Desporto

Andebol: Federação promove igualdade de género

Arrancou este sábado, no Parque Popular da cidade capital, o primeiro campeonato feminino de andebol, com a participação de seis equipas, oriundas do Centro do Treino de Água-Grande.

Está de regresso a quadra do Parque Popular da cidade capital as emoções do primeiro campeonato feminino de andebol, com as meninas do Centro de Treino de Água-Grande a mostrarem que não estão aqui apenas para cozinhar, passar e engomar, fazendo valer a igualdade de género na prática da modalidade no país.

A prova que mobilizou dezenas de pessoas ao Parque Popular arrancou com o desfile das equipas, para o primeiro aplauso da tarde.

Posto isso, as Teimosas e as Trigresas subiram ao “teatro do sonho” para o primeiro duelo deste campeonato, com o triunfo desta última, por expressivo 17-1.

Mas a tarde prometia com mais dois jogos, onde no segundo, as Rosas de Centro de Treino venceram a Força Negra, por 10-3, naquele que foi considerado pelo público presente como jogo da tarde.

Por fim, no último duelo do dia, o Riboque não teve pena das Pérolas Negras e chapou a adversária, por 7-2.

Os jogos que foram acompanhados de perto por três “mosquiteiros” do organismo que rege o andebol no arquipélago, Ainda Quaresma, Lima Neto e Eraquio Teixeira, mereceram nota positiva deste triângulo, que desejou as meninas, sucesso, humildade e acima tudo o espírito de fair play, para que tudo venha a terminar da forma como começou.

De sublinhar que a prova que conta com o total financiamento da federação, terá a duração de três meses, com os jogos a decorrer nas tardes de sábado. Entrada livre.

Henrie Martins

 

 

 

    4 comentários

4 comentários

  1. Tristeza

    11 de Setembro de 2018 as 11:22

    Minhas felicitacoes.

    Pena que nao se ve o mesmo em relacao ao Fustsal Feminino….
    Anos e anos a espera e nada. Continuamos ansiosas.

  2. Amante de Andebol

    11 de Setembro de 2018 as 12:19

    Parabéns!! Gostei da iniciativa.Viva as nossas mulheres.

  3. Osvaldo Viegas

    3 de Outubro de 2018 as 10:23

    Grande iniciativa, acompanhada de grande esforços dos organizadores. O Heráquio Teixeira estas de parabéns. Tenho visto o vossos grande esforços para a massificação da pratica do Anebol feminino. Força que Deus vos abençoes. Mais uma vez parabéns Ms. Heráquio Teixeira com seus truque da Hungria e Ms. Lima Neto

  4. sequeira silva

    3 de Outubro de 2018 as 18:21

    Era importante saber quem pagou o PISO de ANDEBOL e quanto custou.

    Sei quem o forneceu e sei que ouve intermediários.

    Também sei, quanto foi orçamentado inicialmente sem intermediários

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo