Destaques

MLSTP diz que política de construção do Dubai está a revelar-se desastrosa

Num comunicado o maior partido da oposição, insurgiu-se contra a actual crise no fornecimento de energia eléctrica e água potável a população. O MLSTP, considera de falsas e desastrosas as políticas e promessas feitas pelo governo. «Desastrosa e a deixar a nu a utopia de converter São Tomé e Príncipe numa sociedade como a de Dubai», precisa o MLSTP.

O partido começa por dar o exemplo o agravamento da crise no fornecimento de água e energia eléctrica a população. «Acrescidas dificuldades sentidas pela população com a crise de água e energia que se faz sentir por todo o país», frisa o comunicado do MLSTP.

Atraso no pagamento do salário na função pública é outra novidade. O governo prometeu que os salários seriam pagos sem atrasos, mas na prática o MLSTP diz que «o que se regista actualmente é que os mesmos são pagos com imensos atrasos», explica o MLSTP.

A par da agudização das condições sociais, o MLSTP acrescenta que a divisão e o medo ganham terreno no seio da sociedade. O culto a personalidade do Chefe da ADI, o Primeiro-ministro Patrice Trovoada, cresce e pode abrir caminho para a “nortecoreanização” de São Tomé e Príncipe. «Coibindo as pessoas de liberdade de pensamento e de expressão», sublinha o comunicado da comissão política do MLSTP.

No Dubai as acções do Estado são públicas, e as suas contas são transparentes. Recentemente São Tomé e Príncipe viu 5 embarcações atracarem na baía de Ana Chaves, sendo 2 catamarns e 3 lanchas de patrulha marítima.

As embarcações foram inauguradas em festa, mas as autoridades não revelaram o valor de compra e muito menos a sua origem.

O maior partido da oposição quer saber com que meios financeiros São Tomé e Príncipe adquiriu tais embarcações. «Pois que a referida aquisição não consta dos orçamentos de Estado de 2015 e de 2016, exortando o ministério público e o tribunal de contas a agirem de conformidade em nome da transparência e da boa gestão dos recursos públicos», pontuou o comunicado.

Por outro lado, o MLSTP insiste em manter a candidatura do engenheiro Frederico Umbelina quadro da TVS, como seu representante no Conselho Superior de Imprensa. Por duas vezes consecutivas a bancada do partido no poder, a ADI, rejeitou a nomeação da figura proposta pelo MLSTP, para membro do Conselho Superior de Imprensa.

Téla Nón

    14 comentários

14 comentários

  1. ANCA

    18 de Março de 2016 as 1:36

    Está na altura de Partidos políticos, ADI, MLSTP, PCD, dentre outros, que fazem quadro das instituições politicas de olharem um pouco para dentro, fazer o exercício, o trabalho de casa de que quando se aponta um dedo a outro, têm quatro a apontar a si próprio.

    O contexto internacional, bem como a conjuntura interna, exige de País, da sociedade civil organizada, da comunidade, dos cidadãos de São Tomé e Príncipe, outra dinâmica, outra postura, mais responsabilidade e sentido de estado nos objectivos propostos pelas instituições quer sociais, culturais, ambientais, energéticas, de água e saneamento, desportivas, políticas, económicas e financeiras.

    Por quanto o aqui MLSTP, bem podia ser outro partido qualquer ou mesmo ADI, o exemplo serve, enquanto estão no poder, têm a mesma realidade dos problemas que enfrenta os cidadãos SãoTomenses, para resolver, porquanto fazem parte da função Estado, mas que o País(Território/População/Administração), tem dificuldades a resolver, por enumeras razões sociais, culturais, políticas, económicas e financeiras.

    Mas quanto estão na oposição fazem aproveitamento político(criticas das realidades de problemas de fundo que permanecem ao longos dos tempos e no espaço (Território/População/Administração) dessas mesmas realidades), dificultando a compreensão pela sociedade civil organizada, bem como alguns cidadãos por iliteracia, jamais contribuindo para a procura de solução, discussão, dialogo, alternativas para a resolução duradoura dos problemas.

    Esta postura é a causa da miséria, pobreza, espiritual e material, que enfrenta o Território/População/Administração, à nível social, cultural, ambiental, energética, de água e saneamento, desportivo, político, económico, financeiro em suma de falta de paz, dialogo, construção da sociedade SãoTomense que se pretende prospera no presente no futuro, com diversas contribuições.

    Chamem-lhe Dubai, America, Japão, Europa, importante é construir uma nação em que os cidadãos tenham mínimas condições de vida e habitat.

    De quem está postura tem de nada tem a oferecer e contribuir para a construção do País (Território/População/Administração)melhor, no quadro do contexto internacional presente.

    Tenhamos ambição de fazer o País melhor, tanto na oposição, na Administração, dado o credito pelo população.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

    • Vexado

      18 de Março de 2016 as 16:19

      Muito redundante a sua narrativa.

      Todo os politicos em STP precisam desses problemas para poderem sacar dinheiro.

      Senão vejamos:
      Se comprarem geradores novos, se fizerem estradas como deve ser, qual a desculpa para ir bater portas ao fmi, união europeia e entre outros.

      Há que existir problemas para cada um sacar as suas quota parte.
      Nós os cidadaos devemos exigir mais desses políticos.
      O problema é que quando perguntas, quer se saber das coisas põem te de lado e entre outros.
      Mlstp sabe, adi sabe, PCD sabe.

      Rafael branco, Guilherme posser, Miguel trovoada, entre outros têm contas recheadas do dinheiro proveniente dos projecto de STP.

      A justiça, o tribunal de contas aleijado têm que ajudar.

      Quem não está disposto a trabalhar vai para rua. Sistema deve ser esse e Veras o resultado.

  2. Explicar sem complicar está complicando

    18 de Março de 2016 as 8:53

    Nunca vi um DUBAI assim.Um DUBAI onde:

    1- O Rei (Primeiro-Ministro) é mentiroso, rancoroso, vigarista, falso.

    2- Um DUBAI onde o povo não tem direito de saber como são gastos o dinheiro público e pode de maneira alguma dizer algo contra o Governo, nem nos bares, nos táxis, na praia, no facebook, na Televisão e Rádio pior ainda. Credo BUBAI!!! Será que em DUBAI é mesmo assim?

    3- Um DUBAI que Governo adquire 5 embarcações e não revela o custo e a origem (MAS O POVO JÁ SABE QUE ESTES BARCOS NÃO FORAM COMPRADOS MAS SIM OFERTADOS, MAS EM TROCA DE QUÊ, NÓS NÃO SABEMOS E TÃO POUCO QUEM OFERECEU).

    4- Um DUBAI onde alguns analistas e atenciosos dizem que foram ofertas (em troca de quê?) de um empresário Chinês que por causas de corrupção ele está preso na China.

    5- Um DUBAI onde infelizmente, apenas o analista e atencioso Abílio Neto é que ainda não viu essa para suas análises encomendadas.

    6- Um DUBAI que em 2015 o Primeiro-Ministro gasta quase 2.000.000,00 Euros com viagens (58 viagens num só ano), mas mesmo assim não se importou.

    7- Este ano 2016, a viagem do senhor Primeiro Ministro já vão lá entre 15 à 18 e ele está neste momento nos Estados Unidos, Ministro dos Negócios Estrangeiros em Lisboa e o Presidente da Assembleia no Brasil.

    8- Um DUBAI que o Primeiro Ministro foge fisco cometendo fraude fiscal/crime fiscal depositando contentor de dólares em sua casa e o Ministério Público não faz.

    9- Um DUBAI que não pagam os professores de curso nocturno desde o início do ano lectivo. Se fosse um outro partido no poder, já encomendaria um greve dos professores contra o Governo.

    10- Um DUBAI que Governo em vez de governar passa fazer papel de oposição.

    11- Um DUBAI em que os Ministros e os directores passam tempo a esfolarem mulher de gente a luz do dia e a calada da noite.

    12- Santa Misericórdia BUBAI que Deus nos deu – Good-Bai DUBAI, bé bô camiã cú bô bidê!!!

  3. Vexado

    18 de Março de 2016 as 9:48

    O MLSTP enquanto poder fez das suas…e deve reconhecer as suas falhas, recompor-se e mostrar que é força alternativa e não continuar a pensar que ainda é aquele ideal.

    Relativamente ao actual Governo, que esta no poder por causa da incompetencia do MLSTP, PCD e outros, deixa o Primeiro Ministro governar como quer apenas fiscalizando as suas acções (do partido no poder), denunciar os excessos cometido (como o pdc fez, agiu), combater de forma eficaz as concentrações do poder, as atrocidades cometidas (muitos elementos do mlstp, pcd estão sendo perseguido politicamente e não se viu uma unica denuncia do MLSTP sobre o assunto apontando um caso concreto), saber onde foi o primeiro ministro e o que foi fazer, têm poderes para tal.

    MLSTP deve começar a agir, não fazendo politiquices, mas fazer uma oposição fiscalizadora com provas, fazer cartas a solicitar dados, documentos sobre este e aquele assunto, os deputados podem fazer isso.

    Caso não dêem informações, denunciem…é assim a oposição.
    Têm pessoas naquele partido que recebem para serem politicos, portanto vão investigar, colher informações nos ministerios, mesmo que não dêm mas foram lá pedir informações…

    Que raios de oposição…têm que dar mais de si…

  4. SAMPONHA

    18 de Março de 2016 as 10:22

    Mais uma viagem do Baby Doc
    Lá foi o nosso Primeiro-ministro e Chefe do Governo Patrice Trovoada, vulgo Messias para mais uma viajem (missão oficial ou privada), ladeado de dois terríveis capangas (tontons macoutes), a bordo da aeronave da TAP, que deixou o aeroporto internacional São Tomé e Príncipe na noite do dia 15 de Março de 2016 (Terça-feira), pelas 19H50´.
    O caixeiro-viajante de São Tomé e Príncipe, Primeiro-ministro e Chefe do Governo Patrice Trovoada, vulgo Messias, candidato a passageiro do ano, mais uma vez vai incomodar os serviços de assistência da ANA no aeroporto de Lisboa/Portugal. Assistentes essas, que já estão fartas de ver quase todos meses o passageiro frequente, proveniente do nosso arquipélago. Uma das simpáticas senhoras dos serviços em terra da ANA (sala VIP), num desabafo manifestou em segredo para uma das colegas, dizendo:
    Está de volta o nosso passageiro frequente.

    Caros leitores:
    Depois de assistirmos há inúmeros lançamentos de pedras por iniciativa do fanfarrão e prepotente, senhor Doutor Patrice Emery Trovoada, Primeiro-ministro e Chefe do Governo, vulgo Messias, eis que tudo vai caminhado de mal a pior.
     Racionamento de energia
     Racionamento de água
     Salários da função pública em atraso
     Hospital sem medicamentos
     Aumento incontrolável do nível de vida (poder de compra a diminuir) etc…
     Novos tipos de crimes
     Número cada vez mais elevado de jovens deambulando pelas cidades, bairros e luchãs
     Entrada de cidadãos estrangeiros sem real controlo dos serviços competentes
     Impedimento de acesso a comunicação social, etc…

    Eis que, somos surpreendidos com mais uma viajem, em certa medida complexa, uma vez que anunciou na semana passada, antes da (viajem de 24 horas a Libreville ‘terra Natal´) que São Tomé e Príncipe irá apresentar uma candidatura para o Secretariado Executivo da CPLP.
    Meus caros leitores convenhamos, esse nosso senhor Doutor Patrice Emery Trovoada, Primeiro-ministro e Chefe do Governo, vulgo Messias, foi aconselhado a negociar com Portugal, e tudo apontava para desfecho que foi anunciado. Pela primeira vez e na historia da CPLP, fomos forçados a partilhar com Portugal o lugar, sendo que STP estará de 2016 a 2018, e posteriormente Portugal entre 2018 e 2020.
    Que solução para São Tomé e Príncipe sair do atual marasmo?
    Já há laivos preocupantes para uma possível implantação da ditadura do senhor Patrice Trovoada, seu partido ADI, com forte incidência na Administração Pública. O exemplo está patente no conteúdo do comunicado Governo (Conselho de Ministros) datado do dia 23 de Fevereiro de 2016.
    As provas são visíveis, o direito a palavra para a comunicação social, é só para o Primeiro Ministro Patrice Trovoada, o homem fala da EMAE, em substituição do Diretor, ou do Ministro das Infraestruturas, Carlos Vila Nova que deve andar distraído.
    O homem fala de política externa.
    O homem fala da saúde e da penúria dos medicamentos.
    O homem fala da reforma da justiça. Afinal onde estamos?
    O homem é parecido com belo velhote já falecido da antiga Roça Rio do Ouro, conhecido na altura por FAZ TUDO.
    Estamos afundando, e lanço daqui um veemente apelo aos partidos políticos e ao Senhor Presidente da República, para evitar o pior.
    Estamos muito desatentos, cuidado com surpresas do Baby Doc no Haiti.
    A maioria parlamentar, não significa Poder Absoluto, estamos a caminho do Posso, Mando e Faço.
    O Messias não anda perdido, sabe muito bem o que quer.
    Falando do nosso Hospital de Referência Dr Ayres de Menezes, que continua com graves problemas. A onde já se viu com uma situação de epidemias terríveis, quer o Director de cuidados da Saúde não esclareça a real situação desta pandemia nem tão pouco a senhora Ministra da saúde. O que fazem é fechar a enfermaria de 1ªclasse, alegando para obras sem financiamento. Na minha opinião as obras deveriam arrancar quando já existe financiamento. O que não é o caso.
    A Construção de pólio desportivo nas diferentes localidades ou Distritos na sua maioria, sem saneamento de meio.

  5. explicar sem complicar

    18 de Março de 2016 as 11:08

    Sabiam que ha navios autorizados que entraram em nossas aguas fazendo contrabando…sob arresto dos norte americanos.
    Isto levou o Patrice Trovoada de emergencia ao Gabao pedir ajuda sob fronteira maritima….mas infelizmente nao deu em nada.
    Edpero que a marinha do Stock e o ADI venham explicar este assunti SEM COMPLICAR ao povo santonense.
    Exigimos explicação.

  6. Seabra

    18 de Março de 2016 as 13:19

    …é assim :
    – Dubai sim, mas ùnicamente para certo numero de pessoas, digo, um numero bem RESTRITO, ou seja, para a pretendida “dita” ELITE sao-tomense (gente que veio do nada e continuam sendo gente de nada para além de terem acumulado bens desviados do ESTADO STP e POVO).
    – Dubai, porque tiram lucro e beneficios em viagens, casas, amantes, contas no estrangeiro ….
    – DUBAI, porque formaram duas camadas visisveis na sociedade sao-tomense, que é o “paumérrimo” e o “riquissimo”(às custas de STP e do seu Povo)
    – Dubai, porque STP tornou-se uma torneira de petroleo para o nùcleo no PODER…é so abrir a torneira e sai dinheiro(dollars, euros,yens, libras,francos CFA,dobras…), até hà cofres do ESTADO em casa do PM-PT.
    O financiamento atribuido para o desenvolvimento de STP, é utilizado a titulo privado por um grupo de MAFIOSOS do governo ADI-PT/Varela.
    STP està a cair aos bocados,quando a torneira nao puder mais pingar uma so gota…os seus consumidores restritos darao o fora….ai, os verdadeiros sao-tomenses terao so os olhos para chorar, com uma mao a frente e outra atràs.
    Seria melhor reagir tao jà e nao esperar mais, porque serà muito tarde.

  7. sumponhaII

    18 de Março de 2016 as 14:48

    O que passa neste país é muito simples, é apenas jogo de cadeira, levanta para eu sentar, estou muito tempo fora da cadeira.
    Sentar para fazer o quê? Nada nada nada.
    Trabalho zero
    Os corruptos mais perigosos foram do MLSTP, que nada fizeram e consequência esta a vista. Eu prefiro corrupto que come 40 e faz 60 já que não existe onestos no mundo. Ninguém vem com história de Messias nem Dubai porque o povo está esperto, é o povo quem vai julgar o Patrice não é meia dúzia de sem tecto, ou por outra sem cadeira no poder para sentar.

    • Ralph

      22 de Março de 2016 as 7:29

      Concordo plenamente consigo, sumponhall. Já não há nenhuns políticos honestos restantes no mundo. Todos eles só querem servir-se e enriquecer-se, à custa dos interesses do povo que estão eleitos para servir. Mandem-lhes uma mensagem pelas urnas, a única mensagem que compreendem.

  8. seabra

    18 de Março de 2016 as 20:13

    Sumponha II,não só o seu comentario é mediocre como por cima está cheiinho de êrros…há um que choca “onesto” em vez de “honesto”. Como militante ADI que você é,não me admira que é um vocabulário-HONESTO-que você e ADI desconhecem, porque está para além dos vossos princípios morais.
    Os militantes ADI,seguem e defendem cegamente o seu “padrinho”PT,como um toda seita que obedece estúpidamente o seu GURU….estão enfeiticados pelo Patrickim Sun Trov,diria,a perfeita combinação do ditador coreano+ditador cubano+ditador africano +corrupção latina americana = bomba atômica massiva,que destrói tudo e todos.
    Nenhum de voces que defende ADI- Trovoada/Varela,quer o bem do povo e do país.
    Certo,o MLSTP não obteve bons resultados durante o seu longo mandato,mas são Saotomenses e vivem em STP sempre com ou sem estarem em STP…se por acaso desviarem os bens do Estado,investem em.STP e não no estrangeiro,como os mafiosos da ADI,que têm contas,casas,no estrangeiro,sem hipótese que sejam recuperados (este aspecto já faz uma grande diferença),para STP…é o caso do vosso líder PT,A.Varela.
    Quando criticar uma situação,é Bom e mesmo necessário que argumente…é essencial, para permitir de avanca

    • So De Graca

      21 de Março de 2016 as 8:46

      Mlstp ja comeu tudo que tinha para comer….
      durante 40 anos …
      deixa os outros em paz
      Voces devem aprender com vossos erros…
      Faca o que a cegonha faz !

  9. Arroz Subistancia

    20 de Março de 2016 as 22:44

    Foi inagorado uma esquadra de policia no Riboque que e muito importante para a populacao comprou-se barco em condicoes para ligacao a principe sao coisas que nao sao noticia aque no tela non mais eu respeito isto agora e importante que o governo eleito pelo povo trabalhe com tranquilidade voces do MLSTP ja tiveram a vossa oportunidade agora acalmem-se.

  10. Ralph

    22 de Março de 2016 as 6:51

    Não sei porquê tanta gente quer que STP se torne numa versão do Dubai. As fundações económicas do Dubai são, de facto, muito frágeis (baseadas nos setores como turismo e a venda de imobiliários). No crise global recente, ficou quase em falência porque houve uma queda no mercado de imóveis. Para além disso, é no meio de um deserto e é governado por um grupo pequeno de sultões. Neste sentido, não se assemelha a uma democracia mas tem uma forma mais aproximante a uma ditadura, mais como a Arábia Saudíta. Seria muito melhor que STP tente desenvolver-se no estilo de um país pequeno verdadeiramente bem-sucedido, como a Singapura ou, ainda melhor, siga o seu próprio caminho.

  11. Iris no SPT

    22 de Março de 2016 as 23:12

    Olha que coisa…
    Afinal niguem apresenta as contas nem da satisfacoes a maioria absoluta?
    Que pena deste nosso povo que por vezes votam as cegas.
    E pra saber pra deixar de votar atoa.
    Mas São Tome tem bênção e dentro de alguns meses isto vai dar volta de 180 graus todos malfeitores pagarão pelos males que fazem e estão fazendo a população .. vejam o que esta passando com Lula da Silva ex PR do Brasil e a actual Dilma .. tenham cuidado nada mas mesmo nada vai só…Cuidado|

    Que Deus nos proteja do perigo das vinganças…ódios.. e máfias/maçonarias…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo