Economia

Crédito financeiro da Líbia aplicado na aquisição de bens alimentares e equipamentos

A rotura de bens da primeira necessidade no mercado nacional, obriga o governo a canalizar os fundos conseguidos junto a Líbia, para o abastecimento do mercado. Decisão tomada em conselho de ministros.

O governo anunciou que vai deitar mãos nos 750 mil dólares disponibilizados pela Líbia para garantir a importação de bens alimentares. O mercado é livre, e devem ser os operadores comerciais os actores principais do comércio. Infelizmente os chamados homens de negócios do país, não têm demonstrado capacidade financeira para assegurar a importação.

Daí a constante intervenção dos sucessivos governos, que angariam fundos junto aos parceiros internacionais, para depois lançar os operadores comerciais no negócio. «Tendo em conta que há falta de materiais e mercadorias no mercado nacional, o governo decidiu colocar o referido montante a disposição dos comerciantes a taxa de juro subvencionado, para que seja utilizado no abastecimento do mercado através da importação de géneros alimentícios e materiais, para o sector produtivo como agricultura, pescas e outros», diz o conselho de ministros.

A escassez de produtos alimentares no mercado é tão grave que o Governo decidiu pegar mais dinheiro para o mesmo fim. Através da linha de crédito no valor de 5 milhões de dólares, cedida pelo governo Líbio, o conselho de ministros sob a liderança de Patrice Trovoada, diz que orientou «o Ministro do Plano e Desenvolvimento no sentido de solicitar as autoridades, a disponibilização imediata da metade do valor para os mesmos fins».

Para que a quadra festiva do natal e do ano novo não seja a mais negra da história do país, por falta de bens alimentares, o executivo anunciou o fretamento de um navio, «para abastecimento do mercado nacional em géneros de primeira necessidade por ocasião do fim do ano e transporte de cargas diversas incluindo geradores de energia para a região autónoma do Príncipe», concluiu.

Abel Veiga

.

    38 comentários

38 comentários

  1. Matabala

    8 de Outubro de 2010 as 11:42

    Meu Deus…Onde estamos, onde vamos parar…era bom saber qual foi o objectivo inicial deste fundo cedido pela Líbias e qual seria a reacção deles ao saberem deste desvio e como vão comportar quando numa próxima ocasião o governo for solicitar outras ajudas…

    • SUBÁ

      10 de Outubro de 2010 as 11:36

      Senhor Matabala, não concordo com a sua sugestão.
      Tendo o país neste momento atravessado varias crises alimentares e susceptíveis insuficiências no abastecimento dos generos alimenticios;
      O governo preocupado com a quadra festiva e a segurança alimentar do seu povo, incluindo eu e tu, caso estejes no país, ou se não a sua familia, poderá e deve muito bem aplicar este fundo para garrantir o bom sustento da população, e a um preço aceitável.
      Bem haja.

      • SUBÁ

        10 de Outubro de 2010 as 11:38

        Continuação….

        Agora esperamos que não seje mais um “STP TRADING”…

    • Bengui doxi

      10 de Outubro de 2010 as 15:40

      Meu caro, isso é apenas um dos mais velhos e eficientes esquemas para se comer dinheiro em São Tomé. Novo governo, velhos vicios.Eu bem desconfiava que mais cedo ou mais tarde, eles iriam se revelar…E o País emk contenção, o nosso primeiro ministro já fez 5 viajens em menos de dois meses. Sabem quanto custa cada viajem dessas aos cofres do estado?! E não acreditem nesse papo do avião ser oferta, pq ninguém dá nada a ninguém de graça.Há sempre contra-partidas negociadas. Perguntem tb quanto de juro é que vamos pagar por esse credito de 5 milhões da Libia.Vamos ficar a dever até as cuecas aos Kadafi.

      • E.Santos

        13 de Outubro de 2010 as 17:23

        Não sejas parvo. Se ele não vai atrás, ninguém lhe vem ter cá em casa. Menos compatriota.Menos…

        Há custos que têm de ser suportados para relançar a actividade. Nada cai do ceu.

        Também descordo dessa de utilizar dinheiro da Líbia para comprar alimentação, mas não pelo Governo e sim pelo ditos Homens de Negócios.

        Mais uma vez vai acontecer como foi o crédito do Brasil, ficamos a ver navio e comida nem sinal. Quer dizer, só a fora de prazo.

        De facto isto é um pau de dois bicos: se o governo não ajuda, vão dizer que não fez nada, e se opta por ajudar, vaõ dizer que é uma forma de comer dinheiro do estado.

        Eta povo ingrato….

    • Felisbela Soares Aragão

      10 de Outubro de 2010 as 22:52

      Tudo isto que começa a acontecer, no país, é preocupante. Eu conheço muito bem o meu país e, acreditem, estou muito preocupada com todos os sinais que começam a ser dados. Tenham muito cuidado… Acreditem no que vos digo…
      O meu marido já esteve dentro da escola do MLSTP, como militante destacado, e sei perfeitamente aquilo que vos digo. Ele abandonou este partido porque não concordava com muitas coisas feias que por lá faziam. Esta gente é ruim, é má, está disposta a fazer tudo para regressarem mais rapidamente ao poder. Eles só se preocupam com o partido, com os seus bens materiais, estão “cagando” (desculpem-me a expressão) pelo nosso país. Podem crer naquilo que vos digo. . . Por isso é que eu estou muito preocupada com a situação que julgo começa a dar sinais de que vai acontecer. Deus proteja Patrice Trovoada e todos os políticos que ganharam eleições porque eu temo muito aquilo que pode acontecer no país e pode fazer com ele regride em vez de avançar.
      Segundo consta, cá no país, em circuito fechado, muito fechado, o MLSTP está a preparar a sua táctica habitual para regressarem rapidamente ao poder. Como vocês sabem, quem controla o mercado de S.T.P em bens alimentares são agentes e militantes do MLSTP. Estes já começaram a ensaiar a táctica de fazer tudo para que os géneros alimentares comecem a faltar no mercado para intranquilizar a população e depois responsabilizarem o actual governo por isso. Agora pergunto-vos eu: um partido que faz isto merece ser governo de algum país? Isto não é má-fé? Por favor, digam-me se isto não é má–fé? Isto é a forma de se fazer política em alguma parte do mundo? Sinceramente. Quando me contaram isto, vocês não imaginam como fiquei… O mau marido que andou neste partido, durante muito tempo, não se incomodou muito porque segundo ele esta prática já era habitual há muito tempo. Eu fiquei indignada com isto. Vocês não imaginam que eu nem sequer dormi…O país não merece os políticos que tem. Se eu não tivesse responsabilidades familiares, eu digo-vos que eu abandonaria este país para sempre.
      Além disso, eu soube também, que já estão a preparar sabotagem em pontos específicos, como na EMAE, alfândega, etc., para criarem dificuldades ao governo fazendo sabotagem no fornecimento de energia, da água e descarga de produtos na alfândega para que o povo revolte contra o governo. Isto é fazer política, minha gente? Que raio de política é esta? O país merece isto? O povo merece isto? Eu que nem sequer votei em partido nenhum mereço estar a ser prejudicada por esta gente? Por favor, basta. Por favor, chega. Por favor, deixem o país em paz. Por favor deixem o povo em paz. Já basta de sofrimento. Eu sou mãe, tenho filhos para criar. Tenho meus pais doentes que precisam de luz, de água e de comida. Credo! Credo! Credo! Não me interessa partido nenhum, eu só quero que me deixem viver em paz e com sossego, por favor. Eu peço a esta gente, por favor, por favor, deixem-nos em paz, vocês têm gerador e poços de água no quintal, deixem os pobres viver em paz…
      Dizem por ai, que na ilha do Príncipe a sabotagem já começou. A população está sem luz já há algum tempo. Isto é serviço? Só por causa de eleições a população tem que pagar este preço tão grande por causa desta gente?
      Agora preparam para começar a festa em S.Tomé e estão calados na Assembleia, até Novembro, altura do Congresso, para, lá para o Natal, depois de terem planeado e feito tudo isto, começarem a pedir a queda do governo. Sempre foi esta a táctica deste partido má índole, desgraçados, malvados…
      O Patrice e todos os políticos que foram eleitos nesta última eleição têm que tomar muito cuidado. Deus dá ele muita inteligência para combater estes demónios, vigaristas, assassinos, ladrões, sanguessugas que passam a vida a maltratar o povo.
      É por isso que estão revoltados com Patrice por causa da cooperação com a Líbia. Isto pode ajudar a dar cabo dos planos deles em relação a importação de produtos para o país.
      Bem haja a todos
      Felisbela Soares Aragão

      • Bengui doxi

        11 de Outubro de 2010 as 14:51

        Cara felisbela…
        Então quando o Rafael Branco era primeiro ministro e sabotaram as gruas do porto de Sâo Tomé e do Principe para não se descarregar mercadoria também foi o MLSTP? E quando cortaram a água do hospital e deu aquela bronca toda, também foi gente do MLSTP? E quando no natal passado também houve escassez de mercadoria, ta,bém foi o MLSTP? era preciso serem muito burros para sabotarem o seu proprio governo. Não fale daquilo que não sabe. Devias é exigir que o presidente do actual partido do teu marido (ADI) fizesse a declaração dos seus bens e a origem deles. Isso é que era transparencia.

        • Felisbela Soares Aragão

          11 de Outubro de 2010 as 22:06

          Senhor Bengui Doxi eu sei muito bem aquilo que estou a falar.
          Aquilo que aconteceu quando o MLSTP estava no poder, o senhor sabe muito bem o que na realidade aconteceu. Não me obriga a falar mais por favor. Não me obriga a falar mais por favor… O senhor se é do MLSTP também sabe muito bem o que aconteceu com as gruas e mercadorias.
          O senhor esqueceu que o seu partido tem muitas facções e cada uma delas, quando a outra está no governo luta contra a outra. O senhor sabe muito bem quem queimou a grua. É gente do seu próprio partido. Se o senhor frequenta o papa figo ou avenida o senhor sabe muito bem todas estas coisas. Sempre se falou disto cá no país.
          O senhor não sabe porquê que o Adelino Izidro abandonou o partido??? O senhor não sabe??? Se o senhor não sabe deveria saber. Pergunte aos seus camaradas do riboque.
          O senhor não sabe porquê que o Pósser apareceu a apoiar o Rafael no último comício? Se o senhor não sabe pergunte aos seus camaradas.
          O senhor não sabe porquê que o Pinto foi chamado ao partido para apaziguar a guerra numa reunião do partido? Pergunte aos seus camaradas e eles dizem o senhor.
          O senhor não sabe porquê que o António Quintas Aguiar pediu a demissão do partido em cima das eleições? Se o senhor não sabe pergunte aos seus camaradas do partido.
          O senhor não sabe porquê que o Rafael foi obrigado a aceitar o Alcino Pinto como Director de Campanha? Se o senhor não sabe pergunta aos seus camaradas do partido.
          Eu sei muito bem o que os senhores estão a tramar e não me obriguem a abrir a boca. Por favor, não me obriguem a abrir a boca. Os senhores conhecem-me muito bem. Vijá baça zaô pê opé…
          Deus não vos dá poder. Vocês podem fazer Santomé Poderoso não vos dá poder…
          Felisbela Aragão

          • jaka doxi

            14 de Outubro de 2010 as 22:38

            Coitado do Bengui Doxi.
            O gajo anda a brincar com coisa séria.Ele bem sabe que os sabotadores estão todos no mlstp-psd.Tudo que aconteceu de pior neste país tém a marca do mlstp-psd.
            Por isso o melhor é ficar calado e denunciar os bandidos que ainda continuam a proliferar no seio do mlstp-psd.
            fui.

        • SUBÁ

          11 de Outubro de 2010 as 22:16

          Senhor Bengui Doxi.
          Peça primeiro o seu Presidente “Rafael Branco”, para fazer a declaração dos seus bens.. Ele tem que dar exemplo.
          Fui…

      • falar a verdade

        12 de Outubro de 2010 as 10:36

        Patrice Trovoada, o Senhor tem que remover todos os Directores do MLSTP que deram prova de não fazer nada nas suas funções. Aqueles que deram provas, são poucos, devem ficar. Caso Senhor PM quer trabalhar 4 anos para o bem do povo, esses senhores do MLSTP devem ser removidos agora, se deixar por mais tempo será perigoso para sua governação.
        Senhor Patrice T. deve-se exercer o poder, no inicio do mandato para que os resultados positivos cheguem rapidamente.

    • jaka doxi

      14 de Outubro de 2010 as 22:29

      Matabala não percebeu a noticia ou está a dar para doido.
      fui

  2. lino

    8 de Outubro de 2010 as 12:12

    Meus senhores…mesmo considerando a justificação apresentada pelo conselho de ministros, operações deste tipo pode envolver interesses alheios. Ja aconteceu noutras alturas…..e pode muito bem vir a favorecer a esses senhores que decidem essas coisas. Falo de esquemas meus senhores. De esquemas.
    Estamos lixados. Assim…nunca mais!!!

  3. António Martins Gomes

    8 de Outubro de 2010 as 13:21

    …se se trata de um fundo consignado ou seja destinado a projectos concretos, essa medida do Conselho de Ministros estaria abrindo um precedente gravíssimo (…).

  4. rapaz de riboque

    8 de Outubro de 2010 as 13:25

    também concordo com voces eles qualquer dia o Kadafi apodera do pais assim nao nao havia outros paises para nos encostarmos logo a libia eles la é que sabem se for para bem optimo

  5. António Veiga Costa

    8 de Outubro de 2010 as 16:13

    Não se assustem senhores, o governo agora é outro. E o caso STP Trading está a pleno vapor, com as investigações em andamento.

  6. N.C

    8 de Outubro de 2010 as 21:35

    Meus srs o mais importante e o interresse do povo.o governo esta pensando em bem estar do povo.Seria uma vergonha sempre na quadra festiva com carencias de acucar,farinha arros etc etc,por isso mesmo esse desvio do fundo.o mais importante sera a reposicao dos fundo.A maior vergonha e classe empresarial santomense.Meia duzias de gatos pintados arrumados em empresarios(falidos)que so sabem viver e envaidecer a custa de credito financeiro

    • E.Santos

      13 de Outubro de 2010 as 17:28

      Concordo plenamente…armados em empresários, mas não conseguem sequer gerar emprego no país. E o governo a lhes dar mais dinheiro para a mão…

  7. jaca

    8 de Outubro de 2010 as 21:57

    a onde fomos parar nas maos dos libaneses o governo de s.tome esta maluco em vez de lutar para tirarem esses desgraçados da terra ainda reforça a entrada com pedido de credito o pe po dkada cidade kwa pia.fora todos os nigerianos libaneses camarones de s.tome essa terra e muito pequena para tanta gente isto e uma invasao os santomenses ja perdeu a terra por culpas dos governantes coruptos,que façam cooperacao com paises europeos nao esses ladroes falsificadores de tudo dentro de pouco vao a fabricar bombas em s.tome isso e uma salada russa.uma ilha tao bonita estao a deixar perder desse jeito.perdida na prostituiçaoinfantil,trafico de crianças falsificaçao de madecamentos,falsificaçao de dobras,eu pergunto onde ha tanto dinheiro para haver tantos bancos em s.tome.so com cristo,povo abrem os olhos se for preciso tiran machim em casa isto vai de aml em pior.

    • nelson

      9 de Outubro de 2010 as 22:11

      olha estou de acordo se calhar ainda vamos ver sao tomense a por visto para la ir (ja começou com ilheu das rolas)vamos ser estrangeiro na nossa terra,venden tudo,agora ate preia do governado esta vendido a libia…..

      • legendário

        10 de Outubro de 2010 as 21:10

        caro tns toda razão,um abuso essa situação a qual os srs desse pais esta a nos meter a todos,”cada coisa que desse”

    • Osama bin Laden

      13 de Outubro de 2010 as 9:18

      Oh meu caro Libianos não são libaneses, Libiano é da Libia terra de Kadafi e Libaneses são de Libano, este ultimo é que não queria ver no meu STP, são mafiosos..

      • jaca

        13 de Outubro de 2010 as 21:22

        sim realmente sao libianos nao libeneses mas todos sao a farinha do mesmo saco,s.tome para santomenses,se dermos conta estamos a perder a nossa terra por culpa desses cabroes que o governo anda a facilitar a entrada nao da conta os governantes?mas como querem dinheiro para seu bolso que se dane o povo.senhores governantes faço um apelo pensan em nosso s.tome y principe que e um pariso no equador.essa tera e muito linda y pequena para tantos emigrantes.24 horas a todos nos nao mandamos em seus paises pelo contrario somos castigados se nos apanham sem documentaçao, por culpas dessa classe de emigraçao s.tome tem o indice elavado de caso de sida pelo numero da populaçao que ha, isso e uma pena ate da medo de la estar e muito triste.fomentemos turrismo limpo organizado ,formaçao aos jovens,agricultura,pesca,artesanatos que em s.tome a pessoas com progeto ideias o santomense nao e preguisozo estao a ser agora por pulpa de dinheiro facil,prostituiçao,candoga …porque nao lhes dao ineciativa para o futuro parece que lhes estao a dizer salva quem puder.por favor um pouco de consciencia a uniao faz a força temos que lutar pela nossa terra senhor Trouvada se es santomense de verdade? luta pelo povo nao pelo seu bolso,nao somos um garnde pais (como estados unidos)somos uma ilha linda preciosa que podemos levantar com ajuda de todos mas começando pelo o senhor.muito obrigad.

  8. Matabala

    8 de Outubro de 2010 as 22:42

    O que acontece e que é justo, é que “Gato que se queima em agua quente, tem medo até de agua fria”, por isso é que o povo fica sempre com um pé atrás, mas confiante que este novo Governo esta sabendo o que faz…

  9. Assuncao

    9 de Outubro de 2010 as 0:30

    Isto nao est’a bem.
    Com cumprimentos.

  10. tavares

    9 de Outubro de 2010 as 7:59

    Meus senhores ,os dirigentes de s.tome deixemos de arranjar maneiras de comer dinheiro,A LIBIA disponibilizou-nos esse dinheiro foi com um objectivo e pelo que estou a ver ja estao a desviar desse proposito,S.TOME como digo os nossos governantes tem que crescer ,saber o que e governar e admnistrar um pais nao podemos viver sempre de ajudas porque o mundo todo encontra-se em crise se os nossos porceiros nos cortar ajuda sera que vamos morrer de fome?TEMOS que sermos auto suficiente temos uma terra que deus nos deu de graca e disse invista nela,a situacao alimentar de s.tome tem que ser combatida por nos mesmo nao podemos estar a importar tudo vamos lancar maos a terra,temos grandes extencao de terras que foram destribuida e agora e um matagal,porque nao o governo rever essa situacao e fazer como antigamente,somos uma ilha insular sera que alguem ja pensou em poduzir-mos sal,acucar,polpa de tomate,farinha de milho e outros.. nao aterra so e para construcao de moradia de luxo, governo tem que mudar de mentalidade e comecar a apensr grande se nao nunca mais..para um s.tome melhor.

    • E.Santos

      13 de Outubro de 2010 as 17:34

      Costuma-se dizer em Gestão,no Exército que em situações de emergência, pior do que tomar uma decisão errada, é não tomar nenhuma. Como que ficar parado a olhar a espera que a bomba exploda em tua mão.
      Vamos torcer para que esta não tenha sido uma decisão errada, mesmo tomada em cima do joelho.

  11. legendário

    10 de Outubro de 2010 as 21:08

    graças ao telanon estamus atualizados.obrigado Abel Veiga

  12. tavares

    11 de Outubro de 2010 as 7:25

    BOM dia o director do jornal tela non,as acusacoes que a dona felibela faz e muito seria tente por favor sondar as veracidades destas nota se possivel publique-as ,porque ja sabemos que o MLSTP nao e e nunca foi flor que se chere mais para querer prejudicar o povo por mera ganancia ao poder,isso de falta de impotacao de produtos por parte dos operadores economicos a 2 meses de natal faz sentido todos esses canalhas sao de MLSTP tente por parte do marido de buscar mais informacao… ai falta de liberdade de imprensa em s.tome…

  13. meymadra

    11 de Outubro de 2010 as 8:41

    vejo que as pessoas ainda estao com o “europeismo”, mas o que importa é a cooperação entre nos, africanos e os do sul, aprovo a actitude do governo, temos que acreditar nos nossos comerciantes, mas com os pes bem seguros na terra, com rigor.

  14. QUINTINO

    11 de Outubro de 2010 as 9:24

    EM VENHO ALERTAR TODOS AQUELES QUE ESTÃO A ENVERGAR PELA CRÍTICA E NUNCA APRESENTA SUGESTÕES CLARAS PARA O DESENVOLVIMENTO, QUE TÊM MEMÓRIA CURTA, AINDA SE LEMBRAM DA ESTRADA DE PORTALEGRE, QUE HOUVE UM FINANCIAMENTO DO GOVERNO DA GUINE EQUATORIAL PARA CONSTRUIR ESTA ESTRADA DE RAIZ? ASSEMBLEIA REUNIU E OS MALFEITORES CRITICOU O FINANCIAMENTO E ORIGEM DE DINHEIRO PELO FACTO DE OS MESMO NÃO FAZEREM PARTE (LAMBER OS DEDOS) O QUE ACONTECEU O FINANCIAMENTO MORREU E O CAMINHO ESTA LÁ COMO ESTA, PASSANDO UNS TEMPOS CRIAM ORÇAMENTO PARA CONSTRUÇÃO DE MESMA ESTRADA.QUE IRONIA?
    É SÓ UM REPARO PARA VOCÊS PERCEBEREM COMO NÓS PENSAMOS POUCO ESTAMOS NO PLENO SÉCULO XXI, NENHUM PAÍS VEM COLONIZAR OUTRO POR CAUSA DE EMPRÉSTIMOS.
    TAMBÉM PARA DIZER O SENHOR BENGUI DOXI QUE O BENGUE É UM ARBUSTO A QUAL O FRUTO É MUITO APRECIADO PELOS PÁSSAROS E TEM SERVENTIA MEDICINAL, E TAMBÉM TRAZEM DORES DE COTOVELO A PRAÇA PÚBLICA O GOVERNO TEM APENAS POUCOS MESES DE VIDA, AINDA É MUITO PREMATURA CRITICAR SEVERAMENTE ASSIM… BEM-HAJA A STP… VIVA O GOVERNO.

  15. amigostp

    11 de Outubro de 2010 as 11:06

    Nono primeiro ministro todos nos conecehmos com palavras bonita que nos anima as pessoas não esqueecm que somos como São Tomé Poderoso ver e depois para careditar, o senhor Matabala e Senhora Felisbela Aragão cuidado com a emossão pode ser fatal quando suberes queé m o Patricio Trovoada hospital tomara parte, nessem omento a uma equipa no Gabão e Mali, quando apresentarem o relatório do PM não haverar chouro ok, para hoje fico por aqui até próxima

  16. Osama bin Laden

    11 de Outubro de 2010 as 14:49

    Gostaria saber o porquê que STP não está a participar no apuramento para CAN, Até a Guiné-bissau está nessa competição.
    Graça ao senhor Manuel Dendê o nosso futebol bateu no fundo.

    • jaka doxi

      14 de Outubro de 2010 as 22:43

      O Dendê já deveria estar na cadeia.tanto ele como muitos outros que andam a solta neste país a tentarem criar situações para desestabilizar a governação.

  17. Osama bin Laden

    11 de Outubro de 2010 as 16:13

    Vamos ter para breve em STP um novo caso que será diferente só no primeiro nome. Ao invés de “STP Trading”, vai passar a chamar “Libia Trading”, porque até no valor de crédito coincide, (outra vez 5 milhões de dólar).
    Espero estar enganado, por bem do povo que não tem nada para comer.

  18. Afonso Fernandes

    12 de Outubro de 2010 as 7:43

    Os Srs do governo não temem nesta altura ,mesmo com essa oposição de má FÉ . Força meus governantes actual.Nos temos o São Tomé todo poderoso para nos ajudar contra má fectores da obra.

  19. Ke kwa

    18 de Outubro de 2010 as 13:31

    Duas observaçoes: 1º Num mundo globalizado parece me estar a crescer o sentimento anti-estrangeiro em STP, o que eh mau para o pais. Nao querem Libios, nao querem Libaneses, nao querem sei la quem mas querem o apoio da Libia, do Libano e de sei la quem (podes ter tudo em casa, mas um dia vais pedir emprestado agulha do vizinho, diz o velho dito) 2º Os militantes da ADI ve os do MLST-PSD como inimigos e nao como adversarios politicos, vice-versa. Isto eh mau para o pais, pois sao estes pensamentos que provocam guerras civis (Ha gente que nao sabe fazer politica se nao tiver um inimigo, disse Lula da Silva).

  20. kdjsyst

    17 de Dezembro de 2010 as 11:44

    isso vai de mal a pior

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo