Anúncios

Atenção : Concurso Público

A Direcção de Planeamento e Inovação Educativa (DPIE) do Ministério da Educação, Cultura e Formação em parceria com o Instituto da Juventude (IJ) do Ministério da Juventude e Desporto em colaboração com o Instituto Nacional de Estatística torna público o lançamento de um concurso para o recrutamento de um Gabinete de Estudos para a realização de um Estudo sobre o Conhecimento, Atitudes e Praticas de jovens adolescentes dentro e fora do sistema escolar em matéria de Saúde Sexual e Reprodutiva em São Tomé e Príncipe.

O protocolo de pesquisa pode ser obtido na Direcção de Planeamento e Inovação Educativa (DPIE) do Ministério da Educação, Cultura e Formação nas horas normais de expediente.

As candidaturas deverão ser remetidas a Direcção do Planeamento e Inovação Educativa (DPIE) do Ministério da Educação, Cultura e Formação até as 12h00 do dia 30 de Agosto mediante dois envelopes fechados, contendo, separadamente, propostas técnica e financeira.

A proposta técnica deverá conter:

. Metodologia a ser utilizada

. Organização e duração do estudo

. Perfil da equipa de gestão e implementação do estudo: gestor e/ou coordenador, investigadores, inquiridores, supervisores, especialista de tratamento de dados (CVs)

. Experiência do Gabinete em trabalhos nesse domínio

. Provas de legalidade do Gabinete ou Sociedade de Prestação de Serviço

Cada envelope deverá ter a seguinte menção:

Estudo sobre os Conhecimentos, Atitudes e Práticas de Jovens Adolescentes dentro e fora do sistema escolar em matéria de Saúde Sexual e Reprodutiva em São Tomé e Principe.

PROPOSTA TECNICA

DPIE – São Tome

Estudo sobre os Conhecimentos, Atitudes e Práticas de Jovens Adolescentes dentro e fora do sistema escolar em matéria de Saúde Sexual e Reprodutiva em São Tomé e Príncipe.

PROPOSTA FINANCEIRA

DPIE – São Tome

São Tomé, 09 de Agosto 2013

    2 comentários

2 comentários

  1. jur-lei silva

    30 de Agosto de 2013 as 15:52

    Boa tarde a quem irá ler este comentário.
    Eu sou uma jovem santomense que morro em portugal.o meu comentário é mais um desafio ao Governo santomense.Eu gostava de perguntar porque razão não se preocupam com o maior problema, a maoir doença que atinge a população mundial( a violência doméstica).
    Ainda não tenho um registro do quantos casos por dia chega os postos de polícia por dia,mas eu terei porque ando a investigar sobre isso.
    só fazem publicidade de que a violência doméstica é um crime publico e que temos que denunciar.quantas mulheres são mortas em s.tomé por ano, e quantas foram feitas justiças pelas suas mortes?
    Por favor Senhores,eu digo isto porque os santomenses até aqui em portugal trazem a mania o vício de espancarem suas mulheres,suas companheiras.isto tem de acabar.porque se os filhos não são educados em casa,não terão educação fora delas.os agressores têm que ser punidos.é uma tristeza.Vamos educar pelo menos o nosso país quanto a isso.
    obrigada.

  2. Dama do Blim

    3 de Setembro de 2013 as 17:04

    Violencia domestica aqui em Bombom……se ate Ministro bate mulher dele os chamados fulanos de tal são os k mais praticam isso por isso não lhes interessa esse tema

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo