Cultura

Dom Abílio Ribas regressou a São Tomé para ser homenageado

O Bispo Emérito de São Tomé e Príncipe, D. Abílio Ribas, que recuperou aquilo que o tempo tinha apagado no seio da Igreja católica; foi homenageado com um Centro Teresiano no sul de São Tomé; em honra dos 25 anos de serviço prestado neste arquipélago.

IMG_5015A homenagem decorreu durante a eucaristia dominical, realizada na cidade dos Angolares há 40 quilómetros da capital santomense, onde foi celebrado o “Jubileu” ( 25 anos ) da chegada das Irmãs Teresianas da Republica de Angola e instalaram no Distrito de Caué, ao pedido de D.Abílio Ribas; prestando serviços na saúde, educação e espiritual desde os mais novos até a terceira idade, com maior destaque na guarda do sector feminino.

O antigo chefe da Diocese Santomense, Abílio Ribas, agradeceu de coração as irmãs Teresianas e o atual Bispo D. Manuel António, pelo reconhecimento do seu projeto que viu a nascer.

As irmãs Teresianas, estão nesse distrito com a força, coragem, adaptação, determinação e aposta para o bem do futuro desta população do sul que mais precisam. Estou muito satisfeito, porque durante a minha missão; enviei os outros e agora também enviaram a mim, que Deus proteja esta população de Caué,” afirmou o Bispo Emérito, Abílio Ribas, que vive na sua terra natal em Portugal.

Para celebrar os 25 anos de presença das Irmãs angolanas, estiveram presentes, a Vigaria Geral do Vaticano, Maria Angel Moniz, a Coordenadora Provincial de Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe, Teresa Catumbo e as duas irmãs fundadoras desta Congregação, que na foto portam os quadros dos Patronos das Teresianas no mundo, a saber:

Santo Henriques de Ossó e a Madre Teresa Santa de Jesus.

Inter Mamata

    4 comentários

4 comentários

  1. luisó

    15 de Maio de 2014 as 8:58

    “…A homenagem decorreu durante a eucaristia dominical, realizada na cidade dos Angolares há 40 quilómetros da capital santomense, onde foi celebrado o “Jubileu…”

    Sr. Inter Mamata, a palavra há vem do verbo haver, existir.
    O que o senhor quer dizer é a 40 quilómetros.
    Já não é a primeira vez que o senhor dá erros básicos como este.
    Use um corretor automático porque já deu para perceber que a língua portuguesa não é o seu forte.

  2. Fia plocosom

    15 de Maio de 2014 as 10:52

    Ex- Bispo de São Tomé e Príncipe D. Abílio Ribas, foi um autentico mercenario ao servico do Sr Miguel Trovoada. Durante o tempo em que esteve no Pais, exerceu o exorcismo contra a Sr Pinto da Costa, enoperando-o em toda a acao que pretendia levar a cabo. Estando o Pais na espetatica da eleicao, o feticeiro volta, para mais uma vez, neutralizar o considerado inimigo do seu amigo “Pinto da Costa” e alguns influentes na politica Partidaria, ou seja, os adversario do faminto do poder para que tudo seja ao favor deste. Nao estranho que por de baixo dos pes deste senhor Bispo estao nomes, assim como nao duvido que nas suas oracoes do dia nao sao crebentada alma dos que tenhan a popularidade para que se revertam ao favor do menino de Ouro. Povo de Sao Tome e Principe, atencao a missa que este ira presedir; o texto e a mensagem.

    • luis de sousa

      15 de Maio de 2014 as 23:13

      Eu sou um democrata convicto, acredito em liberade de expressão, acredito tambem que esta liberdade deve ser aconpanhado da responsabilidade e respeito pelo outrem,respeito pelos visados e respeito por leitores desse espaço. Eu nem ponho em causa a veracidade daquilo que escreveste, mas dou comigo a perguntar que tipo de ser (humano?) escreve tamanha maldade sobre um outro de uma forma cruel?! É bom que os responsaveis por este espaço estejam mais atentos, façam uma triagem daquilo que é postado, caso contrario vao perder credibilidade e com isso muitos visitantes.

      • Homem honesto

        16 de Maio de 2014 as 1:06

        O que eu vejo nos dois comentários uma crítica a seguir da outra, nada mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo