Nacional de Petroleo está mal formada. Tem lá gente que merece ou que nao tem competencia para exercer tamanha resposabilidade. Nao se entende como eh possivel um aviador, um historiador estarem ali a manipular todos esses dossies: Dá o que dá, por isso que a ERCH poderá vir a não pagar dinheiro nenhum a bonus de assinatura. Alguém devia se responsabilizar por isso. À onde está o tal tribunal de contas do MDFM chefiado por sr. Francisco F. Pires? O petróleo de STP pertence ao todo povo de STP, não há um grupinho dos patos-bravos. É isso, fazer negócios com Nigeriamos é que dá tudo isso. Por favor Tribunal de Contas, vê se traz esse assunto de acordos de petrolóleo mal assinados a sua sala de julgamento e que pune os mafiosos. Eu, minha mãe, meu pai, meus tios, meus amigos, primos, todo povo de STP esta a pagar por esse acordo mal feito com ERHC.
    VIVA JUSTIÇA PARA TODOS!

    • img
      ALDEMIRO ALVA Responder

      MEU AMIGO, AINDA NAO EXISTE UM CURSO ESPECIFICO PARA SER DIRECTOR , MINISTRO OU PRESIDENTE DA REPUBLICA.AQUELES SENHORES QUE O MEU AMIGO REFERE, SAO PESSOAS COM ALGUMA CULTURA GERAL, CAPAZES DE OCUPAR QUALQUER CARGO ADMINISTRATIVO, ALIAS UM DELES TEM FORMAÇAO NO RAMO DA ADMINISTRAÇAO PÚBLICA.AGORA ESTÁ NA MODA USAREM A IMPRENSA ESCRITA E A RDP-AFRICA PARA DENEGRIR AS PESSOAS COMO TEM SIDO HÁBITO.FAÇO-LHE LEMBRAR QUE NESTA AGENCIA EXISTE UM DIRECTOR TÉCNICO, FORMADO NESTA ÁREA ( PETRÓLEO).

  9. img
    PAIXÃO MOREIRA Responder

    Sinceramente já estou cansado dessas palavreadas. Aconselho-vos a calar nesse assusnto, e quando for o momento oportuno, falam tudo de um só vez e aí sabemos se há ou não esse ouro negro que se vem falando já lá vão anos nesse estudo que nunca mais tem um fim.

    • img
      Eugénio Silva Responder

      OURO NEGRO HÁ DE CERTEZA. SE A VIZINHA NIGÉRIA EXTRAI NAS NOSSAS “BARBAS”! QUE PROVA QUER MAIS! O QUE SE TEM FEITO SÃO MANOBRAS DE DIVERSÃO PARA NÃO SE ESCLARECER AOS CIDADÃOS A REALIDADE…

  10. img
    vic Responder

    Explorar quë: Vamos a cometer o mesmo erro como anterior.

  11. img
    vic Responder

    Quém a final vai aproveitar do dinheiro do petróleo sao todos os que estao na foto,restante nada de nada.Porqué o povo anda a sofrer se já a largo tempo que estamos a usufrir do dinheiro do petróleo,e o país nao vai para frente,e vanos a estar como bem dizia a minha falecida avó.Estamos como pêlo do cú,tanta pancada com o pedo e cáca que nunca crescemos,

  12. img
    Zovirax Responder

    Tendo em conta debilidade económica do país STP, não será de esperar que haja grande capacidade e estratégia internas capazes de se imporem ou, pelo menos, saberem negociar boas contrapartidas às companhias petrolíferas estrangeiras ávidas de se aproveitarem do Petróleo. Por isso, vocês que estão a negociar devem ter olhos bem abertos.

  13. img
    moreno Responder

    em pais nenhum ve se tanto alarido por causa do petroleo. sao tome tem agencia nacional do petroleo , que quanto a mim foi algo criado para proporcionar melhor saque por parte dos integrantes.temos pessoas nesta instituicao se e que seja realmente uma instituicao que nao percebem nada de negocios petroliferos e pergunto que andam ai a fazer?creio que se deve chamar as coisas pelos seus nomes… cada macaco no seu galho: medicos nos seus postos , engenheiros nos seus postos , agricultores no campo na agricultura.o tema do petroleo vai trazer muitos problemas a nivel interno para s.tome. o petroleo nao pertence a meia duzia de vagabundos , corruptos , mas sim a todo povo de sao tome e principe.aparecem empresas fantasmas nunca vistas sempre negociando com sao tome.para negocios do petroleo nao e necessario uma agencia ,creio que ha um ministerio da industria ou do comercio que pode responder por esse tipo de negocio.fazem se negocios duvidosos com clausulas patetica 2 milhoes de dolares que no meu ver sera saqueado de golpe para contas particulares. senhores nao brinquem com o povo…..

  14. img
    Forget Responder

    Isto de “Direito de preferência” só gera ineficiêcia, é um jogo de gato e rato incrível. Isto apenas demostra que homem Africano (incluindo São Tomenese) não está emocionalmente crescido para conduzir o seu destino.

    Será sempre brincadeiras, palhaçada e incompetência total.

  15. img
    Bili Uê Responder

    Sr Capala, Sr Paquete
    “Suas excelências”, porque vcs não abrem o jogo e declara ao povo que esse realmente se trata de mais um negócio da China, mais uma enrascada e mais um encalço no nosso sapato que teremos que carregar para o resto das nossas vidas e dezenas de gerações que precederão assim que vcs perecerem dessa vida injusta?

    PALHAÇADA!!!

    Alguém já pesquisou sobre essa empresa? Ela está altamente endividada e certamente sabe que pode prosperar em STP, pois somos todos patéticos, isso mesmo patéticos!
    Seus altos dirigentes são na maioria Nigerianos. Esses aí já perceberam que existe um país africano onde as pessoas são realmente o que são e que passar a perna em nós não será problemas, aliás ninguém se importa mesmo porque eles assim o farão?

    Dados obtidos pela pesquisa.

    “A empresa tem uma dívida de empréstimos e juros não pagos, que cresceu para
    mais E.U. $ 100 milhões, levantado principalmente para financiar o desenvolvimento abortado
    do Campo Bilabri. Durante o período de janeiro de 2008 até maio de 2009
    empréstimos aumentou apenas E.U. 6.300 mil dólares que a Companhia reduziu os custos
    e continuou a manter os seus interesses nos activos de exploração mediante o pagamento de chama de caixa de E.U. $ 3,4 milímetros.” (Tradutor google)

    Pesquisar mais:

    http://www.equatorexploration.com/press/default.aspx

    Vamos começar a prevenir escândalos. Deixar de esperá-los acontecer para só depois manifestarmos.

    (Espero que respeitando a própria liberdade que a imprensa e o Téla Nón nós dá, o Abel Veiga não embargue desta vez os meus comentários.) Viva a democracia.

  16. img
    nikilay monteiro Responder

    É bom saber disso,mas é preciso tomarmos cautela para nao afundarmos no posso.
    Como se trata de petroleo os dirigentes estao todos acesos para acelerar o processo de exploraçao de petroleo,mas é preciso salientar que existe outros sectores de grande importancia,mas que os dirigentes nem quer se falam.
    O petroleo sera mais uma riqueza para stp,mas será que com esse recurso stp desenvolverá? sera que o desemprego diminuirá? a pobreza? será que os governantes irao utilizar o capital desse ouro para fazer crescer stp em areas fundamentais?Estamos todos a espera.Nao queremos que aconteça coisas que acontecem em Guiné Equatorial.O pais da Africa onde o PIB é maior,graças a exploraçao de petroleo,mas que a maoria da populaçao vive na pobreza;isso nao pode acontecer com stp.ha uma coisa q muita gente nao se lembra,para stp desenvolver é preciso a mudança de mentalidades,é preciso a uniao,é preciso que os partidos oposttos apertem os q estao no poder, é preciso uma serie de coisas. Nao é ter somente recusos naturais para desenvolver este arquipelago,é preciso investir na educaçao, seja ela em quantidade e qualidade.SEGUEM O EXEMPLO PELO MENOS DE CABO VERDE.UM PAIS SEM NADA MAS…sim senhor.

  17. img
    yure ramos pereira Responder

    minha gente uma coisa é certa sabemos k tudo k se em s.tomé povo nunca vê resultado mais também temos k para de substimar vocês k andam ai ha substimar qual foi vossos contributo k deram, nenho então para,temos k encorajar povo a tomar medidas certas na hora certas.

  18. img
    Eugénio Silva Responder

    MEUS AMIGOS,

    É PRECISO SABER CRIAR RIQUEZA. O MAIS IMPORTANTE SÃO AS MULHERES E OS HOMENS COM CAPACIDADE E INTELIGÊNCIA PARA CRIAR RIQUEZA QUE SIRVA À TODOS DE ACORDO COM A RESPECTIVA CONDIÇÃO SOCIAL.

    A ÁGUA É DOS MAIORES RECURSOS NATURAIS EXISTENTE À FACE DA TERRA, SENÃO O MAIS IMPORTAMTE. A VIDA SURGIU A PARTIR DA ÁGUA! REPAREMOS QUE ELA TEM HIDROGÉNIO (H2O), UMA GRANDE FONTE DE ENERGIA!

    A ÁGUA, AS VEZES, É ATÉ MAIS CARA QUE O PETRÓLEO, NÃO PRECISA DE GRANDES INVESTIMENTOS PARA EXPORÁ-LA: 33 dl DE ÁGUA, MENOS DE 0,5 LITROS, CUSTA NUM CAFÉ CERCA DE 1,00€; ENQUANTO QUE 1 LITRO DE GASOLINA CUSTA CERCA DE 1,30€, ISTO É, O PETRÓLEO CHEGA A SER MAIS BARATO QUE A ÁGUA.

    NO ENTANTO, SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE TEM ÁGUA!!! QUE NÃO É POUCA, VEJA O RIO YÔ-GRANDE! REFLITAMOS SOBRE ISSO…

  19. img
    Chicodesperto Responder

    Caro Eugénio Silva gostei muito do que escreveu é de homens como o senhor que país precisa. Homens patriotas com Ideias e empreendedoras. O petróleo é sem dúvida um recurso muito importante e que deve ser propriedade de todos os saotomenses. Os saotomenses tem que lutar até as ultimas consequências contra todos os corruptos que querem roubar o que é nosso. Não deve haver qualquer dúvida a este respeito. Dito isto concordo consigo que o pais possui enumeras potencialidades que podem ser explorados e uma delas é sem duvida a AGUA. São Tome e Príncipe não se pode dar ao luxo de ignorar este recurso tão importante como é a agua que segundo as previsões das ONUs poderá provocar conflitos entre as varias nações num futuro não muito distante. Ora temos agua em grande quantidade basta ver a quantidade de agua que jorram nos rios mais importante como Manuel Jorge(Me Zoxi),Abade, Agua Grande, Pague e inúmeros riachos e cascatas e agua subterrâneas.
    Agora poderemos comercializa-los porque não? Mas como? Seria bom que alguém com o conhecimento (economistas por exemplo) desse-nos umas dicas. Até porque para comercializar agua temos de acautelar as seguintes variáveis:
    Quantos litros ou kilolitros iríamos comercializar? Que meios de transporte seria utilizado para o comercio de aguas para um mercado europeu ou africano? Que mercado alvo seria ideal para tal comercio? Quanto seria o custo com a produção com o pessoal e transporte. Se tivermos resposta a estas variáveis então o ideia pode ser viável ou não.
    É verdade que Agua é um recurso importante e essencial para a vida mas qualquer economista estaria de acordo comigo. O que determina o mercado de oferta e a procura é a escassez de um produto. O facto do petróleo ser um bem escasso faz com que ela seja mais procurada e mais cara que a agua. Mas em todo o caso fui fazer contas e cheguei a seguinte conclusão. Se vendêssemos 100 mil litros de Agua por dia a 0,60 euros teríamos 60 Mil euros. Num mês 1800000. Num ano 21600000 euros. Se vendêssemos agua a 500 mil litros teríamos uma receita anual de 108000000 euros qualquer coisa como o nosso orçamento actual que é financiado em 80 por cento de contribuições internacionais. Mas este valor 108000000 euros sem contabilizar os custos que acima referi. Ainda assim mesmo se gastássemos a metade de 108000000 euros nos custos com transporte , produção e pessoal teríamos 54000000 de euros anuais o que não seria nada mal para o nosso pais com um governo sério. A dúvida é saber se podemos produzir e comercializar os 500 mil litros de água. Será que teríamos a estabilidade em termos de procura desta quantidade de água produzida? Fica a dúvida.
    Abraços a todos

    • img
      Eugénio Silva Responder

      Caro amigo Chicodesperto,

      Prezo imenso a sua análise e faço apelo que os dirigentes do nosso País que tomem conhecimento dos nossos comentários mais pertinentes, os façam chegar aos dirigentes do mais alto nível (Srs. Ministros, Sr. 1.º Ministro até ao Sr. Presidente da República).

      Que trabalhem mais à sério também com base nestas contribuições válidas…

      Fica o seu alerta aos economistas, gestores da área empresarial e demais cidadãos. Não sou economista, embora tenha noções básicas de economia, sendo a minha área profissional de arquitectura e urbanismo.

      Um grande Bem-haja a todos os são-tomenses de boa vontade!

  20. img
    Chicodesperto Responder

    Rectificando a frase anterior quis dizer que o pais possui inúmeras potencialidades e não enumeras como estava escrito.

  21. img
    lôçôô, lôçôô Responder

    Outra vez negocio com Nigeriano? Isto vai dar samba e marabenta. Povo STP prepara-para dançar.. Lindo Pais mais com povo palerma.
    Deste dinheiro Só vai restar para vos comprar pão com choriço nas proximas campanhas eleitoral. Viva a Demo abaixo a cracia….

  22. img
    Chicodesperto Responder

    Caro lôçôô, lôçôô se és saotomense e fazes parte deste povo então o atributo lhe serviu na perfeição se não fores devias ter vergonha da colonização e descolonização portuguesa em África. Mesmo em Portugal o legado do atraso cultural pelo salazarismo foi terrível porque não lhe interessava um povo culto. Ainda assim pelo respeito que merece a qualquer povo e parafraseando o Almirante Pinheiro de Azevedo digo o povo é sereno e jamais em tempo algum palerma.
    E olhe sou daquele saotomense que tanto repudiei a situação antes e depois da independência em 1975. Condeno todo o tipo de totalitarismo venha ele de onde vier seja ele de esquerda, direita, amarelo branco, negro ou vermelho. Condeno os corruptos e quem colabora com eles. Ou você acha que as companhias do petróleo e da Nestlé dos países ditos democráticos e civilizados não colaboram com os déspotas ignorando o sofrimento das populações.
    Viva o povo de São Tome e Príncipe

  23. img
    Bateu Responder

    Pétrolio…Pétrolio…Pétrolio…essa história será mais uma q ira ficar por resolver…em vez do governo tomar decisão concreta sobre esse assunto e resolver isso de uma vez por todas e melhorar a vida da população. passam o tempo todo a assinar acordos q ñ dão em nada

  24. img
    Santos Responder

    2 milhoes ou 2 milhoes e meio nao e nada pro que exploradores poderao ganhar. mais uma vez o governo de sao tome so sabe dizer ”yes” numa reuniao onde a maioria e de expressao inglesa

  25. img
    A VOZ DO CEITA Responder

    QUERO ATRAVES DESTA DESEJA FORÇA AOS SENHORES ADMINISTRADORES AGENCIA NACIONAL DE PETROLEO,E QUE NAS NEGOCIAÇÕES SOBRE RECURSO MINERAIS EM STP METAM EM CIMA DE TUDO ESPIRITO DE CAMARADAGEM E PATRIOTISMO QUE DEFENDAM BEM OU MELHOR OS INTERRESSE DE TODOS NOS “SANTOMENSE”

  26. img
    Higino Costa Responder

    Para :os partidos politicos e os dirigentes de S.Tomé e Principe .Vocês na maioria são pessoas formadas e viajadas por mundo fora e com contacto permanente com dirigente europeus e não só…para isso sabem melhor do que ninguem a importancia da transparência na gestão de bem público para isso é só por em prática e pensa que nenhum Pais do mundo desenvolve sem energia electrica uma boa via de comunicação e uma aposta séria na agricultura.

  27. img
    Morenax Responder

    Sera que existe alguma solucao pra esse pais mesmo? Todos os dias delegacoes, negociacoes, entregas de Taiwan,tudo parece estar em andamento ,simples como 2+2=4 mas na terra la em baixo nossos irmaos chorao, pq em vez de um governo e um chefe de estado pra zelar por todos temos um marido e esposa que andam sempre no conflito em vez de olhar na saude dos seus filhos que sofrem, e ate onde eles viram passar os seu pais e familiares a serem tratados de saude nao ajudam uma gota de agua correr , que pena Aires de Menezes ( quando tens o nome do nosso actual pai da patria)

  28. img
    pelax Responder

    Nõa acredito que a população santomense vé esse dinheiro. só para os politicos ladões que robam pais, que levou e ainda leva pais a falencia económica e carencia alimentar. mas espero que o governo do ADI possa fazer algo que possamos benéficiar dessa verba. postamos na mudança então estamo a pagar pra ver essa mudança e desenvolvimento do STP.

  29. img
    Ferrnando Centeio Responder

    Será que o petróleo é para resolver o problema de S. Tomé?
    Acredito que vão seguir o exemplo de José Eduardo!
    A resposta , o tempo dirá!

Deixe um comentario

*