Política

Falta de dinheiro continua a comprometer a realização das eleições autárquicas e regionais

O govministro-da-administracao-interna.jpgerno ainda não conseguiu indicar a data das eleições autárquicas e regionais. Em cima da mesa mantêm as duas propostas avançadas pelo Primeiro-ministro há cerca de 2 meses atrás, Novembro próximo ou Fevereiro de 2010. Tudo continua dependente do dinheiro. São necessários 2 milhões de dólares para actualizar os cadernos eleitorais e realizar as eleições autárquicas e regionais. O Governo que no passado recente já tinha reunido com os parceiros do país em busca de ajuda, voltou a fazê-lo quinta-feira. Segundo o Ministro da administração interna e territorial, Raul Cravid, se o dinheiro aparecer nos próximos 15 dias, as eleições serão realizadas em Novembro.

 O Governo de Rafael Branco, dá sinais que quer realizar as eleições autárquicas e regionais em Novembro próximo. Mas diz que não tem dinheiro. «Estamos pressionados pelo tempo. Já temos algum atraso no que diz respeito ao cumprimento das eleições autárquicas e regionais. Isso tem a ver com a disponibilidade de recursos para realizar essas eleições», explicou o Ministro da administração interna e territorial.

Cifras avançadas pelo governo indicam que são necessários 2 milhões de dólares, para preparar e realizar as eleições. A comissão eleitoral nacional que ficou sem equipamento informático após um assalto no segundo trimestre de 2008, já está apetrechada com novos computadores. Um esforço financeiro do governo, que não tem mais verba para fazer o recenseamento eleitoral de raiz. 

O encontro entre o governo e os parceiros de cooperação, realizado quinta-feira, serviu para pedir ajuda financeira. Se o dinheiro aparecer as eleições serão realizadas em Novembro. «Em função das nossas necessidades, pedimos para que nos próximos 15 dias vissem em que medida cada um dos parceiros poderá assumir os custos deste processo eleitoral», precisou Raul Cravid. 

Por outro lado na comissão eleitoral nacional, o Presidente do órgão que prepara e realiza as eleições, confirmou que o sistema informático já está operacional. «Nós já temos os equipamentos informáticos. Compramos também alguns cartões de eleitores. Já estamos disponíveis para realizar o recenseamento eleitoral», tendo acrescentado que falta dinheiro para a comissão eleitoral começar a trabalhar.

Se o montante de 2 milhões de dólares não for alocado até início de Agosto, as eleições autárquicas e regionais, exigidas sobretudo pela população do Príncipe, só poderão ser realizadas em Fevereiro de 2010, isto também se aparecer dinheiro.

Abel Veiga

Recentemente

Topo