00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

São Tomé e Ano Bom promovem intercâmbio cultural

As duas ilhas vizinhas do Golfo da Guiné, e que no início da colonização no século XV, estavam sob a mesma administração colonial portuguesa, deram início no século XX, a promoção do intercâmbio cultural entre si.

Para celebrar os 545 anos da cidade de Santo António de Palé na ilha de Ano Bom território da Guiné Equatorial, 50 excursionista santomenses fizeram-se ao mar no último fim-de-semana com destino a Ano Bom. Uma iniciativa inédita da Associação Verde Maravilha que no seu programa de intercâmbio cultural, vai levar os 50 excursionistas são-tomenses a escalar o pico de Ano Bom.

A ligação cultural entre os povos das ilhas de São Tomé e de Ano Bom, é forte e manifesta-se também no dialecto falado nas duas ilhas. «Estou muito satisfeito com esta participação que vem dar mais crédito a Associação Verde Maravilha que começou do nada, já fomos ao Pico Cão Grande, demos volta ao Príncipe e desta feita apostamos em descobrir a ilha de Ano Bom; como zona vizinha onde vamos conhecer a cultura e o costume anabonês, que merece uma especial atenção», explicou Osvaldo Fonseca, porta-voz da Associação Verde Maravilha.

passeioA Ilha de Ano Bom tem 17 quilómetros quadrados e é habitada por cerca de três mil pessoas, Vivem da pesca e do turismo. Durante quatro dias vão desfrutar do calor da ilha de São Tomé.

A caravana nacional é composta por músicos como Sebastiana, Janete Andrade, Tobias Vaiana, Pinheiro, Leo Boca Copo, Fofucho e bons DJs.. A ligação marítima entre as duas ilhas contou com a colaboração do Chefe de Estado da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Basogo. As semelhanças entre os povos das duas ilhas, se espalham pelo tipo de alimentação, o dialecto falado, e nos costumes.

A ilha do Ano Bom foi descoberta pelo navegador portugueses, João de Santarém e Pêro Escobar em 5 de Janeiro de 1471, logo a seguir a ilha
de São Tomé em 1470.

O programa cultural da Associação Verde Maravilha em Ano Bom inclui também uma volta pela pequena ilha que pertence a Guiné Equatorial.

Téla Nón

Notícias relacionadas

  1. img
    Antonio lopez Responder

    MUITO BOM JÁ ERA TEMPO DE SE BUSCAR ESTA APROXIMAÇÃO CULTURAL. ALIÁS SOMOS MAIS DO QUE IRMÃOS. ISTO É A FACE DE UMA MESMA MOEDA.
    ANNOBÓM FOI POVOADO POR GENTE ORIUNDA DE SÃO TOMÉ ENTRE OUTROS POUCOS AFRICANOS. POR ISSO É QUE FALAM UM CRIOULO MUITO PROXIMO AO SANTOMÉ OU MELHOR FALANDO UM DIALECTO DO FÔRRO.
    VIVA A APROXIMAÇÃO CULTURAL INTER ILHAS
    VIVA A ASSOCIAÇÃO VERDE MARAVILHA
    VIVA O PRESIDENTE OBIANG NGUEMA

    • img
      Téla Nón Responder

      Atenção comentador…A próxima vez que escrever um comentário com letras maiúsculas, ele será simplesmente rejeitado. Siga as regras de comentários que estão plasmadas no espaço Regras dos Comentários.

Deixe um comentario

*