Destaques

Chefe da ONU se reúne com líderes de Portugal e Guiné-Bissau

PARCERIA Téla Nón / Rádio ONU

Em encontros separados, secretário-geral esteve com presidentes dos dois países lusófonos; crise política na nação africana foi tema das reuniões.

Encontro de Ban Ki-moon com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, se reuniu nesta segunda-feira com os presidentes da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, e de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

Os dois líderes participam da reunião de alto nível da Assembleia Geral sobre refugiados e migrantes.

Crise Política

De acordo com nota emitida pelo porta-voz do secretário-geral, no encontro com José Mário Vaz, Ban elogiou o progresso feito por líderes políticos na Guiné-Bissau, com a recente assinatura de um acordo sobre um plano de seis pontos para acabar com a crise política.

A iniciativa foi facilitada pela Comunidade Econômica de Estados da África Ocidental, Cedeao.

Os dois líderes também discutiram o impacto sócio-econômico da crise sobre a população guineense e a importância de criar condições para a plena retomada do apoio financeiro internacional à Guiné-Bissau.

Solução Duradoura

A crise política da Guiné-Bissau também foi abordada no encontro do secretário-geral da ONU com o presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa.

Os dois discutiram caminhos para uma solução duradoura da situação e também falaram sobre a crise de refugiados e migrantes na Europa.

Exemplo

O secretário-geral elogiou a “abordagem acolhedora” de Portugal que, segundo ele, pode servir de exemplo para outros, especialmente na promoção dos direitos de migrantes e refugiados vulneráveis.

Ban também expressou seu “apreço” pelo “papel ativo” português na governança dos oceanos e pediu que o país ratifique rapidamente o Acordo de Paris sobre mudança climática.

Acompanhe a cobertura da reunião de alto nível sobre refugiados e migrantes.

Leia e Ouça: 

Guiné-Bissau: Conselho de Segurança preocupado com impasse político

ONU treina polícia em direitos humanos no leste da Guiné-Bissau

Brasil quer dinamizar ainda mais integração dos países da Cplp 

 

    3 comentários

3 comentários

  1. mlstpdigital

    20 de Setembro de 2016 as 16:31

    E nao reuni com o palhaco do pt?kkkkkkk quer aparecer a td custo, se for marcelo, confiu, nao lhe da confianca.

  2. Nosso Dubai

    21 de Setembro de 2016 as 13:33

    Ninguém reuni com o nosso bandido, corrupto! Ah já sei,por aquelas paragens não se da muita confiança a manipulador de eleições! PT há de beber do próprio veneno. É uma questão de tempo.

  3. Revoltado com ADI

    21 de Setembro de 2016 as 13:40

    Todos os países fizeram se representar neste encontro com Presidente da República. Só o nosso que fez se representar com bolo de noiva (Patrice Trovoada). Isso que ele queria, ter um Presidente pau mandado, para fazer dele, bobo de festa.

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo