Desporto

O governo de São Tomé e Príncipe está a preparar um plano estratégico para o desporto nacional

Preocupado com o estado em que se encontra o desporto em São Tomé e Príncipe, o governo está a elaborar um documento orientador para mudar o rumo do desporto nas ilhas.

 «É o plano estratégico do desporto nacional. Nós já temos isso em carteira e acreditamos que no início de 2024 começaremos a fazer esse trabalho porque precisamos perceber o que é que o país quer, até onde o país pode chegar com o desporto. Temos que saber quais são as modalidades que queremos promover, quais os palcos que queremos atingir» – disse Eurídice Medeiros, ministra da Juventude e Desporto.

O anúncio da ministra da juventude e desporto foi feito no fecho do campeonato nacional de taekwondo onde Kelve Soares e Bibiana Pinheiro foram distinguidos como os melhores do ano na modalidade.

“Taekwondo foi uma modalidade que mudou a minha vida e com ela pretendo chegar ao mais alto nível possível” – disse Bibiana Pinheiro.

Por seu turno, Kelve Soares destacou que «recentemente, participei numa competição internacional e vim com o espírito de dedicar mais para que, da próxima vez, tenha o melhor resultado. Conseguir uma medalha internacional é até onde eu quero chegar».

O título de melhor treinador foi atribuído a Wilson Leal.

«Dedico este prémio aos meus alunos. Tenho como sonho levar um ou dois atletas ao pódio, quer seja da África Central ou, porque não, do mundo».

O presidente da federação destaca o taekwondo como modalidade de futuro em S.Tomé e Príncipe. Eloy Boa Morte vai mais longe e diz que é preciso apostar no desporto como meio para ajudar a combater alguns males que enfermam o país.

«O desporto contribui para tirar os jovens das ruas, das drogas. O Taekwondo, em particular, está a fazer o seu papel. Estamos em várias escolas, temos orientado muitos alunos, muitas mães nos procuram como uma solução para os seus filhos. É um trabalho agradável porque estamos a ser procurados como segundo médico» – sublinhou Eloy Boa Morte.

O Taekwondo começou a ser praticado em São Tomé e Príncipe em 2002. De lá para cá já deu alegrias aos santomenses com a conquista de várias medalhas em competições internacionais.

José Bouças

3 Comments

3 Comments

  1. Manuela Pedroso

    19 de Dezembro de 2023 at 10:38

    Espero que isto saia da carteira e entre nas instituições
    Não é possivel que o país esteja a passar tanta vergonha ao nível internacional com este tipo de resultado que o futebol do país tem estado a espalhar pelo mundo. 5 a zero, 10 a zero, 9 a zero etc. etc e todos os dias dizemos que temos um Mister a frente da seleção.
    Só conheci no país um senhor Mister que foi do Socopé Coimbra Nova e fazia coisas lindas para o país. Mas este tal Mister da seleção santomense se tivesse vergonha, já a muito que teria posto o seu cargo a disposição.
    Com o dinheiro do FIFA a federação tem a possibilidade de contratar alguém com melhores conhecimentos de futebol para iniciarmos de zero e ir colhendo algum fruto no médio e longo prazo.
    Num país sério, tanto os elementos d federação como o treinador da nossa seleção já estariam a fazer outras coisas boas para o país, mas não gerir o futebol.
    Como santomense, sinto-me arrepiado quando oiço que a seleção santomense irá jogar com alguma equipa estrangeira, pois já sei a humilhação que o país irá passar.
    Vamos ser mais responsáveis por favo

    • Martelo da Justiça

      19 de Dezembro de 2023 at 19:42

      Esqueçam!!! Esse Governo só sabe fazer anúncios…

  2. Jose Luis Jose Luis

    20 de Dezembro de 2023 at 8:25

    Ministra do Desporto é uma desportista, por favor não envergonhe a classe! Faça o seu melhor!…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top