Anúncios

Recrutamento de 6 postos para Célula de Gestão de Subvenções Internacionais do Min. Saúde

No quadro do donativo do Fundo Global para financiar o projecto de luta contra a Sida, Tuberculose e Paludismo, o Ministério da Saúde com responsabilidade na administração do donativo financeiro, criou a célula de gestão das subvenções internacionais, e vem por este meio informar a todos os interessados, que se encontra aberto o concurso público para recrutamento de 6 postos para integrarem a equipa da Célula de Gestão das Subvenções Internacionais.

Para ter todos detalhes clique sobre o aviso de concurso público, e os respectivos TDR(Termo de Referência) para cada um dos postos a serem preenchidos.

1 –  aviso curso publico1

2 –  TDR Assistente Administrativo CGS _Revu 28Sep2020_19 Oct 2020

3 – TDR Especialista de Aquisições CGS _Revu 28Sep2020_19 Oct 2020

4 – TDR Especialista em Seguimento e Avaliação CGS _Revu 28Sep2020_VIH_TB_19 Oct 2020

5 – TDR Especialista Farmaceutico CGS _Revu 28Sep2020_19 Oct 2020 (1)

6 – TDR Motorista da CGS _Revu 28Sep2020_19 Oct 2020

7 – TDR RAF da CGS _Revu 28Sep2020_19 Oct 2020 (1)

    2 comentários

2 comentários

  1. Sem assunto

    29 de Janeiro de 2021 as 19:27

    Só um tolo meteria nisto.
    Lembrem do concurso, bem a pouco, lançado por este mesmo ministério aonde o júri era por sua vez, para o espanto e condenação de todos o participante?
    Peça sua demissão Edgar Neves, isto é impensável para um executivo que anunciava nas vésperas das eleições a luta cerada contra a corrupção, vão passear, sanguessugas.

  2. Nanana

    1 de Fevereiro de 2021 as 2:33

    Uma Célula de Gestão de subvenções para três doenças Infecciosas que assolam o país, em que nãohá a contractação de Um e única Médico Especialista em Doenças Infecciosas.
    Gostava de saber como é que Os três gestores, uma farmacêutica, um motorista e Tantos contabilistas vão advinhar o que será melhor para gerir, comprar, estruturar e delinear as estratégeas de abordagem diagnóstica, terapêutica e seguimento dos Doentes com Infecção aguda e crónica, muitas delas com perfil de resistência a multiplos fármacos, sem Nenhum Médico Especialista na área a orientar.
    Só Mesmo em STP…
    É por estas e outras que nunca saimos da sepa torta. LAMENTÁVEL!
    Em pleno século XXI!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo