Desporto

Troca de “trono” na Federação de Taekwondo

A Federação Santomense de Taekwondo (FST) elegeu no início da semana, a nova direcção liderada por Eloy Boa Morte.

Cinco anos depois, Carlos Neves passa o testemunho ao seu antigo vice-presidente e actual membro do Comité Olímpico de São Tomé e Príncipe, Eloy Boa Morte, que herda uma casa bem organizada, segundo o sucessor, que listou alguns dos ganhos na última meia década.

“Deixo a presidência com a sensação do dever cumprido. Os cinco anos de muito trabalho e dedicação materializaram-se na criação de nove academias, com mais de 3000 alunos engajados, através do projecto Esperança Olímpica nas classes de cadetes, juvenis e seniores, na vertente masculina e feminina. Orgulhamos ainda por sermos a federação mais bem equipada e completa dos países africanos da CPLP”.

Carlos Neves aproveitou ainda a ocasião para desejar ao novo homem forte da modalidade, sorte, força e sabedoria, na esperança que a nova direcção possa continuar o trabalho que foi feito durante estes anos, e levar a modalidade aos mais alto nível.

Por seu turno, Eloy Boa Morte, um campeão por natureza, prometeu tudo fazer para que o taekwondo santomense venha ser uma referência ao nível das comunidades do PALOP e CPLP, contando desde logo com a colaboração de todos.

Henrie Martins

    1 comentário

1 comentário

  1. Santos stp

    21 de Abril de 2019 as 11:45

    Força Eloy.

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo