Política

São Tomé e Príncipe marca presença na cimeira Afro – Árabe

O Primeiro-ministro Patrice Trovoada chefia a delegação são-tomense que desde sexta-feira toma parte na cimeira Afro – Árabe que decorre em Sirte – Líbia. O Chefe do governo disse que é uma cimeira muito importante, tendo em conta o interesse pelo continente africano que tem sido manifestado pelos países Árabes.

Emiratos Árabes Unidos, é um dos países Árabes que ainda este ano iniciou contactos com o estado são-tomense com vista ao aprofundamento da cooperação bilateral. Dados recolhidos pelo Téla Nón indicam que os Emiratos Árabes Unidos, ofertou ao país grupos de geradores para aliviar a crise energética.

Mas não só outras áreas de cooperação foram abertas. A cimeira Afro-Árabe que decorre em Sirte – Líbia, é por isso um evento de grande importância segundo o Primeiro-ministro Patrice Trovoada. «Nós pensamos que é uma Cimeira muito importante. Os países Árabes têm mostrado um grande interesse pela África e acho que há um Afro – optimismo embora a questão de conjuntura económica internacional ser de recessão», declarou o chefe do governo são-tomense.

A clara aposta dos países Árabes no continente africano estimula o interesse de São Tomé e Príncipe em definir parcerias e angarias financiamentos para o seu desenvolvimento. «Será mais uma ocasião para nós podermos defender STP, e explorar a valência que temos de colher investimentos», pontuou.

O Presidente da República Fradique de Menezes, está ausente do país de visita a Taiwan. Por isso São Tomé e Príncipe é representado na cimeira de Sirte pelo Primeiro-ministro Patrice Trovoada.

Abel Veiga

    20 comentários

20 comentários

  1. FC

    9 de Outubro de 2010 as 18:05

    Caro Sr. PM,

    É certo que nós os santomenses temos que alargar os nossos horizontes em termos de parcerias, com vista a encontrar novas fontes de financiamento.

    O Sr. PM já vai em duas viagens para a Líbia no espaço de duas semanas, neste curto tempo de mandato que tem.

    Quero dizer apenas que tenho sérias dúvidas nessa viragem para as terras dos berberes.

    Porque só agora o interesse dos líbios/árabes em STP?

    Se há assim tanta disponibilidade dos árabes para ajudarem a África, porque não vimos ainda uma plano estratégico com vista a definir áreas do interesse geral do país e para o povo.

    Tenho a sensação que o Sr. anda a trazer amigos seus para cá e não sei se estes amigos serão recomendáveis… mas votei em si e no ADI e, sinceramente espero estar enganado.

    Porque uma coisa é arranjar financiamento e construir hotéis e resorts, e outra é ter hóspedes para preencher e rentabilizar este hotéis de forma que o país e a população beneficiem com isto.

    E em quê estas infra-estruturas contribuirão para o bem do cidadão comum?

    Para quando financiamentos para construção de escolas, hospitais, estradas, porto e aeroporto em condições?

    Caro Sr. PM, percebo que tenha que se desdobrar em esforços para angariar fundos para o país e negócios para si, sejamos claros, mas qual a contrapartida que exigem os líbios se estes vierem a construir o tal hotel?

    Queremos saber… Sr. PM, é legítimo que se saiba.

    E numa crise como esta que vivemos permanentemente, é pouco inteligente da sua parte vir anunciar a construção de um hotel de luxo, sinceramente. O Sr. está a matar alguma réstia de esperança que ainda existia, com a tão propalada “mudança” nas últimas campanhas eleitorais.

    Apenas um aparte. Até agora não vislumbrei muito da vossa actividade governativa. É certo que ainda não existem “casos” que se conheça, mas foram feitos algumas intervenções populistas, das quais se destaca a questão das viaturas do estado, medida com a qual concordo, mas esperemos para o bem da imagem do estado, que também haja excepções. E que se faça uso das prerrogativas que a ocupação de um cargo governativo tenha.
    Porque se formos a este ritmo, será difícil ao Sr. PM encontrar pessoas capazes e com vontade de trabalhar para o estado, mesmo sabendo que em STP toda a gente queira ser ministro ou director…

    Um bem-haja, e que nos traga boas notícias no regresso à STP.

    • Felisbela Soares Aragão

      10 de Outubro de 2010 as 22:51

      Tudo isto que começa a acontecer, no país, é preocupante. Eu conheço muito bem o meu país e, acreditem, estou muito preocupada com todos os sinais que começam a ser dados. Tenham muito cuidado… Acreditem no que vos digo…
      O meu marido já esteve dentro da escola do MLSTP, como militante destacado, e sei perfeitamente aquilo que vos digo. Ele abandonou este partido porque não concordava com muitas coisas feias que por lá faziam. Esta gente é ruim, é má, está disposta a fazer tudo para regressarem mais rapidamente ao poder. Eles só se preocupam com o partido, com os seus bens materiais, estão “cagando” (desculpem-me a expressão) pelo nosso país. Podem crer naquilo que vos digo. . . Por isso é que eu estou muito preocupada com a situação que julgo começa a dar sinais de que vai acontecer. Deus proteja Patrice Trovoada e todos os políticos que ganharam eleições porque eu temo muito aquilo que pode acontecer no país e pode fazer com ele regride em vez de avançar.
      Segundo consta, cá no país, em circuito fechado, muito fechado, o MLSTP está a preparar a sua táctica habitual para regressarem rapidamente ao poder. Como vocês sabem, quem controla o mercado de S.T.P em bens alimentares são agentes e militantes do MLSTP. Estes já começaram a ensaiar a táctica de fazer tudo para que os géneros alimentares comecem a faltar no mercado para intranquilizar a população e depois responsabilizarem o actual governo por isso. Agora pergunto-vos eu: um partido que faz isto merece ser governo de algum país? Isto não é má-fé? Por favor, digam-me se isto não é má–fé? Isto é a forma de se fazer política em alguma parte do mundo? Sinceramente. Quando me contaram isto, vocês não imaginam como fiquei… O mau marido que andou neste partido, durante muito tempo, não se incomodou muito porque segundo ele esta prática já era habitual há muito tempo. Eu fiquei indignada com isto. Vocês não imaginam que eu nem sequer dormi…O país não merece os políticos que tem. Se eu não tivesse responsabilidades familiares, eu digo-vos que eu abandonaria este país para sempre.
      Além disso, eu soube também, que já estão a preparar sabotagem em pontos específicos, como na EMAE, alfândega, etc., para criarem dificuldades ao governo fazendo sabotagem no fornecimento de energia, da água e descarga de produtos na alfândega para que o povo revolte contra o governo. Isto é fazer política, minha gente? Que raio de política é esta? O país merece isto? O povo merece isto? Eu que nem sequer votei em partido nenhum mereço estar a ser prejudicada por esta gente? Por favor, basta. Por favor, chega. Por favor, deixem o país em paz. Por favor deixem o povo em paz. Já basta de sofrimento. Eu sou mãe, tenho filhos para criar. Tenho meus pais doentes que precisam de luz, de água e de comida. Credo! Credo! Credo! Não me interessa partido nenhum, eu só quero que me deixem viver em paz e com sossego, por favor. Eu peço a esta gente, por favor, por favor, deixem-nos em paz, vocês têm gerador e poços de água no quintal, deixem os pobres viver em paz…
      Dizem por ai, que na ilha do Príncipe a sabotagem já começou. A população está sem luz já há algum tempo. Isto é serviço? Só por causa de eleições a população tem que pagar este preço tão grande por causa desta gente?
      Agora preparam para começar a festa em S.Tomé e estão calados na Assembleia, até Novembro, altura do Congresso, para, lá para o Natal, depois de terem planeado e feito tudo isto, começarem a pedir a queda do governo. Sempre foi esta a táctica deste partido má índole, desgraçados, malvados…
      O Patrice e todos os políticos que foram eleitos nesta última eleição têm que tomar muito cuidado. Deus dá ele muita inteligência para combater estes demónios, vigaristas, assassinos, ladrões, sanguessugas que passam a vida a maltratar o povo.
      É por isso que estão revoltados com Patrice por causa da cooperação com a Líbia. Isto pode ajudar a dar cabo dos planos deles em relação a importação de produtos para o país.
      Bem haja a todos
      Felisbela Soares Aragão

      • falar a verdade

        11 de Outubro de 2010 as 13:51

        Senhora Felisbela, muito bem, força.Esses senhores do MLSTP são burros não sabem fazer mais nada e só pensam no poder, na oposição ficarão pobres, distruiram o país. Eu peço ao Senhor Presidente de Angola ZÉDU, por favor não dá apoio ao MLSTP, é unico partido da independencia fora do poder no PALOPS. Como é possivel que os membros desse partido serem ricos, possuidores de muitos bens, enquanto que o povo está na miseria. Deve-se fazer um Estudo em STP para analisar está questão.
        Deus Abençoe o Patricie Trovoada e o Governo

        • Yon Gato

          12 de Outubro de 2010 as 2:31

          Eu vou escrever uma carta para o Presidente da Republica de Angola, Eng. Jose Eduardo dos Santos, no sentido de castigar, SOMENTE, os fantoches do MLSTP. Estao a “xular” Angola e corromper STP. Nao da mais do-do (dolares dos EUA) nos gajos bandidos desgracados filhos da….!
          Temos que identificar os inimigos do povo e tornar publica a lista deles!

      • Yon Gato

        12 de Outubro de 2010 as 2:26

        Sra. Felisbela Soares Aragão ao escrever este narativo sobre alguns dos serios problemas que STP enfrenta, ela fez um ato ou efeito de aplaudir. Eu sinto o seu desabafo e dor. Confraternalizo-me consigo. Realmente, STP nao esta nada bem. Temos que mudar isso o mais breve possivel. STP, um pais muito pequeno com menos de 200 mil habitantes. O governo de STP pode inverter essas manobras se ele, o governo, estiver enteressado…. E’ muito facil. Cadeia para os culpados e transformar feria de ponto num centro de comercio do seculo XXI. Digo transformar no sentido de criar um Super Mercado sob inspeccao do estado onde os pequenos agricultores, pequenos empresarios vendem os seus produtos, e agentes ou pessoas responsaveis no supermercado possam, por sua vez, vender ao publico.
        Pondo fim a clandestinidade, ninguem mais importa e vende anarquicamente. Tudo controlado e sistematizado. Este mercado pode ser privado, ou parceria em com o estado, como o modelo da CST, se for necessario. So assim o governo tera o controlo sobre generos de primeira necessidade, em termos de quantidade que necessita, abundancia, consumo, etc.

        O Sector Privado deve ser extremamente regulamentado pelo estado, e punido por este com multas em casos de nao observancia das clausulas contractuais e cumprimentos legais devidos.

        Pergunto:
        Porque razao o Sr. Manuel Pinto da Costa e Filinto Costa Alegre nao falam abertamente e publicamente sobre essas mafias em STP?

        Sra. Felisbela Soares Aragão merece aplauso. Essa e’ minha demonstração de aprovação entusiástica ou de louvor para si.

        Obrigado
        Yon Gato

    • Sexy

      11 de Outubro de 2010 as 0:23

      A minha expressão que indica alguma concordância consigo embora com dificuldades.

      Conhecemos os resultados da nossa cooperação com o Ocidente que não vale a pena explicar.

      Mas, com a Líbia ainda não sabemos. Basta olhar dentro de Líbia que até da muito orgulho. Têm de tudo porque o Ocidente não sucedeu em controlar e destruir a economia de Líbia.

      Coronel Muammar Khadafi AMIGO do nosso continente (Africa unida)

      http://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%ADbia

      Khadafi pão-pão, queijo-queijo com os brancos safados desavergonhados.
      Khadafi não ri com Africanos, como alguns daqueles fantoches que temos em STP. Desavergonhados como Ze Cabra, homem vil; desprezível; cínico, Khadafi não precisa.

      STP com o potencial em turismo, hotel de cinco estrelas vem no momento ideal.

      Khadafi amigo de África. Precisamos dele e de todo apoio que vem de Líbia.

    • Zé Maria

      11 de Outubro de 2010 as 21:36

      Por onde estão os nossos parlamentares que têm a função de fiscalizar os atos do Governo?

      Estão fechando os olhos para essas ações?
      Eu fico triste, e há tempos venho matutando sobre o rumo que o país vem tomando na sua política externa.

      O Patrice Trovoada curiosamente, desde a sua nomeação só estreitando relações com países ditatoriais, onde a corrupção assume o posto de troféu. O desrespeito a coisa pública parece ser palavra de ordem, a violação dos Direitos Humanos é algo tranquilo que não merece ser repudiado.

      São eles:
      1-Guiné Equatorial- Presidente Teodoro Obiang Nguema Mbasogo. Ditador, eleito pela revista Forbes o oitavo governante mais rico do mundo.
      No poder desde 1979, eleito em 1989 e reeleito em 1996 sob a onde de denúncias de fraude e corrupção. Investigado por EUA por corrupção em negócios imobiliário nos EUA e França.
      Mesmo com tanta receita, de cada 1000 nascimento, 90 morre. Ausencia de liberdades. Imprensa não pode denunciar corrupção porque os jornalistas são perseguidos,presos sem acusação formal e sem julgamento; opositores são executados na praça pública para que sirva de exemplo aos demais.País com muito petroleo mas a maioria da população vive na extrema miséria.

      2-Gabão-Terra do finado Omar Bongo que ficou no poder por mais de 35 anos. Atual Presidente é o Ali Ben Bongo, ex ministro de defesa, acusado de diversas corrupções, e fraude nas eleições presidenciais em 2009.

      3-Nigéria:
      Presidente: Goodluck Jonathan

      Proveniente do estado de Rivers, onde vários políticos são acusados de terem chegado ao poder por meio de eleições fraudulentas e sangrentas em 200-2004.

      País maior produtor de petróleo na Africa, soberbo devido a força do poderio militar, persegue opositores. Um mar de corrupção, desonestidade, execuções sumária, miséria… Já basta a conturbada relação petrolífera que temos com aquele país. Aliás, negócio que os Santomenses saíram em prejuijo. Seus cidadãos, centenas encontram-se ilegalmente em São tomé, praticando atrocidades.

      4-Líbia : Presidente: Khadafi (ditador, no poder há mais de 35 anos).O coronel persona non grata pela Europa e EUA pelo desrespeito aos Direitos Humanos. Em 1997 sob o pretexto de espionagem, determinou a execução de seis oficiais do exercito.

      Porquê estreitar tanto relações com esses países e deixar de fora países como a Suécia, Suiça, Holanda, Dinamarca, Singapura, Austrália, Canadá, EUA, Belgica, Emirados Árabes, Turquia, Argélia, Marrocos…que têm muito mais a nos oferecer não somente financeiramente mas, também com o conhecimento?

      Porque com estes a corrupção não tem espaço? Ou com estes o negócio não terá viabilidade? Esses países não têm história suficiente que mereça a nossa confiança?

      Espero que nessa política externa não contenha nomes como:
      1-Etiopia-Meles Zenawi;
      2-Chade-Idriss Déby;
      3-Suazilândia -King Mswati III;
      4-Camarões- Paul Biya;
      5-Egito- Hosni Mubarak;
      6-Zimbabue -Roberto Mugabe

      Á propósito, perdemos a chance de mostrar a comunidade internacional que lutamos pelo respeito aos direitos civis, no momento em que a Guiné Equatorial manifestou o interesse de ingressar na CPLP.

      Não devemos nos estreitar muito relações com países que violam os direitos civís.

      Aceitamos a sua inclusão sem termos condicionado a sua entrada em troca de libertação daqueles que lutam em prol de uma Guiné Equatorial melhor, aqueles que por exigir o bem estar daquela nação tiveram seus direitos cerceados ou até mesmo a vida ceifada.

      São Tomé e Principe precisa aprender a fazer política internacional para ganhar relevancia no mundo. Temos que deixar de ser mero coadjuvante no mundo e assumir posturas adequadas.

      Sr. Patrice Trovoada, com todo respeito, não coloque o seu negócio acima dos interesses de São tomé e Principe, como fez o presidente Fradique de Menezes.

      O povo o elegeu como a esperança de mudança e não como decepção.

  2. Baga-tela

    9 de Outubro de 2010 as 18:19

    Por favorm nao transforme STP em pais dos mulcumanos!!!

    Fuiiiiiiiiiiiiiiiii

  3. Protetor e Defensor do Povo

    9 de Outubro de 2010 as 19:59

    Os Brancos que “mandam vir;” ‘mandam boca,’ sobretudo, no nosso continente Africano, nao têm respeito aos Africanos. So querem nos explorar.ponto final. Sempre nos exploraram com ajuda dos traidores de Africa, e por muito tempo! Isso ja nao arranca. Povo abriu os olhos e fica cada vez mais espertos. Temos que acabar com exploracao de homem pelo homem e punir os fantoches: negros, mulatos, pretos e mesticos bonifrates; autómatos ou bonecos que se fazem mover por meio de cordéis ou com a mão; os títeres.

    Nao estamos interessados nos FANTOCHES na Republica Democratica de Sao Tome e Principe. ponto final

  4. BALA-IZAQUENTE

    10 de Outubro de 2010 as 20:52

    o Sr Primeiro ministro Patrice Trovoada sabe que ao fazer negocios com paises arabes(muçulumanos) a sua comissão é garantida. Porquê não se pede investimentos em áreas que realmente fazem falta em São Tomé, água a toda população, energia, educação, saúde?, a resposta é: “não me interessa, oque vou ganhar com isso” este é o mal dos Africanos usam os seus cargos (influências) para conseguirem comissões com as assinaturas(alvarás) que concedem aos extrangeiros. Conheci casos concretos em que muitos empresarios (europeus) vêm com a intenção de investir em São Tomé mas acabam por irem-se embora porque Ministro tal e outro tal querem ter ações (comissões) na empresa, chantageando que se não lhe dão 30% das ações ele não ássina os alvarás. É triste. O senhor P.Trovoada sabe que negocios com a Europa e USA, é dificil ganhar comissões. portanto recorre a países com regimes ditatoriais, monárquicos, em que o poder está centralizado em uma só pessoa. espero estar enganado a respeito do Sr. PM e a sua camaradagem. Este é meu ponto de vista.
    viva liberdade de expressão!
    obrigado pela vossa atenção.

    • António Veiga Costa

      11 de Outubro de 2010 as 23:01

      Bala-Izaquente,

      vc não sabe o que fala. Fala sem conhecimento de causa.
      Dizer que países dos EUA e Europa não aceitam “acordos$$$$”????
      Só para citar alguns exemplos: e essas construtoras portuguesas aqui no país??? Como conseguiram sobreviver a todos esses anos de corrupção???
      Deixa de ser inocente, para não dizer ig….

      • BALA-IZAQUENTE

        12 de Outubro de 2010 as 18:19

        Antonio Veiga Costa,

        eu disse que é mais dificil mas não disse que é impossivel. entendo-te pois foi um problema de interpretação! pra não dizer ig…

  5. Amiga de ALERTA ALERTA

    11 de Outubro de 2010 as 1:03

    Nessa cimeira Afro – Árabe fala-se em por casa em ordem.

    Vamos controlar a nossa terra com o apoio do povo Santomense. Casa em ordem.

    Casa em ordem!
    Casa em ordem!
    Casa em ordem!

    Tudo que entra e sai deve ser aberto e inspeccionado de forma completa. Vigiar as nossas fronteiras 24h, 7 dias por semana, mensalmente, e anualmente sem cesar!

    Restruturar a PIC. Crias um serviço de inteligência nacional mais sofisticado e apetrechado com condicoes de trabalho com grupos de homens e mulheres Santomenses de conhecimento na area de seguranca e defesa, investigacao, e recolha de dados e informacao. Devem ser Santomenses de corpo e alma (filhos e filhas negros de origem carne e alma do terreno e de confianca) para vigilia de todo o territorio nacional.

    “Um serviço de inteligência ou serviço de informações é geralmente um departamento governamental cuja função é a coleta ou recolha de informações, ditas “inteligência” nesse contexto, relacionadas com possíveis ameaças à segurança do Estado. Quando um serviço obtém informações consideradas secretas ou confidencias sobre um Estado, um país ou uma organização sem autorização do detentor dessas informações, essa actividade é descrita como espionagem. A maioria dos serviços de inteligência (também chamados de serviços secretos) usa ou já usou de espionagem, contando com a indulgência de seus respectivos governos. A lei de todo os Estados considera como actividade criminosa a espionagem de que são alvo, mas por norma se abstém de contemplar o caso da sua própria actividade de espionagem, cuja prática os governos em princípio não reconhecem nem comentam.
    Além de trabalhar na coleta ou recolha de informações, os serviços também tentam evitar a ação de serviços de inteligência estrangeiros em seu país (contra-espionagem).”

    Casa em ordem!
    Casa em ordem!
    Casa em ordem!

    STP ja nao e’ mae Joana!
    Africa ja nao e’ mae Joana!

  6. Ciente

    11 de Outubro de 2010 as 11:33

    Sr Primeiro Ministro, faça valer o voto de confiança que o povo deu ao Senhor,porque essa história Líbia pra cá Líbia p’ra lá, não sei não mas me mete medo porque essa gente gosta muito de terrorismo, são bandidos do caraças. Veja lá, pensa cuá zaó fé.

    • Verdade

      12 de Outubro de 2010 as 1:51

      Os maiores terroristas do mundo sao pessoas do primeiro mundo, do mundo Ocidental; corruptos sem moralidade e sem compaixao humana. Crise economica mundial foi causada por eles. Exploradores como os da Inglaterra e Franca trouxeram muita miseria no mundo. Entretanto, a riqueza que eles acumularam e’ enorme. Como e’ possivel um pais como a Franca onde nao existe crude oil (petroleo bruto), mas Franca e’ um pais que mais refina petroleo no mundo? Os maiores GATUNOS no mundo sao os Ingleses, repito, da Inglaterra, roubam e roubaram em todos os cantos do mundo, com ajuda de parceiros deles (os chamados aliados), assim como os gatunos patetas locais de Africa, America Latina, e Sul de continente Asiatico.

      Quem nao sabe o que se esta passando neste mundo esta mesmo cego(a), surdo(a), ou sego(a). E’ pena vermos pequenos corruptos em Africa roubarem aquelas “migalhas” que deveriam ser investidas no povo….

      Noutros paises onde existem respeito pelo povo, corruptos aparecem mortos dentro de escritorios deles, ou nas garagens deles, e ninguem sabe do que se passou. Esses paises conseguiram atingir um nivel economico sustentavel para maioria da populacao, sobretudo, da class media, quando comecaram a eliminar os corruptos, os traidores e os inimigos do povo, um por um. Todos nos sabemos que quando os peixes podres estao de fora, eles nao conseguiram estragar os peixes bons. Por isso, o povo deve saber o que fazer para proteger o que pertence ao povo e o que e’ da nacao. Violencia tem origem na injustica.

      Terrorismo pode ser eliminado de um dia para noite, se o conflito entre Israel e Palestina for resolvido de forma justa e com divisao de territorio que pode satisfazer ambas as partes; 50%/50% para cada parte. Outro aspecto do terrorismo e’ disigualdade na distribuicao de riqueza…obrigado capitalismo. Nada de mal contra a Economia de Mercado, o mal reside no egoismo “greed” gula e arogancia de alguns cabecudos; sao alguns de muitos obstaculos.

      Os maiores terroristas do mundo sao pessoas do primeiro mundo, do mundo Ocidental; corruptos sem moralidade e sem compaixao humana. Crise economica mundial foi causada por eles.

      Banco Mundial, Fundo Monetario Internacional, alguns creditos suspeitosos de Uniao Europeia, etc. sao PRAGAS e desgraca de Africa. Africa deve desligar-se dessa gente e ignorar todas as dividas. Nao precisamos deles. Eles (instituicoes internacionais, e nossos corruptos Africanos) roubaram-nos bastante!

      Banco Mundial e Fundo Monetario Internacional sao inimigos numero um dos paises em via de desenvolvimento; “terceiro mundo”

      Temos que ter lideres “blavo”. Nao queremos panhonhos com mediocridade que abaixam as cabecas deles “sem miolhos” para beijarem o trazeiro dos brancos e qualquer parceiro em negociacao. O povo ja nao esta interessado nos patetas.

      Temos que tomar a pau com os estrangeiros que estao na nossa terra, e mesmo na Africa!

      Africanos—nao somos burros! Bili ue

      Acorda!

  7. mariana salvaterra

    11 de Outubro de 2010 as 15:08

    o coronel kadafi,é um patriota,filho amado do continente, africano como o fidel ele ajuda a africa em geral monetáriamente,mormente eu penso que devia dar a nova geracao,o cetro do poder como o mandela…é mt.fácil fazer criticas…mas se por nos lugares desses politicos,nao é fácil governar um pais,com salvo seja 60% de analfabetos..o volume do consumo público,consumo privado,exportacao e importacao…é fraco apesar de sermos ricos em matéria prima,a nossa iniciativa privada intrepenor é nula ou existente,a divercificao dos produtos e indústria para transformar vai chegar..pessoal qualificado em massa é imperativo tenho fé lá vamos chegar…mas esta trampa de sabotagem é um crime um atentado a africa é ser naiv porque, o filho da margarethe tachar e outros, bob denar etc estes mercenários nao desistiram e nós agora temos petróleo essa instabilidade é preocupante…uma casa dividida ela nao sustém…que deus nos dé sabedoria…Deus abencoa s.tome e p.

  8. ´Pê Cu Quenta

    11 de Outubro de 2010 as 15:28

    Não podemos ter o país virado só para Portugal que já nem pode com o gato pelo rabo com PECs.e mais ….problemas sérios que nem têm asolução a vista. Deixem de saudosismo. Querem que o amigo, os primos e os pais perpectuem no poder para estarem a viajar, ir a Algarve, vir de férias para o aniversário da mãe e voltar na semana seguinte e o povo a sofrer de tanta miséria. Desalmados…Que gente pa….Fogo…Agora isto do dr. Patrice ter muitas outras alternativas,que não seja apenas Tuga, incomoda os adversários, que não gostam de ver o país a creser. Querem lixos + lixos, + trading + pobreza. O país precisa de investimentos privados, para modernizar,crescer, criar empregos: Deixe o 1º ministro e o seu elenco trabalhar e avalie depois…Não conseguem desfarçar a revolta de terem perdido a chupeta. Basta de hipocresia e de corrupção.
    O povo é quem mais ordena.

  9. Tayta Ribeiro

    12 de Outubro de 2010 as 15:46

    Interessante debate de cidadão eleitores…

  10. realista

    12 de Outubro de 2010 as 16:07

    Vamos dar ao homem tempo e espaço para trabalhar, aqueles que dizer ser nacionais conheçedores da terra não foram capases, tiveram tempo suficiente para o fazer agora por favor meus senhores não atrapalha. Temos que acabar com a usurpação do poder.
    Vos conto uma………grupo de estudante no exterior estavam a com versar sobre o problema de energia, de repente responde uma filha de um dirigente do MLSTP, ” isso de energia não senti quando lá estive, pois temos gerador sempre ligado”

  11. Lucio Ceita

    15 de Outubro de 2010 as 11:02

    DORES DE COTOVELOS……………, MEUS SENHORES NUNCA TIVEMOS UM PRIMEIRO-MINISTRO TÃO DINÂMICO ASSIM. VAMOS ESPERAR PARA VER, AINDA É MUITO PREMATURA CRITICAR SEVERAMENTE O 1º MINISTRA ASSIM. EU CONGRATULO COM AS PALAVRAS DA SENHORA MARIANA SALVATERRA E FAÇO DELAS AS MINHAS, E DEI-LHE UM VOTO, QUANTO A COMENTÁRIO DE SENHOR JOSÉ MARIA E BALA IZAQUENTE NÃO TEM FUNDAMENTO. NÃO VAMOS MISTURAR AS COISAS “ ESTAMOS JUNTO NÃO SIGNIFICA MISTURA” NÃO VAMOS INVOCAR NOME DE PESSOAS QUE NÃO TEM NADA HAVER COM A NOSSA REALIDADE, QUANDO QUE VOCÊS OUVIRAM QUE UM CIDADÃO LÍBIO FOI PRESO POR TERRORISMO OU TRAFICO DE DROGA CÁ EM S.TOMÉ? NÓS NÃO TEMOS NADA ATÉ COISA COMER E DAMOS SEMPRE DE LUXO SECO, STP NÃO CONSEGUE EXPORTAR NADA PARA EQUILIBRAR BALANÇA DE PAGAMENTO. SÓ PENSAMOS EM CRITICAR E BOICOTAR, UM PAIS ONDE ALIMENTAÇÃO CONSTITUI PROBLEMA SÉRIO PARA OS CIDADÃO PORQUE TUDO VEM DA EUROPA, “MONOPÓLIO” VOCÊS ESTÃO MENTALIZADO COM EUROPEUS ESQUECERAM QUE EUROPEUS NUNCA VÃO PERMITIR-NOS CRESCER PARA ATINGIR NÍVEL ACEITÁVEL DE SUSTENTABILIDADE, PORQUÊ QUE OS EUROPEUS NÃO CRIARAM FABRICA, INDUSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO DOS PRODUTOS DA ÁFRICA DENTRE OUTROS MEIOS DE ABSOLVER MÃO DE OBRA DA ÁFRICA????? O PRESIDENTE LÍBIO FOI E É UM DOS LIDERES AFRICANO COM MUITA CORAGEM E PATRIÓTICO, NA CIMEIRA OU REUNIÕES QUE ELE PARTICIPA É ÚNICO PRESIDENTE QUE CRITICA OCIDENTE SEM RECEIO. SE O 1 MINISTRO FOSSE CATÓLICO OU ADVENTISTA QUÊ QUE VOCÊS DIRIAM? SÓ ESTÃO A CRITICAR PELO FACTO DE 1º MINISTRO SER MUÇULMANO, VAMOS DEIXAR DE HIPOCRISIA, EU RECORDO MUITO BEM QUE OS SANTOMENSES FORAM SEMPRE ASSIM DESDE A CRIAÇÃO DA CLSTP, MLSTP, ATÉ OS NOSSOS DIAS, NÃO PENSAM NEM DEIXAM OS OUTROS PENSAREM DE FORMA DIVERSIFICADA, DESCULPA…………………
    Lucio CEITA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo