Patrice Trovoada anuncia negociações com a CMA-CGM para dinamizar projecto do porto em águas profundas

O Chefe do Governo são-tomense, que visitou o médio oriente em busca de apoio financeiro do fundo slidário dos Emiratos Árabes Unidos, reuniu-se também com representantes da empresa francesa CMA-CGM.

CMA – CGM, terceira maior transportadora mundial de contentores, é proprietária da Terminal Link, a quem o Estado são-tomense concedeu a zona de Fernão Dias, para construir um porto em águas profundas.

A construção do porto que deveria iniciar em 2010, está adiado sine die, por causa de dificuldades financeiras, a que a CMA-CGM está mergulhada, por causa da crise financeira internacional.

Na visita de 4 dias ao médio oriente, onde segundo Patrice Trovoada, São Tomé e Príncipe pediu ajuda financeira do fundo solidário dos Emiratos Árabes Unidos, para sustentar o Orçamento Geral do Estado, houve oportunidade para contactos com representantes da CMA-CGM. «Manifestamos a nossa vontade de ver esse projecto avançar mais rapidamente. Analisamos os constrangimentos, e como tinha anunciado, dentro de algumas semanas uma equipa da CMA-CGM, e o governo vão trabalhar para resolvermos o problema do financiamento desse projecto», garantiu o Primeiro-ministro.

Na declaração a imprensa no aeroporto internacional de São Tomé e Príncipe, esta segunda – feira, Patrice Trovoada, não explicou se a busca do fundo solidário dos Emiratos Árabes Unidos e de outros países do médio oriente, visa também garantir suporte financeiro para execução do projecto de construção do porto em águas profundas, na zona de Fernão Dias, que está avaliado em cerca de 500 milhões de dólares.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Digno de Respeito Responder

    Desde que se fala de porto de águas profundas, parece-me que tudo anda à volta das profundesas das águas.

    Vendo ao longe (com binóculo) as águas parecem tuvas e turbulentas nessa imensidão projectos que até agora não vê a luz do dia…. Para quando, o nascimento do tão esperado “bebé”?!!

  2. img
    jaka doxi Responder

    É só bla bla bla.

  3. img
    Linilove Responder

    Que Deus vos ajude a tirar esse pais d

  4. img
    FM Responder

    Força Sr. Patrice Trovoada.
    Deus queira que se consiga executar esse projecto, pois ai sim, São Tomé pode mudar radicalmente para melhor.

  5. img
    Pen Drive Responder

    O nosso 1º ministro ainda não se apercebeu de que um possível porto em águas profundas neste momento em S. Tomé e Príncipe é inviável. Não sei se o senhor já deu conta disto! Os dirigentes da CMA-CGM,há muito sabem desse pormenor. Só que lamento a falta de verdade por parte daqueles senhores. Mas se isso acontece nós temos que ter capacidade suficiente de analisarmos as coisas com a nossa própria cabeça. Caso contrário corremos o risco de perdermos muito tempo com coisas fúteis como aconteceu com petróleo, em vez de concentrarmos em coisas sustentáveis. Quem não se lembra dos portos em aguas profundas a serem erguidos na Guiné Equatorial e nos Camarões. A meu ver nos próximos 30 anos um porto daquela dimensão que se pretende para o nosso pais é perca de tempo. Sejamos racionais.

  6. img
    BARÃO DE ÁGUA IZÉ Responder

    Sr. Patrice, é muito importante ter apoios externos e pensar em grande, mas foque-se mais nos agricultores e empresários Sãotomenses. Reuna-se com eles, congregue esforços e apoios.
    Estimule o orgulho Nacional na capacidade de trabalho de muitos e muitos SãoTomenses.
    Ponha a Economia interna a funcionar e verá que pequenas produções e trabalhos podem ajudar a nossa terra a sair deste marasmo

  7. img
    BARÃO DE ÁGUA IZÉ Responder

    Sr. Patrice, é muito importante ter apoios externos e pensar em grande, mas foque-se mais nos agricultores e empresários Sãotomenses. Reuna-se com eles, congregue esforços e apoios.
    Estimule o orgulho Nacional na capacidade de trabalho de muitos e muitos SãoTomenses.

  8. img
    Zeka Treka Zinga na Vagunga Responder

    Ora …Ora…agora o Sr. PM ja pensa no porto de aguas profundas?? porque qunado o MLSTP apresentou o projecto..voce criticou?? Porque?? porque desde o inicio nao tentou dar seguimento de forma que o porto ja estivesse no nosso horizonte?? Porque sr. PM?? pois agora que estamos praticamente em pre campanha vem dizer que isso é importante?? precisa de financiamento para campanha??Porque Sr. PM?? Trabalha mais e deixa de vaidade…o pais so desenvolve com pessoas q krem trabalhar…ja vimos que o senhor é so falar e nada fazer….Tenta aprender com o seu pai!!!!

  9. img
    Olhos de Tartaruga Tartaruga Responder

    Do TERMINAL LINK, sempre desconfiei que era mais um brincadeira e abuso ao povo santomense por causa de alguns dirigentes que temos.
    A TERMINAL LINK não tem dinheiro, aventurou obtendo o direito de concessão para 60 anos quando o possível eram apenas 40 anos. Por simples análise já ganham 20 anos de graça. Basta oferecer 40 anos à qualquer operador e negociar outros 20 tidos por graça de incompetência dos homens que negoceiam coisas do país. Mas com crise que já perspectivava na altura não apareceu qualquer interessado.

    Mas quem sabe se não estão a estudar uma hipoteca dos tais direitos resolvendo seus problemas financeiros enquanto santomenses lhe esperam.

    Tenho visto alguns comentários aí e não só que nos despreocupemos com problemas do nosso PETRÓLEO devido a complexidade e incerteza.
    E esta forma de agir não é melhor porque quem ganha com isto são esses dirigentes e governo. Porque é isto mesmo que eles querem que o povo esqueça do PETRÓLEO para fazerem das suas.

  10. img
    Esnaola Responder

    Sr. Primeiro Ministro acredito na sua vontade de fazer politica, e de bem servir a este povo.
    Devo dizer-lhe que o nosso pais é rico em pescado e com um clima muito propicio para agricultura, nao acha que com todo esse dinheiro que tem gastado em viagens em busca de riquesas la fora, se conseguiria fazer grandes coisas na agricultura e pesca, melhorando a qualidade de vida da populacao,e tambem a nossa economia, esportando produtos agricolas e pescados a paises visinhos?
    Queira por favor refletir sobre esta pergunta e responder com accoes concretas.
    Obrigado.

  11. img
    Fijaltao Responder

    Se realmente o Patrice Trovoada se considera santomense, Deus ou Alá como queira interpretar, o ilumine e ilumine o seu grupo para que esse projecto se torne realidade porque o bla-bla-bla já muitos sucessivos governos nos habituaram. Para que o Patrice trovoada seja bem vindo sempre no seio desta pequena família que é santomenses, seria bom que Porto das águas profundas não ficasse só em bla-bla-bla e política de marketing! Ao senhor primeiro Ministro que fique bem claro;independentemente do petróleo, nenhum país do mundo se desenvolve sem as três vertentes:
    -Porto de águas profundas
    -Energia eléctrica(barragem hidroeléctrica)
    -Vias de comunicação(Estradas).
    Se o seu governo em parceria com os seus aliados árabes e outros concretizarem essas três vertentes, garanto que o senhor só sairá do poder daqui a 30 anos por iniciativa própria! Agora se for só paleio de viajar e dormir em altos hoteis e grandes suites e vir gabar ao povo que bla-bla-bla, esqueça…

  12. img
    Fijaltao Responder

    Para não ser sempre repetitivo nos mesmos assuntos, faço minhas as palavras do sr. Esnaola! Porque se formos a ver o nosso primeiro ministro que é tão moderno e conhecedor do mundo, deveria evitar essas viagens fantasmas, as ditas para resolução de pequenos problemas ou problemas dos santomenses em parceria com outros capitalistas, promovendo videoconferências onde se pode negociar face a face sem a necessidade de se deslocar. Pois bem, quando os assuntos não são de grande relevância, o senhor deve poupar esses tostões que fazem falta ao povo criando um estúdio próprio de videoconferência para contactos exteriores! Se hoje qualquer individuo que tenha internet no seu computador pode falar e negocia via SKIPE, que fará um governo! Evite isso e promova a simpatia do povo e não venha depois dizer que é com o seu dinheiro que o senhor viaja e aluga os aviões!….porque cai mal aos olhos do povo.

  13. img
    besta Responder

    Ok;s.PM, ja agora que o senhor ja esta no poder ajuda os teus homens que esta perto do senhor por fvor.

  14. img
    calacala Responder

    Olha que o senhor la da faforita vai deixar o poder e os homens dele esta feito, pelomeno uma casa de madeira Sr P M

  15. img
    eliseu neto vaz Responder

    com todo o respeito, mas ate da pena e apetece chorar…..um Pais tao pequeno, rico em agua e tb com o solo rico…ser considerado como un dos paises mais pobre do mundo…acho que o povo ja ta cansado com esses tipos de negociacao..ate nem valia a pena falar de projectos e mais, quando esse Pais muda de governo constantemente. acho que se deve criar um comite com pessoas copetente de forma a criar um master plan para o desenvolvimento de STP, e ai todo e qq governo que ali entrar, tem que cumprir. o deep sea port , o alargamento do aeroporto e zonas francas ja se fala a varios anos e nunca e materializado….
    ja mudamos variadissimos governos e se pelo menos cada um desse governo resolvesse um problema como por exemplo a estrada ou agua ou energia ou educacao ou saude ou infraestrutura etc ja teriamos tudo no minimo resolvido com centenas de governo que esse pais conheceu.os noossos governantes sao diplomados em viagen e porque nao copiam com exemplo dos outros paises q tb sao pobres mas tao se esforcando pra sair da pobreza…..vamos deixar de palavras e entrar em pratica…..o povo e como a mulher e cansa se com promessas

    • img
      lede ça aua Responder

      Dirigentes e Governantes de STP estão anestesiados tb ganharam emunidade já não se preocupam e são indiferentes a toda e qualquer afirmação de que são Demagogos, corruptos,mestres no malabarismo político,usurpadores dos bens públicos.
      Na Campanha, têm vara magica para resolver todos os problemas do povo de STP.Depois de estar no poder o que querem é desfrutar tudo de bom que estiver ao seu alcance. Qual povo qual quê, 1º eu, 2º eu, 3º eu, se eu estou cá por algum tempo.
      A minha maior consolação é que tudo que tem príncipio tem um fim.
      senhor Primeiro Ministro.

Deixe um comentario

*