Desporto

Federação de Futebol realiza taça 3 de Fevereiro

A Federação de Futebol, em parceria com a empresa GACOS Internacional Trading_Lda, organiza a taça 3 de Fevereiro, para homenagear os mártires da liberdade.

A FSF leva a cabo nos próximos dois fins-de-semana de (25/26 de Janeiro e 01/02 de Fevereiro), a II edição do torneio alusivo a data, consagrada aos mártires nacionais, onde são chamados a tomarem parte da ceia, os campeões e vice-campeões da primeira e segunda divisão da ilha de São Tomé, Praia Cruz e UDRA (União Desportiva Rei Amador) de Angolares, da primeira divisão, os tricolores de Neves e Santana FC, da segunda divisão.

O torneio terá o seu pontapé de saída este sábado (25 de Janeiro), com o embate entre o campeão da primeira divisão, Sporting de Praia Cruz e o vice-campeão da divisão secundaria, Santana FC, com seguimento no domingo (26 de Janeiro), entre a UDRA de Angolares, detentor do troféu e o Desportivo de Neves. Reservando desta forma, o ponto alto da prova para o próximo dia 02 de Fevereiro com a realização da final do evento, entre os vencedores dos dois jogos.

Contudo no dia anterior, 01 de Fevereiro, subirão ao palco, as duas formações derrotas nos primeiros jogos, para o apuramento de terceiro e quarto lugar.

Dos quatro emblemas, apenas o Sporting de Praia Cruz e a UDRA de Angolares, voltam a marcar presença na competição, enquanto que o Desportivo de Neves e o Santana FC, irão experimentar a emoção e a vibração da competição pela primeira vez, que aos poucos vem fazendo parte do repertório das provas nacionais.

A competição, servirá uma certa forma de teste para o xadrez de Praia Cruz, que uma semana depois da final da competição (08 de Fevereiro), terá um teste fogo, a contar para as eliminatórias da liga dos campeões Africanos, diante da formação de Stade Malien (Mali).

Na edição pretérita, o trofeu foi levado para a vitrina do museu da UDRA de Angolares, que bateu na final por 2×0, o conjunto de JUBA de Diogo Simão. Por sua vez o Praia Cruz, um dos dois sobreviventes da edição passada ficou no modesto terceiro lugar.

Para incentivar, que criar mais química entre as equipas, a comissão atribuirá aos dois primeiros classificados uma taça, acompanhado com uma quantis de 20.000.000,00 (vinte milhões de dobras) e 15.000.000,00 (quinze milhões de dobras) respectivamente, reservando desta forma para o terceiro e quarto colocados o valor de 10.000.000,00 (dez milhões de dobras) e 5.000.000,00 (cinco milhões de dobras) relativamente.

A GACOS International Trading_Lda, empresa que patrocinou o torneio, desenvolveu, que estão asseguradas as verbas para as próximas três edições da taça, cabendo a FSF, começar a pensar na forma de angariar o fundo para sustentar a competição, daqui a mais três anos, quando terminar o acordado, concluiu o responsável da empresa, reforçando que a empresa continuará a assumir o compromisso acordado a JUBA de Diogo Simão, na época passada. De ressaltar que a GACOS International Trading, Lda, com sede em São Gabriel-São Tomé, é um transitário, que assegura o transporte de bens, de Portugal, Brasil e Angola para São Tomé e vice-versa, com garantia de bom preço, qualidade de serviço e rapidez de entrega.

Gil Vaz

    10 comentários

10 comentários

  1. bernardino zola

    23 de Janeiro de 2014 as 9:40

    pelo menos vocês pensarão nos nossos antepassado valeu apena força santana minha equipa por favou estou muito longe + vcs tenhem k dar micoló um bom capote porque eles merecem um bom capote nos pés de santana FC

    meus comprimentos,

    Nelson Kangamba

  2. Aléris Frank

    23 de Janeiro de 2014 as 11:02

    Sr. Jornalista Gil Vaz,

    Mas uma coisa é certa!
    O jornalista antes de lançar qualquer artigo, deve fazer o trabalho de casa em vez de estar desinfomar os leitores com mentiras.

    Para sua informação, Santana Futebol Clube foi fundado em 30 de Maio de 1964, e o clube fará 50 anos de existência no dia 30 de Maio deste ano. Durante esses anos, Santana F.C. infelizmente esteve na segunda divisão nas duas últimas épocas e este ano volta ao convívio dos grandes da primeira divisão.

    Por isso, era bom não passar mentiras aos leitores, deixando a ideia de que, esta é a primeira vez que Santana F.C. experimenta ou jaga na primeira divisão.

  3. Manu

    23 de Janeiro de 2014 as 11:26

    Felicito Gagos, pela iniciativa. Coragem. Só lamento, que, o título do telanon,pois, a Federação está falida, não tem dinheiro, os Sr’s papam tudo que caí na rede e, é por isso que futebol feminino está como está. E não podem organizar o torneio. Graças a Gagos, saudações pelo patrocínio em homenagem aos nossos Heróis.

    • Manucho

      23 de Janeiro de 2014 as 16:57

      Manucho diz:
      Sr. Manu,Se a FSF de futebol está falida é porque vcs. que andara a 14 anos a testa da FSF comeram tudo que vos deram e ainda contrairam dividas de cerca 360 mil USD, e que a actual direcção as tem que pagar. sobre o Futebol feminino o sr. parece estal mal informado, a mais de 5 anos atrás não havia campeonato, inclusivé pois as menimas a trabalharem numa selecção com objectivo de efectuar jogos internacionais e deu o que deu. O Sr esqueceu-se de que desviou o dinheiro da Onda da Victoria e fugiu para Angola? convenhamos. Viva a FSF, Viva o o Futebol Nacional.

      • Izá Nunes

        25 de Janeiro de 2014 as 13:25

        Sr. manucho, de facto, Onda da Victória foi um desastre. Mas convenhamos, gostava de perguntar o quê que isto tem haver com a situação dessatrada porque passamos a jogar futebol feminino? Federação não os olhos para ver que , nós , meninas, falo pq jogo futebol feminino e o que os problemas, o sofrimento que passamos hoje, é vergosonho. Sei que a FIFA dá dinheiro e onde para o nosso dinheiro para futebol feminino. Esses Sr’s que estão na federação não merecem nenhuma defesa. E sinceramente, em vez de dizer e defender asneiras, melhor ficar calado. Peço é, um dia, Tribunal mandar abrir inquerito a o que se passa na Federação de Futebol. Emfim …

  4. Desporto nacional

    23 de Janeiro de 2014 as 18:07

    Quero parabenizar a GACOS pelo apoio que tem dado ao futebol santomense. é de sublinhar que a empresa não apoia somente na realização da taça 3 de Fevereiro, mas também esta a patrocinar a equipa de JUBA. com certamente ao torneio, acho que todo o mérito é da GACOS, a FSF,apenas está a limitar a cumprir o trabalho. Esse gesto da GACOS, de costear as despesas da competição durante 5 edições, é um exemplo a seguir por nossos empresários. Está de paarabens a GACOS com este gesto.

    • Fókótó

      24 de Janeiro de 2014 as 16:57

      Seja razoável amigo.
      Dá-me impressão que as pessoas tem birra da FSF.
      Como se pode tirar mérito a uma instituição que organiza um evento.
      A GAGOS dá prêmios aos vencedores.
      E o resto?
      Sem organização não haverá oportunidade de dar qualquer premio que seja. Aprendamos a ser coerentes

    • Fókótó

      24 de Janeiro de 2014 as 17:05

      Como santomenses aprenderam bem a lição de serem pedintes esqueçem da sua propria alma.
      Não há motivos de se opinar que apareça imagem só da Federação ou da GAGOS, mas sim das duas, pois são as duas responsáveis pelo evento.
      O dinheiro tem o seu valor , mas não devemos nos curvar sem limitações perante o mesmo.

  5. 100% nacional

    23 de Janeiro de 2014 as 18:10

    no meu ponto de vista a imagem que poderia figura no artigo, deveria ser a da GACOS e n
    e não da Federação.

  6. Ngue plixipi

    24 de Janeiro de 2014 as 9:18

    Sr. Aléris Frank, peço que leia a noticia novamente.
    Ela está um pouco confusa mas se lermos com um pouco de atenção, entendemos a informação que o jornalista quer passar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo