Política

Taiwan posiciona-se em 2012 como Dragão Asiático a nível do crescimento económico

As projecções do FMI para  2012, a nível do continente asiático, indicam que Taiwan vai crescer 5% superando assim países como a Correia do Sul e Singapura. Num cocktail organizado para celebrar a vinda de 2012, o embaixador de Taiwan em São Tomé, prometeu aprofundar as relações bilaterais em 2012.

Membros do governo com destaque para o Ministro Secretário do Governo, Afonso Varela, o Ministro das Finanças e Cooperação Internacional, Américo Ramos, e Carlos Vila Nova das Obras Públicas, Infraestruturas e Recursos Naturais.

Os membros do gabinete do Presidente da República estiveram em bloco no cocktail, que serviu para o embaixador, Chen Chung, apontar outras realizações de Taiwan. País asiático que cada vez mais se afirma como principal parceiro de São Tomé e Príncipe.

Segue o discurso do Embaixador Chen Chung

Sua Excelência Senhor Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades,
Sua Excelência Senhor Presidente do Supremo Tribunal,
Excelentíssimos Senhores Ministros,
Caros Convidados,
Minhas Senhoras e Meus Senhores,

Dentro de dois dias, estaremos no novo ano. O primeiro dia de Janeiro de Dois Mil e Doze, a República da China vai comemorar o centésimo aniversário da sua Fundação.

Todos sabem, que o Dia Nacional da República da China é celebrado em 10 de Outubro, em comemoração a data de Dez de Outubro de Mil Nove Centos e Onze,
em que Sun Yat Sen derrubou o Império Ching, dando por fim Dois Mil Anos da era de feudalismo.

O sucesso desta revolução transformou-se no Dia Nacional do País.  Após um mês e alguns dias, o primeiro de Janeiro de Mil Nove Centos e Doze, foi estabelecido a República da China. Por isso estamos hoje para celebrar a Fundação do nosso País, que será daqui a dois dias, em que a República da China fará Cem anos.

Por esta ocasião, convidamos os nossos ilustres presentes, para este cocktail em comemoração do centésimo aniversário da Fundação da República da China.

Na recepção do Dia Nacional deste ano, mencionei os obstáculos e os desafios que a República da China enfrentou. Mas, com os esforços conjuntos do Povo e do Governo, Taiwan desenvolveu-se para uma comunidade chinesa com mais liberdade, democracia e prosperidade, tendo conquistado boa reputação da comunidade internacional.

Minhas senhoras e meus senhores, excelências,

Em retrospecto, Dois Mil e Onze estar um ano muito especial:

Nomalmente, a República da China tem sofrido em média anual seis tufões.  Mas, este ano, apenas um tufão passou pelo país, o que faz de Dois Mil e Onze um bom ano para Taiwan.

Também em Dois Mil e Onze, Cento e Vinte e Quatro países e regiões assinaram os acordos de Isenção de Visto com a República da China.  No início deste ano, a União Europeia cedeu nos o previlégio de Isenção de Visto ao os nossos cidadões. Uma outra boa notícia para Taiwan, os Estados Unidos já incluíu Taiwan como um candidato da sua Programa de Isenção de Visto que vai beneficiar os nossos cidadãos.

Este ano também foi de sucesso para o sector do Turismo de Taiwan. A República da China recebeu mais de seis milhões de visitantes, o que ultrapassa Um Quarto da população Taiwanesa.

Segundo a Revista “Economista” (The Economist magazine) num seu relatório de análise intitulado “The World in 2011”, o Produto Interno Bruto PerCapita de Taiwan é de vinte mil dólares americanos, o que representa quarenta mil dólares do poder de compra PerCapita, ultrapassando os países como o Japão, França e Alemanha.

O Fundo Monetário Internacional, de acordo com o seu relatório, destacou que a taxa de crescimento da República da China em Dois Mil e Onze, se situa em Cinco vírgula Dois por cento.

Para visualisar o novo ano de Dois Mil e Doze, apesar da perspectiva económica mundial para o ano novo não ser optimista, mas segundo as previsões do Fundo Monetário Internacional, para o próximo ano, a República da China terá um crescimento de Cinco por cento. Todas essas previsões económicas ultrapassam a Correia do Sul, Singapura e Hong Kong, o que faz transformar a República da China no primeiro pequeno Dragão Asiático.

Desde o estabelecimento das relações diplomáticas entre a República da China e a República Democrática de S.Tomé e Príncipe em Mil Nove Centos e Noventa e Sete, nestes últimos quinze anos, a cooperação entre os dois países tem dado bons resultados, o que tem sido apreciado de forma positiva pela sociedade são-tomense.

Minhas senhoras e meus senhores, excelências,

Quero aproveitar esta oportunidade para reiterar que a República da   China (Taiwan) continuará  a reforçar e aprofundar os laços de cooperação sólidos existentes entre os dois países.

Por fim, neste festejo, brindemos
à prosperidade dos dois países.
Viva a amizade entre os dois países.

Mais uma vez, desejo boas entradas a todos.

Muito obrigado.

    6 comentários

6 comentários

  1. Mé-zocheano

    31 de Dezembro de 2011 as 17:28

    As vezes eu me ponho a pensar qual seria o segredo do tanto sucesso, mas talvez nao haja nenhum segredo, é apenas fruto de muito trabalho, inteligência, nao a currupçao e acima de tudo pessoa certa no lugar certo.

  2. Ene

    31 de Dezembro de 2011 as 19:21

    Um discurso normal politicamente e claro,a nivel da cooperaÇao internacional um peso e uma medida.Quero apenas fazer um apelo a redacÇao desta tribuna digital a nao deixar passar alguns erros de indole gramatical nos discursos dessas personalidades.A concordancia gramatical deve ser transversal sobretudo partindo desta erudita tribuna. Boas entradas e ano molado cu mantchin pa non tudachi.

  3. Anca

    31 de Dezembro de 2011 as 19:22

    Saibamos aproveitar a cooperação e ajuda para modernizar as estruturas sociais/culturais/ ambientais/ económicas e financeiras de forma a encontrar um desenvolvimento homogénea e equitativa.

  4. antonio pires

    2 de Janeiro de 2012 as 23:35

    S.TOME devia saber explorar mais essa cooperação com Taiwan, pois, quando eram 26 Estados africanos , a suporta-lo, recebiamos 12 milhoes, agora, que, Estados inteligentes perceberam a vantagem da cooperação com Bejing, e 23 deixaram Taipé, apenas, aumentaram mais 3 milhoes, aos quais, perfazem, 15 e que, de facto, salvo o combate ao paludismo, ninguem sabe onde para todo esse dinheiro.
    ~meus, amigos, é bom reflectirmos isso tudo. Só espero que pai grande não se alinhe na partilha , tradicional desse bolo, anual, entre algumas pessoa, por isso, defendem a ferro e fogo, a cooperação com Taipé e alguns, tentam lançar a poeira para os olhos das pessoas, afirmando que é dragão da Asia, quando China, é 3 maior economia domundo e cresce a 2 digitos, a final, quem é dragão. minha gente nãop iluda, tudo que brilha, certamente, não ouro.
    Isso me faz lembrar quando a nossa selecção foi a ponta negra jogar, e cozinhou, entre os politicos, um resultado para não nos humilhar e nós, masndamos mensagens, Governo trabalhou muito, federação trabalhou muito, sinceramente, será mesmo, pois, que em condições normais S.TOMÉ sem profissionais, sub-alimentado, jogadores, amadores, com apenas quatro semans de trieno, empata com o famoso ´Diabe Rouges’?. NÃO ESTOU A MINIMIZAR O ESFORÇO E A BOA VONTADE DOS NOSSOS JOVENS. Mas, entendam, que nem toda gente pode ser enganada, como se brinca, neste país e hipooteca- se, por ganancia de dinheiro facil, o futuro deste povo.

    muito obrigado

    António Pires

  5. hernane dos prazeres ferreira

    3 de Janeiro de 2012 as 12:18

    Antes de mais mais, queria felicitar sua Excelência Dr.Manuel Pinto da Costa,presidente da Republica de S.tomé Príncipe, e felicitar ao todo povo, o seu empenho gente eu acredito que este ano sera de muita mudança, muito reajuste emfim,eu gosto do seu discurso,e espero que si faça o prometido porque acredito em senhor e acredito no seu desenpenho e acho bem senhor ser um Presidente diferente, continuação senhor Presidente, estamos consigo….

  6. MÉ SOLO

    3 de Janeiro de 2012 as 16:11

    È bom que a China Taiwan continue a crescer e se trnasforme num Gigante Asiático, é uma vontade iniquivoca de todos os São Tomenses.

    Se o nosso parceiro esta bem também estamos bem, talvéz assim possamos receber pão e não migalias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo