Sociedade

Autarquia de Água Grande reduz pressão de vendedores nas ruas

Parte do passeio do mercado municipal já é transitável. A câmara distrital de Água Grande, conseguiu convencer alguns vendedores a abandonar o passeio e regressar ao interior do mercado. O Presidente da câmara promete adoptar medidas para sancionar as pessoas que sujam a cidade.

Neste fim-de-semana a câmara de Água Grande vai desenvolver uma ampla campanha de limpeza da cidade de São Tomé. Anúncio feito pelo Presidente da autarquia Kney dos Santos. Uma campanha que pretende lavar o rosto da capital do país.

Ao mesmo tempo o Presidente da autarquia mais populosa, Água Grande, promete tomar medidas para punir as pessoas e empresas que sujam a cidade. «Junto ao governo está-se a estudar uma forma de cobrarmos algumas taxas. Temos uma lei que fala de poluidor/pagador e com base nela quem polui tem que pagar», afirmou.

Segundo Kney dos Santos, actualmente produz-se 40 toneladas de lixo no distrito de Água Grande. A construção de um aterro sanitário é uma das prioridades, do novo autarca que começou a debater com os parceiros internacionais as modalidades de execução do projecto que vem da anterior autarquia.

Abel Veiga

    29 comentários

29 comentários

  1. SADAN

    16 de Setembro de 2010 as 9:05

    é de louvar esta iniciativa porque ja era vergonha sera que vai haver quem fale mal?

    • antidogmático

      16 de Setembro de 2010 as 12:02

      num país democrático e de livre expressão, haverá sempre alguém que critique ou que discorde, porque “nunca se consegue a todo mundo agradar” e temos que aceitar a opinão de cada um, cada um tem o seu ponto de vista, cada um tem a sua forma de resolver as coisas. viva STP…

  2. Zeca Jamba

    16 de Setembro de 2010 as 9:22

    Ele pos os vendedores na rua. O minimo que tem a fazer eh tira-los de la.

    • Fé zâua lêgado..

      16 de Setembro de 2010 as 19:00

      Existe mesmo comentarios parvos. Desculpe dizer isso.
      Quem colocou as pessoas no passeio, deixa de dizer as coisas parvas meu caro. Vamos apoiar, afinal de conta a cidade é de todos nós..Força jovem Kiney..

  3. Celsio Junqueira

    16 de Setembro de 2010 as 9:35

    Ao Pres. Kney

    Não basta proibir e taxar as pessoas. O importante é encontrar soluções win-to-win (onde todos ganham).
    Aconselho vivamente a estudarem como deve ser a economia informal e o papel que ela desempenha na sociedade.
    Uma hipotese a sugerir é permitir venda no interior dos mercados numa primeira fase com redução de 50% nas taxas cobradas.
    Existirão muitas outras,…,podem ser estudadas em conjunto com os vendedores.

    Abraços,

  4. sheila

    16 de Setembro de 2010 as 10:15

    Zeca antes do mandato d’ele não havia vendedores na rua? Temos reconhecer que ele está a começar bem, mas mesmo assim a que se criar condições para eles porque dentro do mercado não cabe todos eles.
    Força Kney.

  5. Matabala

    16 de Setembro de 2010 as 11:46

    No meu ponto de vista e numa visão de desenvolvimento, deveriam ser os vendedores a fazer essa campanha de limpeza, visto que são eles que sujam as ruas, mesmo sabendo que não devem sujar…cabia a câmara fazer coisas mais pertinentes, como recolher os lixos e levar a lixeira, angariar fundos e construir outros mercado, reparar esgotos, construir, reparar e pintar os passeios e edifícios, etc. e fiscalizar…afinal a capital não é da câmara mas sim de todos nós. Em cabo Verde por exemplo, a população faz a sua parte depois exige do governo…

    • António Veiga Costa

      16 de Setembro de 2010 as 22:37

      Matabala,

      não só eles sujam as ruas, veja a situação do prédio do mercado todo colado, ou melhor emporcalhado, de cartazes das campanhas.

      Os partidos deveriam cotizar e pagar a limpeza e re-pintura do prédio, dando o exemplo, que deve começar ao de cima.

      • Tuco

        17 de Setembro de 2010 as 16:57

        Concordo consigo,
        Está na hora dos políticos são-tomenses (todos sem exceção) pensarem numa nova forma de fazer campanha política:
        -Parar de poluir (sujar) os edifícios públicos com cartazes dando mais prejuizos aos cofres do Estado.
        -Parar de comprar a consciência dos mais humildes (o vergonhoso banho).
        -Promover debates apresentando propostas, alternativas que possam solucionar as enfermidades que assolam a sociedade ao envés de criticar por criticar e comprar consciência de indivíduos humildes.

        Na Inglaterra e França por exemplo a campanha é feita de forma tão civilizada que não se vê cartazes ou se ouvi carros de som com volume tão alto oportunando o cidadão.

  6. tiranossauro

    16 de Setembro de 2010 as 11:50

    Boa iniciativa, vamos esperar até quando vai durar, se é só pra uns dias ou se é pra manter, espero que dure pra sempre!!!
    Duvido muito que os vendedores manter-se-ão em seus devidos lugares, só espero que a camara siga assim e não só com o fim de causar a “boa primeira impressão”. Força a todos aqueles que querem bem para o STP!

  7. pobre e humilde

    16 de Setembro de 2010 as 12:01

    grande presidente até que enfim estamos a ver coisas boas na nossa tera porque realmente aquilo era um postal de visita muito feio para a nossa capital em todos os aspectos agora senhor veja aqueles taxis a cair ao bocados que nao oferece minima de condiçoes de segurança nem higiene sabemos que todos teem direito a ganhar a vida mas ha coisas que passam dos limites agora e por contentores de lixo e quena o cumprir atira porcarias para a via publica ser punido com umas dobras também exigir aos vendedores de generos alimenticios mais higiene e o cartao de sanidade porque a dias vi um caso exotico uma senhora a fazer comida para vender e tinha uma lata de baixo da banqueta qual utizou para urinar e pos de baixo da mesma isto nao cabe na cabeça de ninguém força senhor presidente traga mais coisas boas que estamos a precizar de pessoas corajosas que nao temedo de tomar decisoes e seria honesto so assim podemos sair deste burraco

  8. trabalho

    16 de Setembro de 2010 as 12:12

    forca jovem ,vamx trabalhar..

  9. Aleluia

    16 de Setembro de 2010 as 16:15

    Bem, a iniciativa é boa. Mas lembrem-se que isso já foi feito, creio eu, em Abril. E a cidade ficou limpa. Entretanto, o actual P. De Camara disse aos vendedores para saírem do mercado e venderem na rua! Lembrem-se! Foi durante a campanha eleitoral. E na campanha vale tudo. Né? Agora, aguenta a morna!!! Eu e a minha ONG tínhamos participado da limpeza. Desta vez não vamos. Foi uma falta de respeito do Knei. Devia é pedir desculpas.
    Fui

    • SUBÁ

      29 de Setembro de 2010 as 20:30

      Aleluia eu disse ao Kiney “Kiney não senhor Presidente” para ir te pedir desculpa porque não foste a limpeza. Não viste como a limpeza não foi feita???
      LOL

  10. hernane dos prazeres ferreira

    16 de Setembro de 2010 as 18:36

    Meu tas a começar bem tu tas a ser um grande lider sempre adimirei a tua formar de lidar com os poblemas , nao ligues a essas criticas so servem pra ti ajudar a trabalhar faça o teu trabalho e faça-o bem porque a gente acredita em ti…. Nuno Prazeres (sodoma)desejo-te de fundo de coraçao exitos…e que o governo ti de autonomia pra tu fazeres , quando falo de autonomia falo de dinheiro e poder.

  11. N.Capela

    16 de Setembro de 2010 as 19:15

    Ja nao era sem tempo.Alguma coisa tinha que ser feito.A nossa cidade parece uma sucata.Entulhos,lixos,porcarias e fedor por todo o lado.Passeios intransitaveis e se nao bastasse decidiram criar ruas de sentido unico.E preciso alternativas e inovacoes.Nao basta pressao e obrigar as pessoas a estarem dentro do mercado onde nao cabe todos os vendedores.Recorde-se que em qualquer parte do mundo existe mercado e negocio informal,mas mesmo assim as cameras tiram partido.E preciso educar,sensiblisar a populacao e so depois sancionar.Se nao ha espacos(mercado),porque nao criar um espaco livre a semelhanca de ponte tavares,onde as pessoas possam exercer a actividade comercial com normas,taxas e horarios pre estabalecidos para que depois possa ser devidamente limpos pela Camera?

  12. Alberto Nascimento

    17 de Setembro de 2010 as 1:18

    OK

  13. VOS DE CUCA

    17 de Setembro de 2010 as 7:54

    ROSTO LIMPO, CIDADE LIMPA…
    OS INFRACTORES TÊM QUE PAGAR PELA CONTAMINAÇÃO, UMA CIDADE PIQUENA QUE ABARCA UMA ENORME QUANTIDADE DE RESIDIOS CONTAMINANTES, TEMOS É QUE LEVAR O LEMA DE O QUE CONTAMINA PAGA ELOS SEUS DANOS.

    FORSAS E ORDEM AO TRABALHO.

  14. Zeca Jamba

    17 de Setembro de 2010 as 8:42

    Nao sei se voces seguiram a campanha do actual Presidente da Camara!
    Ele proprio disse que se ganhasse as eleicoes, as pessoas estavam permitidas a vender na rua ateh a construcao de um novo mercado. Eh por isso que as pessoas sairam em massa para a rua.
    Para dizer ao senhor FE ZAUA LEGADO que eu sou uma pessoa suficientemente educada para nao estar por ai aos insultos.

    • Fé zâua lêgado..

      17 de Setembro de 2010 as 14:36

      senhor é educado, ou só sabe levar as coisas a nivel partidario?
      tão educado que só falas besteiras e coisas que não sabem, deixa homem trabalhar..

  15. lulu

    17 de Setembro de 2010 as 9:26

    força senhor presidente faça reformas que poçam progredir o pais nao te importes com as criticas porque ja estamos habituados a criticar mas ideias nao o senhor é um jovem e tem outra mentalizaçao e formaçao nao deixe que o mau estar ou seja pessoas indesejaveis o rodeiem tome boas inciativas porque isto paraece mesmo um pais que nao tem um guia força e que este novo governo também tenha coragem em impor algumas regras a começar pelo transito e nas curupçoes que muitos criticam mas se estivessem no poder eram iguais ou pior força senhor presidente um abraço desde luanda

  16. DLima

    17 de Setembro de 2010 as 9:53

    Estou plenamente de acordo com António Veiga Costa. Seria enorme fonte de receita para as Câmaras. Penso k é tempo dos partidos adoptarem novas formas de fazer campanhas, pois, é uma vergonha o estado das ruas após as eleições.

  17. Viviana Cristina

    17 de Setembro de 2010 as 16:35

    Sobre a campanha de Limpeza, é uma boa iniciativa, incentivar as pessoas a não deixar o lixo no chão. É claro que medidas tem que ser tomadas, punir os infratores. O presidente da câmara tem que fazer a sua parte mas para isso precisa da coloboração e apoio de todos. Água Grande, está com bom representante, o presidente da câmara e com certeza ele vai fazer de tudo para melhorar a situação. A sociedade tem que “andar de mãos dadas”, e o incentivo a população, demonstrando o quanto a sujera estará prejudicando a todos como também o meio ambiente. Cada um fazendo a sua parte irá ajudar muito e a câmara tem que fazer a sua parte também, como recolher o lixo, reparar os esgotos, criar meios possíveis para melhor ajudar na limpeza e desenvolvimento da cidade. É claro que governo tem que ajudar. Mas a “batalha” é de todos, para isso é bom a população começar a agir desde de já e não ” amarrar” os braços e esperar que alguém o faça, pois o meio ambiente agradece. Na hora de achar melhor solução, muitos querem é achar o culpado, a culpa é de todos nós, porque procuramos sempre em apontar o dedo para o outro lado, e o que nós fazemos? Então está na hora de juntar-mos a mãos e agirmos juntos.

  18. A OUTRA VIA

    19 de Setembro de 2010 as 10:33

    No estrangeiro existem feiras a ceu aberto, num local previante demarcado, onde cada um pode se dirigir e vender o que quizer. Essas feiras nao sao diarias, sao semanais ou quinzenais, conforme o caso. Tudo com supervisao da Camara local, desde a localizacao ate a manutencao do sitio. Avante jovens. Saudacoes Cordiais.

  19. A OUTRA VIA

    19 de Setembro de 2010 as 10:39

    Queria dizer: “local previamente de marcado”

  20. lolo dedo2

    20 de Setembro de 2010 as 8:50

    senhor presidente é de louvar a sua atitude força para novas reformas nao te importes com as criticas destrutivas porque todos criticam mas ideias nada também queria apelar ao senhor e as autoridades sanitarias para mais higiene na venda dos produtos no mercado exigindo mais fiscalizaçao força

  21. António Moniz

    20 de Setembro de 2010 as 16:30

    Em primeiro lugar parabeniza-lo pelo bom principio,faz tempo que a cidade de São-Tomé anda adormecida,tudo por culpa de alguns ditos dirigentes malfeitores.Tu jovem que es esperamos de se enovações,mais trabalho e dedicação,afinal de contas o povo pedio e o resultado esta ai,temos que limpar esta má imagem de São-Tomé,mudar a mentalidade velha para nova,impor ordem e cumprimento,exigir trabalho,criar fiscais para fiscalização de tada a cidade e não só.É momento de mostrar e dar continuidade ao trabalho.Luanda

  22. zeca diabo

    22 de Setembro de 2010 as 9:40

    senhor presidente quando poder ponha em pratica as autoridades sanitarias porque nao ha minimo de higiene no que consumimos no mercado e exija boletim de sanidade para todos os vendedores de produtus alimentares para bém da saude publica porque sei que todos teem direito a viver fazendo honestamente os seus negocios mas como o senhor sabe com tantas doenças que ca temos devia haver mais controlo

  23. Martelo da Justiça

    25 de Julho de 2014 as 11:22

    As instituições não deves estar de costas viradas umas contra outras. Deve haver colaboração estreita entre elas para se resolver esse problema duma vez por todas. Assim, ganhamos todos e os anarquistas terão cada vez menos margem de manobra. É uma vergonha o que se passa a volta dos mercados, numa altura que há muitos turistas a visitarem o nosso Pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo