Anúncios

Concurso Público Nacional Aberto-Reabilitação do CATAP

O Projecto de Apoio ao Desenvolvimento dos Recursos Humanos(PADRHU), abre concurso para recrutar empresas interessadas em reabilitar o Centro CATAP, em Piedade, São Tomé.Os interessados deverão apresentar suas propostas até as 9 horas do dia 10 de Fevereiro.
Data : 09.01.2012
AONO/CEP.PADRHU/FAD
Empréstimo N.º: 2100150007073
Donativo N.º 2100155001916
Nome do empréstimo: PST IAZ002

1.    O Governo da República Democrática de São Tomé e Príncipe obteve um empréstimo do Fundo Africano de Desenvolvimento em diferentes moedas, para financiar o projecto PRADHRU e pretende utilizar uma parte dos fundos para proceder a pagamentos elegíveis nos termos do contrato para a realização das obras de reabilitação do centro CATAP.

2.    O Ministro das Finanças e Cooperação Internacional, através da Coordenadora do Projecto de Apoio ao Desenvolvimento dos Recursos Humanos, convida, pelo presente Aviso de Concurso Público, os candidatos admitidos a apresentarem as suas propostas em envelope fechado para a realização da obra seguinte:

Reabilitação do Centro CATAP, em Piedade, São Tomé
3.    Os eventuais descontos consentidos pelo candidato serão tidos em conta, no momento da avaliação das propostas

4.    Os candidatos poderão adquirir o Dossier de Concurso Público na Célula de Execução do PADRHU, mediante pagamento, em dinheiro ou através de cheque visado ou certificado à ordem do PADRHU, de um montante não reembolsável equivalente à Db. 1.225.000,00, fazendo uma solicitação por escrito. Os candidatos elegíveis interessados podem obter informações complementares junto do mesmo serviço.

5.    As cláusulas das Instruções aos candidatos e as do Caderno das Cláusulas Gerais são cláusulas do Dossier Tipo de Concurso Público, Aquisição de Obras (Contrato de Obras de médio porte), publicado pelo Banco Africano de Desenvolvimento.

6.    As propostas são válidas por um período de cento e vinte (120) dias após a abertura dos envelopes e devem ser acompanhadas de uma garantia ou caução num montante de STD 85.000.000,00 (oitenta e cinco milhões de dobras).

7.    As propostas devem ser remetidas ao endereço abaixo o mais tardar até às NOVE HORAS (09H00), hora local do dia  10 de Fevereiro de 2012. Os envelopes serão então abertos na presença dos candidatos ou dos seus representantes que desejarem estar presentes na data limite para a entrega das propostas às NOVE HORAS E QUINZE MINUTOS (09 h 15 m) hora local, no endereço seguinte :

CÉLULA DE EXECUÇÃO DO PROJECTO PADRHU
Largo das Alfândegas – São Tomé
Tél 239 222 52 66 / Fax 00 239 222 73 33
São Tomé
São Tomé e Príncipe

Coordenadora do PADRHU

    1 comentário

1 comentário

  1. Costa Larga Lopes

    10 de Janeiro de 2012 as 6:57

    Acho injusto o candidato pagar seja que for o valor em condições não reembolsável. Penso eu, o que devia-se fazer é exigir o pagamento não reembolsável ao candidato após divulgado o nome do candidato eleito ou aquele que acabar de ficar no primeiro lugar do concurso. Caso o referido candidato não cumprir conforme estabelicido (pagamento não reembolsável) a organização, caberá (CATAP ou Governo de STP) com toda legítimidade avançar com o candidato que ficar em segundo lugar. Isso sim é transparência porque todos nós sabemos que os concursos públicos em STP é uma mera formalidade. Pois a vaga que se fala já está há muito ocupado. Para fazer Ingleses verem vêm aì com essas fantuchadas de concursos aqui e aculá.

    Analizando este fenómeno que ocorre em STP acho eu injusto o pagamento do valor de 1.250,000 na condição não reembolsável porque a partida não existe nenhum concurso. As batotas já estão feitas.

    Meus senhores, vamos cingir a nossa administração da coisa pública em transparência. Ao contrário disso, os concursos públicos em STP não passa de uma corrupção.

    Um bem haja!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo