Desporto

Selecção de futebol com regresso marcado

A Selecção Nacional de futebol de São Tomé e Príncipe voltará ao activo no início do ano de 2012. O sorteio da pré-eliminatória de qualificação para a Taça das Nações Africanas (CAN) de 2013 colocou o Lesoto no caminho da equipa de todos os são-tomenses.

A primeira mão será disputada no Estádio Nacional 12 de Julho no dia 6 de Janeiro, enquanto que, no dia 20 do mesmo mês caberá a São Tomé e Príncipe viajar até ao sul do continente africano para defrontar a equipa lesotiana.

O Lesoto festejou recentemente a passagem da sua selecção à segunda fase de qualificação para o Mundial de 2014 após esta eliminar o Burundi, na mesma ronda que ditou o afastamento de São Tomé e Príncipe perante o Congo. No entanto, o combinado deste país encravado no interior da África do Sul nunca atingiu a fase final de nenhuma grande competição internacional.

Após o CAN de 2012, que se diputará entre Janeiro e Fevereiro na Guiné-Equatorial e no Gabão, a prova passará a realizar-se nos anos ímpares, cabendo à África do Sul inaugurar este novo modelo de competição em 2013. Nesse sentido o processo de qualificação foi encurtado para três rondas a eliminar. O vencedor da pré-eliminatória entre São Tomé e Príncipe e o Lesoto defrontará a Serra Leoa na eliminatória seguinte. O vencedor dessa eliminatória terá pela frente, na ronda decisiva, um dos 16 apurados para o CAN 2012, com quem disputará o acesso à fase final da prova maior de selecções do continente africano.

Mário Calado

    14 comentários

14 comentários

  1. Põe boca não tira

    19 de Dezembro de 2011 as 11:54

    Será que vamos de novo apanhar uma daquelas goleadas em São Tomé?… Haver vamos, é bem possivel que os putos estão mais motivados em dar um pouco mais de alegria a este povo sfredor……..

  2. maike salvaterra

    19 de Dezembro de 2011 as 12:32

    eu penso que são tome vai ganhar mas temos que tirar mas tempo possivel para treino e discanço e não beber as bebedas alcolica durante este periodo de tempo ,ser mas proficilnal de futebol…

  3. S. Tomé de peito e coração

    19 de Dezembro de 2011 as 13:54

    eu acredito na qualidades nossos atletaS embora ñ são profissional de futebol mas tudo fará em prol desenvolvimento do futebol santomense e tb para reconhecimento do futebol s.Tomé e Príncipe VAMOS DEIXAR DE CRITICAR E COMEÇAR DAR FORÇA AOS RAPAZES FALAMOS MUITO E TRABALHAMOS POUCO FUIIIIIIIII

  4. fidelito

    19 de Dezembro de 2011 as 14:23

    FORÇA NOSSA SELECÇÃO!

    BEM haja aqueles que trabalham, para o engrandecimento da nossa selecção!

    Abaixo os que tentaram eliminar a nossa selecção da senda de competição internacional!

  5. adi. magol

    19 de Dezembro de 2011 as 18:44

    eu confio na nossa seleçao, vaamos vencer força

  6. Anca

    20 de Dezembro de 2011 as 0:44

    Força Selecção Nacional

    • Anca

      21 de Dezembro de 2011 as 12:08

      Acreditem, temos orgulho em vós

  7. aumato

    20 de Dezembro de 2011 as 8:02

    não beber as bebedas alcolica se quiserem ganhar

  8. meymadra

    20 de Dezembro de 2011 as 9:28

    Sei que vamos ganhar e estarei la no estadio como sempre, mas espero que desta vez tragam o Luis Leal, o Silva e os outros que estao no exterior.

  9. Isidoro Porto

    20 de Dezembro de 2011 as 22:08

    Por favor, integrem pelo menos 2 jogadores da ilha do Príncipe e 2 da diaspora na nossa selecção. A selecção nacional deve dar o primeiro passo em frente, em prol da UNIDADE e ORGULHO NACIONAIS. O desporto em geral e as nossas selecções nacionais em particular, devem dar exemplo de UNIDADE NACIONAL REAL ás áreas política, económica e cultural desavindas.
    A ONDA DA VITÓRIA não foi lançada contando apenas com os residentes na ilha de São Tomé. Pode-se criar parceria com a STP AIRWAYS no sentido de patrocinar o transporte dos jogadores da Europa, bem como com os hoteis e pensões para a estadia dos supracitados jogadores em São Tomé. Para obtenção da autorização dos clubes onde militam, usem os telephones e a internet, evitando viagens desnecessárias.
    NÃO CUSTA NADA. BASTA QUERER. E QUERER É PODER.

    Isidoro Porto
    20/DEZ/2011

    • kilu sacramento

      26 de Dezembro de 2011 as 13:45

      yeyeyeyyey santola ta bate na paz

  10. Ludmilo Aguiar

    21 de Dezembro de 2011 as 9:49

    Acredito nesta seleção, e na capacidade que os jogadores tem de defender a sua patria, e mostrar um caminho novo para o desporto Nacional. Principal destaque para Orgando que é um jogador de referência.

  11. china

    21 de Dezembro de 2011 as 13:06

    Concordo com nosso amigo Isidoro porto,todos sabemos das dificuldades da federação em trazer jogadores que jogam no estrangeiro,mas se tiverem mesmo vontade,podem tentar angarias fundos juntos as varias instituições para conseguirem esse objectivo que muitos queiram ou não faz diferença…Temos bons jogares em S.Tomé e são capazes de fazer muito,mas se tiverem reforço de certeza que os resultados serão outros…como jogador sugeria que tentassem pelo menos levar Luís leal e o Silva que são mais uma valia a nossa selecção…espero contribuir assim com essa opinião porque quem ganha somos todos nos em engrandecer o nome do no nosso pais, se tiverem que pedir apoio aos governantes que seja,seria em prol do interesse nacional, quero deixar aqui também um grande abraço aos meus colegas da selecção,nomeadamente Agi, avó, akmisse,e os outros todos.força rapazes vão conseguir se acreditarem, nada é impossível..

    • Luis

      23 de Dezembro de 2011 as 16:59

      Eu concordo com tudo que o china acabou de dizer.. Se queros que a nossa seleçao chegue a algun lado temos que fazer o sacrificio e trazer os jogadores que tao a jogar na europa para nos ajudar a superar isso.. Espero puder ver a nossa seleçao a fazer frente a grandes seleçoes.. Acreditem que seremos capazes de fazer o que muitos nao acreditam.. Comprimentos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo