Desporto

STP voa com “ouro” de Marrocos para o Japão

A selecção de Canoagem de São Tomé e Príncipe voltou a fazer história nos Jogos Africanos, a conseguir pela segunda vez consecutiva a qualificação para os Jogos olímpicos de Tóquio, Japão em 2020, a conquistar medalha de ouro na disciplina de C2 -1000, por intermédio de Rock Ramos e Bully Triste.

A dupla de canoístas santomenses, Bully e Rock, que actualmente frequentam o treino no centro de alto rendimento em Espanha, fruto da bolsa olímpica, esteve em alta nos 12º Jogos Africanos, a decorrer em Marrocos, sagrando-se campeão em C2 -1000 metros.

E, já na especialidade C1, Bully Triste obteve medalha de prata, mais uma para o seu museu.
O triunfo duplo da canoagem nacional despertou diversas reacções de felicitações, desde a população, até ao titular da pasta do desporto, Vinicio Pina, passando pela federação, Comité Olímpico e outras entidades.

Vinicio Pina, que esteve presente na abertura dos jogos, não escondeu a sua satisfação, parabenizando todos envolvidos nesta proeza, que coloca o país pela segunda vez, por mérito próprio, no maior evento desportivo do planeta, Jogos Olímpicos.

Por seu turno, na sua reacção, o presidente da federação da modalidade, João Costa Alegre, frisou que “esta vitória não tem preço”, acrescentando de igual modo que isto é fruto de muito esforço e dedicação que é feito em prol do orgulho do povo santomense.

Ainda na lista das reacções, o destaque vai também para o chefe da missão nacional nestes 12º jogos, Felipe Neto, que não escondeu o seu júbilo, dizendo que é imperativo mais investimento para o país voltar a subir ao pódio, como fez por duas vezes em Marrocos.

De sublinhar que os país participa nestes jogos com quatro modalidades, atletismo, taekwondo, xadrez e canoagem.

Henrie Martins

    10 comentários

10 comentários

  1. Clemilson brasileiro

    30 de Agosto de 2019 as 0:14

    Aqui no Brasil nós damos os nossos parabéns e tenham um ótimo futuro no esporte !

  2. Amor ao pais

    30 de Agosto de 2019 as 6:17

    Grande voo. Parabéns meus manos.

  3. Gil vaz

    30 de Agosto de 2019 as 6:20

    Orgulho nacional. Parabéns todos elementos de Canoagem. Desejo muita sorte no Japão.

  4. Metido a Besta

    30 de Agosto de 2019 as 6:33

    Parabens e tinhamos que ser bom em alguma coisa.

    Valeu

  5. Correia

    30 de Agosto de 2019 as 8:37

    Obrigado BULYY E ROCK.

  6. Dogmar Ayres

    30 de Agosto de 2019 as 9:21

    DEUS NO COMANDO;Temos potenciais,vocês estão de parabéns, S.Tomé e Príncipe está de parabéns, João de Costa Alegre está de Parabéns,as autoridades que tenham a humildade de reconhecer o mérito dessa gente. É preciso que o Invista um pouco mais no capital humano, não obstante os nossos parcos recursos. Sabe-se que o país é pobre e que vive de ajudas públicas, no entanto grande parte dos recursos obtidos são absorvidos na ostentação da presunção dos políticos, os que mandam tanta boca quando estão na oposição, fazem-se de vítimas, mas, alcançado o poder esses são os piores.
    A distribuição equitativa aos dos recursos do país como se aprendeu na cadeira de ECONOMIA, não se verifica na prática por simples capricho dos homens ambiciosos deste país que só vivem o presente, ora vejamos: Os Governantes continuam com o capricho de usar os “JEEPES TOP DE GAMA, DE 60 MIL DÓLARES”, O QUE NÃO SE VÊ EM PORTUGAL, que também não é um país rico, mas que no entanto os parcos recursos são aplicados transversalmente atendendo todas as necessidades do país.
    Como se pode investir no desporto, onde existe tantos talentos escondidos, que por falta de incentivos permanecem escondidos porque os governantes comem tudo até as migalhas, são mesquinhos, são miseráveis, não têm educação, só se preocupam com o presente, tenho dito.

  7. Dogmar Ayres

    30 de Agosto de 2019 as 9:28

    Estamos atentos, para vermos até que ponto o governo irá apoiar os nossos atletas de ouro, como eles serão tratados, porque há certeza que estes enfrentam muitas dificuldades. É obrigado que sejam apoiados pelas autoridades para que tenham uma vida melhor, porque não há dúvidas que eles são as estrelas do País,eles fizeram com que se entoasse o hino de S.Tomé e Príncipe nas Terras Marroquinas.É uma honra, algo raro e muito nobre, Que Deus vos ajude.

  8. Ricardino de Barros

    30 de Agosto de 2019 as 11:20

    Parabéns STP canoagem…. Desejo vos prosperidades e muita força ao presidente João Costa Alegre…. É preciso acreditar.

  9. Gentino Plama

    31 de Agosto de 2019 as 10:54

    São Tomé e Príncipe provou que está altura dos demais Países. A pequenez das ilhas não tem a ver com a imponência dos seus homens; eles são tão grande quanto outros e, com as mesmas ambições que outros.
    O mesmo feito, tive o atleta de Judo nascido em São Tomé e Príncipe e, que em representação de Portugal conquistou a medalha de Ouro.
    Parabéns a todos.

  10. Grupo Mé-Zedo

    2 de Setembro de 2019 as 8:35

    Na paz de Deus, na paz dos anjos e na paz dos homens, mtodos juntos unidos em torno dos ideais da estabilidade e do desenvolvimento poderemosmir bem longe.
    Esses atletas ao sairem do país foram recebidos por um unico órgao de soberania – o primeiro ministro. O Presidente da Republica e o presidente da Assembleia não os recebeu. Esperemos que agora que são portadores de medalhas de ouro e de prata possam ser recebidos pelos demais lideres nacionais, particularmente o mais alto magistrado da nação.
    Essas medalhas são pessoais, mas se traduzem em orgulho nacional, portanto à todos pertence essa conquista impar. Esperemos que dai para diante haja de facto mais investimentos nos nossos atletas para proezas futuras.
    Governos sólidos constroem solidez social. S.Tomé e Principe tem agora uma oportunidade impar para que todos possam se juntar para de facto, numa inclusão honesta , dar passos para a sua construção.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo