Luz recebida como milagre em Milagrosa

A energia eléctrica chegou a roça Milagrosa no distrito de Mé-Zochi. Uma comunidade agricola populosa, que vivia no escuro. O Governo através da EMAE, garantiu a instalação da linha d média tensão e o posto de transformação.

A câmara de Mé-zochi, conduziu a corrente em linhas de baixa tensão até o terreiro da roça,  um financiado na ordem de 600 milhões de dobras assegurado pela autarquia de Mé-Zochi.

A EMAE assegurou a instalação da linha para as residências. No dia da inauguração mais de 30 famílias da Roça Milagrosa passaram a ter energia eléctrica em casa. Um momento de festa para os habitante das roça, que saíram da escuridão.

O Primeiro Ministro Gabriel Costa, presente na cerimónia disse que o seu governo está determinado em atender as necessidades das populações em energia eléctrica e abastecimento em água potável.

Energia eléctrica cria oportunidades para a chegada da internet a roça milagrosa. Uma ONG do distrito de Mé-Zochi, prometeu para breve levar a internet para clocar os habitantes em interacção com o mundo.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    HN Responder

    Bom trabalho da autarquia junto ao Governo, entretanto não pensam que fizeram muita coisa, o que foi feito agora já devia ser feito a bués. Não fizeram favor a ninguém mas sim a sua obrigação. Faço votos que essa situação seja extensiva para outras comunidades de São tomé e Príncipe Parabéns a Comunidade.

    • img
      ELE Responder

      Caro comentador,

      A Autarquia de Mé-Zóchi não está se vanglorizando ” de ter feito FAVOR a Comunidade de Milagrosa”. Não é favor coisa nenhuma. Isto é sim uma das realizações que a Autarquia de Mé-Zóchi tivera em carteira há já algum tempo e só acontece agora, por questões de disponibilidade financeira.
      MEU CARO, CONTRIBUA DE OUTRA MANEIRA, PARA O BEM DE S.TOMÉ E PRÍNCIPE.

      PARABÉNS MILAGORA.

  2. img
    nono Responder

    bomsinal

  3. img
    Homem Honesto Responder

    Parabéns, população de Milagrosa.
    É bom ter esperança e exigir na hora certa.

  4. img
    Santos Responder

    Não deixa de ser um bom sinal, entretanto seria bom melhorar urgentemente a qualidade da energia em Cruzeiro, Pau Sabão, Lemos e Obô Longo.

  5. img
    vungudoxi Responder

    Parabéns!!!
    Falta agora em cantagalo a energia e estrada nem que seja calcetada para a comunidade que vive no QUIMPO

  6. img
    Santiago Responder

    Como filho desta terra e residente da referida comunidade só pedia congratular com o trabalho que devia ser feito a muito como dizia o outro. Melhor tarde do que nunca. Penso que os outros passos a seguirem prendem-se com requalificação daquela que foi na era colonial uma empresa bonita e que produzia muito. O que eu quer dizer é que há que criar e desenvolver planos que dinamizem agricultura e os seus associados, bem como reabilitarem as casas, no sentido de dar outro visual a esta empresa agricula.

  7. img
    bom sinal Responder

    Viva Nelson Carvalho.

Deixe um comentario

*