Sociedade

Segurança marítima : Petroleiro desapareceu perto do Gabão

“Pantelena”, é o nome do navio petroleiro de bandeira panamiana que desapareceu nas águas do golfo da Guiné, desde a passada terça – feira.

A imprensa gabonesa e da sub-região do golfo dá conta que o navio petroleiro encontrava-se a cerca de 74 quilómetros do porto de Owendo em Libreville – Capital do vizinho Gabão. ´A tripulação do petroleiro composta por 2 cidadãos da Rússia e 17 cidadãos da Geórgia,  navegava nas águas do golfo da Guiné, fazendo a ligação entre Lomé a capital do Togo e Libreville no Gabão. Transportava 70 mil tonelaadas de produtos petrolíferos, que deveriam ser descarregados no Gabão.

O Governo da Geórgia já manifestou preocupação quanto a situação dos seus cidadãos, dados como desaparecidos. Já o Governo da Rússia, anunciou estar em contacto com a empresa que administra o navio petroleiro, a Lotus Shipping sediada em na Grécia-Atenas, assim como com a United Kingdom Maritime Center que tem embarcações em operações no Golfo da Guiné, em busca de pistas do navio “Pantelena”.

A empresa proprietária do navio petroleiro já admitiu a possibilidade de a embarcação ter sido assaltada e sequestrada por piratas que operam no Golfo da Guiné.

Abel Veiga

    1 comentário

1 comentário

  1. Manuel do Rosário

    23 de Agosto de 2018 as 12:58

    Esta situação é bastante alarmante e preocupante para o Golfo da Guiné. É preciso que as autoridades responsáveis pela jurisdição marítima redobrem a vigilância para que situações desta natureza não voltem a acontecer.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo