Mensagem dos Estudantes são-tomenses em Cabo Verde

Após várias tentativas sem sucesso, vimos por este meio apelar o bom senso e o bom nome de STP no sentido de acelerar e viabilizar o nosso processo de ajuda de custo, no qual nós dependemos para sobreviver em Cabo Verde, que infelizmente não o recebemos há mais de 8 ( meses ).
ESTUDANTES, BOLSEIROS DE STP EM CABO VERDE

praia, 2 de Outubro de 2013

Excelências,

Após várias tentativas sem sucesso, vimos por este meio apelar o bom senso e o bom nome de STP no sentido de acelerar e viabvilizar o nosso processo de ajuda de custo, no qual nós dependemos para sobreviver em Cabo Verde, que infelizmente não o recebemos há mais de 8 ( meses ).

E como consequência, a honda de frustração e de incertesa tem tomando a conta de nós, pondo em causa a nossa segurança e o  sucesso escolar e deixando a nossa famìlia numa incertesa profunda uma vez que somos ameaçados de ser despejados da casa onde estamos instalados e sem falarmos da alimentação precária e outras dificuldade que enfrentamos.

OS ESTUDANTES:

ALEXSANDER FERREIRA
ALEKSE FERNANDES
DISNEY S. MENDES
HERNÂNI PRAZERES
HIDILBERTO DIAS

  1. img
    edu Responder

    E estão a fazer o quê? Voltam pra Vossa terra. Eu tambem estudei no exterior e nunca recebi um totão do governo, alias tinha que trabalhar nas ferias para angariar alguns trocados para sobreviver e voçês andam aí a pedir dinheiro do estado que depois atravez da western union enviam de novo para vossas familias em S.Tomé.

    • img
      bia Responder

      Tem certeza que andou em alguma faculdade?! Pois não parece, na medida em que escreve um pequeno parágrafo com tantos êrros ortográficos!!

    • img
      bia Responder

      Se você não teve bolsa não podia receber um tostão do governo. Agora se o governo comprometeu-se a lhes enviar dinheiro, tem que fazê-lo.

  2. img
    davi dos santos Responder

    Meu Caro edu, são coisas que acontecem gostei da sua intervenção, eu também terminei o meus ensino Profissional ali em Coimbra, neste 3 anitos, tive que trabalhar nas ferias e ñ só!
    mas o importante é que consegui terminar com êxito, agora tenho pena dos que virão.

  3. img
    CAMP Responder

    Caro Edu, parabéns por teres suportado e sobrevivido a isso, contudo é necessário termos o necessário espirito de solidariedade para com aqueles que, se calhar não estão a ter a mesma sorte que tiveste. Com certeza estes compatriotas e estudantes não encontram-se de braços cruzados, alias todos nós conhecemos os limites da vida estudantil, sacrifícios e despesas fixas mensais. Cabe sim, a quem de direito, socorrê-los diante de tamanha aflição e desespero. Bem haja STP.

  4. img
    Verdade Responder

    Caros conterrâneos, estou solidário convosco, mas uma coisa é certa, não ponham na vossa mente de que a curto prazo vos poderão ser pagas essas bolsas, porque este governo está a navegar em águas turvas ,mas muito turvas mesmo! Não têm solução para nada. Que Deus vos dê solução e força para suportarem este momento particularmente difícil!

  5. img
    nadaver Responder

    …que casta de curso esses estudantes fazem em cabo Verde? Pelo português escrito (diateto e crioulo)?

  6. img
    Engenheiro Responder

    Ha vezes, ficar calado e melhor do que escancarar a boca e dizer o que nao convem.

    Esse Senhor Edu, eu tenho as minhas duvidas que ele tenha mesmo estudado no exterior pois, se o tivesse feito, antes de abrir a boca, REFLECTIRIA e daria conta automaticamente que a realidade de ontem nao se compare com a de hoje. Vim para Portugal em 2005 e naquela altura procurasse pessoas para trabalha mas hoje aquilo que ninguem gostaria de fazer(ignorantemente porque todo o trabalho dignifica o Homem) nem isso existe pra fazer ou seja e concorrido. Portanto Edu pensa antes de falar pois acabaste de falar sem pensar. TODOS OS DIREITOS DEVEM SER RECLAMADOS E SE A TERRA NAO OUVIR O CEU OUVIRA, entenda!
    Nota: Desculpem-me pela falta de acentuacao em muitas palavras e isso deveu ao teclado nao configurado para Portugues.

  7. img
    ingnido Responder

    Fico feliz que apesar de uns comentarios tristes, existem pessoas com capacidade de reflecção, nadahaver, pareci-me mais um doido, tolo do que qualquer coisa normal , quem ti disse que só si forma na europa, na africa tambem si formar excelentes quadros, particularmente Cabo Verde, e temos ai em santomé alguns desse quadro que poderia passar ai a citar o nome , mas não o farei porque senhor não merece tanta sastifação, tenho pena de ti, estuda mas e aprenda algo de jovem a quem pertence a esse grupo de bolseiros, e ao Edu, meu irmão convenhamos yha só isso que Deus vos perdue , vcs n sabem o que falam,,,

  8. img
    Vane Responder

    O país que n investe em educaçäo está assinando sua sentença de morte!

  9. img
    Vane Responder

    O que STP está esperando para abrir uma cadëmia do conhecimento? universidade, faculdade? escolas técnicas? ACORDA autoridades! Olhem para a grande capacidade do povo santomense…deixa o sentimento de vira lata de lado e despertem para o potencial de STP!

  10. img
    nadaver Responder

    Meu caro ingnido, para sua informação ambos os países ascenderam a sua independência no de 1975 e ambos os países têm hoje 38 anos de idade.Veja aqui a lista de universidades de Cabo Verde: Universidade de Santiago; Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde; Escola de Negócios e Tecnologias

  11. img
    nadaver Responder

    Mau caro ingnido veja a lista: Universidade de Santiago; Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde; Escola de Negócios e Tecnologias de Cabo Verde; Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais; Jean Piaget University of Cape Verde; Instituto Superior de Ciências Económicas e Empresariais; Universidade de Mindelo; Mindelo Escola Internacional de Arte; Universidade Intercontinental de Cabo Verde; Universidade Lusófona de Cabo Verde; Universidade Aberta; Etc. Porquê será? STP pode e deve fazer o mesmo que Cabo Verde! Afinal, ambos os países ascenderam a sua independência no ano de 1975 e ambos os países têm hoje 38 anos de idade. Quando dou aulas na universidade na qual muitos dos meus alunos são são-tomense, lhes questiono sempre sobre esse assunto. Na verdade, sou também natural de STP (…). Acredita em mim…o País e os são-tomenses ganhariam económica-psicologicamente!

  12. img
    Xuxanti Responder

    Pela ignorância e a hipocresia dos jovens de STP tem transformado esta pequena ilha numa miragem todo nós temos os nossos Problemas e cada um de nós devemos ser solidario um com outro, se os estudantes estão a reclamar por uma causa todos nós devemos fazer parte desta causa,e quando isso nao aconteçe quem tira os beneficios sao os Governantes porque em vez de os mesmo governarem para o Povo, passa a governar para eles mesmos e para suas familias porque ja conhencem a forma desse covarde povo de STP, se os Povos andam a conflituar entre eles o que espera do nossos Governantes?
    Povo isso meus senhores esta na hora para deixarem essas coisas misquinhas para traz e pensar no alvo este alvo sao:
    Um STP MAIS MODERNO;
    UMA GOVERNAÇÃO JUSTA;
    E UMA RELAÇÃO INTERPESSOAL MAIS ACTIVO;.
    POR ISSO UM BEM HAJA A TODOS.

Deixe um comentario

*