Desporto

Gustavo reage: «Não houve nenhum escândalo, “K” mentiu»

Em reposição da verdade sobre as mentiras e difamações publicadas no Jornal K com objectivo de manchar o país, o seleccionador nacional, Gustave Clément Nyoumba e a Federação santomense de futebol, maiores visados nesta contra-informação, reagiu à notícia, justificando que, a não participação santomense no último torneio de UNICAF realizado na Guiné-Equatorial (mês de Agosto), não deveu a nenhuma “aldrabice” como titulou o Jornal, a única imprensa nacional que reportou o assunto, alongando que “ o único escândalo nisso tudo, é o jornal”.

Gustavo, que até é um leitor assíduo do jornal, disse que ficou triste com esta notícia, justificando que “ um jornal com qualidade e prestígio do K não pode estar a inventar coisas para ganhar audiência, porque estas mentiras, não afecta o seleccionador nacional e nem a Federação, mas sim, o país. Isso vai vender uma imagem negativa do país ao mundo. Infelizmente sou obrigado a afirmar que eles mentiram categoricamente”.

“Eu não sei com qual intenção o jornal inventou esta barbaridade, dizendo que “foi desmontada a aldrabice nacional”. Para o conhecimento de todos a selecção nacional de sub-17 não foi expulso, mas sim desclassificada, porque não preencheu nenhum dos três formulários exigidos que lhe possibilitava entrar na competição, são eles: Atestado de Consentimento das Associações aos Exames Cardíacos, Formulários PCCA, e os documentos que deviam acompanhar o IRM, como comprova o documento na minha posse, proveniente do Dr. Sidiki Boubakary, médico da CAF que liderou todo processo”, sublinhou o seleccionador amargurado com a notícia.

Clément, acrescentou que “ se tivéssemos preenchidos os três formulários e fossemos chumbados no teste de osso, até poderíamos aceitar, porque incorporamos na nossa delegação alguns miúdos acima da idade exigida pela organização. Bom dizer, o país nem foi registado pela organização, pelo facto de não termos cumprido os requisitos exigido. Houve sim um descuido da nossa parte em ter prestado atenção nas solicitações da CAF. Aprendemos com erros. Acreditamos que já não iremos cometer os mesmos deslizes”.

Como forma de desfazer todas as dúvidas quanto ao futuro da selecção nacional nas provas da sub-região, o técnico nacional sublinhou que “ o país não corre nenhum risco de suspensão de 6 a 12 meses como foi mencionado no jornal K e não existe nenhuma multa de mais de 55 mil dólares a pagar conforme avançado. Aliás São Tomé e Príncipe acaba de ser convidado novamente pela UNIFFAC para participar no Torneio regional feminino da UNIFFAC a ter lugar no próximo mês de Setembro de 2018 em Bangui, República Centro Africana”.

Ainda nesta esteira, Gustave Clément Nyoumba aproveitou para desmentir contundentemente o Jornal, sobre outra matéria difamatória sobre a sua pessoa, onde é acusado pelo órgão, de ter subtraído valores materiais num jogo amigável em Uganda Kampala, que face a tal situação, jogadores nacionais viram-se privados de alimentação no Gabão.

“Esta foi uma afirmação difamatória que sujou a minha honra, dignidade e credibilidade durante dias e semanas correu nas redes sociais. Ninguém merece ser tratado assim sobretudo quando essa pessoa sacrifica seu bem-estar para o bem-estar dos outros. O Jornal K abusou da minha pessoa e exijo a reposição da verdade e a reparação dos danos morais”.

Qual será o próximo capítulo desta triste história? Gustavo já exigiu o direito de resposta, caso não, avançará para instâncias judiciais, solicitando nesta altura intervenção do Conselho Nacional de Imprensa, para apurar os abusos cometidos pelo Jornal K e agir em conformidade a lei. O “K” aceitará ou não? A ver vamos! Os próximos capítulos, aqui no Téla Nón.

Henrie Martins

    3 comentários

3 comentários

  1. Rosema incompetente...

    1 de Setembro de 2018 as 6:52

    Resumindo e concluindo , incompetência total na federação Santomense de futebol.
    Nem preencher documentos sabem fazer , também estão preocupados com a cervejeira Rosema , federação de futebol para o Nino Monteiro e a sua corja é um passatempo para viajarem pelo mundo a tratar dos seus negócios. Faz sai Nino,incompetente dos raios…

  2. Seabra

    3 de Setembro de 2018 as 20:18

    Abel Veiga, está tudo bem com você?
    Espero bem que sim. Precisàmos de si,com boa saúde e em forma.
    Bem haja!

  3. STP Alerta

    13 de Setembro de 2018 as 12:12

    Gustave, lê grande bandi. Ele sabe de tudo, mas a corda há de cortar no lado podre.

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo