Política

Primeiro-ministro relança cooperação com a Líbia

Após visita a Líbia no último fim-de-semana, o Primeiro-ministro e Chefe do Governo, Patrice Trovoada anunciou o arranque ainda neste ano das obras de construção do hotel de 5 estrelas no centro da cidade de São Tomé. O financiamento é do fundo soberano no valor de 35 milhões de dólares.

O espaço onde no passado funcionava a feira do ponto, um dos antigos centros de imundice da cidade de São Tomé, vai-se transformar numa zona de turismo. Através do fundo soberano da Líbia será erguido um hotel de 5 estrelas no valor de 35 milhões de dólares. O projecto que nasceu no ano 2008 durante os três meses em que Patrice Trovoada dirigiu o governo de coligação, acabou por ficar em stand Bay.

Nos últimos 2 anos a empresa líbia Laico, não moveu nenhuma pedra com vista a construção do hotel. Após visita a Líbia no último fim-de-semana, o Primeiro-ministro Patrice Trovoada trouxe a garantia de que as obras vão começar ainda neste ano. «O Hotel da Laico, a ser construído no centro da Cidade, faz parte do pacote do fundo soberano que terá como investimento cerca de 35 milhões de Dólares. Pensamos que esta visita contribuiu para dinamizar a cooperação e fazer com que possamos de facto ter até o fim do ano, o arranque de algumas obras importantes», afirmou o Primeiro Ministro.

Mas o financiamento líbio no domínio do turismo é não fica pelo hotel. Na zona da praia do Governador está a ser projectada na construção de um condomínio de luxo. «Há um outro condomínio, aí na praia do Governador, mas nós quisemos fielmente concentrar nossa discussão sobre o hotel do centro da cidade, que nos parece o dossier completamente finalizado que só está a espera agora do lançamento do concurso e iniciar as obras», precisou Patrice Trovoada.

O Chefe do Governo deixou a entender que São Tomé e Príncipe pode beneficiar de mais investimentos da Líbia. Afinal de contas o fundo soberano tem mais dinheiro para disponibilizar. «O fundo Soberano Líbio tem em carteira largas dezenas de milhões de dólares de investimento para São Tomé e Príncipe. …. Nós continuamos a dizer devemos fazer um grande esforço e é evidente com os nossos parceiros também continuamos esta operação de captação de recursos externos, toda gente sabe que STP vive muito das ajudas internacionais a todos os níveis, quer para ajuda orçamental, quer para outros projectos de investimentos», sublinhou.

Reforço da ajuda alimentar a São Tomé e Príncipe, é outra prioridade que o primeiro-ministro analisou com o governo de Muamar Khadaffi, assim como projectos a nível da agricultura e transportes.

Note-se que a Líbia é também o financiador do projecto de reabilitação da produção do café na antiga roça Monte Café. O projecto está a ser desenvolvido numa extensão de cerca de 300 hectares, envolvendo a roça Monte Café e arredores.

Abel Veiga

    28 comentários

28 comentários

  1. Mé Xuba

    6 de Outubro de 2010 as 12:06

    Disse e muito bem que o país depende da ajuda externa a todos os níveis.Neste contexto e perante as acusações feitas pelo médico suiço – o Senhor Meyer com relação ao antigo ministro de saúde do seu primeiro governo, gostariamos de saber que medidas Vossa Excelência já tomou para averiguar essa situação? Lembre-se que votamos contra os malfeitores e ladrões do MLSTP e do PCD. Não vomos tolerar o enconbrimento deste assunto uma vez que foi graças as operações feitas pelo médico suíço é que salvou muita gente da segueira. Estamos muito atentos e queremos que justiça seja feita com relação a esse roubo feito pelo antigo ministro da saúde do ADI. Pedimos a Senhor Primeiro Ministro que convide o Médico suiço a voltar a São Tomé para que muitos pobres possam continuar a ter a alegria de ver e de viver. Estamos vigilantes…

  2. budobaxana

    7 de Outubro de 2010 as 8:34

    Vossa Excelência,

    Hotel de 5 estrelas no centro da cidade e construção de condomínios de luxo,campos de golf,holiday Inn,etc.. são infraestruturas necessarias para futuro o desenvolvimento nosso pais como destino turistico,mas o cidadao comum(o pobre)não beneficiarão destes investimentos a curto prazo.

    O Patrice deveria é intervir de forma urgente nas areas economico-sociais que geram emprego e propicie aumento do rendimento(annual income) das populacões.

    Deve :

    -Acelerar o processo de construção de porto das aguas profundas.

    -Acelerar o processo da total demolição do actual aeroporto(tasca) e a construção de um aeroporto decente(igual ao que desembarcou na Líbia).

    – Aproveite as suas influencias, faça parcerias que permita arrecadar recursos para a construção de bairros residenciais decentes.

    (riboque,pantufu,santana,etc…. nao são bairros, são slums,sem casas de banho,sem esgotos,etc… – bairros de lata).

    Esta é a imagem que se vai monstrar aos turistas que se irão hospedar no hotel de 5 estrelas ?

    Estes , entre muitos outros investimentos criarão fontes de empregos e promoverão o desennvolvimento sustentavel de STP.

    Basta de palavriados e passemos a accão.

  3. Matabala

    7 de Outubro de 2010 as 9:44

    Bom projecto, agora resta ver outros projectos que não seja relacionados com complexos turísticos, como Liceus, hospitais, estradas, centros de saúde, lixeiras, onde a população sai directamente a ganhar, não apenas os investidores de uma forma directa. Estes hotéis são bem vindos, vão dar trabalho e emprego a população, mas se esta população não for competente, saudável e tiver onde deixar seus filhos antes de vir ao trabalho, seria como apanhar agua com “sexto”…continuem a trabalhar nesse sentido…há países que já deixaram de investir nesses ramos, deixaram esta parte para investimentos privados…normalmente, o estado direcciona-se para bens públicos que são prioridades para a população.

  4. luisó

    7 de Outubro de 2010 as 12:08

    construção de hotel de luxo no centro da cidade ?
    como é possivel o governo, a câmara distrital, o ministério das obras públicas, os senhores doutores santomenses que se auguram defensores do património histórico da cidade que dizem ser a mais antiga cidade e que já foi a mais bonita de áfrica, não virem agora a público dizer NÃO a este hotel que vai ficar no antigo mercado do ponto numa área com edificios centenários e que precisam sim é de ser reabilitados e não de veram um hotel de 5 estrelas ali ao lado. será que não enxergam que isto é um atentado ao património da cidade e que ficará completamente desenquadrado com o resto dos edificios?
    não há mais nenhum lugar para construir um hotel?
    uma vergonha no minimo…
    agora outra vertente deste hotel:
    então se será hotel de 5 estrelas não vai ser para santomenses porque estes não conseguem pagar 150 ou mais euros por dia. será para estrangeiros e turistas. então onde é que estes vão á praia ? á de s. pedro ? quando os turistas abrirem a janela dum quarto e virem este quadro: mercado velho cheio de vendedores nos passeios e a cheirar mal; praça yon gato cheia de lixo e outras coisas além do cheiro e ao lado no largo cheio de “táxis” exemplares e em condições para transportar estes mesmos turistas. toda a gente em stp sabe que toda aquela zona está degradada e não é para turista ver porque o que eles querem mesmo é praia e lazer e não ver a infeliz miséria a que o povo foi votado ao longo destes anos por governantes que só encheram os bolsos.
    tenho a certeza que este hotel ficará melhor por todos os motivos noutro local, tal como o pestana.
    levantem-se as vozes que dizem defender os valores culturais e patrimoniais do país e vetem esta construção neste local especifico.
    abraço a todos,
    xaué

    • Zovirax

      7 de Outubro de 2010 as 17:41

      Na zona da antiga feira de ponto existe algum edifício considerado património? Que tipo de património? Património histórico de que tipo? Arquitectónico? Quem os classificou? Não me parece! A cidade de ST P- S. Tomé precisa de um edifício moderno que possa dar boas vindas aos visitantes e que possa ilustrar qualidade e beleza. É importante que o projecto arquitectónico deste edifício se adapte ao espaço da cidade como um todo. Por outro lado, faço votos que o projecto seja viável e que traga emprego para as famílias santomenses.

      • FC

        9 de Outubro de 2010 as 17:16

        Viva Zovirax!
        Tudo bem?

        Acho este projecto de hotel desnecessário e que apenas servirá os interesses do Sr. PM e dos seus parceiros Líbios.

        Num país que não dispõe de aeroportos, redes viárias, hospitais, etc em condições o homem está a preocupar-se com a construção de um hotel e resorts de luxo. Sinceramente…

        Não saberá ele que os hoteis que existem estão as moscas? Que por exemplo o Grupo Pestana em STP só tem prejuizos?

        Sinceramente há outras prioridades para STP, e já começo a estar desiludido com o Sr. PM Patrice Trovoada.

  5. tonga

    7 de Outubro de 2010 as 13:04

    força senhor primeiro ministro procure que queira desenvolver o nosso pais e criar postos de trabalho é o que estamos a precisar embora possa surgir algumas criticas cpontra sei que o senhor é um homem corajoso e decidido que nao da ouvido as crticas racistas e baixas força o povo esta contigo

  6. FURRACÃO

    7 de Outubro de 2010 as 13:13

    Até agora senhor primeiro ministro só foi procurar ajuda em paises ditos estrategicos,.. só gostaria de saber para quando estará a sua visita para países mais serio, como Singapura , Emirados Arabes,França, Suiça , esses paises , que a gente sabe têm dinheiro e não são feitos de pessoas antidesenvolvimento…

    Gostaria de saber também para qd , haverá coisas mais serias , como, porto de aguas profundas aeroporto , coisas que possam efetivamente criar empregos e alavancar a nossa economia?
    A gente não mandou MLSTP pastar pra colocar os senhores, pra virem cooperar com corruptos e por fim não fazerem nada

    Um bem haja e que STP possa mesmo desenvolver

  7. FURRACÃO

    7 de Outubro de 2010 as 13:22

    Ja com~eço a duvidar da sua capacidade , sinceramente, colocar Hotel cinco estrela em pleno coração da cidade, quem projetou isso. agua grande precisa agora de outras coisas , procure descentralizar, faça coisas mais serias , pense no país, esqueça o que da nas vistas, pense em outros distritos, não se pode estar permanentemente a fazer as coisas num so lugar. Quando as pessoas sentaram e pensarão no STP de hoje e pra daqui a vinte 30 anos qd? qd os nossos dirigentes deixarão de fazer as coisas só pensando em futuras eleiçoes.
    Ja tou começando a sentir falta do man RAFA e a sua corja de larapio, porque sinceramente parecia que o cara ja estava a começar a ter um cerebro pes embora tradiamente.
    NO Brasil ja estamos ha sete (7) meses sem bolsa, e ninguem diz nada , ate qd vão continuar fingindo que não esta acontecendo nada.

    O bom disso tudo é que os santolas começam a despertar para o poder do voto e não mais para a tolice de banho ou não neh

  8. Mako

    7 de Outubro de 2010 as 15:04

    Ha pessoas q nao sabem o que qerem. Como e possivel existir pessoas contra este invetimento? O pais e altamente turistico e precisa deste hotel.O pais precisa ter uma imagem de pais e nao de vila.Ha algumas pessoas ainda que estao perdidas.Esse hotel vai proporcionar emprego e muito mais.Pobre e ricos vao beneficiar desta obra sim senhor.Nao fiquem atrapalhados. Sei q o sofremento foi bastante.Tenta confiar um pouco a dar a nossa contribuicao. Nao desmoralizem o nosso primeiro Ministro. Ate entao ele esta indo bem. Calma,calma.Leve,leve…

    • Trovoada

      8 de Outubro de 2010 as 5:26

      Faço minha as palavras do Luisò: “não há mais nenhum lugar para construir um hotel?
      uma vergonha no minimo…
      agora outra vertente deste hotel:
      então se será hotel de 5 estrelas não vai ser para santomenses porque estes não conseguem pagar 150 ou mais euros por dia. será para estrangeiros e turistas. então onde é que estes vão á praia ? á de s. pedro ? quando os turistas abrirem a janela dum quarto e virem este quadro: mercado velho cheio de vendedores nos passeios e a cheirar mal; praça yon gato cheia de lixo e outras coisas além do cheiro e ao lado no largo cheio de “táxis” exemplares e em condições para transportar estes mesmos turistas. toda a gente em stp sabe que toda aquela zona está degradada e não é para turista ver porque o que eles querem mesmo é praia e lazer e não ver a infeliz miséria a que o povo foi votado ao longo destes anos por governantes que só encheram os bolsos.
      tenho a certeza que este hotel ficará melhor por todos os motivos noutro local, tal como o pestana.
      levantem-se as vozes que dizem defender os valores culturais e patrimoniais do país e vetem esta construção neste local especifico”.
      Que tipo de investimento que referes, sr. Maco? Num paìs com energia a conta-gotas, sem H2O potàvel, saneamento do meio, alto indice de analfabetismo, pobreza extrema…? Nao seria mais um meio de triplicar a prostituiçao e mercado de drogas em S.Tomé,…? Reflecte! Com Humildade

    • Aquiles

      20 de Outubro de 2010 as 17:20

      Caro Amigo,

      Se esse projecto fosse bom para STP de certeza que o Governo anterior teria viabilizado.

      Há uma casa mesmo ao pé da Feira do Ponto que está a ser vendida por uma fortuna. Os terrenos da cidade custam no mínimo 60 euros por metro quadrado.

      Pergunta o Sr. Patrice quem deu esse terreno por ZERO (0) dobras aos Líbios para construir o hotel. E aquele espaço tem cerca de 6000 ~metros quadrados. Calcula quanto e adivinha quem ganha com isso?

      Convenhamos!!?

      Achas que isso é mesmo para o desenvolvimento de STP?

      Achas que quando um pais quer ser melhor ele se junta aos piores do Mundo?

      Achas…?

  9. QUINTINO

    7 de Outubro de 2010 as 16:03

    ES MESMO UM MALUCO FURRACÃO E SEUS COMPARSA. CUIDA-TE. TUDO QUE PESSOA PENSA É MAU PRA VOCES ? QUAL PAIS DO MUNDO QUE NÃO VES HOTEIS NO CENTRO DA CIDADE? EMBORA TENHA ESTRUTURA ARQUITECTÓNICA ANTIGA?, SE VIAJARES PARA CAMARÕES, SENEGAL, GABÃO QUASE TODOS PAÍSES AFRICANOS VÊ TODO ISSO, A PARTIR DESTE EMPREENDIMENTO, ALGUNS BAIRROS SUCATAS VÃO MELHORANDO, ASSIM NÃO….. ATÉ QUANDO VAMOS COMEÇAR… É AGORA MANO
    FORÇA PATRICE, E NOSSO JOVENS GOVERNANTE.

    • O FURRACÃO

      8 de Outubro de 2010 as 14:42

      QUINTINO eu te convido pra um dialogo fora desse espaço pra sabermos quem realmente esta precisando de um psicanalista… Falar em paises desenvolvido e falar sobre camaroes e Senegal é dizer, sim sou compeltamente ignorante , talvez, por sempre viveres em meio a miseria extrema. te entendo meu caro, mas te convido a conversarmos um pouco quem sabe assim , possas tornar um pouco mais lucido…. bjs e abraço te aguardo

  10. Hiost Vaz

    7 de Outubro de 2010 as 16:15

    Você também deixa de ser tolo ate agora em África a Libia e considerada um dos países mais ricos e potencialmente econômico Angola nao esta atras apesar de estar a contribuir para o desenvolvimento de STP e devemos dar graças a Sr Primeiro ministro que começa a ter outra visao para o desenvolvimento do Pais porque se tudo isso tudo se consumar ai a historia sera diferente em relaçao aos outros GATUNOS QUE JA TIVERAM OCUPADO A MESMA PASTA. ABRA OS OLHOS RAPAZ

  11. sheila

    7 de Outubro de 2010 as 16:23

    Olha Sr.Ministro, eu de uma parte estou feliz por saber desta construção de hotel 5 estrelas porque vai dar emprego à algumas pessoas, vai embelesar a nossa cidade mas, em contrapartida preocupa-me, isto porque, os turistas gostam de estar nos hoteis com boa vista para o mar, em lugares calmos que eles possam descansar e bonitos. Acho que aquele lugar não tem nada a ver. Poquê não construir no outro lugar? Acho devia-se construir uma outra coisa que não tenha nada a ver com os turistas.

  12. sr

    7 de Outubro de 2010 as 17:13

    vamos pensar primeiramente na educacao, saude e saneamneto de meio.
    sem boa “educacao, saude e saneamento do meio” nao se pode investir turismo e nao havera tambem desenvolvimento economico de certeza absoluta

  13. N.C

    7 de Outubro de 2010 as 21:22

    O pais precisa dessas infrastuturas,desses investimento.E certo que um hotel de 5 estrelas so servira a populacao santomense no que se toca a fornecimento de produtos alimentares locais e mao de obra.Do ponto de vista economico nem a classe media e baixa podera dar ao luxo se quer de la ir beber uma cerveja.Se o governo nao criar um plano especifico para a marginal e concretamente a baia ana chaves e praia brasil,de que servira o hotel naquela area?meus srs,os homens que tem dinheiro e querem gastar,querem turismo rural.ja estao cansados do barulho e movimentacao das cidades,querem sentir o ar puro e verde da natureza,refrescar nas aguas do rio e viver a vida”selvagem”por isso quanto mais distante uma unidade hoteleira estiver da urbe mais sossego os turistas terao

    • RealSTP

      8 de Outubro de 2010 as 9:01

      Não veio a cabeça de ninguem, que as obras para este hotel, talvez vão inglobar o saneamento do local, dos arredores e praia… ajudando assim a camara distrital a restabelecer a beleza da cidade.
      Na maioria dos paises, tais projetos são strategicos para uma cidade, em todos pontos de vista. E o pb do patrimonio, temos que deixar disso,porque não temos meios para os conservar… temos que ser pragmaticos: é melhor fazer algo de util e lindo para o futuro e guardar o “souvenir” (photos, arquivos, memorial…) dos antigos edificios par as proximas gerações

      O desenvolvimento deve ser feito com varios actores…publicos E privados. E a sinergia dos interesses e das ações é que dà grandes resultados e fortes impactos, no presente como para o futuro!

      Bem haja e viva o desenvolvimento de STP!

      • NIVALDA CORREIA

        9 de Outubro de 2010 as 9:24

        Estimado RealSTP

        Mito inteligente a sua intervençao e ponto e vista.
        Naturalmente se ha obras e melhoramento no hotel havera obras de benificiaçao dos arredores do hotel e intraestruturas adjacentes e nao só,haverá obras para a melhoria da cidade logo todosficaremos a ganhar ganhando nós ganha Saotomé.
        Concordo consigo que toidos evemos contribuir nao so nas obras de melhoria mas essencialmente na manutençao da obra feita.

        VIVA SAOTOME

  14. auó nda noche

    10 de Outubro de 2010 as 21:08

    Ë imenso prazer k escrevo esta mens, ñ vim julgar nem condenar, mas é preciso k opinemos; o k está acontecendo em Sao tomé? Será k ainda ñ está na hora da tomada de cnsciencia? Até quando andará o nosso país de mal a pior? STP está completamente vendido, e agora o coraçao da nossa patria está sendo ofertada. Que tristeza¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡

  15. Amiga de ALERTA ALERTA

    11 de Outubro de 2010 as 0:47

    DROGAS, ARMAS ILEGAIS DE FOGO, O SIDA, E OUTRAS MALDADES sao instrumentos que entram no nosso continente para destruir o nosso povo. Tudo isso vem de paises estrangeiros.

    TEMOS QUE SER MAIS VIGILANTES!

    TEMOS QUE SER MAIS VIGILANTES!

    TEMOS QUE SER MAIS VIGILANTES!

    Constante patrulas, rondas de soldados, e serviços de inteligencia com grupo de pessoas civis para andar nos aeroporto internacional, portos de desenbarque, policia secreta na zona sul, zona norte, interior de STP, e a volta das ilhas incluindo aredores do Ilheu das Rolas.
    Ilheu das Rolas pode ser um centro de contrabando clandestino que o governo e o povo Santomense nao sabe.

    Temos que abrir as bagagens das pessoas, sobretudo, os estrangeiros, e nacionais suspeitos. Temos que abrir os contentores, as malas, os embrulhos, as encomendas, e tudo que entra em STP.

    Temos que detectar a origem de drogas, contrabandos, o SIDA (recolher prova de sangue das pessoas que entram em STP), vigiar tudo.

    Operacao secreta de emboscada contra produtos ilegais e danosos a populacao Santomense.

    Obrigado, pelo conselho ALERTA ALERTA

    Bué da fixe

  16. Amiga de ALERTA ALERTA

    11 de Outubro de 2010 as 0:51

    Casa em ordem!

    Vamos controlar a nossa terra com o apoio do povo Santomense. Casa em ordem.

    Casa em ordem!
    Casa em ordem!
    Casa em ordem!

    “Um serviço de inteligência ou serviço de informações é geralmente um departamento governamental cuja função é a coleta ou recolha de informações, ditas “inteligência” nesse contexto, relacionadas com possíveis ameaças à segurança do Estado. Quando um serviço obtém informações consideradas secretas ou confidencias sobre um Estado, um país ou uma organização sem autorização do detentor dessas informações, essa actividade é descrita como espionagem. A maioria dos serviços de inteligência (também chamados de serviços secretos) usa ou já usou de espionagem, contando com a indulgência de seus respectivos governos. A lei de todo os Estados considera como actividade criminosa a espionagem de que são alvo, mas por norma se abstém de contemplar o caso da sua própria actividade de espionagem, cuja prática os governos em princípio não reconhecem nem comentam.
    Além de trabalhar na coleta ou recolha de informações, os serviços também tentam evitar a ação de serviços de inteligência estrangeiros em seu país (contra-espionagem).”

    Casa em ordem!
    Casa em ordem!
    Casa em ordem!

  17. QUINTINO

    11 de Outubro de 2010 as 14:17

    ATENÇÃO É PARA TI FURAÇÃO

    QUAL CAPACIDADE QUE ESTAS A DIZER QUE GOVERNO TEM QUE TER? QUE HOTEL DE CINCO ESTRELA NO CENTRO DA CIDADE. QUANDO TU FALAS PARA PENSAR NO PAÍS EU DIRIA MAIS OS QUE VIVERAM A BOLEIA A 35 ANOS DIRIAS QUÊ? PELO MEMOS ESSE ESTA A FAZER ALGO QUE PERCEBE –SE E LÓGICO O CARRO QUE TU E MA RAFA IAM PASSEIA ESTA AGORA NOS MINISTÉRIOS FECHADO FINS DE SEMANA…. É UMA DAS OUTRAS POSIÇÕES TOMADAS PELO GOVERNO. AGUA DO RIO TODOS OS ANOS INVADIA POPULAÇÃO DE RIBEIRA AFONSO O GOVERNO JÁ LANÇOU CONCURSO PARA CONSTRUÇÃO DAS OBRAS PARA MINIMIZAR SOFRIMENTO. O PATRICE (1º MINISTRO) MAL CONCENTROU ATENÇÃO NO PROBLEMA DA POPULAÇÃO JÁ VENS A DIZER SERIEDADE, EU T PERGUNTO QUAL PAIS DO MUNDO QUE DESENVOLVE NO INTERIOR SEM COMEÇAR NA CIDADE PRINCIPAL “QUÊ BEM LABÀDO NON CÁ CONSÊ DJINA ESCADA”PAÍS DESENVOLVIDO VÊ-SE LOGO NO AEROPORTO E PORTO SÃO AS PORTAS DE ENTRADA. QUANDO FALAS QUE PERMANENTEMENTE A FAZER COISA NA CIDADE DA ME IMPRESSÃO QUE ESTAS FORA DO PAÍS MUITO TEMPO, MEU AMIGO CIDADE DE STP NÃO TEM NADA, SE É QUE ESTAS FORA MUITO TEMPO OU ESTAS VER MAL O PAÍS, MEU CARO AMIGO FURACÃO. SEM IDENTIFICARES ESTAS A DIZER AO MUNDO QUE ÉS MESMO UM PEDAÇO DE MA RAFA SEM DUVIDA, SEGUNDO AS SUA PALAVRAS (JÁ TOU COMEÇANDO A SENTIR FALTA DO MA RAFA), QUER DIZER QUE VIVIAS EM BAIXO DA CASA DO MA RAFA, TENS OS MESMO PENSAMENTOS DESSES COXOS E AMPUTADOS DE MLSTP /PCD , TENS QUE FORMA REGRESSAR E TRABALHAR COMO EU PARA SENTIRES QUE MA RAFA E SEU COMPARSAS NÃO SÃO NINGUÉM MAS SIM FORAM DANACASTA. ESTÁS SETE MESES SEM BOLSA, TUDO BEM NÃO É NORMAL, MAS EU ESTUDEI TODO TEMPO SEM BOLSA E JÁ ESTOU CÁ A CONTRIBUIR. A PESSOA QUE DEVERIAS RECLAMAR A BOLSA JÁ SE FOI AGORA MEU AMIGO ESPERE QUE ESTE GOVERNO VAI TOMAR PROVIDENCIA …………E DEIXE DE RECLAMAR TA . ESTE GOVERNO TEM OBJECTIVO CONCRETO. ESTAS A VER O QUE SECRETARIO DE JUVENTUDE E DESPORTO FEZ COM TEU COLEGA QUE VIVE E ESTUDA NO BRASIL QUE POSSIVELMENTE ERA TOMAR PARTE NUMA COMPETIÇÃO MUNDIAL? SE NÃO TENS INFORMAÇÃO PROCURE INFORMAR-SE, PORQUE SOMOS TODOS SANTOMENSES, FUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
    QUANTO A CONVITE ESTÁ ABERTO IDENTIFIQUE-SE E NÓS PODEMOS NOS ENCONTRAR CASO ESTEJA CÁ NO PAÍS.

  18. QUINTINO

    11 de Outubro de 2010 as 14:23

    eu queria dizer irá tomar em ver de Era
    Tomar

  19. QUINTINO

    11 de Outubro de 2010 as 14:37

    ATENÇÃO FURACÃO

    E MAIS QUANDO REFIRO ME A PAÍSES AFRICANO NÃO QUER DIZER QUE SÃO DESENVOLVIDO TA BOM. EM TERMO DE LUCIDEZ QUER LHE DIZER QUE FALTA TE MUITO AINDA ESTAS A TORNAR AGORA SE CALHAR ES UM DOS AQUELES MAL FORMADO QUE SAI DO LICEU COM AJUDA DE MA RAFA ESTAS NO BRASIL. AGORA QUEM SABER QUANTO TEMPOS ESTAS LÁ? SE É QUE NÃO ESTAS GOSTAR DINHEIRO ALHEIO COMO FIZERAM OUTRORA ALGUNS FILHOS DOS MLSPTISTA E PCDISTA. DESCULPA ME A POEIRA TÁ

  20. Ke kwa

    15 de Outubro de 2010 as 14:10

    Ha muita expectativa a volta do Patrice e seu Governo, oxala, consiga satisfaze-la porque caso nao, pelos comentarios que tenho lido aqui no Tela non, eh capaz de um dia ser dispedaçado. Ja agora, uma provocaçao, porque manter a cooperaçao com Taiwan, «pais» reconhecido por uma dezena de paises? Porque nao mudar como fez a Guine Bissau? A RPChina eh que tem melhores projectos de desenvolvimento para Africa.

  21. morena alves

    21 de Outubro de 2010 as 9:23

    Francamente, depois de ler tanta coisa, fica o que sempre desgostei do santomense: a mesquenhice! Sou santomense mas não gosto desta forma de ser nossa. Analizando algumas intervenções apercebi-me de que são de pessoas jovens e que ainda amdam a estudar. Mas a forma de tratar os outros, o má fé, o criticar por criticar está espelhado nos seus dizeres. Vamos ser mais modestos e ter calma nessa hora e pensar em São Tomé e Príncipe e aí chegaremos friamente a conclusão de que esse nosso lindo país não precisa hoje de hoteis, precisa sim é de outras, então vamos ver que coisas, mas nunca perdendo de vista o país, pois é o melhor que temos. Amanhã quando estas coisas estiverem resolvidas ou mesmo em curso, porque não construir mais hotéis, seja no centro ou fora da cidade. É isso que penso que devemos fazer e não estar a guerrear como se fossemos inimigos, somos irmãos e temos que estar juntos e saber ouvir opinião de uns e outros e nunca pensar que nós é que estamos certos. Evitemos também de estar a maltratar os outros porque se analizarmos friamente, não resolve nada e não modifica nada, vamos mudar de actitude para podermos mudar a nossa terra.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo