Economia

Pinto da Costa “trava” aquisição de viatura de luxo para a presidência da República

O Presidente da República, Manuel Pinto da Costa, mandou cancelar a compra de uma viatura para a presidência que custaria aos cofres do estado um montante superior a dois mil milhões de dobras.

Logo que teve conhecimento que estava em curso essa aquisição Pinto da Costa ordenou aos serviços o “cancelamento imediato” do processo herdado do seu antecessor, soube o Tela Non de fonte segura.

Com efeito, o automóvel marca Toyota, modelo Land Cruiser, com o valor comercial superior a 90 000 Euros, o que corresponde a mais de 2.000.000.000 dobras, havia sido encomendado, na sequência de um pedido feito nesse sentido, pelo gabinete do anterior presidente, Fradique Menezes, já na fase final do seu mandato.

No ofício enviado ao governo pelos serviços da presidência, em 21 de Julho do corrente ano, 4 dias depois da realização da primeira volta das eleições presidenciais, é solicitada a disponibilização de uma viatura, ao abrigo do estatuto dos titulares de cargos políticos, destinada ao Presidente da República cessante, a partir de 3 de Setembro, data em que, como se sabe, tomou posse o novo chefe de estado.

Foi com base nesse documento que se iniciou o processo de aquisição, junto de um stand que opera no país, mas que acabaria por não se concluir durante o mandato de Fradique de Menezes uma vez que não existia para entrega imediata uma viatura com as especificações exigidas.

A viatura, com 4500 cm3 de cilindrada e estofos em pele, entre outras características, acabou por não ser entregue ao anterior presidente antes do final do seu mandato tendo o processo de aquisição transitado para o actual chefe de estado.

Colocado perante a situação, Pinto da Costa mandou cancelar imediatamente a compra por considerar que a aquisição de uma viatura com tais características e preço não se enquadra na filosofia de rigor e contenção de custos que a situação socioeconómica do país deve exigir aos titulares de cargos públicos. 

Abel Veiga

    62 comentários

62 comentários

  1. Voz da razão

    24 de Novembro de 2011 as 11:07

    Muito bem (…)

    • m

      24 de Novembro de 2011 as 16:02

      O que aquele presidente Fradique precisa mais?Sera que quer levar tudo isto pra inferno quando “bater as botas”?

      • Calibre-12

        25 de Novembro de 2011 as 11:08

        Francamente meus senhores.
        É necessário esclarecer-se as coisas, ou então deturpamos tudo até nossos pensamentos.
        Trata-se de uma questão de entender as coisas.
        Se o Pibnto da costa viu a aquisição de uma viatura nova, é justamente porque o Frasdique pensou no seu sucessor.
        Agora se Pinto da Costa não quer a viatura, é normal, mas nque ele não venha fazer publicidade barata como se tratase de alguem que apenas a este nível quer diminuir as despesas do país.
        Também ele já tem um Lexus, que não deve ser nada barato, por isso está a querer dar o seu Shouw-off.
        Mais ainda, o Fradique ao deixar a presidencia deveria ter direito a uma viatura nopva de acordo com a lei, mas apenas ficou com uma viatura velha, que acho, todos têm visto.
        Por direito, deveria ter direito também a uma resid~encia do estado, mas preferiu abdicar-se disso. Portanto, maus senhores – Francamente!

        • o revolucionário

          25 de Novembro de 2011 as 12:38

          Deves de certo ser um dos compatriotas do Fradique Menezes.
          Pode até ser que a Lei aprove a concessão de uma viatura ao Presidente da Republica cessante mas com o preço que pode até tirar mais de 50 familias do burraco, isso de certeza que não.
          Por isso não venha ai com falar barrato defendendo este acto de Fradique Menezes em querer levar S.T.P ao mais fundo dos burracos. Abri olho rapaz. O teu cerebro n sere apenas para defender um acto de corrupção…
          Viva Sr Dr Manuel Pinto da Costa.

          • Sum-Zaquim

            25 de Novembro de 2011 as 15:47

            Meus caros.
            Reajo, tal como reagiu aquele que se apelidou de Calibre-12.
            De facto não é necssário fazermos tempestade num como d”agua.
            Pelo que foi norticiado pela radio nacional, o Fradique de acordo com a Lei tem direito a uma viatura do estado. sabendo que éra muito cara, preferiu ficar com a velha, deixando o novo presidente decidir sobre a aquisição ou não de uma nova vioatura.
            Fradique tamvbém tem direito a uma residencia do Estado – de acordo também com a lei, aliás Miguel Trovoada ficou com uma casa para ele, que era a antiga caixa de previdencia asocial e Pinto da costa ficou com a casa da familia beirão mas foi o estado santomense que pagou.
            O Fradique, pelo que foi ainda noticiado pela radio, abdicou-se de ter uma casa do estado.
            Que honestidade querem mais!
            As coisas devem ser lidas e entendidas e as expressões não devem ser de ani8mo leve.

        • Fijaltao

          26 de Novembro de 2011 as 10:55

          Sr. Calibre, acho esta maneira de ver e analizar as coisas muito vulgar, simplista e cheia de irresponsabilidade de quem não sabe e nunca soube o que é dinheiro!por outro lado, é por esta e por outras que no nosso país pobre e desorganizado um director da EMAE, Um Magistrado de tribunal de contas e outros,auferem mensalmente 2 a 3 mil dólares sem que ninguém chamasse a atenção pelo facto de no país existirem pessoas que auferem mensalmente 20 a 30 dólares ou seja vivendo na miséria total!Acha o senhor que este país com estudantes com fome em Angola e Portugal e outras paragens, tem condições de dar ao luxo a aquisição de um Automóvel no valor de 90.000 Dólares!
          Deixemos de Hipocrisia e populismo barato,próprio de quem não tem sentimento e consideração pelos outros!

          • Fijaltao

            26 de Novembro de 2011 as 11:10

            Para acrescentar, sou da opinião da Revogação desta lei que promove a doação de bens públicos a qualquer tipo de homem que durante 10 anos assuma a presidência da república. Se a cada 4 em 4 anos o país como nosso der ao luxo de tantas mordomias a um servidor do povo,estamos a usar a democracia como capa para usurpar bens públicos a favor de homens como nós que possuimos tudo que temos com o suor do nosso trabalho! da mesma forma, qualquer político tem este dever a cumprir porque quando o sol apareceu pela primeira vez, foi-nos ordenado e condenado a comer do nosso suor!
            Esta… agora se já não bastasse a reforma vitalícia que estes senhores possuem e outras subvenções que estão omissas ao olho do povo como está o vencimento dos políticos santomenses!
            A dita democracia dá-lhes direito de viver a grande e a francesa, foi para isso que lutaram para independência.
            Por OUTRO lado, não sou defensor deninguém: O artigo a vista sobre questão do jeep não foi posta pública pela mão do presidente e aliás o seu conteudo é dapura responsabilidade do jornalista que a produziu! Não acusem quem não tem culpa de nada, pelo contrário, proibiu pura e simplesmente a aquisição do automóvel.

        • Suásuá Pires

          1 de Dezembro de 2011 as 15:26

          Estaria ainda mais satisfeito, se à Vossa Excelência encontrasse uma forma, de todos os membros de Governo, Assembleia Nacional, os Tribunais, as Camaras Distritais e Regional, passassem a usar como meios de transporte, uma TOYOTA ligeiro do tipo XL ou DX, uma vez que essas marcas, são as mais baratas rondando talvez qualquer coisa como noventa à cem milhões de dobras, apenas se diferenciando de chapa matricula ou de cor para cada Instituição. Passando pela consulta da opinião pública por meios de votação e dar conhecer a nossa Assembleia Nacional a decisão do Povo. Excelências desta forma estariam todos a contribuir para um País melhor e adquirindo mais fundos para cofre do Estado a poupar bolsos do povo.Abeixo carros de luxos que custam uma furtuna ao País e ao povo.Esta é a minha contribuição…

        • HT

          30 de Dezembro de 2011 as 13:24

          Boas!

          O Sr. Calibre-12 n interpretou bem a notícia.
          A viatura encomendada era para ser entregue antes de Pinto da Costa tomar posse. Portanto, era para ser entregue ao Presidente da Republica em vigor àquela data o qual seria o Sr. Fradique de Menezes.

          Fradique encomendou a viatura para ele, não encomendou para Pinto da Costa. Como a encomenda se atrasou, esta ó poderia ser entregue já depois do dia 3 d Setembro. e o Pinto da Costa mandou cancelar esse processo.

          Se o Pinto da Costa cancelou o processo pq considera o valor d viatura EXAGERADO é uma coisa.

          Outra perspectiva que nao descuro é ele ter mandado cancelar para fazer propaganda deste seu “belo acto humanitário” e assim poder ganhar pontos contra o Fradique.

          Quem confia nos políticos, não percebe nada de política.
          Não há santos que se metam n mundo da política.

          Bem haja a todos os que lerem este meu comentario!

    • Santos Figueredo

      25 de Novembro de 2011 as 6:33

      Muito bom, mas que nao tape so esse burraco como tb tantos outros. Para bom entendedor, pouca palavra basta.

    • Ze Mulato

      29 de Novembro de 2011 as 23:15

      Pouco a pouco estamos aprendendo sobre algumas coisas muito importante na vida, como por exemplo:

      Patriotismo Africano!

      Orgulho nacional contra o colonialismo, contra o neocolonialismo, e contra o imperialismo.

      Habilidades de liderança para os Africanos

      Futuro brilhante para o nosso continente Africano (África)

      Saber quem somos e começar a aprender sobre o nosso sentido de identidade

      Valores familiares de respeito e dignidade humana

      Ter espírito de cooperação e solidariedade entre as nações e os povos Africanos.

      Amor São Tomé e Príncipe. O amor ao povo Santomense, sua cultura, sua história, etc.

      A riqueza da África pertence a todas as pessoas Africanas, nao apenas a elite Africana e o pessoal d’Ocidente.

      E, mandar cancelar a compra de uma viatura para a presidência que custaria aos cofres do estado um montante superior a dois mil milhões de dobras.

  2. ESMERALDA

    24 de Novembro de 2011 as 11:10

    MUITO BOM SINAL. GOSTEI.
    OS DEMAIS DEVERIAM SEGUIR O MESMO EXEMPLO, SE DE FACTO O PAÍS É POBRE. OUTRA QUESTÃO, É RELATIVA A DIFERENÇA ENTRE OS SALÁRIOS SUPERIORES A 50 MILHÕES DE DOBRAS E INFERIORES A 2 MILHÕES DE DOBRAS. NÃO É JUSTO.
    VIVA STP
    VIVA A DEMOCRACIA

  3. Maiker

    24 de Novembro de 2011 as 11:19

    O Dr.Manuel Pinto da Dosta o nosso presidente. Este irá entrar para história.É um homem serio,o melhor presidente que o pais ja conheceu.

  4. Emilio Freitas

    24 de Novembro de 2011 as 11:46

    E FLADIQUE mila mêcê bi, ser governo, porque n conseguiu resilver o problema do pais, só com cristo hein. Oxala lá isso n aconteça, quero man RAFA de novo

  5. lupuye

    24 de Novembro de 2011 as 12:14

    Assim e que se faz. Sr presidente, realmente esta a mostrar que esta com o povo e sabe as necessidades que o povo tem e pelas que passa. Um carro de 90 000 euros? para o que? Num pais que so vive de doacoes? Sei que a posicao de um presidente “exige” coisa com certo estilo mas a esse preco? e nesta altura em que dinheiro esta escasso? NAO! Felicitacoes pela sua decisao, sr. presidente.

  6. Mé-Zochi

    24 de Novembro de 2011 as 12:24

    O senhor acabou de ganhar um ponto com o Povo.
    Mas não pare por aí continue cortando custos destes, e exija que o primeiro ministro faça o mesmo no sector do estado.
    Com isso iremos poupar o dinheiro que não temos.

  7. Baga Tela

    24 de Novembro de 2011 as 12:39

    Esta é uma atitude responsavel tendo em conta a situaçao económica e financeira do país.

  8. ghadafi

    24 de Novembro de 2011 as 12:54

    Muito bem,
    Se nao for propaganda, quero deixar o meu manisfesto de simpatia pela decisao do Dr.Pinto Da Costa. E com este tipo de atitude que podemos erguer o nosso Stome e Principe

  9. manuel vinganca

    24 de Novembro de 2011 as 13:02

    O senhor fradique que se acautele um dia respondera perante as barras do tribunal,foi ate hoje aquele que mais agrediu o POVO SANTOMENSE,desgracado e filho do que e…

  10. João

    24 de Novembro de 2011 as 13:18

    O Sr. Pinto da Costa, meu presidente (infelizmente) tem tido uma presidência (até então) que muito me orgulha. Na verdade, repor o que o Sr. Fradique banalizou não é tarefa fácil.
    Como democrata que sou, deixo ao senhor, sem populismo, o meu reconhecimento.
    João

  11. Praia Gamboa

    24 de Novembro de 2011 as 13:20

    Muitíssimo bem, Sr Presidente. Foi uma benção o Senhor ter regressado à Presidência. O Dr Manuel Pinto da Costa é a nossa Salvação.
    Com ele tudo vai começar a funcionar; as Finanças, os Tribunais, etc.
    Obrigado

  12. Filho das ilhas maravilhosas

    24 de Novembro de 2011 as 13:50

    É de louvar a decisão, a seriedade acima de tudo. Este dinheiro pode ser aplicado noutras questão mais essenciais. o Fradique no final do mandato queria uma carro deste calibre para quê? Haja ganância…
    O governo devia aplicar o mesmo tipo de politica.

  13. Madalena

    24 de Novembro de 2011 as 14:07

    Não sei bem!!
    de todo o modo foi bom sinal, Agora resta saber ate que ponto ele resiste a tentação, como sabemos gosta de coisas bonitas e lindas. Tem bom gosto, diga-se de passagem. A crise é crise, ela deve ser vista como oportunidade tambem.
    Hoje não se pode contentar com ofertas de viaturas.
    Viva Pinto da Costa!! Viva O ADI Viva a Democracia
    Viva a Liberdade e a Tolerancia

  14. frantz cassandra

    24 de Novembro de 2011 as 14:18

    obrigado senhor presidente o seu gesto é de louvar e por ser tambem uma das causas que multivou o povo a vos escolher gostaria de vos pedir que continuasse e atingindo outras vertentes e contaminasse o governo afim que tudo estivesse na posição do povo, porque se um limpa outro suja sempre havera discordia e é ali onde é mau e começara a guera fria como no passado e quem sofre é o povo este mesmo que vos colocou la… e de vez enquando mesmo quente um pouco como no Madagascar, e tendo em conta que o dito montante ja não foi utilizado neste fim e por conhecermos ja a sua existência ,acho que seria bom de aplica-lo a curto prazo no sector social e o que for construido ou aplicado porte o nome do Dr.Manuel Pinto da Costa (é agora ou nunca para o STP)

  15. Riacho

    24 de Novembro de 2011 as 14:34

    Meus respeitosos parabéns pela decisão senhor Presidente. Só acho que se devia fazer o mesmo para com os juízes. Faz sentido os nossos juízes terem os carros que têm? Acho que não, uma Toyota prado seria ja muito bom. É preciso que se saiba andar de acordo com os nossos bolsos e não estarem ai a comprar carros com preços elevados só pk fulano é juiz… Não pode ser nos somos pobres temos que dar passos de acordo com as nossas pernas. Espero que seja o começo dos cortes que esse pais precisa. Um bem haja a todos!

    • Awa-Mátu

      25 de Novembro de 2011 as 10:41

      Riacho, concordo consigo. De facto ha muita gente ca nesta terra andando com carros (de Estado, claro) cujo valor é desnecessariamente exorbitante. E depois temos a mania dos 4×4!!!!! Diga-me porque será que os Juizes precisam de jeeps? Ja têm a sorte de terem viaturas de função, de borla, porque será que os contribuintes têm que pagar esses valores? Nos stands aqui no país existem algumas viaturas ligeiras com algum conforto (por exemplo Ar condicionado) que seriam optimas. E essas viaturas não custam além dos 15-16 mil Euros.
      Tenham dó do povo!

  16. hernane ferreira

    24 de Novembro de 2011 as 14:41

    senhor presidente meu presidente pai grande , meus sinceros parabens e o senhor estar a mostarar muita gente que senhor não aquele demonio que durante muito tempo muita gente desenhou , viva pai grande viva santomé viva democracia e viva atitude correcta bem haja…

  17. Anderson N. Ceita

    24 de Novembro de 2011 as 14:46

    Senhor Dr.Manuel Pinto da Costa,congratulo
    com muita satisfação a Sua atitude,perante
    essa aquisição da viatura deixada pelo sr.
    Fradique de Menezes.No meu ver ele queria a viatura para seu uso pessoal e não para serviços da Presidência.
    Essa atitude é de louvar e servirá de exemplo para aqueles politicos que implantaram a politica de Económia pessoal
    no País.Vendo a realidade o Fradique é um dos elementos que implantou a tal politica.
    Benvindo a nós senhor Dr.Pinto da Costa.
    Aproveita essa oportunidade para mostrar que Senhor não é tudo aquilo que inventaram para denigrir a Sua imagem.Por favor instale um escola no ramo do ensino politico, para dar formações a certos politicos feito a pressa e de fraca mentalidade que circulam no nosso território.A toma dessa atitude é mais uma excelente página na Sua história.
    Muito obrigado nosso Presidente homem de H grande.

  18. Gé Borges

    24 de Novembro de 2011 as 15:29

    O Sr. Pinto da Costa entrou na História do País, faz muito tempo. Só está carimbando o que é o devido… o que é trabalhar racionalizando os gastos, desnecessário.
    Dizem sempre que o cofre do Estado esta sempre vazio… e é devido cenas dessa.
    Os “nossos” muitos Dirigentes não sabem o que é isso… só querem viver na luxaria. E não pensam neste Povo de STP.
    Quando o Sr. Pinto da Costa deixou na altura o Poder, e até hoje, vê-se que a maioria dos que lá estiveram não queriam mais do que levar a “Boa Vida”, preguiçosos que são a maioria deles, e querem viver no luxo.
    Maldita hora que este Povo não abre os olhos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Vão sofrer se continuar apostando nas Pessoas Desonestas, Preguiçosos, e Mentirosos. Principalmente quem já conhecemos.
    Bem haja STP

    Gé Borges

  19. antonio pereira

    24 de Novembro de 2011 as 15:36

    sem palavras para exprimir a minha inteira satisfação pela actitude tão responsável e honesta,que a sua Exº DtºManuel Pinto da Costa, enquanto presidente da republica e chefe do estado ,teve para com este povo,que tanto vinha a sofrer para dar vida de luxo a aqueles desonestos, que nesses ultimo tempos guiaram o destino deste povo .90000 Eur?pra um carro?e o povo na miseria total?que desonestidade meu Deus!!!!!!

    Viva a nossa democracia,
    viva o povo de s.Tomé e príncipe
    Viva o Dtº Manuel Pinto da Costa
    que com esta atitude só vem demonstrar a muitos São-tomenses que emitiram a falar mal da sua Exª, de que o diabo não é tão feio como se pinta .
    Até agora o melhor pra S.Tomé e Príncipe
    Bem haja

  20. Francisco Castanheira

    24 de Novembro de 2011 as 15:37

    Muito bem Dr Pinto da Costa. Gostaria de ver comentarios dos habituais individuos que se opoem a si. Cezar quie e de Cezar , o Pinto da Costa e acima de tudo o melhor homem politico que S.Tome e Prinvipe tem.
    Abracos Tela Nom.

  21. Adelino izi

    24 de Novembro de 2011 as 15:46

    este acto louvavel poe um problema juridico…um contrato de venda foi concluido em nome nao de fradique mas do serviço presidencial, ou seja a instituiçao presidencial engajou juridicamente com o concessionario toyota.

    houve uma lesao por parte do concessiorio que é apenas um comerciante.

    a quem engajar a responsabilidade? o ex presidente Dique ou a instituiçao presidencial, fazendo abstraçao de quem la esta.

    uma coisa é certa este carro nao pode ser pago por contibuinte santomense.

    ao meu ver o concessionario deveria perseguir Dique responsabilisando-lhe contractualmente.

  22. kua li tassondu

    24 de Novembro de 2011 as 16:20

    Felismente ainda existe gente honesta nesse nosso stp. uma atitude k muitos ditos politicos deveriam tomar como ponto de partida,eu particularmente sempre acreditei, com o DR.PINTO DA COSTA banda vai tocar diferente.um bem haja au povo da minha terra

  23. Lévé-Léngue

    24 de Novembro de 2011 as 16:31

    Tón ngana sun pinto.
    O Sr. Presidente escapou ileso da primeira casca de banana madura que lhe deixaram na passadeira. Aqui o esquema de corrupção funciona em vários quadrantes, com destaque à aquisição de bens a preços inadmissíveis com fundos públicos, para depois gozarem com as comissões e benefícios extras. Funcionou assim com o Navio Príncipe, Doca de Peixe, Passeios, entre outros casos…
    O senhor deu agora a primeira prova de que está disposto a demarcar-se desse tipo de “negociatas”. Oxalá que se mantenha firme por longo tempo!

  24. Nando Vaz (Roça Agostinho Neto)

    24 de Novembro de 2011 as 17:11

    Gostei, nota 10 para vossa Ex.ª.
    Na política este tipo de atitude denomina-se por:

    – Autodeterminação e responsabilidade.
    A autodeterminação expressa a essência do ser. É o poder que temos de atualizar nossas virtualidades. O pensamento científico auxilia, mas são os aspectos psicológicos, ideológicos, religiosos e filosóficos que emprestam o maior peso à nossa deliberação na vida. As virtualidades podem ser ativas e passivas. Se ativas, já estão determinadas de uma forma; se inativas, sabemos que estão em ato sob uma forma, mas que podem ser assumidas de outra forma, isto é, que são especificamente diferentes do que podem ser.

    A ação humana, embora restrita à responsabilidade pessoal, tem como objetivo o interesse público. A vivência, semelhante à do eremita no deserto, é uma exceção. A questão ética diz respeito ao auxílio que cada um possa exercer na transcendência do outro. Em realidade, é a criação de condições para que o outro realize plenamente o seu projeto de vida ao qual foi destinado.

    O princípio da autodeterminação moral é a base do comportamento ético adulto. Deixar-se guiar-se pelas máximas alheias é perder o eu em si mesmo. Segundo Sócrates, o ethos verdadeiro é agir de acordo com a razão, que se eleva acima do consenso da opinião da multidão, para atingir o nível da objetividade própria do saber demonstrativo. A autonomia, assim, não se realiza na solidão, mas se consolida pelo contacto entre os seres humanos. Viva Pinto!..

  25. fidelito

    24 de Novembro de 2011 as 17:21

    Muito bem sr Presidente!

    Mostra-nos que o Sr é capaz.

    O país precisa de investimentos que criem postos de trabalhos para milhares de população activa que anda por aí a procura de trabalho.

    Não podemos, com os nossos impostos, alimentar o Orgulho desmedido desses politicos.

    Continua assim!

  26. realista

    24 de Novembro de 2011 as 17:50

    como e possivel este mulato de Fradique
    queria usar este carro com multiplos problemas que o nosso pais infrenta inadimisivel depoix vem ai com choro a dizer que gosta muito do povo de s.tome lagrimas de crocodilo.DEUS nao dormi

  27. Carlos Ceita

    24 de Novembro de 2011 as 18:50

    Meus amigos a ser verdade e eu que não tinha simpatia por este senhor Pinto da Costa tenho de associar aos meus compatriotas e dizer que sinto muito feliz por ele ter tomado esta decisão.
    Porque um país com os graves problemas que tem internamente em matéria económica e social e com estudantes a passar fome os 90 Mil euros fazem muita falta. Cabo Verde tem sido bom exemplo de governação pela sua capacidade de saber aproveitar os parcos recursos que dispõe e que lhes são disponibilizados.
    Agora se pergunta.
    Terá tido conhecimento deste facto a procuradoria da república o tribunal de contas e o ministério das finanças e nada fizeram? Agora podem emendar a mão fazendo com que este 90 Mil euros seja utilizado em benefício das populações.
    Podemos ser como os Cabo Verde em exemplos honestidade integridade em suma de boa governação porque não esta nas nossas mãos e Pinto da Costa acabou dar ponta pe de saída yes we can.
    Parabéns Pinto da Costa

  28. Carlos Ceita

    24 de Novembro de 2011 as 19:00

    Convem explicar o sentido do meu ultimo paragrafo para não haver ambiguidades.
    O que eu quero dizer por outras palavras é que esta nas nossas mãos mudar de atitude e mentalidade e o Pinto da Costa acaba de dar este sinal.

  29. Santiago

    24 de Novembro de 2011 as 19:54

    Um bem haja para todo o povo de S.Tomé e Príncipe!
    Quero aqui expressar o meu obrigado pela atitude do Presidente da Républica.
    Mas gostaria de ver essa filosofia no enquadramento geral de aquisição de viaturas de Estado. Porque os sucessivos governos e dirigentes do país trocaram a obrigação do Estado de manter e reparar as vias públicas, passando adoptar como alternativa, aquisição de jeep topo de Gama para morrerem num espaço curto de tempo. Pois claro, lhes dá jeito comprar mais barato e muitas das vezes nem compram. essa é a nossa verganha como dirigentes do Estado. eu até posso lançar um desafio a muita gente. Prestem atenção ao quintal de muitos dos nossos dirigentes e vêem se não encontram nenhuma viatura com matricula Branca sem rodas em cima de troncos de madeira. este é o truque da nossa gente ( compramos caro, matamos cedo, compramos barato.)
    Coragem srº Presidente e ao srº PM este é um aspecto para se ter em conta, uma vez que não temos dinheiro, reparem as estradas, passem a usar viaturas ligeiras e baratas,mas com staff para um membro do Governo.
    Obrigado

  30. Isidoro Porto

    24 de Novembro de 2011 as 21:02

    Uma viatura TOYOTA LAND CRUISER de 2011, custa na fábrica USD:68,920.00, o equivalente a aproximadamente EUR: 45.000, ou seja metade do valor da viatura encomendada pela presidência cessante (podem confirmar no site http://www.toyota.com). Ora, se incluirmos transporte, mais direitos alfandeáarios, estou seguro que o valor total não ultrapassaria os EUR:70,000.00. Mesmo assim, em nehum momento, nem no da fartura, STP deverá esbangear recursos. mais valerá racionalizá-los e pensar nas gerações vindouras.

    NOTA 10 ao Presidente da República Dr. Pinto Da Costa pela sua atitude neste episódio.

    É nesta direcção que os dirigentes de STP devem caminhar. Um turismo eléctrico NISSAN ZERO custa EUR 30,000.00 (Trinta Mil Euros). Com EUR:90,000.00 comprar-se-ia 3 turismos daqueles para a presidência e com custo ZERO em combustíveis para a instituição.

    Não acredito que o carisma do Dr. Pinto da Costa o levasse a aceitar uma encomenda por mais barata que fosse do Fradique. Seja por que razão for, a recusa vale aplausos pela economia de recursos para STP.

    Fica lançado o repto e vamos esperar para vermos as cilindradas das viaturas da presidenciais no futuro.

    Um veemente apelo meu ao nosso Primeiro Ministro: MESMO QUE O DINHEIRO SEJA SEU, OU QUE OS VôOS EM AVIÕES PRIVADOS SEJAM OFERTADOS PELOS AMIGOS E PARCEIROS, POR FAVOR, RECUSE-OS EM MISSÕES OFICIAIS. POR FAVOR, DÊ UMA IMAGEM DE PAÍS POBRE AO MUNDO.

    Um exemplo real: o actual primeiro ministro português, Dr. Passos Coelho viajou de Lisboa para Bruxelas, na sua primeira viagem oficial num vôo regular e na classe económica devido a crise (para dar exemplo de contencao).

    Não fica bem estarmos a pedir apoios internacionais, viajando em vôos privados. NÃO FICA BEM.

    Podemos lançar gestos de contenção ao mundo para que o mundo nos olhe com olhos de responsabilidade. Vamos todos erguer STP. Cada um colocando o seu tijolo neste edifício de contenção de esbangeamento em todo país.

    Isidoro Porto
    24/NOV/2011

  31. fexa pata

    24 de Novembro de 2011 as 22:13

    PINTO NAO FEZ NADA SO FEZ PORQUE E OUTRO QUE FEZ A ENCOMENDA DAI A POUCO O PINTO IRA COMPRAR O DO SEU GOSTO QUEREM PROVA OS DIAS VIRAO SAO TODOS IGUAIS.

    • Edson Francês

      25 de Novembro de 2011 as 7:23

      A virgula existe para ser utilizada!

    • Edson Francês

      25 de Novembro de 2011 as 7:31

      A ser verdade esta noticia, queria parabenizar o doutor Manuel Pinto da Costa, por esse acto responsàvel policamente e humanamente, digna de um verdadeiro lider da Nação! Isso confirma o que eu jà desconfiava hà muto tempo, ou seja os 10 anos de mandato do camarada Fradique de Menezes foram de lapidação, liquidação e esbanjamento do bem pùblico! Muito sinceramente não consigo comprender como é que uma Presidência da Repùblica providencie a compra de uma viatura na ordem de 90 000 euros, num tempo tão dificil, tão sombrio e tenebroso que vivemos nos dias de hoje! Serà ma fé? Ou execesso de luxuria???
      Um bem haja a todos os santomenses,
      Edson

  32. luisó

    24 de Novembro de 2011 as 22:45

    bonito acto!
    é com estes exemplos que os governantes de STP deviam governar o país.
    pelo contrário continua o desbaratar da economia, viagens aqui e ali e não se vê nada.
    Sr. PR os meus parabéns pela sua atitude de contenção de gastos supérfluos num país que não se pode dar a estes e outros luxos e o governo devia seguir este exemplo.
    Sinceramente depois de ouvir tantas coisas menos boas a seu respeito do outro tempo em que foi PR começo a ver que realmente o sr. mudou e continue este caminho e a dar o seu exemplo nas pequenas e grandes coisas, pois o povo STP precisa de alguém que seja o arbitro e ponha nos eixos os desvarios dos sucessivos governantes que expoliaram o país e governam os seus bolsos com milhões de dobras que tanto fazem falta para o tirar STP deste poço que parece não ter fim.

  33. Rabujento

    25 de Novembro de 2011 as 0:48

    Da para ver que o povo esta alegre!!!Oh alegria contagiosa, e, com tao simples gesto. Nao existe dinheiro que compre gloria. Parabens Sr. Pinto Da Costa

  34. Filipe Samba

    25 de Novembro de 2011 as 7:33

    São-Tomé e Príncipe é uma Terra Santa e Sua Excelência Presidente foi baptizado com Sete Santos, onde lhe deram o nome “PAI da NAÇÃO”, COM O LEMA TOLERANCIA ZERO E CONCERTAÇÃO NACIONAL

  35. opiniao realistica em geral!!!

    25 de Novembro de 2011 as 7:51

    nao sou politico nem tenho partido. mas se essa actitude foi tomada do jeito que aqui se narra, pois creio certamente que o senhor presidente ganhará com o passar do tempo muita simpatia dos que se opoem a ele e suas perspectivas.

    essa é brilhante!

  36. Alegre

    25 de Novembro de 2011 as 8:26

    meus amigos cuidado ,nao estejam ai a bater palmas ,lembrem -se da estoria de tartaruga (ele pediu o rei dinheiro emprestado e nao usou ate a data correcta devolveu e o rei ficou muito satisfeito e ofereceu lhe triplo valor ai ele nunca mas apareceu….deixa Fradique abrir a boca voces vao houvir historia.Kua eskabi.

  37. Gigolo

    25 de Novembro de 2011 as 8:51

    Bravo Pinto. Espero que o Governo faça igual. Coisas boas são para imitar.

  38. Helio Nazaré

    25 de Novembro de 2011 as 9:00

    Isto nao deixa de ser politiquece. copmprar um carro para seu sucessor e normal. E assim que querem construir s. tome e principe? com entrigas e vingancas. Politica enganadora e barrata.A coisas mais serias para se resolver nesse pais.

  39. Tluki Sun Deçu

    25 de Novembro de 2011 as 9:38

    Ouvi na camapnha que não presisamos de presidente com músculos mas quero dizer que para travar corrupção neste país é preciso muita Sapiencia(Sabedoria)e também muito músculo para bater mão na mesa e dizer STOP CORRUPÇÃO. Viva Pinto, Viva Democracia, Viva STP.

  40. HT

    25 de Novembro de 2011 as 9:51

    Isto mesmo senhor presidente bom exemplo…
    Por mim ficava para sempre como presidente e outros mandaram boca dos 15 anos mais 20 anos não fizeram nada…. tantos carros estado compra e são muito mal usados, se calhar agúem anda ganhar comissões com essa brincadeira.

  41. Jovem de Deus

    25 de Novembro de 2011 as 10:13

    Um exelente trabalho do nosso presidente”Pai grande” esperemos a continuação de tudo aquilo que prometes-te na campanha. viva STP

  42. adilson

    25 de Novembro de 2011 as 12:06

    muito bem mostranos k senhor ñ é nada disto k nos pensavamos de se

  43. Carla silva

    25 de Novembro de 2011 as 14:44

    parabém pinto da costa até q fim havera uma pessoa para por fim de boa vida de adiquiri vida bems facil e do povo e dpois dizer q ñ há grana mas estão com bom carro dua tres mulheres em fim fala ñ pode …………………….

  44. FEXA PATA

    25 de Novembro de 2011 as 23:13

    VOCES PENSAM QUE O PINTO VEZ DE MAIS OS QUE VAO ALI SO QUEREM ROUBAR O TEMPO DIRA

  45. FIJALTAO

    26 de Novembro de 2011 as 12:39

    As medidas internas serão a partir de hoje tomadas para preservação dos bens públicos e não esbanjamento do fraco recurso que o país possui em benefício de alguns.
    Outra medidas serão tomadas ao nívelgovernamental para os mesmos feitos com a conselia do presidente da república junto ao primeiro ministro e o governo.
    A preservação de coisas públicas, tais como o património do estado, a presevação do património das roças coloniais, carros patrimoniais deixados pelo governo português que hoje seriam relíquias depositadas em museus públicos para desenvolvimento cultural dos nossos vindouros.
    Poroutro lado, pergunta-se: O que andam os nossos deputados a fazerem se eles deveriam é funcionar como fiscalização do bom funcionamento da república?
    Deveriam é descutir as disparidades existentes na distribuição de riquezas dopaís nomeadamente os salários nacionais, não deixando apenas esta tarefa aos sindicatos, estando apenas a descutirem problemas pessoais e partidários, devendo para tal zelar pelos interresses do povo tais como reformas de miséria auferidos pelos nossos mais velhos, subsídios aos mais carenciados e deficientes do país, a educação, a miséria generalizada que assola o país, problemas de hobitação, emprego e os nossos estudantes no exterior!
    Comprar um jeep por este preço não é negócio que se faz internamente, mas sim através do ministério dos negócios estrangeiros, os nipónicos forneciam-nos dois jeeps destes por metade do preço!
    Resolveu-se fazer esta negociata em S.Tomé para proteção do fornecedor interno e a recolha da respectiva luva como é hábito de alguns!
    Portugal como é pobre, vão a Alemanha comprar carros a 2ºa mão para o governo e autocarros para o povo também a 2ºmão!
    Se nos enveredarmos pela doação de bens e outas mordomias tais como casa, carros e guarda costas aos ex-presidentes, opaís muito rápidamente se vai afundando.
    cada presidente, após servir o povo deve possuir os seus bens com o usofruto do seu salário como tem feito todos os nacionais. O que lá vai, lá vai, agora chegou a hora de revogarmos estas leis!
    A assembleia da República, o tribunal de contas e os tribunais constitucionais devem trabalhar para o povo e estar alerta quanto ao esbanjamento público, quando não devem se extinguir e criadas outras organizações para o efeito.

  46. Veiga .paris

    27 de Novembro de 2011 as 12:48

    the best. este é o cara se cuidem demagogos pk a vossas sentencia ainda n começou Dr M.Pc és e seras sempre o unico pulso firme capas de impor ordem e a disciplina na nossa pikena e maravilhosa terra santa .o nosso STP poderoso tas de parabens

  47. BRITO

    28 de Novembro de 2011 as 17:01

    Acho que a Lei deveria ser revista em Sao Tome, porque elas nao vao de acordo a nossa realidade economica. Essas regalias todas auferidas aos servidores publicos sao uma drenagem aos cofres do estado e o pais nao esta em condicoes de sustentar essas dispesas e sobretudo pra individuos em condicoes muitos favoraveis em relacao a um cidadao comum. Se realmente queremos mudar o pais .Imagina quantos primeiro Ministros dar casa publica,caro etc..

  48. Suásuá Pires

    1 de Dezembro de 2011 as 15:53

    Estaria ainda mais satisfeito, se à Vossa Excelência encontrasse uma forma, de todos os membros de Governo, Assembleia Nacional, os Tribunais, as Camaras Distritais e Regional, passassem a usar como meios de transporte, uma TOYOTA ligeiro do tipo XL ou DX, uma vez que essas marcas, são as mais baratas rondando talvez qualquer coisa como noventa à cem milhões de dobras, apenas se diferenciando de chapa matricula ou de cor para cada Instituição. Passando pela consulta da opinião pública por meios de votação e dar conhecer a nossa Assembleia Nacional a decisão do Povo. Excelências desta forma estariam todos a contribuir para um País melhor e adquirindo mais fundos para cofre do Estado a poupar bolsos do povo. Abaixo carros de luxos para instituições do Estado .Esta é a minha contribuição…
    Viva Pinto da Costa (PR)

  49. Fabio Soares

    5 de Dezembro de 2011 as 13:12

    Foi boa iniciativa; MAS; isso é apenas uma gotta no meio do aceano do que se tem que ser feito para o novo horizonte de stp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo