Diversos

176.204 visitas em 9 meses

São etela-non.jpgstatísticas da Google, que reflectem a audiência registada pelo Téla Nón, nos meses de Outubro, Novembro e Dezembro de 2008 e Fevereiro, Março, Abril, Maio, Junho e Julho de 2009. O mês de Janeiro de 2009, não entra na estatística por causa de algumas avarias que se registaram no site do jornal. Nestes 9 meses, em que o jornal digital teve a oportunidade de conhecer o nível da sua audiência através do relatório mensal da Google, registou cerca de 700 visitas diárias. No grupo dos primeiros 10 países onde o Téla Nón é mais lido, destacam-se, Portugal, São Tomé e Príncipe, Brasil, Reino Unido da Grã-Bretanha, Estados Unidos de América, França, Cuba, Angola, Espanha, e Taiwan.outubro-2008.pdf

Analisando os relatórios mensais da Google, a redacção do Téla Nón, regista um grande salto de audiência num grupo de países. Por exemplo Taiwan, onde que no relatório da Google em Outubro de 2008, não fazia parte da lista dos 10 primeiros países onde o jornal é mais lido, saltou para frente, tendo registado em Julho último um total de 204 visitas, estando neste momento no grupo dos 10 primeiros países de maior audiência.

O mesmo acontece com outros países e territórios, casos da Alemanha, Bélgica, Nigéria, Macau, Suíça, Canada, Itália e outros países, que de mês em mês, vão alternando as posições, baixando e subindo para a primeira lista dos 10 mais lidos. Cabo Verde é outro país, onde a audiência cresceu bastante. Em Novembro de 2008, era de cerca de duas dezenas, subiu de mês em mês e em Julho último atingiu 117 visitas.

novembro-2008.pdf

O nível de audiência regista também alguma oscilação na sub-região africana. Gabão, Camarões e a Guiné Equatorial, destacam-se todos os meses. No Índico, países como Quénia e Moçambique clicam o Téla Nón. Em Julho a audiência em Moçambique subiu para 68.

Mas na lista de mais de 80 países que mensalmente acompanham as notícias do arquipélago através do endereço http://www.telanon.info/, Portugal é onde há mais consumo. Das 18199 visitas registadas em Julho último, mais de metade veio de Portugal, com 9146. Valor que reflecte uma subida vertiginosa de audiência comparando os dados mensais disponíveis. Por exemplo em Outubro de 2008 a Google registou 4806 visitas feitas por pessoas que residem em Portugal. Em Julho de 2009, quase que duplicou.

dezembro-2008.pdf

São Tomé e Príncipe-Téla Nón (nossa terra), onde o jornal vive e relata as vivências do dia-a-dia, sempre esteve no segundo lugar. Em Outubro de 2008, registou 2130 visitas. Noutros meses seguintes, a cifra aumentou, mas desde Maio e Junho últimos que regista alguma baixa, tendo em Julho último atingido 1818 visitas. Na perspectiva do Téla Nón, a crise energética é uma das razões da baixa de audiência nas ilhas verdes.

Brasil no outro lado do atlântico, está perto de São Tomé e Príncipe. A internet facilita esta aproximação. Em Outubro o jornal registou 1528 visitas nas terras de Vera Cruz. O número aumentou nos meses seguintes, em Julho foram 1770, mas já houve meses em que andou por mais de 2 mil visitas.

fevereiro-2009.pdf

Reino Unido da Grã Bretanha, também está no grupo dos dez primeiros. Saltou de 612 em Outubro de 2008 para 939 em Julho de 2009. Nesse espaço de tempo houve meses em que a subida foi ainda mais acentuada.

marco-2009.pdf

França vem logo a seguir com um crescimento de 430 em Outubro do ano passado para 688 em Julho deste ano. Seguem-se aos Estados Unidos de América, com muitas subidas de audiência chegou a Julho com 615. Cuba de Fidel Castro tem centenas de são-tomenses, sobretudo estudantes 499 visitas em Julho para acompanhar a terra natal, quando em Outubro de 2008, registou-se 325.

abril-2009.pdf

Vizinha Angola, com milhares de emigrantes são-tomenses, fez 258 visitas ao Téla Nón no mês de Outubro de 2008. O interesse cresceu, cresceu, e em Julho clicou o jornal digital 508 vezes.

maio-2009.pdf

Espanha vem logo a seguir, com 295 presenças em Julho quando no ano passado em Outubro só tinha 149 visitas.

junho-2009.pdf

Há vários meses que Taiwan ganhou lugar cativo no grupo dos dez primeiros, e não quer dar lugar aos perseguidores mais próximos. Este mês garantiu 204 presenças.

julho-2009.pdf

Desde que a Google começou a produzir relatórios sobre a audiência no Téla Nón em Outubro de 2008, são várias as provas de aumento de afluência. O mês de Março de 2009 foi o de maior audiência com 19.922.

Julho registou 18.199, excluindo Outubro de 2008 e Janeiro de 2009, o nível de audiência mantém-se acima dos 18 mil.

Realce ainda para uma média mensal de mais de 6000 visitas exclusivas. O tempo de uso do site varia entre 3 e 4 minutos.

O relatório da Google, é detalhado, indica também quantos leitores leram cada artigo publicado.

São dados estatísticos que o público leitor produz, e que a direcção do Téla Nón faz questão de partilhar consigo.

Abel Veiga

Recentemente

Topo