Morreu o ex-primeiro ministro Celestino Rocha da Costa

Aos 72 anos, deixou o mundo dos vivos esta quinta – feira, após doença prolongada. Celestino Rocha da Costa, espirrou pela última vez no hospital Santa Maria em Portugal, após doença prolongada.

Nascido aos 25 de Setembro de 1938, Celestino Rocha da Costa, licenciou-se em Direito pela faculdade de direito de Coimbra-Portugal antes da independência nacional, ou seja, em 1970.

Com uma vasta carreira profissional que começou em Cabinda-Angola como delegado da Procuradoria da República, a partir de 1975 Celestino Costa trabalhou em São Tomé como técnico do Ministério da Justiça até Dezembro do referido ano.

Presidiu a comissão eleitoral nacional no ano da independência do país, e já na transição do ano, ou seja, de Dezembro de 1975 a Junho de 1976 passou a desempenhar as funções de Secretário de Estado da Justiça.

De 1976 até 1978, Celestino Rocha da Costa, saltou de posição ministerial. Foi nomeado Ministro da Educação e Cultura, mais tarde designado Ministro da Educação Nacional e Desporto.

Nos próximos 4 anos, continuou nas funções governamentais, mas desta vez como Ministro da Justiça de 1978 à 1982. O ano seguinte, 1983 por sinal o ano da maior seca da história do país, colocou sobre os seus ombros responsabilidades como ministro do Comércio e Pescas. Cargo que desempenhou até 1985.

Logo depois e até 1988, foi nomeado Ministro do Estado para Área Social. Pasta que abandonou em 1988 para atender ao convite do então Presidente da República Manuel Pinto da Costa e do bureau político do MLSTP, para ocupar o cargo de Primeiro-ministro e Chefe do Governo.

Celestino Rocha da Costa, foi o primeiro-ministro e chefe do governo são-tomense no período de transição do regime mono-partidário para o pluripartidário, de Fevereiro de 1988 a Fevereiro de 1991.

Mais tarde

Foi conselheiro do Primeiro-ministro para Área do Petróleo, já em 1999. Em 2001 foi membro da Comissão nacional do Petróleo.

Celestino Rocha da Costa, é irmão mais velho do também jurista e antigo Primeiro-ministro são-tomense Guilherme Posser da Costa.

Abel Veiga

  1. img
    london Responder

    pois e, so poderia ter morrido em portugal! se trabalhassem com boa fe, seguramente, teriamos hospitais em condicoes, mais nao…de qualquer forma meus sinceros sentimentos as familias enlutadas.
    london

    • img
      Chocolate-Biológico Responder

      Meus caros,

      lamento bastante, sobre alguns comentos aqui postados por uns “ditos” meus COMPATRIOTAS. Eles não deveriam merecer algum reparo, mas a baixeja desses “SENHORES” é dum tamanho inorme, que me levou os nervos ao tecto.

      Quão baixo chegou o sentimento destas pobres almas envulcros num escuro rancorismo de morte, que até mesmo em momentos de luto, num período como neste tido de Familiar, se deixem levar pelo um ajuste louco de contas.

      Assim meus caros, não chegaremos nunca a tão desejada Paz e Unidade Nacional.

      Não temos que nos amarmos e casarmo-nos, mas que respeitemo-nos uns aos outros, sobre tudo nestes momentos, como os que a família Posser da Costa vem vivendo.

      Deixo assim, os meus mais sentidos votos de pesar a família enlutada – nomeadamete entre outros a Dona Lígia, ao Guilherme e ao Dani Posser da Costa – neste momento de dor.

      Um salve a todos
      Chocolate-Biológico

      • img
        london Responder

        Carrissimos,
        Antes de mais peco desculpas a todos quanto, de alguma forma sentiram-se ofendidos com as minhas palavras, embora, nao a considerasse de forma alguma ofensiva.
        O sr.celestino, e uma figura publica de grande relevo na nossa praca e sempre sera. Como uma importante figura publica que foi, e normal, haver comentarios divergentes.Acredito, como todos nos, ele fez mtas coisas boas, assim sendo e como um bom chefe de familia que foi, os meus mais sentido sentimentos vai enderrecado ao seus familiares.
        Ao meu amigo S. ZE CABRA, gostaria de lhe desejar um bom ano e mta paz.

        ALL THE BEST
        LONDON

    • img
      OME' Responder

      Mais um filho ilustre da terra que nos deixa. Duro, taciturno, inpenetravel e implacavel. So’a presnca metia respeito. Profissional serio, honesto e incapaz de utilizar um centimo alheio em proveito proprio.
      UM VERDADEIRO ESTADISTA. Paz a sua alma e sentimentos a familia enlutada.

  2. img
    Berna Responder

    Caro(a) Senhor(a) London,
    Por mais politicamente correcta que fosse a introdução feita, este não é o momento de manifestarmos o sentimento de rancôr. É, sim, momento de manifestarmos os nossos sentimentos de pesar a família enlutada.
    Quer queira quer não, o malogrado fez alguma coisa boa enquanto vivo.
    Deixemos de brincar com os sentimentos das pessoas, particularmente quando se perde um ente querido.
    Deixo assim, os meus mais sentidos votos de pesar a família enlutada neste momento de dor.

    • img
      Tentando a ler Responder

      Sem querer negar a obrigacao de solidariedade aos enlutados,gostaria ver este gesto estender aos demais santomenses que a ma governacao dos sucessivos anos levou a PT muitos por motivo de doenca, e que hoje encontram-se a deriva

  3. img
    fica Responder

    agora o processo das casas pré fabricadas do kilombo, sao tomé, ficou de luto

  4. img
    J. Maria Cardoso Responder

    Até aonde vai a baixeza em k chegou a doentia alma dos k ousam vir a esta praça pública praguejar um filho da terra k desempenhou os cargos em nome do país e num sistema por todos julgado no Referendo Popular de 15 de Agosto de 1990 (corrijam-me se estiver errado)e condenado à 20 de Janeiro de 1991?
    Nem no espírito natalício com k alimentamos a rotina destes dias, permite perdoar alguém k o destino escolheu para despedir dos vivos na véspera do nascimento de Jesus Cristo?
    Até aonde vai chegar a nossa tristeza? Não me revejo neste afogamento do nosso ego santomense.
    Quantas casas teria deixado essa alma pecadora k fez parte da direcção do país nos primeiros 15 anos da nossa independência? Quantas quintas? Quantos carros? Quantos milhões?
    É verdade k enquanto exerceu estes cargos revistos pelo Téla Nón, acredito k não pôde agradar a gregos e troianos, mas por favor na hora de dor, de lágrimas e de luto familiar enterremos os nossos sentimentos de revolta e de ódio pk a nossa fotografia fica desfeita com a distância do nosso teclado.
    Respeitemos a família enlutada para valorizarmos a nossa identidade do povo k sempre respeitou o sentimento do vizinho mesmo que na vida tivesse ferido a paz da nossa alma e manchado de vermelho o nosso percurso.
    Fica em nome pessoal à família enlutada do Dr. Celstino Costa e muito especialmente ao Dr. Pósser da Costa o testemunho das mais sentidas condolências.
    K descanse em paz a sua alma!

    • img
      Danilo Santos Responder

      Meu caro

      Nesta quadra votos de boas festas aos internautas e não só, a todos os santomenses espalhados pelo mundo. Que 2011 nos traga, mais saude, paz e felicidades.

      Meu caro, creio que o referendo realizou-se a 22 de Agosto de 1990.

      Aquele abraço

  5. img
    Joao Batepa Responder

    Este homem ja fez muito mal a STP.
    Por causa dele muita gente se apodreceu.
    Este nao fez mais nada na vida a n ser ser ministro.
    Morreu como um rei em Portugal com toda a sua praga.

    • img
      Danilo Santos Responder

      Respeitemos o sofrimento dos outros. Tratando-se de um parente seu gostarias? “” DEDO PÔ SCA FÊDÊ A NA CÁ CÔTE ZUGA BUTAFÁÁÁÁÁÁÁÁ´”” Não faças aos outros o que não queres que te façam.

      Meu mano, felicidades para 2011

    • img
      Mimi Responder

      A que ponto chegaram os cidadaos deste pais? Por favor, o Dr. Celestino Costa foi advogado e funcionario publico muito antes da independencia, e fora de S. Tome… muito antes de ocupar cargos politicos. Era bom respeitar o Homem e nao o rotulo.

  6. img
    ze cabra Responder

    este LONDON é mesmo parvo por estar a viver ou ter estado em londres fala muito masd nao deixa de ser um parvalhao A FAMILIA ENLUTADA OS MEUS PROFUNDOS SENTIMENTOS porque como seres humanos em momentos destes nao deviamos estar com polemicas mas sim solidariedade mas infelizmente na nossa terra a quem nao sabe separar as aguas mas nao é so neste caso como nos outros a todos boas festas feliz ano novo

  7. img
    MORENO Responder

    A familia enlutada os meus maiores sentido de pezames.Nao e momento para fazer se o balanco de coisas feitas pelo malogrado. Fez coisas boas tambem coisas mas.E proprio do ser humano.Mas uma vez os meus pezames a familia.

  8. img
    Fia Luxinga Responder

    Primeiramente apresento aos familiares os meus sentimentos de pesame,neset momento tão dificil.
    por outro lado a verdade tem que ser dita em qualquer momento, acho que até então falar a mentira ou verdade não tem nada a ver com momento em que vivemos. se fez mal fez mesmo, a unica coisa que tenho certeza,todos morremos,acho que é bom para todos pensarmos aos males que fazemos aos nossos familiares, amigos e inimigos, que não nos leva a lado nenhum, mesmo que vivas no ar como bichoi havemos de descer a terra. Santo natal a todos, e que penssam em fazer melhor possivel.

  9. img
    Sun Lambeto Responder

    Quero aproveitar esta oportunidade para manifestar a família enlutada os meus sentimentos de dor e de pesar.

  10. img
    Cidadão desiludido e preocupado Responder

    Os meus sentimentos de pesame,neste momento tão dificil para a familia enlutada.

    Feliz Natal Celestino Rocha da Costa.
    Os 20 milhões das porcarias das casas de 2 quartos(Quilombo),sem estradas,agua e iluminacao adequada ficarao ao cuidado do Patrice Trovoada e geracoes vindouras.

    Que o falecimento do Dr. Celestino Rocha da Costa e pouca simpatia demonstrada pelos cidadaos santomenses,sirva de exemplo para a nova geracao de politicos em STP da necessidade do espirito patriota.

    Aprendam a defender os interesses do nosso pais ou serao nos olhos do povo vistos como autenticos traidores e ladroes.

    Que perguntem ao Manuel Pinto da Costa,Elsa Pinto da Costa,Posser da Costa,Tome costa,Miguel Trovoada,Rafael Branco,Delfin Neves,Fradique de Menezes e todos politicos Santomenses, o que fizeram para que tenhamos centros de saude com capacidade de diagnosticar e tratar patologias como glaucoma, Insuficiência Renal Crônica,Doenças Multissistêmicas e cancro.

    Nada fizeram e nada fazem.

    Preocupam-se com jornalistas,entrevistas que nao concedida,eleicoes e mer…insignificantes.

    Eles vivem como se fossem eternos. Não temem a morte e nem a conseqüência dos seus atos.

    Eles são mentores de grandes sofrimentos.

    Muitos destes políticos sofrerão barbaramente por anos, décadas,até que sua transformação comece e eles façam escolhas que poderiam ter feito aqui na Terra.

    Será um desencarne difícil e dolorido.

    Mas, não pense que eles são piores por serem políticos. Muitos dos que estão a nossa volta terão o mesmo destino, se não mudarem urgentemente.

    MUDE SUAS ESCOLHAS E PRIORIDADES HOJE.

    Mas uma vez os meus pezames a familia

  11. img
    Leonel Batista de Sousa Responder

    Para toda familia enlutada apresento as minhas mais sentidas condolências.

  12. img
    jose manue lvieira Responder

    venho por este meio apresentar a familia do malugrado os meus profundos sentimentos e ao povo de s.tome e principe quero desejar umsanto natal e um ano novo com tudo de bom e muita fé e esperaça para um futuro melhor um abraço a todos desde o arquipelago dos açores

  13. img
    Matabala Responder

    Se tivermos que falar mal ou acusar alguém, façamos isso diante das pessoas ou enquanto elas estejam vivas…pq reclamar ou acusar ou difamar uma pessoa que acaba de morrer é falta de ética e moral…acho que alguém que morre ja esta pagando por todos os bens ou males que fez durante a sua vida.
    A morte é um caminho que todos nós vamos usar por isso é o único lugar que deve-se respeitar, seja qual for a vida que se levou…

  14. img
    Edson Costa Responder

    Acho lamentàvel certoscomentàrios aqui postados, mas pronto “cada um é como cada qual”. Queria aproveitar para desejar a familia enlutada meus sinceros sentimentos de pezame nessa ora de dor e tristeza.

  15. img
    Digno de Respeito Responder

    Expresso os sentimentos de dor e pezar aos familiares e os colaterais. Como muitos hoje fazendo parte do executivo, fui aluno na altura do então Ministro da Educação e se todos que esrtudaram naquela época na Preparatória e no Liceu,se lembram da acção da Educação e do Desporto naqueles anos. E como os desportistas santomenses eram considerados…?

    Não entrando em pormenores, apenas questiono porque essa notícia não foi editada com fotografia do malogrado?! Será que houve algum impedimento? O senhor editor não perderia nada (talvez nem ganharia) ao colocar uma foto legendada dando a oportunidade da nova geração conhecer pela imagem o falecido. É dessa forma que a nossa história e cultura se esvai no tempo…. Depois queixamos dos outros, culpando outros……..

    Ser bom ou mau de nada importa se fizermos nosso trabalho com dedicação,clareza, gosto e brilho pessoal.

  16. img
    xaroco Responder

    os meus pesames aos familiares do malugrado!SEM INSULTOS,ESTE ESPAÇO É DEMOCRATICO. GOSTO MUITO DOS COMENTARIOS,O TELANOM ESTÁ A FAZER O SEU PAPAL, UM BEM hAJA PARA UM STP MELHOR!

  17. img
    Abilio Neto Responder

    À Família, especialmente a Ligia e seus Filhos,

    Um forte abraço neste momento de enorme tristeza e pesar.

    Abílio Neto

  18. img
    CELSIO JUNQUEIRA Responder

    A Familia do Dr. Celestino Rocha da Costa,

    Seguem os meus sentimentos e pesames, a perda de um ente querido é sempre duro, triste e dificil de ultrapassar.

    Independentemente do que fez (quem somos nós para julgar) o Povo, o Estado e os demais agradecem a prestação pública deste cidadão.

    Um grande Abraço ao filho e filhas + a esposa

  19. img
    Madalena Responder

    Os meus sentimentos de pêsames a familia enlutada. Este senhor foi um dos que mencionei, de origem caboverdeana que assumiu as redias do país, somos sim um povo criolo e integrador, não praticamos a xenofobia.
    Ao meu colega e amigo, Nuno, as mais sentidas condulências.

  20. img
    Lévé-léngue Responder

    Passa o tempo, vão-se as figuras e ficam as instituições. É bem mais triste nascer nesta terra, crescer e morrer, deixando-a na mesma ou talvez pior que quando aqui colocamos os pés. Certamente, poderíamos ter feito um pouco mais, mas as vezes somos enganados pelo relógio em que tanto confiamos. À toda a família enlutada, o meu respeito pela dor e as minhas sentidas condolências.

  21. img
    jona Responder

    que tristeza, de alguns cumentarios. respeito,pelos outros é muito importante.

Deixe um comentario

*