Política

Movimento de militantes cria “Plataforma de Ressurgimento do MLSTP/PSD”

Militantes do MLSTP de várias gerações e tendências políticas, decidiram criar uma Plataforma de Ressurgimento do Partido, a luz do congresso extraordinário previsto para Maio próximo. Unidade na Diversidade e Unidade sem Exclusão é o lema da plataforma.

O maior partido da oposição de São Tomé e Príncipe, vive uma das maiores crises da sua história. Vários grupos de militantes estão a reflectir sobre o futuro do partido, que desde 2002, nos actos eleitorais, tem merecido rejeição por parte da maioria dos eleitores são-tomenses.

Os resultados eleitorais, provam que o partido da independência está a perder fulgor. A crise interna, atingiu nível insustentável, o partido está dividido em várias facções rivais. Com o congresso extraordinário previsto para Maio próximo, um grupo de militantes que apoiou a política de renovação das estruturas directivas do MLSTP/PSD e que conduziu Aurélio Martins à liderança, juntou-se à outros militantes de várias gerações e tendências, para criar a “Plataforma de Ressurgimento do MLSTP”. «Unidade na Diversidade e Unidade sem Exclusão é o nosso lema. Estamos a ultimar o manifesto da plataforma», referiu para o Téla Nón um dos membros do movimento interno no MLSTP, que pediu anonimato.

O anonimato, segundo o membro do movimento, deixará de existir brevemente quando «apresentarmos ao partido e ao público o nosso manifesto».

O surgimento da plataforma, prova que já começaram as movimentações no seio do MLSTP/PSD com vista ao congresso extraordinário de Maio próximo.  O Téla Nón sabe que Alcino Pinto, já se declarou como candidato à liderança do MLSTP/PSD. Maria das Neves antiga Primeira-ministra, também é indicada como possível candidata, Jorge Amado embaixador e São Tomé e Príncipe em Taiwan, também poderá reaparecer como candidato ao cargo de Presidente do MLSTP. Aurélio Martins, actual líder, deverá lutar pela continuidade na chefia do maior partido da oposição.

A Plataforma de Ressurgimento do MLSTP/PSD, diz que o seu principal objectivo é promover a unidade no seio do partido. Libertar o MLSTP/PSD da contenda das alas rivais, ou melhor impedir que o partido seja refém do conflito entre as alas. «Estamos abertos a apoiar uma candidatura que não seja membro integrante da plataforma, mas que se identifica com os ideais da plataforma ou o seu lema, que é Unidade na Diversidade e Unidade sem Exclusão», explica a direcção da plataforma.

Composta na sua maioria por membros da comissão política do MLSTP/PSD, a Plataforma, admite apresentar uma lista para a liderança no congresso extraordinário de Maio, isso caso não apareça nenhum candidato que se identifique com os ideais de unidade na diversidade e sem exclusão. «Outro grande objectivo da Plataforma, é garantir a continuidade da renovação do partido. O fracasso de Aurélio Martins, que apoiamos, não significa que o espírito de renovação não tem hipóteses de vingar no seio do partido», sublinha a direcção da Plataforma.

Segundo a organização os ideais da Plataforma de Ressurgimento do MLSTP/PSD, não se esgotam com a realização do congresso extraordinário. É uma semente que está a ser lançada no terreno escorregadio do partido histórico, e que deverá produzir frutos sãos, para alimentar um MLSTP jovem e fortalecido.

Por isso a organização disse ao Téla Nón que já está a criar pontos focais da Plataforma em todos os distritos, para divulgar os ideais no seio dos militantes. Um exercício difícil que visa erradicar iras, frustrações, e ódios que alimentam as diversas facções oposicionistas no seio do MLSTP.

Abel Veiga

    37 comentários

37 comentários

  1. João Bosco Menezes de Pinho

    27 de Março de 2012 as 16:03

    Vocês são uns oportunistas. Só querem poder mas não têm experiência nenhuma. Veremos

    • celestino sousa

      27 de Março de 2012 as 16:29

      E voçês com tanta experiença o que fizeram? Nada enriquiceram a custa do partido. Agora o sr. quintas e Elsa pinto Alcino Pinto, querem assaltar o partido. Tanta experiencia para ganhar dinheiro…

      • celestino sousa

        27 de Março de 2012 as 16:33

        O Sr. Dr. Quintas do Espirito Santo, o autor do primeiro comentário, é muito oportunista e malicioso…quem não o conhence que o compre…haver vamos!

    • Homero Pontes

      29 de Março de 2012 as 11:07

      Hê,hê,hê….
      Esse cenário já era bem previsivel.
      O Aurélio Martins já teve tempo de saltar do barco antes que ele se afunde na totalidade.
      Desde a sua eleiç~eo para o cargo de presidente do MLSTOP que se antevia uma queda desse partido histórico. Tudo se complica com a sua ousadia de se candidatar as presidenciais.
      O caldo entornou e o que consta é que grande parte dos militantes do MLSTP estão a se refugiar no MDFM de Fradique Menezes.
      Consta também que entre dois jornalistas arrumados em politicos, Adelino Lucas e Nelson Mandes tem havido uma es+ecie de acusações porque o segundo acusa o primeiro de estar a aliciar a militancia jovem do MLSTP à favor do MDFM.
      Se o MLSTP não se reorganizar o mais rapido possivel, corre o risco a passar para págias negras da historia de s.tome. Por isso força aos revoltosos.

      • Santa Marta

        29 de Março de 2012 as 12:59

        Porque dizes que foi usadia o Aurélio ter candidatado? Só por ele não ser da família Pinto da Costa, Teixeira dÁlva, Graça, Espirito Santo ou trovoada? Você deve ser um dos descendentes dos gregorianos nascidos servos e com gosto de continuar servo ou de uma das famílias acima referidas.

  2. Nando Vaz (Roça Agostinho Neto)

    27 de Março de 2012 as 16:38

    Alcino Pinto, Maria das Neves, Jorge Amado e Aurélio Martins.Por favor não candidatem vocês já deram o que tinham para dar, o que vocês devem fazer é ajudar inovar o partido com novas liderança e novos paradigma política!..Como militante que sou quero desde já deixar um apelo a organização para incluir a presença da Diáspora neste Glorioso congresso extraordinário.

  3. BRUNO DAS NEVES

    27 de Março de 2012 as 16:54

    Por mim seri bom que essa plataforma soubesse escolher bem a figura a ser apoiada isto porque segundo as noticias, os nomes ai citados a concorencia pra lideranca da mesma, significaria que o partido nao saira do marasmo em que se encontra, ou seja, Maria das Neves, Aurelio Martins, Alcino Pinto, Jorge Amado, essas figuras ja estao esgotados e de certeza que com um desses na lideranca esse partido nao ira mais alem do que ja foi. Por isso se querem erguer esse partido, por favor deixem de lado essas figuras que de nada trarao de bom.
    FUI….

  4. Odair Anjos Trovoada

    27 de Março de 2012 as 16:59

    Acho uma boa ideia aparecer jovens com ideias novas para O MLSTP/PSD.
    “Unidade na Diversidade e Unidade sem Exclusão” é um bom principio para acabaor com a guerra interna de luta pelo poder no seio do Partido.
    Forças, muita força.

  5. Carlos Ceita

    27 de Março de 2012 as 19:20

    Meus amigos
    Oxalá o maior partido de oposição se organize de uma vez por todas para fazer oposição a este governo desnorteado. Os anúncios de projectos megalómanos por este executivo é a prova de que o país está perante um défice de oposição. Se temos razoes para criticar este governo a verdade é que não há razoes para dar mérito a oposição. Tomara que o novo rumo e novas cara no MLSTP seja acompanhada de um projecto inovador dotada de um plano/programa estratégico ( a curto medio e longo prazo) de desenvolvimento com pendor reformista. Um plano assente nas potencialidades e capacidades dos recursos humanos e naturais (agricultura e pesca por exemplo) cujo objetivo final é crescimento económico sustentável. Tal como fizeram os nossos irmãos do Príncipe. Mas se optarem por caras já conhecidas como a Dr Maria da Neves que já teveram o seu tempo para mostrar o que vale. (Uma espécie de mudança na continuidade).Se estiverem apenas empenhados em derrubar o governo por via de eleições antecipadas, politiquices e outros faits divers os saotomenses não vos perdoarão

  6. Maria José dos santos

    27 de Março de 2012 as 19:45

    Espero que essa plataforma de fato a pomar uma candidatura credível, que contribua para o crescimento e a credibilidade do Glorioso. Estou em Lisboa e tenho vergonha de dizer que sou do MLSTP, glorioso para mim só o Benfica. Forca jovens, a renovação e um processo que vem de longa data! Estes que hoje estão colados no partido, tb já quiseram a renovação, mais hoje só querem sugar o MLSTP…que vergonha !!!

  7. OP Angola/STP

    27 de Março de 2012 as 21:14

    Saudações

    Caros Militantes, gostaria de alertar vos que fazer diferente é seguir em busca de algo inovador sobre todos os aspectos, sem vicios e sobre tudo nunca esquecer dos maus exemplos e insucessos registrados no passado, portanto ao efetuarem as analises com vista em novos candidatos, com outros perfis, que possam implantar uma nova dinamica que que tenha muito mais haver com o vosso lema, os candidatos mencionados certamente não vão agregar valor direto e nem indireto ao partido MLSTP PSD, o partido necessita de um Líder que una as bases, solidifique o nome do partido diante de seus militantes e da sociedade, que realize as reformas necessárias internas e externas do partido com o intuito de reduzir todos os males que afetam o bom desempenho e a imagem do partido.

    Estas mudanças e reformas deverão ser realizadas não só no partido MLSTP PSD e sim no geral, o nosso STP necessita com urgencia.

  8. Pedro Afonso

    27 de Março de 2012 as 21:23

    Boa noite!
    Quero congratular com a iniciativa, deveras importante e pertinente. No entanto necessário se torna que o apoio a uma candidatura seja feita de forma consensual para que nao haja fracções dentro do partido, necessário se torna a existência de um caloroso e amplo debate no sentido de convencer os que já deram o seu contributo passarem de facto o testemunho a outros, que tem tb experiência no partido e que pense primeiro no MLSTP e depois nas suas ambições.

  9. Justino Manuel Abreu dos Ramos

    27 de Março de 2012 as 22:40

    Caros senhores dirigente do MLSTP é com muito prazer de saber que pretendem fazer uma mudança nesse partido. Isso porque o propriamente o MLSTP já morreram. Todos que se encontram lá presente já não são do MLSTP são as pessoas que perderam a credibilidade perante ao povo de santomé e Principe. já se encontra há cerca de trinta e seis anos a frente desse partido, já fizeram de tudo o que queria.
    Quando começou-se o MLSTP, muita gente pensou-se que seria um partido que veria mudar sántomé de uma forma eficaz que toda gente vivesse de uma forma confortável em paz. Mas se o povo soubesse que as coisas iria ficar dessa forma que meia dúzia das pessoas vivesse as suas vidas, organizasse de forma glutona, pensando que foi a roça que os portugueses deixaram, para que vivesse a sua maneira, depois deixando para os seus filhos, nunca se deixaria tomar a independência.
    Estão a pensar de tirar o senhor Aurélio Martins, e propor senhor Alcino Pinto, Maria das Neves ou senhor Embaixador de Taiwam, é a forma que o partido aprofunda de uma forma que nunca mais terá a possibilidade de viver.
    Sabemos, que desde que o senhor Alcino Pinto estava como Secretário Geral da JMLSPT , nunca foi de boa peça. Só tratava da sua vida, nunca se interessou dos outros militante. Só tratava da sua vida. nem tão pouco os seus familiares.
    Lembro-me que o seu pai quando estava vivo, encontrava doente, nunca se encorajou de falar com o senhor o actual Presidente da República, para que enviasse o seu pai ir fazer tratamento na República da União soviética. Tinha que ser a mulher do Pai, encorajar ir falar com a falecida mãe de sua Excelência.
    Sei que o senhor Alcino Pinto quando esteve responsável de Educação, pensou-se de construir a escola em Folha Fé de. grande parte dos materiais foram desviado e não se sabe como desapareceu.
    O senhor Alcino esteve a frente da empresa de Aviões, desapareceu muito dinheiros que não se sabe qual o seu destino. durante o tempo que andou na política só andou a tratar da sua vida, encher os seus bolsos, tratando a sua vida, e nunca se interessou do povo de Santomé e Príncipe.Isso é o primeiro Ponto.
    O segundo Ponto é a senhora Maria das Neves esteve primeiro Ministro, durante esse tempo que lá esteve tratou da sua vida, aproveitou-se do golpe que os coitadinho fez roubou-se de uma forma escandalosa tratando a sua vida , e o povo ficou na mesma. um outro também, anda por aí a tratar a sua vida, andando de um lado para outro, tratando a sua vida o povo encontra na mesma. Toda as pessoas antiga que se encontrava a frente desse partido só tratou da sua vida, vivendo uma vida de burguesia, impedindo que o nosso país andasse para frente e que ficasse da forma como se encontra.
    Toda gente que passou-se nesse partido então todos ricos. só não manifestarão para que o povo não o de saltasse
    Toda gente que vai ao esse partido e que leva um pensamento de forma par que as coisas mudasse de um jeito, que viesse trazer benefício ao povo de santomé e príncipe são posta as condições de uma forma reprimida., para que tudo ficasse de jeito como se encontra. Espero que a camada jovem abrem os olhos , não deixar ser enganados por esses antigos, porque irão ser da mesma e nunca as coisas irão tornar coisas credível.

  10. entao nao

    28 de Março de 2012 as 0:32

    Esta guerra pelo poder e a busca pelo poder a todo custo so tem revelado a verdadeira face do mlstp e dos seus lideres. mlstp nunca foi um partido para servir de exemplo. Pior, o Pinto da Costa vem concretizar este fracaso ao tentar propor manuel vaz como procurador geral da republica.
    Um partido que esquece o povo n deve fazer parte da historia desse posso.

  11. Ailson Botelho

    28 de Março de 2012 as 4:12

    A falta de opcoes no seio do MLSTP PSD convista a ocupacao do cargo de lideranca do partido demonstram automaticamente a incapacidade do partido em renovar-se. Os nomes ai apresentados como possiveis candidatos e a identidade dos proponentes da tal plataforma tem uma caracteristica em comum:sao figuras politicamente desgastadas. Por essa razao o surgimento desta plataforma so vem exarcebar as divergencias que ja existem no seio do partido.

  12. ele

    28 de Março de 2012 as 8:46

    Viva democracia,
    Viva ADI
    Viva STP,
    Viva MLSTP/PSD
    Viva estabilidade
    Viva PCD
    Viva honestidade
    Viva MDFM/PL
    Viva Trabalho e Progresso
    Viva os outros
    Viva

  13. MLSTP de coração

    28 de Março de 2012 as 8:46

    Reforma precisa-se. Mas, sem esquecer que graças ao Sr Quintas e o seu comparça Adelino Isidro, perdemos as eleições de 2010! Eles e mais alguns que eu bem sei. Eles não valem nada na construção mas, são muito bons na distruição. Por serem “frontados, e olho cheio”, preferiram distruir STP favorecendo o ADI! Jamais esqueceremos isso, Quintas. O que é teu, está guardado.Não venha com esse ar de manço.

    Fui!
    (melhor, estou vigilante!)

  14. nora

    28 de Março de 2012 as 9:06

    MLSTP/PSD, partido com história, partido de todos os nacionalistas mesmo os suberbos opositores a ele. Vê-lo assim doi e faz chorar qualquer um.

    Que a plataforma de salvação continue com seus trabalhos, e assegure ao STP um MLSTP firme e forte, o País precisa da oposição do MLSTP/PSD. Oposição para ajudar a construir e não para distruir. A sinais claros da incapacidade da liderança actual do MLSTP/PSD, por isso os militantes, simpatizantes do MLSTP/PSD e todo São Tomé e Principe suplica a vos: Aurélio Martins, Jorge Bom Jesus, Maquengo a largar o OSSO…. O osso que têm na boca já não tem carne… Assim ainda vão acabar por partir os dentes…

    VIVA O MLSTP/PSD!

  15. Voz da razão

    28 de Março de 2012 as 9:08

    Não sou militante de nenhum partido político em STP, mas, sou um cidadão atento e preocupado com a política e a democracia em STP. Queria apenas dar a minha modesta opinião neste assunto. Acho que a política e a democracia não se concretizam, se não houver partidos firmes, inspiradores de confiança e com um líder que promova união e acima de tudo respeitado por todos.
    O MLSTP, hoje MLSTP/PSD é um partido de vanguarda na luta contra o regime colonial português e também esteve na vanguarda na conquista pela democracia em 1990. Se hoje há crises no partido, então a nossa democracia pode enfraquecer por falta de contributos. Por isso, acho que, se os militantes desse partido tomaram a consciência que é necessário dar volta a tal crise então é a hora de se olhar com “visão” para o partido. Para os mais atentos, o MLSTP/PSD é um partido de ideologia socialista. Por isso se olharmos para alguns partidos socialistas no mundo, o MLSTP/PSD devia tomar como exemplo as conquistas que esses mesmos partidos já tiveram tanto no governo como na oposição assim como os seus respectivos líderes. Dou o exemplo de Martine Aubry (1950) do Partido Socialista Francês, grande opositora do governo de Sarcozy, Alfredo Pérez Rubalcaba (1951) secretário geral do PSOE espanhol que sucedeu o grande político espanhol José Luis Zapatero, António José Martins Seguro (1962) do PS de Portugal, sucessor de lideres de renome como, Mário Soares, Jorge Sampaio, António Guterres e José Sócrates, para não deixar de referir outro político jovem de renome ao nivel dos PALOP’s de apenas 52 anos de idade, José Maria Neves do PAICV, cuja ideologia também é Socialista (Social Democrata), eleito primeiro ministro desde 2001.
    Por isso acho que é preciso que se tome como referência, essas personalidades para podermos conquistar a excelência e não o comodismo, o remediar, o oportunismo e o leve-leve, males que nos têm afectado a todos os níveis.
    Da modesta contribuição,
    Voz da Razão

  16. jaka doxi

    28 de Março de 2012 as 10:25

    Por este andar os Maiores Ladrões de São Tomé e Príncipe nunca mais chegam ao poder.Ainda bem que é assim.Fui

  17. cidadao

    28 de Março de 2012 as 10:26

    Felizmente o MLSTP ainda têm pessoas com capacidades,credibilidade,postura e honestidade para liderar o partido. Trata-se do Dr.Amaro Couto.Muito embora não tenha nehuma afinidade com este partido.

    • cidadao

      28 de Março de 2012 as 10:28

      corrijo: Muito embora eu não tenha…

  18. Mario da Costa

    28 de Março de 2012 as 11:28

    É verdade Nando, ainda mais. O Alcino Pinto da jota em 90 se apoderou de todos os pertences da juventude Alemã, Ceramica de Bobo foro, levou Guinchos todos, etc, etc. Se calhar comprou, mas pergunto aonde um cidadão, pelo salario que auferia na altura, podia comprar tudo que comprou, ate pano de cama , geleiras etc.
    Meus caras Convenhamos!!
    Sou afavor de gente com cara levantada, sem processo nos tribunais, etc. A politica é uma actividade Nobre.

  19. ele

    28 de Março de 2012 as 12:20

    Líderes!

    PRECISAMOS.

    O País precisa de liderança, de bons exemplos, de figuras carismáticas.

    Aquele que se acha capaz de liderar que apareça. Nós devemos também acarinhar os nossos lideres para que eles se afirmem.

    Mas se acharmos que eles só aproveitam do poder e do espaço para apenas os fins pessoais, então logo será distituido e não reconhecido como líder.

    Mas, se se notar nele alguma capacidade de liderança, vamos apoiar. Hoje falamos de José Maria Neves, Antonio Seguro, Sócrates.

    E em S.Tomé?!

    Viva democracia. VAmos mudar a nossa forma de pensar e de estar na politica.

    Viva estabilidade.

    O país precisa de partidos forte, sejam ele no Governo ou na oposição.

    por isso;
    Vida ADI
    Viva MLSTP/PSD
    VIVA PCD/GR
    Viva MDFM/PL, e
    Viva os outros

  20. GRINGO

    28 de Março de 2012 as 14:54

    o meu canidato a liderança do meu MLSTP/PSD e o famoso militante que se identifica com o partido o camarada Adelino Isidro
    Este irá de uma vez por todas por um partido de pé cortando a tiro pernas de todos os militantes que desejam bem deste povo.

  21. Nelson Pontes

    28 de Março de 2012 as 14:58

    Os partidos politicos em S.Tomé e Principe não têm conseguido evoluir, é quase sempre as mesmas caras, as mesmas ideias retrógadas. Temos muita gente sem ideias a frente dos partidos, pessoas ultrapassadas pelo tempo e com discursos patéticos. Muitos dos dirigentes políticos de S.Tomé e Príncipe têm o seu pensamento político e ideais do antes da Queda do Muro de Berlim, não há novas ideias. E depois cometem o erro de colocar loucos e incompetentes como Fradique de Menezes, Aurélio Martins, Patrice Trovoadas e outros palhaços que se auto-intitulam politicos a frente dos destinos do país. S.Tomé e Principe para evoluir precisa sobretudo de pessoas que amam realmente o país, de verdadeiros nacionalistas, não de oportunistas e politicos podres como aqueles gatunos que temos atualmente.

  22. Porto Real & Sundy

    29 de Março de 2012 as 11:22

    Dr Pinto da Costa, deve propor o afastamento da cidadã Elsa Pinto do conselho do Estado, tendo em conta a sua excessiva partidarização, aliás creio ainda ser porta voz de um grupo de militantes que pretende afastar o Jovem Aurelio MArtins, do MLSTP.
    Pessoa com essa conduta, nervosa como aparenta, excesso de energia, aliás se lembram de ter ameaçado o Drº Toze Cassandra, sem dó nem piedade, pelo facto de zelar por seu povo, por falta de sinal de tv. Gente com esse passado, sem querer mencionar outros, não deve excelencia, permanecer nem ficar num Conselho de Estado.

    • Santa Marta

      29 de Março de 2012 as 13:22

      Concordo consigo Porto Real. O pinto da Coosta foi inconsequente ao propor elsa para membro do Conselho do Estado. O que fez essa senhora para ser digna deste cargo? Qualquer dia ele irá Propor maria das neves com processo pendente no tribunal como se diz na nossa praça que ele vai propor essa senhora para liderar o MLSTP.
      Ele deve talvez propor também Rafael aproveitador do povo, guilherme posser grande lutador que levou a guerra até a procuradoria. O nosso actual presidente é muito rancoroso porque está a assistir o MLSTP/PSD a afundar e não fazer nada para ajudar contribuindo assim para o fortalecimento do ADI. Se ele pensa que os militantes do ADI é que votaram nele ele está enganado.

    • Voz da Razão

      2 de Abril de 2012 as 8:16

      Concordo consigo mano
      A Senhora revela excesso de energia que dá medo!…

  23. Santosku

    29 de Março de 2012 as 14:51

    Parabéns a este movimento, porque é triste ver o MLSTP-PSD a morrer assim. Grande partido só que tem mais egoistas do que tudo. É preciso renovar sim senhora, todos podem e devem participar mas nos Orgãos de decisão esqueça todos estes antigos malandros como Alcino Pinto, Elsa Pinto, e outros. Cambardas de oportunistas devem ser apenas militantes.

  24. Mimi

    29 de Março de 2012 as 15:29

    Que o MLSTP se organize com nova (e competente) lideranca, que siga os ideais verdadeiros do partido, ultrapasse as querelas. Que os “manchados” do partido fiquem na retaguarda (a bem do partido), que podem muito bem fazer um bom trabalho daquele lado. Todos os lados sao bons mas nem todos os momentos sao para todos. Bem haja o MLSTP renovado e organizado!

    • Lagaia

      29 de Março de 2012 as 21:41

      Mas esta Elsa Pinto ainda faz política neste nosso país? Credo ! Esta senhora já demonstrou que não tem condições para exercício da política para além de ser incompetente e sempre ter vivido de expedientes políticos pouco claros. Esta gente já deu o que tinha que dar. São pessoas que sempre olharam para o seu umbigo e regalias das suas famílias. O que é que a Elsa Pinto fez, de palpável e sério, para o bem de S.Tomé e Príncipe, tendo estado na política Sãotomense há mais de quarenta anos? Ela redigiu alguma lei importante para o país? Ela participou, coordenou ou liderou alguma equipa que fez um óptimo trabalho em prol da dignificação dos Sãotomenses, da organização politica, adminstrativa, económica ou social do país? Quando é que isto foi? Que projecto foi? Em que ano foi? Que trabalho ela fez de fundo em termos de restruturação, organização e dinamização dos ministérios que liderou durante estes quarenta anos de exercício político? Fez alguma reforma? Que reforma? Quando? Se ela não fez nada senão andar a encher-se de dinheiro e regalias pessoais e familiares, durante estes quarenta anos, porquê que se continua a falar nela para cargos políticos importantes? Que mais valia esta senhora pode representar para mobilizar militantes do MLSTP ou qualquer outro partido?
      Eu poderia dizer o mesmo da senhora Maria das Neves, do senhor Rafael Branco, do senhor Pósser, do senhor Alcino Pinto e doutros senhores e senhoras deste nosso país.
      O MLSTP como é um partido esquizofrénico e que gosta de sofrer é muito bem feito que coloque estas pessoas lá. Eles acabarão por afundar o partido e é disto que todos nós precisamos. Matem-se uns aos outros. Não é só o povo que merece sofrer.

  25. José joão

    30 de Março de 2012 as 11:25

    A ideia inicial é boa, eu gostaria antes de mais felicitar os mentores da ideia. Só que infelizmente somos ricos nas ideias,somos muitos teóricos mas na prática aponta outro caminho. Entretanto o grupo querendo a unidade no seio do partido histórico eu acho que logo a partida não deviam transpirar para fora o fragilidade da actual direcção mas sim o grupo deveria ajudar a mesma, tendo em conta o elenco das pessoas que fazem parte do grupo com largas experiências na administração políticas do partido e do país. Quando o grupo surgi a fazer campanhas prevejo outros objectivos que não são aqueles anunciados. No meu entender haverá sempre alas:
    Aqueles que já acostumaram com poder não querem deixar-lo para os mais novos, afirmando que têm larga experiência, mas o pais está Como?;
    2. Estando na direcção do partido é mais fácil voltar a ser dirigente do país, para quê?;
    Os militantes do MLSTP/PSD deveriam pensar sim em MLSTP/PSD e no país, não naquelas pessoas que foram sempre manda chuvas do partido e não fizeram nada para o desenvolvimento de SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE, paras os que são militantes do MLSTP/PSD para os que são militantes de todos outros partidos e mesmo para todas aquelas pessoas que não têm partido nenhum mas são homens e mulheres crianças, jovens, velhos desta terra maravilhosa.
    Os experientes e senhores do MLTP/PSD:
    1- Não se consegue dirigir com instabilidade;
    2- Não se consegue governar com instabilidade;
    3- Se querem a unidade no partido trabalham para tal acontecer;
    4- Tenham o espírito de ajuda e bem servir;
    5- Com a instabilidade há margem para roubo, corrupção. etc;
    Os meus senhores não apenas trocando a direcção do partido é que se cria a unidade, mais sobretudo o espírito deve ser colectivo.

  26. cabo verde

    31 de Março de 2012 as 10:41

    ressurgimento com as mesmas lideranças????? só em são tomé e principe mesmo!!! isso é chamar de parvo os militantes coitados em particular, e santomenses em gearal ta sendo chamado de parvos e portadores de uma profunda segueira mental. convenhamos!!!! tem k haver muita cara de pau para chamar isso de ressurgimento.

  27. João Viegas

    31 de Março de 2012 as 21:04

    Este comentário só pode ser de um dirigente do MLSTP,que aspira a liderança ! Diga -me por favor qual a liderança do resurgimento, por acaso leu bem a noticia? Meu Deus esses cotas sao teimosos ! Já basta vão descansar….
    Fui

  28. João Viegas

    31 de Março de 2012 as 21:09

    E ainda Maria das Neves e Rafael e Aurélio , por isso esse partido acabou. Vocês sao do pior ! Marido e mulher deputados efectivos) onde há se viu?

  29. O mano do Bailundo

    2 de Abril de 2012 as 9:56

    Todo este cenário triste consiste simplesmente para instabilizar o Partido como também o País no geral.Estes mais velhos sem ideias lúcidas,pretendem realizar este congresso com o objectivo bem claro…o de interferir no Governo de Patricio Trovoada e forçar eleições Legislativas com cunho de outra possivel liderança do Partido.
    Dizer que o congresso do MLSTP/PSD,não trará nada de novo uma vez que no seio deste Partido não existe coesão.Luta-se muito pela liderança e no momento da verdade nada se faz restringindo as suas acções em beneficio próprio.Verdadeiramente e na minha modesta opinião,não vejo inconvenientes na liderança de A.Martins,nem mesmo a realização deste congresso precipitado. Seria bom neste momento que o partido se unisse em torno de um único objectivo fortificando assim a sua posição de maior partido da oposição em vez de embarcarem em mares de desavenças que não é salutar em qualquer seio político.
    Generalizando a questão,quero mesmo dizer que no fundo A.Maertins é querido no seio da militancia partidária uma vez que reúne consenço juvenil e não só.O maior problema consiste numa pequena franja insignificante que causa pánico no meio do partido prejudicando assim o bom nome do MLSTP e sua liderança.Seria muito bom se as consciências desta gente se regeneracem,para o bem não só do Partido em particular mas tambem do País no geral.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo