Política

Reviravolta no Congresso do MLSTP/PSD

As últimas informações, avançadas pelo Jornal Kêkua, indicam que Jorge Amado já não é candidato único e consensual para a liderança do partido. De quinta para Sexta – feira, entrou em cena Osvaldo Vaz(na foto). Militante do MLSTP e Director da Sonangol em São Tomé.

O congresso extraordinário do MLSTP/PSD que se reúne este sábado, no Palácio dos Congressos, não irá, ao que tudo indica, limitar-se a ratificar a lista liderada por Jorge Amado e apoiada pela Comissão de Consenso e pelas estruturas directivas.
A meio da tarde de hoje, sexta-feira, Osvaldo Vaz, director-geral da ENCO, cujo nome é referido como tendo o beneplácito do líder histórico do partido, Manuel Pinto da Costa, formalizou uma candidatura de última hora.

“Os meus objectivos são dois: unir o partido e prepará-lo para enfrentar os desafios eleitorais que se avizinham,” disse Osvaldo Vaz contactado telefonicamente pelo Kê Kuá!.
O cenário configura um revés para o aparelho do partido que se bateu fortemente por uma lista única a qual deveria ser apenas sufragada pela reunião magna dos sociais-democratas. Entre Alcino Pinto, Carlos Gomes e Jorge Amado, cujas candidaturas foram avaliadas pela Comissão de Consenso, Jorge Amado foi o escolhido para liderar uma lista da qual fazem parte Alcino Pinto, Ana Rita, em representação da OMSTEP, Américo Barros, pela JMLSTP e António Barros, da Região Autónoma do Príncipe.

Saído da equipa cessante de Aurélio Martins está Fernando Maquengo, como secretário-geral. A escolha foi aprovada pela Comissão Política e pelo Conselho Nacional . Um membro da Comissão Organizadora mostrou-se indignado com o que descreveu como “manobras de última hora que passam por cima de regras fixadas.”

“A Comissão de Consenso levou a equipa constituída ao Conselho Nacional e à Comissão Política, não houve uma única voz contra, houve consenso. O conselho nacional orientou a Direcção Cessante liderada por Aurélio Martins, a promover reuniões de informação e de esclarecimento com todas as estruturas distritais e regionais sobre os objectivos dos consensos alcançados. Houve dilatação de prazos, houve a reunião do Conselho Nacional, houve um comunicado. Quando se levantou a hipótese da candidatura de Osvaldo Vaz, a Comissão de Consenso foi ter com ele e ele pediu um prazo para se pronunciar e não o fez. Tentou-se inclui-lo como vice-presidente e ele recusou.”

Para Osvaldo Vaz, não há quaisquer problemas com a apresentação da candidatura. “Não se trata de uma candidatura tardia, porque os estatutos do partido permitem apresentar a candidatura até ao início do congresso. Quem vai decidir são os congressistas, os dirigentes e os militantes.”

Osvaldo Vaz disse que o surgimento de uma candidatura de última hora “é democrática. Democracia é isso mesmo, o partido é um partido maduro e vai poder avaliar livremente as duas opções. Não há violação de regras nem nenhuma forma de jogo baixo, o que está a acontecer é democrático.” A sua equipa inclui como propostas para vice-presidentes Jorge Amado, Américo Barros, António Barros, Célia Pósser e, para secretário-geral, Fernando Maquengo.

Vaz não pertence ao aparelho partidário e é descrito como um elemento “sem enraizamento dentro do partido e desconhecido das bases, dois grandes obstáculos.

“Uma fonte muito próxima de Manuel Pinto da Costa disse na semana passada ao Kê Kuá! que este “acarinha um candidato que podendo não ter uma trajectória proeminente, não tem nenhum peso do passado, tem o nome limpo e pode ser uma boa aposta, capaz de formar equipa e de ter credibilidade junto do partido e da sociedade.”

Jorge Amado, agrónomo de formação, é embaixador de São Tomé e Príncipe na República da China Taiwan há quatro anos, foi antigo ministro da Agricultura (2003-2006), perdeu a liderança do antigo partido no poder a 1 de janeiro de 2011 na disputa com o actual presidente, Aurélio Martins, que decidiu deixar a liderança dos sociais-democratas no final de Abril passado. É também deputado eleito pelo círculo de Cantagalo.

Osvaldo Vaz tem 42 anos, é economista e é presentemente director-geral e administrador da ENCO.

São de Deus Lima / Kêkua

    37 comentários

37 comentários

  1. malebobo

    8 de Junho de 2012 as 18:00

    Força osvaldo, vai em frente e com coragem de enfrentar esses coruptos, que ja deram o tem a dar

    • Revoltado

      9 de Junho de 2012 as 12:54

      Pinto da Costa pensa que o partido é dele!!??
      O senhor já esta começar com ditadura dentro do partido. Ninguém deve assumir o cargo do presidente do partido por encomenda(pau mandado). Com Osvaldo Vaz na liderança do partido havera ainda mais divisao dentro do partido o que não será nada bom para as aspirações do partido.

      Fora Osvaldo Vaz…..! Abaixo!

    • Antonio Mendes

      11 de Junho de 2012 as 16:49

      Força Osvaldo sim!
      Mas que seja mesmo uma força para valer porque o desenho dos bastidores que levou a apresentação da sua candidatura na ultima hora pode vir ainda a dar que falar. Ou pensam que o Alcino Pinto engoliu isto à frio? O Alcino queria ser o primeiro vice-presidente do partido e não o vice-presidente em representação dos veteranos.
      De qualquer forma sobre este congresso há ainda que se fazer muita atenção as palavras do senhor Sebastião Santos contra as acções do governo de Patrice Trovoada. Mesmo o Jorge Amado, ao de leve referiu-se a necessidade de uma luta sem tréguas para a melhoria da governação no país. E dos Partidos políticos da oposição é bom fazer-se atenção ao ultimo comunicado do MDFM/PL que diz tudo. Como já tenho dito algumas pessoas, o ADI que não substime o MDFM/PL porque quem é agora o secrertário geral desse partido é um jornalista muito esperto e com muita aceitação popular, um puto que tem vindo a aprender com o Fradique.Portanto o governo de Patrice pode vir a passar por um fio se não mudar de forma de agir.

    • Tito

      12 de Junho de 2012 as 8:24

      Foi para isso que serviu a viagem de 24 Horas do Exmo. Sr. Presidente Manuel Pinto da Costa. Então foi essas boas novas que ele prometeu trazer de Angola para o povo santomense. Coitado de nós. E quem paga as contas são os contribuintes. Quando é assim porquê não viajar em visita privada. Utilizar o dinheiro do país para ir a Angola resolver ou problematizar o MLSTPP, na maior cara do pau. Dêçu la~´a nón ê.

  2. E.jeronimo

    8 de Junho de 2012 as 18:55

    so pencao em politica,as proximas elecoes,so querem vocos entereres pesoal,esta gagando para o povo,e como da escola que esta encerada pondo em cousa o futuros das nossas queancas?ok esta preparando para dar o povo mas um banho e depois ficar sujo mas 4 anos,o povo esta de olho.

    • E.jeronimo

      8 de Junho de 2012 as 19:03

      queria dizer; Futuros das nossas criancas?

      • Colomba

        8 de Junho de 2012 as 19:55

        E a tradução do resto, onde está?

        • observador

          8 de Junho de 2012 as 21:41

          nao precisa. 160mil pessoas metade quer ser doctor e compania, STP esta como portugual numa obra existe 10 serventes e 100 engenheiros, em que 100 engenheiro ficao a ver os outros 10 serventes a trabalhar e nao percebem nada que estao a ver. POR MIM VENHA O JOAO JARDIM OU MAIOR ANALFABETO E MAIS FAMOSO DO MUNDO O LULA DA SILVA mandar em STP que de certeza o pais vai a lugar.

          • observador

            8 de Junho de 2012 as 21:49

            infelizmente enquanto preto como eu mandar no pais!ADEUA CONGO.

  3. Argenezio Antonio Vaz

    8 de Junho de 2012 as 19:45

    Estamos lixados. Vamos concretizar a venda de STP para Sonangol. Bom , os santomenses vão desaparecer, todos os politicos estão a ver esse cenario como banal; mas isso tem um objectivo que os santomenses nem podem controlar. Cuitado dos nossos filhos…

    • observador

      9 de Junho de 2012 as 17:53

      filho? se ja estamos a ver forro a matar forro por pedaço de terra,estrngeiro tem actualmente 80%100 de terrenos e praias do pais os grandes comercios sao de nigerianos e europeu governo esta a governar a favor de estrangeiros,nacionalismo?nada, so se vê dinheiro, ALGUMA VES O GOVERNO SAO TOMENSE CONVIDOU UM NACIONAL A INVESTIR NO PAIS? CABOVERDE SIM ATE DEU NA RADIO LEMBRAO?.NAO É ATOA QUE AEUROPORTO CABOVERDIANO COLOCA O NOSSO NO CHINELO.

    • Tito

      12 de Junho de 2012 as 8:32

      Nessa lenga lenga, quando os santolas despertarem já estamos a ser colonizados pelos Angolanos. Atenção santomense, Vê só o que está a passar, um grupo de Angolanos estão a comprar terras e mais terras.
      Fica atento a actualidade.
      O que é que os Guinenses disseram? ANGOLANO NÃO Ê. Então vamos equilibrar as coisas, não vamos deixar o nosso lindo país na mão dos mangolés

  4. urgente

    9 de Junho de 2012 as 0:02

    Pinto da costa !!!!!!!!!

  5. zumba

    9 de Junho de 2012 as 2:51

    Mas um pau mandado

  6. ADELINO DOS SANTOS

    9 de Junho de 2012 as 8:43

    Injectar sangue novo nesse partido,consenso era para alguns não para todos,força jovens

  7. HLN

    9 de Junho de 2012 as 9:56

    Sem palavras, apenas observando bem longe.

    Viva a democracia.

  8. Vagi Ngola

    9 de Junho de 2012 as 11:09

    Terás um voto meu. Força os militantes estarão contigo até aos últimos momentos.

  9. Nando Vaz (Roça Agostinho Neto)

    9 de Junho de 2012 as 11:27

    Força.Temos que construir nova liderança!..
    Conta com meu apoio Vava!..

  10. Petroleo

    9 de Junho de 2012 as 15:33

    jogo pouco limpo, mas ´foi assim durante toda a vida do partido.

  11. Madalena

    9 de Junho de 2012 as 15:35

    Um jovem honesto e trabalhador. resta saber quem o vai ser o tutor.

  12. Milagrosa

    9 de Junho de 2012 as 15:44

    Estou ancioso par ver o resultado final disto tudo. No fundo no fundo a coisa vai ser outra. Neste partido a antiguidade é mais do que um posto. Por Isso.
    MLSTP é mais uma SAD, tipo os grandes clubes, o voto do socio mais antigo, vale 10 de um recente sócio.
    Por isso cuidado com cotoveladas!!!

  13. sulila miranda

    9 de Junho de 2012 as 15:45

    Costumo vê-lo mas não conheço! E julgo que muita gente está na minha condição. Desconhcido! No comment!!!

  14. Mario da Costa

    9 de Junho de 2012 as 15:46

    Nada disso, veremos
    Presidente Vaz

  15. Mario da Costa

    9 de Junho de 2012 as 15:49

    Reparem bem no Osvaldo se ele não tomou o santo, transe.
    Reparem no homem. Não é normal.

  16. DESENFORMADO

    10 de Junho de 2012 as 4:00

    Para servir o Partido ou servir-se do Partido.

  17. Fruta pão

    10 de Junho de 2012 as 12:17

    Quem enganou esse homem que ser presidente do MLSTP, é tarefa facil??
    Fui

  18. Eng Bernardino monteiro

    10 de Junho de 2012 as 13:55

    Sr: osvaldo vaz forca
    Para bem do meu pais eu sou optimista e nao so acredito na capacidade dos santomenses, o mlstp
    Precisa de gente nova com capacidade de lideranca de pluralismo e democratico,todos somos capaz e preciso dialogo uniao, criando mecanismo adequado criar estabilidade politica e sustentavel, desenvolver politica social sem arbritariedade respeitando a democracia e povo, sem distincao e previlegio das classes hereditarios,apostando numa justica forte e credivel, mais pra isso tem k haver uma nova lideranca no mlstp, o povo esta cansado dos rosto do passado,do abuso do poder do pessimismo das mas gestao e dos interesses singular,forca osvaldo vaz

  19. Sûm Lósê

    10 de Junho de 2012 as 13:56

    Caros,

    ESta pergunta é dirigida ao Osvaldo Vaz, mas se alguém souber responder, agradeço desde já:
    Pelos meus conhecimentos democráticos, sei que antes de apresentarmos uma lista para qualquer acto eleitoral, devemos ter o consentimento das pessoas que queremos, integrem a lista. O Osvaldo Vaz ao apresentar uma lista com nomes como Jorge Amado, Fernando Maquengo e os Barros, não deveria ter antes o concentimentos destas pessoas? Isto também não é democracia? Ou a sua definição da democracia é outra?
    Estas pessoas aceitaram o seu convite e estavam nas duas listas ao mesmo tempo?
    O Jorge Amado sendo cabeça de uma lista, aceitou ser o seu vice-presidente?

    Sinceramente, acho que esta sua lista é simples bluf.

    E o burro sou eu???

  20. Barão de Água Izé

    10 de Junho de 2012 as 20:22

    Lideres de partidos devem ser pessoas de pensamento próprio e assumido. Não sei se será o caso, mas nenhum politico deverá ser a “voz do dono”. Osvaldo Vaz se é um democrata e com entendimento da realidade São tomense, mais do que trabalhar para o partido seria lutar pelo Presidencialismo democrático para a luta de tirar o povo da pobreza.

  21. Mino ihê

    11 de Junho de 2012 as 10:12

    Sei que a candidatura do Sr. OSVALDO VAZ, vai fazer moça nas bases do MLSTP, porque certamente os “BARÕES” já tinham tudo combinado e planeado, mas, ao surgir o Sr. OSVALDO é uma boa altura de teste, para que o partido (militantes) tenham opção de escolha de uma forma livre e muito DEMOCRÁTICA. Força OSVALDO E VIVA A DEMOCRACIA.

  22. Conóbia cumé izê

    11 de Junho de 2012 as 12:38

    Quando os órgãos de um partido como MLSTP toma uma decisão no conselho nacional de Lista de consenso e há expedientes outros a última hora,isto significa descredito.Ninguém deve estar acima dos órgãos ! A democracia tem regras ! Fui…

  23. Baga Tela

    11 de Junho de 2012 as 12:54

    Pessoal, ao ler este artigo, verifiquei uma coisa muito engraçada. Se o tal presidente da Sonangol em STP ganhar todas todas as frentes de combate, o verdadeiro dono do dinheiro que gira em STP terá a liberdade de fazer o que entender. Puro xeque mate!
    Grande armadilha!

  24. Mario da Costa

    11 de Junho de 2012 as 15:13

    Está aberto e denunciado as reais intenções do senhor dito Pai Grande!
    Ja viram?
    Bili uÊ povo!!!

  25. Madalena

    11 de Junho de 2012 as 15:36

    Osvaldo 1º Ministro, Uma análise simplista.
    Havendo uma crise, espero estar completamente errado, os nomes de Alcino Pinto, Elsa Pinto, Maquengo, Barros, Jorge Amado e Osvaldo vaz, para a decisão do presidente da republica, estou certo de que recai sobre o jovem da Enco.
    Por isso !!
    Não há razões para dúvidas.

  26. BRUNO DAS NEVES

    12 de Junho de 2012 as 8:44

    Ainda existem duvidas que injectar sangue novo na politica ou MLSTP nao E coisa ma?
    Sera que o so os ditos baroes do MLSTP, podem mandar e desmandar neste partido?
    Assim nunca as coisas irao mudar neste pais! Convenhamos, ha que se dar oportunidades as ideias novas, rejuvenecer o sociedade, e nada mais do dar oportunidade ao camarada Osvaldo Vaz, a democracia vive-se disso.
    Viva Democracia, viva RDSTP, Viva o povo desta terra que merece dia melhores.

  27. Matazele

    12 de Junho de 2012 as 14:01

    sangue novo mas pode estar com problemas.
    Soube “O Parvo” que Jorge Amado terá depois encontrado um meio-termo, pedindo a Osvaldo Vaz para apresentar uma proposta das listas dos seus homens à Comissão Política. Esses nomes seriam depois avaliados em termos de moralidade e de competência, para depois ser aceite ou não a proposta dessas figuras.

    Conforme orientações saídas do 5º congresso deste maior partido da oposição, a nova Comissão Política deverá conter 50 membros e 500 para o Conselho Nacional. E com este andar, não vai ser fácil esses dois “chefes” impostos ao partido, conseguirem consenso que satisfaça as partes. É assim que o MLSTP/PSD vai continuar nos próximos dias, meses e anos.

    Já é voz corrente na cidade de SãoTomé que Palácio do Povo é que arranjou toda essa confusão que veio depois a destruir a única candidatura de consenso em Jorge Amado ao 5º congresso do partido. Antes desse consenso, Aurélio Martins foi forçado a entregar a liderança do partido para agora estar mergulhado numa observação bem descansadinha da cabeça.

    Pelos cenários já visíveis, é mais provável que o mandato de Jorge Amado não venha a chegar ao fim por estar num meio de um fogo cruzado: Osvaldo Vaz no partido e Pinto da Costa no Palácio do Povo. Enquanto isso, Aurélio Martins, empurrado do mesmo cargo que agora ocupa Jorge Amado, preferiu mergulhar-se certamente num cantinho às “gargalhadas”.

    Quem a partida começa a ficar fragilizado politicamente é Jorge Amado que ainda ontem num decreto presidencial foi exonerado das funções de embaixador de SãoTomé e Príncipe junto do governo da República da China Taiwan. Foi derrotado por Aurélio Martins no Congresso deste partido em Janeiro de 2011 e, um ano depois, ganha a liderança do partido no meio de confusões que indiciam um próximo congresso extraordinário antes do seu mandato de quatro anos.

    Hanek

  28. Zeme SOOO

    13 de Junho de 2012 as 9:27

    Viva Democracia
    Viva Pinto da Costa
    Viva Osvaldo Vaz

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo