Cultura

“Este novo álbum será uma mistura do que somos e no que acreditamos”-Calema

Os rapazes de Angolares estão de volta com um novo trabalho discográfico pronto a estrear-se. “Bomu Kêlê” ou “Vamos acreditar,… em português”, é como se vai chamar o novo álbum dos Calema que fica pronto já em Abril. Um disco em que Fradique e António buscam a consagração.

A sensivelmente dois meses do lançamento de “Bomu Kêlê”, o reporterstp foi perceber junto dos rapazes de Angolares o que realmente aí vem.

“Este novo álbum mostrará realmente o que é o verdadeiro Calema. Será uma mistura do que somos e no que acreditamos. Não é em vão que o título do mesmo será Bomu Kêlê”, afirmaram.

Os Calema estão neste momento radicados em França, esperam deste disco a consagração perante o seu público, pelo que imprimiram um forte cunho pessoal, em toda a sua elaboração.

“Neste disco temos uma participação total, desde a composição de todas as músicas, a produção etc. Estamos em todo o processo, além do mais temos uma equipa magnífica que faz com que o trabalho seja espetacular”, explicaram.

Apesar de estarem a trabalhar fora do país, os Calema garantem que procuraram perpetuar a são-tomensidade nas suas músicas.

“Sinceramente achamos que os são-tomenses e não só, vão adorar. Porque fizemos os possíveis de cantar para o mundo sem no entanto, perdermos a nossa identidade, ou seja a nossa cultura. Nós acreditamos que a música são-tomense bem produzida tanto na vertente letra como também na melodia pode ter sucesso em todo o mundo”, continuaram.

Abril ainda lá vem, mas a agenda para a promoção do disco já está cheia.

“Vamos lançar o disco em Portugal fazendo Showcases em todas as Fnac’s . Depois temos também em São Tomé e Príncipe e em França. Há mais países onde queremos lançar a nossa música, mas ainda estamos em negociação”, enfatizaram.

A apresentação em São Tomé e Príncipe ainda não tem data, mas vai ser especial assumem.

“Bem em São Tomé e Príncipe ainda não sabemos quando vai ser, mas queremos fazer ali algo de qualidade, e para isso temos de organizar tudo muito bem organizado. Porque achamos que os são-tomenses merecem qualidade”, concluíram.

Oriundos de Angolares, sul de São Tomé, os Calema constituído pelos irmãos Fradique e  António, esperam demonstrar com esse novo trabalho o que de melhor tem país e continuar a cantar e encantar o grande público.

Brany Cunha Lisboa

    14 comentários

14 comentários

  1. Manuel

    31 de Janeiro de 2014 as 16:04

    Acho que Bamu e não Bomu!

    • Combocone

      31 de Janeiro de 2014 as 19:46

      Concordo plenamente consigo sr Manuel e Bamu e não Bomu

  2. Chocolate

    31 de Janeiro de 2014 as 16:21

    Meus meninos! Sou fã 🙂

    Força rapazes!

    Beijinhos

  3. Milton Andreza

    31 de Janeiro de 2014 as 16:49

    Sem dúvidas que vão superar as minhas e as expectativas de todos, desde de STP até ao Mundo. Aguardo atenciosamente o vosso novo Album.

  4. Pinto

    31 de Janeiro de 2014 as 19:20

    Parabéns, força………..

  5. Ma Fala

    1 de Fevereiro de 2014 as 13:11

    Que seje algo que dignifique a nossa musica e o nosso pais, que nos faz sentir Saotomenses enquanto escutamos,evitando desta forma o virus do kuduro, taraxinha e qualquer outra influencia que visa a destruicao da nossa identidade Cultural.

  6. Vane

    1 de Fevereiro de 2014 as 15:09

    Parabéns pelo talento…vcs são jovens trabalhadores e que servem de inspiração p os demais!

  7. Manuel

    1 de Fevereiro de 2014 as 17:51

    Caro Brany Cunha Lisboa, acho que a introdução deveria ser melhorada. Rapazes de angolares, eu como natural do Angra Toldo, distrito de Caue, sinto-me muito por esses termos, por que me faz lembrar “moco sa gola” o que não nego. Entretanto subentendendo que querias dizer os RAPAZES DE SAO JOAO DOS ANGOLARES.

  8. Arminda Inácio

    1 de Fevereiro de 2014 as 21:03

    Olá meus amigos
    Estou mto Feliz por mais esta nova etapa na vossa vida estar tão perto, já sabem que desejo dofundo do coração que a tenham muita sorte e sejam felizes. Tenho mtas saudades vossas e…. se vierem à Fnac em Albufeira ou kkr outra no Algarve, por favor, publiquem que com toda a certeza lá estarei!!! Muitos Parabéns e, como sempre.. força aí, pra frente é que é Lisboa.. ahhha

  9. tiesco santola

    2 de Fevereiro de 2014 as 14:28

    que tudo corra bem !!
    sucesso,

  10. Jose Povo

    4 de Fevereiro de 2014 as 8:56

    Força vão em frente que frente é que é caminho.
    Não se esqueçam no entanto das pessoas que vos deram a primeira mão em termos de apoio financeiro. Não se esqueçam também daquele individuo da Rádio nacional que fazendo festivais de campanha ajudou muuto a vos projectar, primeiramente no plano interno e depois no externo. Força e coragem…..

  11. Brany

    4 de Fevereiro de 2014 as 10:29

    Manuel, a ideia foi mesmo essa exaltar a proveniência deles. Para eles é um orgulho serem naturais de Angolares ou São João dos Angolares. Embora eu não seja de lá, acho muito bem que se tenha orgulho de onde nos viu nascer. Obrigado

  12. Helder Leitão

    4 de Fevereiro de 2014 as 11:11

    É isso meus rapazes, fico orgulhoso, enquanto os foros roubam nós fazemos sucessos. É uma prova, para por o País no alto é só acreditar e amar a terra, isso é o que nos falta.

  13. Bisco

    8 de Abril de 2014 as 8:45

    tenho problemas de pontuacao no teclado Olha temos que deixar de criticar nasceu em santome seja em que regiao e santomense portanto estamos no seculo 21 acho que temos que crescer e sabermos que todos os comentarios feito e visto internacionalmente portanto deixe de mediocritude e vamos lhes apoiar sim e fiquei emocinado quando vos vi em frente de varios artistas franceses mostrando um pouco daquilo que e nosso devagar vai a longe o povo santomense tem orgulho sim de voces vai em frente que deus vos abencoe e tenho orgulho de ser santola .

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo