00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Taiwan disponível para cooperar com STP na adaptação às mudanças climáticas

Taiwan, é uma das ilhas asiáticas banhadas pelo oceano Pacífico, que se confronta com as consequências das mudanças climáticas. Tufões e instabilidades marítimas, ameaçam a vida na ilha onde algumas vezes ocorrem terramotos.

Presente na Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre o Clima que decorreu na última semana em Marrakech, a delegação de Taiwan expressou ao mundo as suas preocupações em relação a mudança do clima, e a sua estratégia para mitigar a emissão de gases para a atmosfera e a respectiva adaptação às mudanças climáticas.

Na qualidade de observador não governamental, Taiwan fez-se representar por suas empresas ligadas a questões ambientais e que financiam projectos de mitigação e adaptação às mudanças climáticas.

Numa conferência de imprensa dada no palco da COP22 em Marrakech, os quadros técnicos de Taiwan demonstraram a estratégia em curso para lidar com o problema do clima. A primeira acção, consiste na elevação da capacidade técnica dos serviços ligados as questões do clima. Criação de infra-estruturas de contenção aos impactos das mudanças climáticas está em execução.

taiwan-cop22Taiwan concebe o desafio pela estabilidade do clima, como uma oportunidade para promoção da economia. O sector privado é atraído para investir na produção de energia limpa, com destaque para a energia solar. «Isto para reduzir emissão de gases de carbono para a atmosfera», explicou Hsiu – Ming Chan, Secretário dos Serviços Consulares de Taiwan.

Aposta nas tecnologias para combater as irregularidades climáticas, é a prioridade. Segundo a delegação técnica presente na COP22, «existe uma relação forte entre a economia e o ambiente». Por isso na estratégia taiwanesa os bancos e as seguradoras são envolvidos nos projectos de natureza ambiental.

Na conferência de imprensa, técnicos das empresas privadas  ligadas a questão ambiental, anunciaram que o país asiático já criou uma estrutura público-privada vocacionada para apoiar os outros países do mundo em matéria de tecnologia para minimizar os impactos das mudanças climáticas.

Dessalinização da água do mar, é uma das tecnologias que Taiwan está a implementar no continente asiático, como alternativa a progressiva redução das fontes de água que se regista um pouco por todo mundo em consequência das alterações climáticas.

Questionado pelo Téla Nón, sobre as modalidades de cooperação entre São Tomé e Príncipe e Taiwan neste domínio, Hsiu-ming CHAN, garantiu que «estamos abertos para cooperar em todos os domínios na matéria climática. Desde a produção de energias renováveis até a introdução de sistemas informáticos para monitorização da situação climática», afirmou.

Taiwan e São Tomé e Príncipe estabeleceram relações diplomáticas no ano 1997. A ilha asiática é considerada pelas autoridades são-tomenses como um dos parceiros importantes do país.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

Deixe um comentario

*