Política

PCD reage ao comunicado do Governo na TVS

A Direcção do PCD manifesta a sua mais profunda indignação pelo carácter vazio e tendencioso do comunicado, que pela ausência de lisura de que deu mostra, está muito abaixo de um documento emanado de um governo que se preze.

COMUNICADO DO PCD

Tendo tomado conhecimento do comunicado do Governo lido ontem, dia 10 do corrente, a Direcção do PCD vem informar e esclarecer o povo de S. Tomé e Príncipe do seguinte:

1º – A Direcção do PCD manifesta a sua mais profunda indignação pelo carácter vazio e tendencioso do comunicado, que pela ausência de lisura de que deu mostra, está muito abaixo de um documento emanado de um governo que se preze.

2º –  Ficou muito claro neste comunicado que, para além da implacável perseguição contra dirigentes e quadros do PCD, o Governo elegeu o Partido no seu todo como alvo a abater, numa manobra vergonhosa que não tem outro objectivo senão esconder a sua incompetência e incapacidade governativa, hoje já reconhecida por grande parte da população.

3º – O que espanta verdadeiramente é que o PCD, que, antes do comunicado do Governo, não havia exprimido qualquer posição pública sobre a greve na Rádio Nacional, tenha sido considerado pelo Governo como o principal mentor da referida greve, quando, contrariamente ao que diz o comunicado, o Presidente do Partido recebeu os representantes dos grevistas, de modo a se inteirar da evolução do caso e contribuir para a sua solução, tendo em conta o extraordinário papel que cabe à Rádio Nacional no contexto informativo do país. Durante o encontro nunca foi afirmado pelo Presidente do PCD a existência efectiva de qualquer montante destinado directamente à Rádio Nacional.

4º – Relativamente à questão levantada no comunicado sobre o que o PCD, enquanto Governo, teria feito para a Rádio Nacional com os fundos provenientes do acordo com a Voz da América, cabe-nos informar, apenas em escrupuloso respeito ao povo de S. Tomé e Príncipe, de que tudo quanto o PCD fez na sua governação, de 1991 a 1994, num período verdadeiramente difícil da história do nosso país, pode ser consultado pelo actual Governo nos arquivos oficiais. Verá então que estes fundos não beneficiaram apenas a Rádio Nacional, mas toda a população, no âmbito das grandes obras levadas a cabo naquela altura.

5º  – A Direcção do PCD aconselha o Governo do ADI a deixar-se de entretenimentos e de propaganda barata que em nada beneficiam a nossa população e trabalhar seriamente indo à procura de soluções para o cumprimento das promessas feitas no âmbito das campanhas eleitorais, de modo a ajudar a população a vencer as grandes dificuldades com que hoje se confronta. Pois senão, vejamos:

  • Onde é que estão os inúmeros postos de trabalho prometidos aos jovens?
  • Onde é que estão os postos sanitários em todas as localidades com mais de três mil habitantes?
  • Onde é que está a melhoria substancial do fornecimento de água potável e de energia eléctrica à população?
  • Onde é que estão os novos mercados destinados a albergar um número crescente de pessoas que não têm espaço para vender as suas mercadorias em condições normais?
  • Onde é que está a prometida renovação da frota de táxis?

6. – Em vez disso, sem pretender citar todas as situações que agudizaram nos últimos quinze meses, a vida e o bem- estar da nossa população, estamos a ver, sim:

  • Pessoas, na sua maioria jovens, completamente abandonadas e desorientadas, sem qualquer expectativa num futuro melhor;
  • Número crescente de pessoas a passar fome, mergulhadas na mais profunda miséria;
  • Visível diminuição do nível de vida da população, provocada pelo aumento constante do preço das mercadorias, mesmo dos produtos locais;
  • O hospital e centros de saúde sem medicamentos, sem consumíveis, nem tão pouco o simples envelope para organizar o processo médico;
  • Escassez de água nas torneiras e apagões constantes em quase todo o país;
  • Proliferação de pessoas vendendo nas ruas, como forma de encontrar meios de sobrevivência perante a difícil situação vivida no país;
  • O envelhecimento progressivo dos táxis, cujos motoristas e utentes circulam num total desconforto.

7. – Finalmente, o PCD alerta os seus militantes, em particular, e o povo de S. Tomé e Príncipe, em geral, a estarem atentos aos actos da governação do país e às sucessivas manobras do actual Governo para nos entreter.

S. Tomé, 11 de Novembro de 2011

O Presidente,

José Luís Xavier Mendes.

    11 comentários

11 comentários

  1. maiker

    14 de Novembro de 2011 as 14:01

    O que este governo mostrou até agora foi a sua incompetência, não se percebe o que esses palhaços de ministros andam la a fazer, temos uma ministra de saúde incompetente, até agora é uma confusão total, nem se percebe quem realmente responde pela comunicação social. Como é possível um governo formatar a cabeça de um secretário de juventude para fazer esse comunicado sem lógica, sem cabimento.
    O senhor Patrice trovoada criou tantos ministério que até se faz confusão, em momento nenhum existiu um ministro secretário de governo, mas o Patrice inventou tantos ministérios e pôs ao seu lado tantos incompetentes.

    Concordo com a actuação do PCD, o governo tem de dar provas não entreter o povo com novelas e desenhos animados.

  2. Antonio Fortes

    14 de Novembro de 2011 as 15:40

    Convenhamos neh, oque que PCD tem que chamar os grevistas, como se fossem vcs o governo !? Existe algum governo paralelo !?
    Quem resolve o problema dos grevistas não é o governo!? Larapios isso que vcs são. A greve dos funcionarios da RN é legitima e que continue ate que as reivindicações sejam satisfeitas. Mas o PCD que deixe de manobras, vcs ja nos desgraçaram demais, deixe o governo resolver o problema, estamos aqui no brasil passando fome faz horas porque vcs n fizeram nada , se quer interpelaram o governo ou chamaram os nossos pais para se inteirarem da nossa situação!? Porque não faz eco ai as nossas lamentações!? Seus baraqueiros

  3. Tomba Aly (Cantagalense)

    14 de Novembro de 2011 as 15:52

    PCD nunca fez melhor. PCD deve deixar os putos trabalhar. Os putos não têm caso de corrupção isso é bom, ao contrário de vocês do PCD. Delfim, benjamin, bano e restantes bandos.

    PCD pagou Anacleto Rolim e outros partidecos para fazerem barulho contra o Governo. Agora está adizer que tudo está mal. O quê que PCD deixou de bom há 15 meses que era governo?

    Estão a arumar pé de vento para derrubar o Governo. PCD Pretende chumbar o Orçamento de Estado.

    Se isso acontecer o povo vai sair à rua.

    Nós os cantagalences e vamos apelar os Mezocianos. Vamos unir para não permitir que os corruptos voltem ao poder.

    Eles chamam esse governo de incopetente. Onde para a competencia do PCD? Em roubo? Vamos ser claros.

    O povo vos conhece. Só apelo ao MLSTP para não enveredar pelo caminho do PCD.

    MLSTP deve arumar a casa, consolidar as bases, fazer oposição para ter argumentos em 2014 ser governo. Isso sim, um governo saido das urnas. Caso os putos não derem provas o MLSTP será poder. MAs que seja por via da urna, e nada de coligação com os lobos do PCD que pretendem criar uma dinastia no país.

    PCD criem dinastia na quinata dos prazeres. o País pertence a todos.

    ADI está a promover jovens. Os jovens estão a ganhar experiencia.

    Há novos juizes (putos, jovens). Têm medo para que eles não peguem os casos do Navio Principe, Doca, Trading, Passeios, 1.6 milhão de dólares do Japão?

    Há novos deputados. PCD só tem velhos, e não promove jovens. Sómpromove jovem ligado a familia (dinastia??!!??).

    Há jovem no Governo que têm dignificado o cargo que ocupa (Exemplo: Secretário de estado que tem idade para ser neto de Chavier Mendes). Há jovens directores. O país está em ruinas. Mas não foi em 15 meses do Governo de PT que isso se transformou em ruinas.

    ADI segue em frente.

    MLSTP não se alie ao PCD. Faz oposição responsável para em 2014 serem alternativa.

    Viva democracia.
    Viva STP
    Viva Cantagalence.
    Irmãos de Mé-Zóchi vos apelo a esterem de olhos abertos em relação aos PCDistas aldrabões.

    • MAn pETI

      16 de Novembro de 2011 as 12:58

      MAN Delfas Obomao, nao tentes mano!!! estas com man Lecho (ARLECIO) A a quereres disbaldar o Man Pat? nao vais mesmo conseguir mano,deixem os Putos trabalharem, quem vos (PCD) mandou meter na sena da greve. OS PESEDISTAS do Man BANO, Man Delfas, muito dangerous pipol

  4. NINA

    14 de Novembro de 2011 as 17:25

    MUITO MAU SINAL

  5. maiker

    14 de Novembro de 2011 as 17:30

    O PCD deu provas, eu até agora não vi provas desse governo.O Primeiro ministro e os seus putos andam a dormir

  6. Máfia Siciliana

    14 de Novembro de 2011 as 18:53

    A máfia quer voltar a poder por via de instabilidade politica!
    Que tristeza, o poder ganha se na urna, o bicho de derrube do governo já está a mexer com convosco. Tenham vergonha, vocês chegam a ser pior que MLSTP e ADI juntos…
    Bandos de saqueadores.

  7. Anca

    15 de Novembro de 2011 as 1:40

    O rasgado está a dar mal do esfarrapado.

    Como quem diz;

    O rôtô está a dar mal do descosido.

    Dividir para reinar.

    Quem vos ensinou, esse modelo PCD?

    A quanto tempo, o país, encontra-se nesta situação?

    Os números valem o que valem, façam um exercício de consciência, de analise estatística, estatísticas credíveis, e vejam, a sincronia e a cronologia, da degradação sócio-politica-económica e financeira do país(território/população) de 1975, até 2011, e comparem com quantas vezes, o partido PCD o MLSTP, passando pelo MDFM, tiveram a responsabilidade do exercício do poder em São Tomé e Príncipe.

    Que nos dizem as estatística hoje?

    Pois chegamos até aqui, pobreza e miséria social, grande feito daqueles, que tiveram, o exercício da responsabilidade, da governação e gestão do país(população/território), até então, pois nem tudo, pode ser mau, mas muito longe, ainda do comportamentos e pensamentos e acções novas, metodologias novas, saber, para saber_fazer, dos patamares exigidos, pela dignidade das condições sócio-político-económico e financeiro do país(população/território), consoante o entusiasmo e frenesim da independência,da liberdade, da democracia, sem bases de consolidação estrutural, sem conhecimento, para a integração e nivelar do respeito do país(população/território) no concerto das nações.

    Um cego não deve conduzir outro cego.

    Casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão.

    Somos o país mais pobre do Mundo

    80% da nossa população, vive na pobreza e miséria extrema.

    O país depende do exterior, para se governar, entretanto já é adulto, tem 36 anos de independência, e vinte e pouco de liberdade, pensa e agi como uma criança as vezes como animais irracionais.

    Até quando o adiar?

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Lembrem-se do nosso ideal e lema para a virtude

    Mais unidade, mais disciplina, mais empenho no trabalho, mais trabalho menos cacofonia, para a modernização estrutural do país(população/território).

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  8. Anca

    15 de Novembro de 2011 as 1:53

    A Selecção Nacional, joga amanhã, quem se lembra?

    Tanto faz, está fora da competições internacionais, sete ou cinquenta anos, de nada interessa, pois nem uma palavra.

    Tanto faz perder cinco zero, vinte zero, ilações, não aparecem, no entanto, tratasse da nossa bandeira.

    Depois gostamos de criticar com intuito de dividir, para reinar.

    Força Selecção Nacional

    Acreditem podem contrariar o resultado.

    Força mostrem a vossa garra e coragem, quando entrarem no campo.

    Estejam um grupo coeso, organizados, no campo.

  9. S.Antonio

    15 de Novembro de 2011 as 9:37

    Jone poker.
    Srs de PCD Vão vender Cabra fica Melhor do que criar instabilidade no País.

  10. gostoso

    15 de Novembro de 2011 as 19:36

    O PCD foi o pior para esse pais. Ocaso STP TRAIDING, até hoje não está explicado.O caso do Passeio também não. E o caso da doca pesca? Há coisas piores do que isto? Só pelo facto de terem desmantelado a Zonas Francas onde estavam peso pesado do PCD, pronto estão a querer desistabilizar o pais.
    Meus Srs. Por favor deixem o governo trabalhar.Depois de 4 anos não resultar faz-se as eleições e que ganhe quem tiver mais votos.Haver vamos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo